Arquivo da tag: furtos

Operação apura furtos em contas bancárias na PB, DF e mais 4 estados

A Polícia Civil do Distrito Federal deflagrou, nesta quinta-feira (6), a Operação XCoderX, para investigar um esquema de furto de valores depositados em contas bancárias. Foram cumpridos 50 mandados judiciais —prisões, busca e apreensões e sequestros de bens — no próprio Distrito Federal e nos estados da Paraíba, Bahia, Ceará, São Paulo e Santa Catarina. O balanço das ações será divulgado à tarde.

Segundo a Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Cibernéticos, após prender dois indivíduos diretamente ligados à receptação de R$ 4 mil provenientes de uma conta do Distrito Federal, a equipe de investigação identificou outros criminosos responsáveis por coordenar um esquema interestadual de subtração de valores depositados em contas de residentes de diversos estados. Os furtos eram realizados por organização criminosa com um esquema bem organizado e divisão de tarefas.

“Para realizarem as fraudes, os criminosos ligavam para as vítimas utilizando um recurso tecnológico que fazia aparecer no identificador de chamada o número do telefone oficial de um banco tradicional do Distrito Federal. Durante as ligações, os criminosos se passavam por funcionários do banco e questionavam as vítimas sobre transações bancárias suspeitas. Iludidas pela forma como se davam as ligações, as vítimas acabavam digitando os números de suas contas e as senhas no teclado de seus telefones, sendo que tais dados eram capturados pelos criminosos”, explica o delegado-chefe da DRCC, Giancarlos Zuliani.

As apurações da Operação XCoderX ainda verificaram que as vítimas eram orientadas a irem até um caixa eletrônico para gerar um QR Code — que deveria ser enviado para os criminosos por meio do aplicativo Whatsapp. De posse desses dados— número da conta, senha e QR Code—, os criminosos baixavam e instalavam um aplicativo do banco em seus telefones e passavam a realizar uma série de saques e transferências na conta da vítima.

No total, foram identificadas 37 vítimas com contas bancárias no Distrito Federal, sendo que o prejuízo causado pela referida organização criminosa foi inicialmente calculado em R$ 1,1 milhão. “Tal valor pode aumentar se forem somadas as vítimas de outros estados”, acrescenta Zuliani.

Os suspeitos irão responder pelos crimes de furto mediante fraude, organização criminosa e lavagem de dinheiro, com penas que poderão chegar a 10 anos de reclusão.

 

portalcorreio

 

 

Polícia Civil prende acusados de furtos em Solânea

A Polícia Civil da Paraíba, representada pela Seccional de Solânea, prendeu na manhã dessa quarta-feira (19), dois acusados de praticaram furtos a estabelecimentos comerciais em Solânea.

Um dos furtos foi registrado pela câmera de um supermercado no centro de Solânea.

As prisões de Flaviano Barbosa da Cruz e Francisco Silva de Santana, vulgo BURICA,  ocorreram na cidade de Bananeiras, onde os investigados residem, sendo necessário o uso da força por parte da polícia Civil em razão da resistência dos acusados no momento das prisões.

Os acusados se encontram à disposição da Justiça aguardando audiência de custódia.

 

FN com Polícia Civil

 

 

Em Belém, polícia prende 2 por furtos em cemitério

Na noite desta segunda-feira (22), policiais civis e militares realizaram uma operação integrada que resultou nas prisões de dois indivíduos suspeitos de furtar pelo menos 50 argolas de cobre em túmulos do cemitério da cidade de Belém-PB. A polícia também conseguiu recuperar os objetivos que foram subtraídos dos jazigos.

Os elementos identificados pelas alcunhas de ‘Gagamel’ e ‘Mudo’ (esse pela deficiência vocal) foram presos e levados para a delegacia de Polícia Civil, onde serão ouvidos pelo delegado de plantão e autuados em flagrante por furto qualificado.

As investigações começaram depois que funcionários do cemitério observaram a ausência de argolas e denunciaram o caso à polícia. Entre os túmulos violados estava o túmulo de familiares de um policial que trabalha e mora em Belém-PB. Os investigadores começaram a investigar e chegar até os responsáveis.

As pessoas que compraram os objetos do furto também serão chamadas à delegacia para prestar esclarecimentos e, possivelmente, devem responder por crime de receptação.

A ação policial contou com homens da Guarnição do Comando da PM e do GTE – da Polícia Civil.

Jota Alves

 

 

Policiais do 4º BPM prendem acusado de furtos em Guarabira

Um homem de 37 anos de idade foi preso por policiais do Núcleo de Inteligência e guarnição do Comando do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) na tarde desta segunda-feira (3), no bairro do Rosário, em Guarabira, acusado de furto.

Na residência dele foram encontradas duas baterias que tinham sido furtados de veículos no domingo (2). De acordo com os policiais militares, o homem preso e outras pessoas, já identificadas, são responsáveis por outros furtos de baterias de veículos, especialmente de caminhões e ônibus, que os proprietários deixavam estacionados nas ruas.

Os furtos das duas baterias encontradas aconteceram no domingo e só foram percebidos pelos proprietários na manhã da segunda. Logo depois de darem início às diligências, os policiais chegaram até o acusado, que confirmou a participação de outras pessoas nos furtos.

O material apreendido e o preso foram conduzidos à Delegacia de Polícia Civil, onde ele foi autuado em flagrante pelo crime de furto.

Assessoria 4º BPM

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Polícia prende quatro pessoas na cidade de Mulungu acusadas de furtos e troca de produtos roubados

POLICIAAs Polícias Civil e Militar desencadearam, na manhã desta quinta-feira (21), a Operação Fachada, na cidade de Mulungu, na região do Brejo Paraibano. A ação foi realizada pela 8ª Delegacia Seccional de Polícia Civil em conjunto com o 4º Batalhão de Polícia Militar (4º BPM), ambos com sede em Guarabira. Na ação, foi empregado um efetivo de 60 policiais entre civis e militares.

O objetivo da operação foi desarticular um esquema criminoso de roubos, furtos e ainda de venda e troca de produtos roubados. Na ação policial foram presos: Severino Sebastião Hortêncio, de 45 anos; João Soares de Lima, de 60 anos; Raimundo Antonio de Medeiros, de 29 anos; e Josivan Barbosa de Lima, de 30 anos. Com o grupo foram apreendidos uma espingarda, diversos botijões de gás, que estavam sendo comercializados clandestinamente e cuja origem será investigada, e também vários objetos eletrônicos, que podem ser produtos roubados.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

De acordo com o titular da seccional, Walber Virgolino, os quatro presos foram ouvidos e, após o depoimento, foram encaminhados para a Cadeia Pública de Alagoinha, onde aguardarão a decisão da Justiça.

FACHADA – O nome da Operação faz referência ao local onde os materiais foram apreendidos pelos policiais, já que a casa funcionava como um salão de beleza, e na verdade servia de ponto de venda dos botijões de gás e dos produtos roubados.

Secom-PB

Serra da Raíz: jovens são presos acusados de furtos

presoDois rapazes foram presos no inicio da tarde desta segunda-feira (04) pelo destacamento Policia Militar de Serra da Raiz, eles são acusados de furtar na noite deste domingo (03) o colégio estadual Maria José de Miranda Burity que fica na Rua Major Costa.
Segundo informações da PM, o furto aconteceu por volta das 22:00 horas, onde os criminosos levaram; o aparelho de som, um botijão de gás, um monitor de computador, facas e um estabilizador.
Após tomar conhecimento do furto através de denuncias anônimas a policia entrou em diligencias através do Cabo Chagas e o Soldado Edvaldo (Junior) e prendeu; Guilherme Marcelino Matias (18anos) residente na Travessa Lourival Freire e Edclessio Lopes da Silva (27 anos) residente a rua Projetada em Serra da Raíz, ambos já tem passagem pela policia, o Guilherme quando menor de idade já cometeu vários furtos na cidade, Edclessio (novinho como é conhecido) foi preso recentemente na capital tentando entrar em um presidio com uma TV cheia de celulares.
Em entrevista ao repórter Felipe Silva da Talismã FM, Guilherme assumiu a autoria do crime e negou a participação de Novinho e outras pessoas, mas afirmou que cometeu o crime com outras pessoas, ele chegou a afirmar que não ia entregar os parceiros porque poderia sofrer represálias, ainda afirmou ser usuário de drogas e pertencer a facção criminosa Al Qaeda, ainda chegou a brincar mandando alô para os parceiros e disse que não deve sair desse mundo do crime.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

A policia conseguiu recuperar vários objetos, o acusado Guilherme levou os PMs até uma plantação de Bananeiras onde os objetos estavam escondidos envoltos a sacolas, dos objetos furtados a PM ainda tenta descobrir com os suspeitos onde está o botijão, segundo um popular o Novinho estaria trafegando com um botijão na manhã de hoje, mas ainda não se confirma se é objeto do furto, os mesmos foram encaminhados a delegacia para detalhar o fato.
A entrevista do acusado vai ao ar no Jornal da 99 1ª e 2ª edição pela Talismã FM nesta terça-feira.
serradaraizemfoco

DONA INÊS-PB: Jovens são detidos pela polícia acusados de furtos. Uma jovem de 18 anos disse pertencer a Al Qaeda

Dois jovens foram detidos na noite dessa terça-feira (25) pela Polícia Militar do destacamento de Dona Inês, acusados de furto a residência.

Eduardo Paulo Azevedo dos Santos, de 19 anos de idade, de santa Rita-PB, confessou participação no furto à residência do senhor Luciano Bento da Silva, residente no sítio Tapui de Dona Inês e afirmou ainda que outro jovem, identificado como Tiago, foi o mentor do furto ocorrido por volta das 1400 do sábado.

Além de Eduardo que foi detido pela polícia, a jovem de 18 anos de idade, Rayane da Silva Alves, também foi detida. Na casa onde a jovem está residindo foi encontrado o material furtado foi encontrado. A jovem foi acusada por receptação.

Rayane disse ser usuária de maconha, mas negou que tivesse participação nos crimes de furto ocorridos nos últimos dias na cidade. Afirmou ainda que é integrante da facção criminosa Al Qaeda.

Também foram conduzidos para a delegacia um menor de idade identificado como Ezequiel e um senhor de idade, identificado como José Bezerra da Silva, de 66 anos de idade, responsável pela casa que é ocupada pelos suspeitos. Tiago não foi localizado.

O comandante do destacamento de polícia militar do município, Sargento PM Dos Santos, comandou a ação policial e disse acreditarque o material furtado é usado como moeda para adquirir drogas na cidade.

Por Júnior Campos

Acusados de participação em roubos e furtos em Bananeiras são pegos pela Polícia Civil

Dalvan Barbosa da Silva, de 21 anos de idade foi preso e W.F.S. de 17 anos foi apreendido pela polícia civil na manhã da sexta-feira (18) na localidade conhecida como Gruta de Antônio Luzia, próximo a Chã do Lindolfo, zona rural de Bananeiras, no brejo paraibano.

O Dr. Diógenes, Delegado de Polícia Civil que responde por Bananeiras, contou que a prisão com a apreensão ocorreu após vários Boletins de Ocorrências de furtos e roubos na região de Chã do Lindolfo, registrados na delegacia. “Após ouvirmos as vítimas e a identificação de alguns dos acusados, solicitamos da justiça, mandados de busca, apreensões e prisões, que foram cumpridos no início da manhã desta sexta-feira.” Contou o delegado.

De acordo com o delegado um terceiro integrante do bando que é responsável por no mínimo duas ações criminosas foi identificado como sem do Júnior de Zé do Trator, porém, este terceiro, não foi localizado pela polícia.

Dalvan

A polícia apreendeu com os dois espingardas de fabricação caseira, uma garrucha, celulares, câmeras fotográficas e um notebook; material furtado e roubado pelos acusados.

Dalvan, mais conhecido como Paulistinha, disse a nossa reportagem que cometeu os crimes porque foi influenciado pelo Júnior que, não foi preso. Disse não precisar roubar e que não pretende mais cometer roubo ou furto. O jovem confessou autoria e participação em um furto e em um roubo, onde um agricultor foi roubado. O menor também confessou participação nos crimes.

Por Júnior Campos