Arquivo da tag: Funcionários

Agência do BB de Santa Rita é assaltada e funcionários são feitos reféns

No início da tarde desta segunda-feira (04), dois homens armados, se passando por clientes, entraram na agência bancária do Banco do Brasil que fica no Centro da cidade de Santa Rita e anunciaram o assalto.

De acordo com informações policiais eles renderam o vigilante, tomaram a arma dele, e renderam também uma funcionária do setor administrativo da agência entre outros funcionários que foram trancados em um banheiro da agência.

Depois de alguns minutos, os assaltantes fugiram levando dinheiro e a arma do vigilante.

A gerencia do BB ainda não passou para a polícia o valor do dinheiro roubado.

A polícia segue em diligência.

PB Agora

 

 

Correios: TST determina que 70% dos funcionários mantenham atividades

O ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TST) Mauricio Godinho Delgado determinou nessa quinta-feira (12) que 70% dos empregados dos Correios mantenham as atividades da empresa durante a greve iniciada nesta semana. Pela decisão, o descumprimento do efetivo acarretará na aplicação de multa de R$ 50 mil por dia aos sindicatos da categoria.

A decisão do ministro foi proferida em audiência de conciliação feita entre a empresa e os sindicatos que representam os trabalhadores. Na reunião, o ministro propôs o fim da greve. Em contrapartida, os Correios devem manter os termos do atual acordo coletivo de trabalho e o plano de saúde dos empregados até 2 de outubro, data do julgamento do dissídio coletivo pelo TST. A empresa aceitou a medida e os sindicatos levarão a proposta para votação nas assembleias locais.

De acordo com a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect), os trabalhadores reivindicam reajuste salarial com reposição da inflação (3,25%) e não querem cortes de direitos conquistados.

Segundo a Fentect, mesmo com a mediação já iniciada no TST, referente ao processo de negociação do Acordo Coletivo 2019/2020, a empresa deixou de receber os representantes dos trabalhadores. Para a entidade, a empresa não dá prejuízo e não depende de financiamento público. Os empregados também são contra a eventual privatização dos Correios.

Em nota, os Correios afirmaram que aceitaram a proposta de encaminhamento do ministro “para minimizar os impactos da paralisação, inclusive a perda de clientes para a concorrência”. A empresa também declarou que espera chegar a um “entendimento razoável” para não comprometer suas finanças.

“Vale destacar que, atualmente, as despesas com pessoal equivalem a 62% dos dispêndios anuais da empresa”, diz o comunicado.

Serviços

Segundo os Correios, devido à greve, um Plano de Continuidade de Negócios foi montado pela empresa e as postagens e entregas de correspondências e de encomendas Sedex e PAC continuam sendo realizadas em todos os municípios. Os serviços com hora marcada (Sedex 10, Sedex 12, Sedex Hoje) estão suspensos temporariamente.

 

 

Agência Brasil

 

 

Saída de mais de 3 mil funcionários da Caixa Econômica começa em julho

A saída de 3,5 mil funcionários da Caixa Econômica Federal (CEF) através do Programa de Demissão Voluntária Estimulada (PDVE) começará a ser efetivada a partir da próxima semana. O anúncio sobre a medida foi feito ainda em maio e faz parte de um plano de redução de custos. Em menos de três anos, a Caixa já realizou três programas de demissão voluntária, o que já teria impactado em 3,6% menos gasto com pessoal em 2018, quando 2.228 empregadores deixaram o banco.

Ainda em 2019, cerca de dois mil servidores serão admitidos. Até o momento, 325 pessoas já foram chamadas e a perspectiva, de acordo com informações da assessoria de comunicação da CEF, é que os 1.675 restantes sejam convocados nos próximos meses. Todos fazem parte do banco de vagas de Pessoas Com Deficiência (PCD). Os funcionários estão passando pelo processo de admissão, como a realização de exames médicos, ações de integração e assinatura de contrato.

“Foi um pedido (dos servidores). Eu já fui a mais de 60 agências e as pessoas cobravam poder ter esse plano (de demissão). Porque ele oferece alguns benefícios. Você se aposenta e recebe vários salários na frente”, afirmou o presidente da CEF, Pedro Guimarães, em entrevista exclusiva ao O POVO.

Ele explicou que, em 1989, houve um concurso público para provimento de muitas vagas na instituição e, em 2019, as servidoras que assumiram cargos naquele ano já estão aptas a se aposentar, após 30 anos de serviço público prestado. Os funcionários que se aposentarem ainda este ano permanecerão com o direito ao plano de saúde. Este é o primeiro PDVE executado durante a gestão de Pedro Guimarães.

“Agora, a partir do dia 5 de julho, (saem) 3.500 pessoas que já poderiam se aposentar. Já iriam, mas agora conseguem se aposentar recebendo 9,7 salários. Elas têm um ganho quase de um ano trabalhado para se aposentar”, complementou o presidente. Pedro Guimarães ressaltou ainda que dois mil funcionários seriam chamados, aprovados no concurso realizado em 2014. Os funcionários serão contratados pelo regime CLT.

O economista Lauro Chaves, conselheiro do Conselho Federal de Economia (CFE), comenta que o presidente da Caixa destacou, durante visita a Fortaleza, que a instituição terá uma atuação cada vez mais focada na área social e que, do ponto de vista organizacional, o redimensionamento dos custos operacionais do banco – e consequentemente do seu quadro de funcionários – seria justificável.

“Não ficou claro então, porque seriam convocados aprovados em concursos recentes. Vale reforçar o relevante papel que a CEF desempenha na economia brasileira e que para isso deve ter eficiência operacional e foco estratégico”, comentou Lauro.

Para o presidente do Sindicato dos Bancários do Ceará, Carlos Eduardo Bezerra, a redução do quadro de pessoas na CEF pode impactar no atendimento da instituição, mais especificamente em relação à execução de ações de crédito. “Significa a precarização do atendimento em um momento que, desde 2013, percebemos mudança no volume de crédito sendo alterado de bancos públicos para bancos privados”, avalia. A preocupação, segundo ele, é que a medida impacte negativamente em programas sociais como o Minha Casa, Minha Vida e Bolsa Família.

A assessoria de comunicação da CEF ressaltou que são abertas 3.500 vagas para quem quer se aposentar voluntariamente. Para isso, o funcionário precisa ter finalizado, até dezembro deste ano, o processo de aposentadoria através do INSS, o que pode demandar meses até sua concretização. O impacto dessa realidade no não preenchimento de vagas pode chegar até 10%.

 

O Povo

 

 

Trio armado rende funcionários de empresa de ônibus e rouba cofre, em João Pessoa

A empresa de ônibus Marcos da Silva foi assaltada na madrugada desta quarta-feira (27), na Rua João Cirilo da Silva, no bairro Portal do Sol, em João Pessoa. Três homens armados chegaram no local e renderam dois funcionários da empresa.

De acordo com informações da Polícia Militar, após renderem os funcionários, os suspeitos violaram o cofre da empresa e levaram tudo que estava dentro. No entanto, a PM não informou quais os objetos que foram roubados e se havia uma quantia em dinheiro.

Após o roubo, os suspeitos fugiram em um carro de cor escura que estava em frente ao local, dando apoio aos criminosos e esperando para a fuga. Até as 7h40 desta quarta-feira, nenhum dos suspeitos havia sido localizado.

G1

 

Pinto do Acordeon canta em corredor de hospital e anima pacientes e funcionários

O cantor, músico e compositor Pinto do Acordeon cantou no corredor do Hospital Memorial São Francisco, em João Pessoa, onde está internado há alguns dias para tratamento nos rins e avaliação de necessidade de cateterismo. O momento foi registrado em vídeo, nessa quinta-feira (14).

O filho de Pinto do Acordeon, Mô Lima, disse ao ClickPB que o médico Ítalo Kumamoto convidou seu pai para se apresentar na inauguração de uma ala hospitalar.

O cantor e compositor Pinto do Acordeon deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na manhã do dia 6 de março. Contudo, ele segue internado. Pinto passou por sessão de hemodiálise no dia 3 deste mês.

O filho dele, o também músico Mô Lima, conversou com o ClickPB na segunda-feira (4) e confirmou que o pai tem se tratado de problemas renais para ser submetido a um cateterismo.

Em 2015, Pinto do Acordeon amputou parte de uma das pernas por complicações do diabetes.

Ainda segundo revelou Mô Lima ao ClickPB, Pinto tem conversado e está ansioso e preocupado em se recuperar para poder se apresentar nas festas de São João.

Veja o vídeo.

clickpb

 

Em assalto, funcionários e clientes dos Correios são mantidos reféns

Foto: Márcio Rangel

Funcionários e clientes de uma agência dos Correios localizada em frente a Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), no bairro de Bodocongó, foram feitos reféns durante assalto na manhã desta quinta-feira (05). A Polícia Militar está no local para negociar com um dos bandidos, que mantém cerca de três pessoas reféns.

Os três homens chegaram a assaltar a agência, mas na fuga foi surpreendida pela Polícia Militar. Um dos assaltantes se entregou e foi preso pela polícia. Toda avenida foi interditada pela polícia em virtude do risco.

Agredido, o vigilante da agência, Ricardo Vinícius de Freitas Silva, 37 anos, foi socorrido para o Hospital de Emergência e Trauma da cidade. Ele revelou que ao chegar ao local para abrir a agência já encontrou um dos assaltantes no interior do estabelecimento, com uma farda dos Correios.

“Pensei em recuar quando ele disse ou entra ou eu mato a menina que já estava dentro. Só tinha um suspeito dentro e ele disse finja que está tudo natural e cadê sua arma? Eu disse que minha arma não fica na empresa. Ele disse então fique na porta esperando o fiscal, pegue sua arma e traga para mim. Quando eu fiquei na porta vi que tinha outros dois suspeitos do lado de fora, de porte médio. Quando tive a primeira oportunidade abri a porta e derrubei os dois que estavam desarmados”, destacou. Na confusão briga corporal o vigilante sofreu uma mordida dos suspeitos.

Acompanhe a negociação na página do jornalista Márcio Rangel

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Jacaré assusta funcionários de concessionária e é capturado na PB

Um jacaré de pequeno porte assustou os funcionários que chegaram para trabalhar em uma concessionária de veículos, na BR-230, em João Pessoa, na manhã deste sábado (1º). A Polícia Ambiental foi acionada e fez o resgate do réptil.

Segundo o tenente Godoy, da Polícia Ambiental, o aparecimento dessa espécie de animal na área urbana é comum durante o período de chuvas. O jacaré foi capturado rapidamente, de acordo com o policial.

Após o resgate, o animal vai ser solto em seu habitat, na região de Santa Rita, na Grande João Pessoa. De acordo com o tenente Godoy, a polícia vai procurar um lugar com vegetação e afastado da comunidade para soltar o réptil.

Réptil vai ser solto em seu habitat, afastado da comunidade (Foto: Walter Paparazzo/G1)

Réptil vai ser solto em seu habitat, afastado da comunidade (Foto: Walter Paparazzo/G1)

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

‘Lei da gorjeta’ entra em vigor neste sábado e divide opiniões de funcionários

A chamada ‘lei da gorjeta’ passa a valer em todo o Brasil neste sábado (13), 60 dias após ter sido sancionada pelo presidente Michel Temer. Ela regulamenta a cobrança e a divisão de gorjetas em restaurantes, hotéis, motéis e “estabelecimentos similares”, segundo o texto da lei. Para o cliente, nada vai mudar, o pagamento continua opcional.

Funcionários de restaurantes de São Paulo ouvidos pelo G1 dividem opiniões. Já para os especialistas, eles afirmam que a lei é positiva porque deixa as regras claras e dá maior segurança jurídica para patrões e empregados.

A principal mudança apontada é sobre a famosa “caixinha”. Hoje, cada estabelecimento faz de um jeito. Em alguns lugares, a gorjeta é paga “por fora”, com o valor integral para os funcionários. Agora, ela terá que constar na folha de pagamento, o que, por um lado, resulta em descontos no valor pago, e, por outro, melhora décimo terceiro, FGTS e aposentadoria.

Em um restaurante da Rua Fidalga, na Vila Madalena, enquanto recolhe os pedidos ou equilibra a bandeja, o veterano garçom Calixto Pinheiro explica porque aprova a mudança. “Acho que é uma boa porque tem chance do pessoal se organizar e planejar mais. Porque todo dinheiro que a gente pega, a gente gasta, né?”. O cearense está há 58 dos seus 75 anos no ramo.

Calixto conta que, quando foi maître no Esporte Clube Pinheiros, esse era o sistema adotado no local. “Há 40 anos atrás já era assim, a caixinha já caía na folha. Fomos beneficiados quando aconteceu isso”. No restaurante que trabalha hoje, a gorjeta é paga de maneira integral e por fora.

O advogado trabalhista Marcel Daltro acompanhou uma série de processos na justiça sobre o tema e disse que as decisões variavam em cada estado. “Era um tema bastante sensível porque nem o funcionário tinha as regras claras, nem o estabelecimento”.

“A gente se deparava com discussões astronômicas. Vi casos de estabelecimentos que foram fechados por causa de condenações na ordem de 80, 90 mil reais”, contou o advogado. Do lado do trabalhador, a reclamação frequente era que o empregador não repassava tudo o que era arrecadado.

Para o presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de São Paulo (Abrasel-SP), Percival Maricato, a lei é importante porque “impede interpretações divergentes de juízes do trabalho, empresários e trabalhadores”.

Ainda assim, ele acredita que, como toda nova lei, podem surgir divergências. “Os funcionários que recebem os 10% integral vão reclamar. Ainda que melhore outros aspectos, como aposentadoria, ele vai receber menos”.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Assembleia Legislativa da Paraíba exonera funcionários comissionados

assembleia-legislativaA Mesa Diretora da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) exonerou todos os funcionários comissionados que integram a estrutura organizacional da Casa.

O ato da Mesa Diretora foi publicado no Diário do Poder Legislativo do dia 1º de fevereiro.

O presidente da ALPB, Gervásio Maia (PSB), informou que vai recontratar alguns deles. A decisão é uma tentativa de reduzir gastos. Não foi informada a quantidade de comissionados demitidos.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Bananeiras começa recadastramento dos seus funcionários nesta terça-feira

recadastramentoA Prefeitura Municipal de Bananeiras realizará entre os dias, 10 e 13 de Janeiro, no Espaço Cultural Oscar de Castro, o recadastramento dos seus funcionários públicos municipais, pela manhã de 8h às 12h e a tarde das 14h às 17h.
Cerca de 700 funcionários, lotados nas mais variadas Secretarias serão divididos entre os dias do recadastramento. Para realizar o recadastramento é necessário os documentos pessoais (RG,CPF, Titulo de Eleitor, Comprovante de residência), cópia da Portaria de Nomeação e Número do Pasep.
O dia 10 de janeiro será destinado aos funcionários lotados nas secretarias de administração, finanças, turismo, agricultura, obras e desenvolvimento social.
Dia 11 de janeiro, os funcionários da secretaria de saúde
Dias 12 e 13 para a secretaria de educação
O não comparecimento do funcionário público municipal ao cadastramento, implicará em retenção dos vencimentos pela Administração.
Compareça ao local de recadastramento e mostre seu compromisso com o serviço público.
Ascom-PMB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br