Arquivo da tag: funcionária

Diretor e funcionária de escola pública são roubados no local de trabalho, em Cacimba de Dentro

O diretor e uma funcionária de uma escola pública no município de Cacimba de Dentro, na Paraíba, foram vítimas de um roubo na noite desta quinta-feira (21). O caso aconteceu por volta das 21h45, dentro da unidade de ensino, localizada na rua Olegário da Silva.

De acordo com o relato do diretor à Polícia Militar, o assaltante portando uma arma de fogo, invadiu a Escola Integral Senador Humberto Lucena e anunciou o roubo. Ele subtraiu do diretor a quantia de R$ 750,00 e uma carteira contendo documentos e cartões de créditos, além de um aparelho celular Moto G6 da funcionária pública.

Segundo informações, o indivíduo aparentemente menor de idade deixou o local a pé, tomando destino ignorado. Uma Guarnição da Polícia Militar realizou rondas no intuito de localizar o autor do delito porém, sem êxito.

Redação e Créditos | Blog do Pedro Júnior

 

 

Bandidos armados rendem funcionária e roubam padaria em Solânea, no Brejo paraibano

Dois bandidos armados entraram em uma padaria e roubaram todo dinheiro do caixa na tarde desta sexta-feira (15), na cidade de Solânea, no Brejo da Paraíba. O assalto foi por volta de 14h50, na Rua 05 de agosto.

Uma funcionária, de 29 anos, relatou à Polícia Militar que foi rendida pela dupla e eles levaram uma quantia em dinheiro. O valor não foi informado.

A mulher disse que os assaltantes estavam de casaco preto, com capuz e um deles portando uma espingarda de cano cerrado. “Eles vieram em direção ao caixa e anunciaram o roubo”, relatou.

Após o crime, a dupla fugiu com destino ignorado. Policiais realizaram rondas no intuito de prender os suspeitos, mas até às 10h deste sábado (16) ninguém havia sido preso.

Redação e Créditos/Blog do Pedro Júnior

 

 

 

Funcionária é baleada em tentativa de assalto na CBTU

Uma funcionária foi baleada durante tentativa de assalto no começo da tarde desta quarta-feira (16), na estação central da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), no Varadouro, em João Pessoa.

Segundo apuração da TV Correio, bandidos armados chegaram em um carro e anunciaram o assalto. O vigilante da estação teria reagido e os criminosos atiraram. Ele tentou se proteger e não foi atingido, mas uma funcionária da estação teria sido ferida na perna de raspão. Ela foi socorrida para o Hospital de Trauma de João Pessoa, onde permanece internada em estado regular.

De acordo com o tenente-coronel Cristóvão Lucas, três suspeitos foram presos e uma arma apreendida logo depois da ocorrência. A Polícia Militar informou que foram presos dois jovens de 18 e 21 anos e um homem de 51 que dirigia o carro, mas negou estar envolvido no assalto.

Os suspeitos foram identificados após imagens do circuito interno da estação de trens mostrarem a ação da dupla. Segundo as imagens, o motorista do carro permaneceu no veículo.

 

portalcorreio

 

 

Alunas são apreendidas suspeitas de agredir funcionária de escola na PB

escolaDuas estudantes adolescentes foram apreendidas suspeitas de agredirem uma funcionária da escola onde estudam, no Monte Castelo, em Campina Grande. De acordo com a Polícia Civil, elas foram apreendidas após uma ação contra crimes em instituições de ensino.

Ainda conforme a Polícia Civil, as adolescentes agrediram a funcionária com chutes, tapas e puxões de cabelo. A funcionária não precisou ser atendida no hospital porque teve ferimentos leves. As adolescentes foram autuadas em flagrante e, em seguida, liberadas.

Após o caso, as aulas foram suspensas. “Os alunos foram todos liberados. Essa foi a primeira vez [que aconteceu algo assim]. Desde que trabalhei aqui, nunca tinha acontecido nada desse tipo, não”, declarou o vigilante da escola, Joaquim Pereira. Ainda segundo ele, não havia rixa entre as alunas e a funcionária, foi apenas um desentendimento.

Os policiais fizeram a apreensão após receberem denúncias sobre o caso. A ação foi realizada pela Delegacia de Infância e Juventude. A polícia informou aos pais das meninas para que apresentem as adolescentes ao Ministério Público e à Vara de Infância e Juventude.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Funcionária de agência boliviana questionou plano de voo da LaMia

O Jornal Hoje, da TV Globo, teve acesso ao plano de voo do avião da LaMia que caiu com a delegação da Chapecoense, na madrugada de terça-feira, e a um documento com um relato de uma funcionária da da Aasana, a agência nacional de aviação da Bolívia. Segundo os documentos, Celia Castedo Monasterio questionou o piloto Miguel Quiroga sobre a autonomia do avião para o trajeto. Ela alertou que a capacidade de armazenamento de combustível da aeronave não era adequada para o plano de voo determinando e que faltava um plano alternativo, pois a quantidade de combustível seria insuficiente em caso de emergência.

Plano de voo da LaMia (Foto: Reprodução)Plano de voo da LaMia (Foto: Reprodução)

A principal observação da funcionária teria sido com o tempo de voo entre Santa Cruz de la Sierra e Medellín. Celia alertou a um despachante da companhia que a duração era igual à autonomia de combustível da aeronave. Segundo os documentos aos quais o jornal teve acesso, o tempo de rota era de 4h22min, assim como a autonomia. Em resposta, o despachante disse ter conversado com o piloto, que insistiu na realização do voo, afirmando que a autonomia era suficiente e que faria a viagem em menos tempo.

– Não, senhora Celia, essa autonomia me passaram, é suficiente. Assim, não apresento mais nada. Vamos fazer em menos tempo, não se preocupe. É assim, fique tranquila, está bem.

A funcionária da Aasana não tinha autoridade para impedir a realização do voo. Esta responsabilidade cabia à Departamento de Aviação Civil da Colômbia. A agência ainda não se manifestou sobre o caso. Celia Castedo foi afastada de suas funções nesta quinta-feira.

Acidente avião chapecoense  (Foto: Agência Reuters)Acidente com avião da Chapecoense matou 71 pessoas (Foto: Agência Reuters)

Um comandante entrevistado pelo jornal boliviano “El Deber” criticou o plano. Segundo ele, a autonomia não deveria ser igual ao tempo de voo.

– Quando se faz um plano de voo, se deve contemplar a carga de combustível para ir desde o ponto de decolagem ao destino. Além disso, se deve contemplar o tempo que demoraria chegar a um aeroporto alternativo em caso de emergência ou de reabastecimento, somado a 45 minutos de autonomia no ar diante de qualquer eventualidade – disse o comandante, que não teve seu nome revelado e que classificou o plano de voo como uma “cadeia de erros”.

IML Medellín (Foto: Vicente Seda / GloboEsporte.com)IML de Medellín já identificou corpos (Foto: Vicente Seda / GloboEsporte.com)

A Chapecoense espera dar início ao velório coletivo das vítimas do acidente aéreo nesta sexta-feira. Havia uma previsão inicial para as 12h, mas que foi adiado em função de alguns atrasos. O Verdão acredita que as celebrações comecem entre o fim da tarde e o início da noite. Segundo o clube, há uma força-tarefa de funerárias em Medellín, na Colômbia, para o embalsamento dos corpos identificados e o posterior embarque ao Brasil.

O Verdão agora trabalha na estrutura da Arena Condá para receber cerca de 100 mil pessoas na despedida. Por metidas de segurança, os torcedores podem ficar apenas na área das arquibancadas e não circulariam entre os caixões. Dois telões devem ser colocados fora do estádio com imagens do velório.

Arena Condá Chapecoense (Foto: Diego Madruga)Arena Condá se prepara para receber vítimas (Foto: Diego Madruga)

Uma preocupação do clube catarinense é com o trajeto do aeroporto até o estádio. Em função da comoção da cidade e das pessoas que devem acompanhar os veículos de transporte, a Chape trabalha com a ideia de que os oito quilômetros de distância possam ser feito em cerca de duas horas.

Antes do velório coletivo haverá um tempo reservado aos familiares. A programação é de que 45 minutos para os entes e depois os torcedores podem fazer as homenagens. Os corpos sepultados na cidade devem ficar até oito horas na Arena Condá. Os que seguirão para outras cidades a expectativa é de quatro horas.

Na manhã desta quinta, profissionais do clube e voluntários se dedicaram à limpeza da Arena Condá. Com muito lixo em função da homenagem na noite de quarta, eles trabalharam para deixar o estádio em condições de receber o velório coletivo. Paralelamente, a empresa de cerimônias contratada finaliza a estrutura no gramado para receber os caixões.

A expectativa é que os corpos cheguem ao Brasil entre sexta e sábado. A Chapecoense preparada um velório coletivo na Arena Condá. A previsão é que cerca de 100 pessoas acompanhem o acontecimento.

INFO - acidente avião chapecoense v3 (Foto: Editoria de Arte)
Globoesporte.com

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Golpe: Pastor usa documentos de fiel que vira funcionária fantasma no Paraná

pastorUm assessor do deputado estadual Pastor Edson Praczyk (PRB) pediu os documentos de uma fiel que passava por uma crise financeira com o pretexto de abençoar a mulher. Depois de entregar a documentação, ela passou a ser funcionária fantasma do gabinete do parlamentar. Esta é uma nova denúncia do Ministério Público do Paraná (MP-PR) contra o deputado, revelada pelo Paraná TV nesta quinta-feira (28).

O MP-PR investiga a contratação de mulheres de pastores evangélicos como servidoras comissionadas no gabinete de Praczyk. Segundo os promotores, as mulheres eram funcionárias fantasmas, ou seja, recebiam sem trabalhar.

De acordo com a nova denúncia, o assessor levou ao deputado os documentos da fiel e, então, Praczyk teria feito a contratação da mulher como funcionária do gabinete dele, sem que ela soubesse.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Ao longo de cinco anos, a funcionária fantasma foi nomeada e exonerada, sendo nomeada por três vezes. O dinheiro do salário dela caía nas contas do então assessor do deputado. No total, com essa manobra, o parlamentar e o assessor ficaram com R$ 35 mil desviados do dinheiro público.

Ataque
Na quarta (27), ao se defender no Plenário da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), em Curitiba, Praczyk negou as suspeitas, além de agredir verbalmente jornalistas. A primeira denúncia veio à tona na terça-feira (26).

O Sindicato de Jornalistas Profissionais do Paraná repudiou as declarações de Praczyk, que atacou profissionais da categoria que cumpriam o dever de questionar as irregularidades apontadas pelo MP-PR. O sindicato informou que vai estudar medidas a serem tomadas contra o parlamentar, que ocupa a presidência do Conselho de Ética da Casa.

No dia anterior, o deputado estadual se negou a responder os questionamentos feitos por um repórter.

Denúncia
Conforme a primeira denúncia, o deputado estadual é suspeito de receber os valores em nome das mulheres contratadas por ele na Alep. O caso investigado aconteceu entre os anos de 2001 e 2003, quando ele cumpria o primeiro mandato na Casa.

Para manter a fraude, conforme a promotoria, o deputado usava uma funcionária da Assembleia, que trabalha com ele até hoje, embora esteja lotada em outro gabinete. Ela possuía autorização e procurações para movimentar as contas bancárias de todos os servidores do gabinete do deputado, incluindo os fantasmas.

Dentre os poderes que a funcionária detinha estava a solicitação de extratos, conferência de saldos e juros, alteração de senhas, retirada de cartões de débito, requisição e assinatura de cheques, além e de depósito e saque de qualquer quantia.

Defesa
O deputado negou que haja controle dos salários de servidores por qualquer funcionário. “Foi um caso isolado, de que uma funcionária, enquanto amiga, fez uma solicitação para que ela auxiliasse na solicitação de cartões de crédito da sua conta bancária”, justificou.

Praczyk também disse que a colaboradora apontada pelo MP-PR como ser a responsável em administrar as contas das fantasmas não é funcionária fantasma. Entretanto, a Ministério Público não diz que esta mulher é fantasma, mas sim que ela administrava por meio de procuração as contas das demais funcionárias fantasmas do pastor.

Ainda na defesa feita por ele na quarta-feira, o parlamentar citou apenas de uma procuração, sendo que a denúncia do MP-PR inclui nove.

Durante o pronunciamento feito na Casa, os professores que acompanhavam a sessão se manifestaram, e o deputado olhando para a plateia disse: “Lembrem-se que eu votei por vocês antes de falar, por favor”. Os professores da rede pública estadual estão em greve há mais de um mês e têm um impasse com o governo: a categoria pede reajuste de 8,17%, enquanto o Governo do Paraná oferece aumento de 3,45%.

Conselho de Ética
O presidente da Alep, Ademar Traiano (PSDB), afirmou na quarta-feira que espera que o deputado Pastor Edson Praczyk peça para sair do cargo de presidente do Conselho de Ética da Casa. “Nós vamos conversar com o parlamentar, e eu espero que a iniciativa, quem sabe até de uma própria demissão, possa ocorrer”, afirmou Traiano.

No Plenário, Praczyk afirmou que, caso seja solicitado, deixará o Conselho de Ética. Ele ainda negou que tenha cometido quaisquer irregularidades. “Por acaso, alguma delas deixou de trabalhar? Todas trabalhavam e recebiam normalmente pelo que faziam”, disse o deputado.

G1

Escola da Capital é invadida por bandidos e funcionária teria sido abusada durante assalto

Reprodução/Google Street View Escola Estadual Concita Barros
Reprodução/Google Street View
Escola Estadual Concita Barros

A Escola Estadual Concita Barros foi invadida na tarde desta terça-feira (27), no bairro do Geisel, em João Pessoa, por quatro homens armados. Segundo a direção da unidade, os assaltantes fizeram os funcionários de reféns e há suspeita de que eles teriam abusado de uma das funcionárias. A unidade fica a poucos metros de uma delegacia distrital e essa é a 2ª vez que a unidade é alvo dos bandidos.  

Ainda segundo a direção, os homens chegaram à escola e renderam os servidores. “Os assaltantes surpreenderam os operários que trabalhavam na reforma da escola e levaram celulares e uma motocicleta. Logo em seguida, o grupo rendeu também todos os funcionários, pediu para que eles deitassem no chão e roubou dinheiro, celulares e joias”, disse a vice-diretora, que não quis se identificar.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Conforme a denúncia, os criminosos eram agressivos e estavam encapuzados. Uma das funcionárias teria sido agredida e abusada. “Uma das nossas servidoras foi levada para uma sala e abusaram dela. A nossa escola está em reforma há um ano e até agora as obras continuam”, lamentou a vice-diretora.

O caso foi registrado na 4ª Delegacia Distrital, no bairro do Geisel, em João Pessoa.

 

Por Hyldo Pereira

Funcionária da Guarabira FM teve moto roubada “da porta” da empresa

A funcionária da Rádio Guarabira FM, emissora do Sistema Correio, Kelly Brito Soares, teve sua moto roubada na manhã desta quarta-feira (7). De acordo com uma postagem feita pela mesma em sua página no facebook, a moto da marca Shineray, de cor branca, foi roubada quando estava estacionada ao lado do prédio da emissora, localizada no Centro da cidade, próxima ao Teatro Geraldo Alverga.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

 Veja o que a proprietária escreveu sobre o fato

“Hoje pela manhã roubaram a minha moto em frente ao meu local de trabalho na Guarabira Fm, gente ajudem a compartilhar qualquer informações entre em contado comigo. Obrigada Deus abençoe. A alegria do Senhor e a minha saúde e paz o resto agente corre atrás”.

cats

 

portalmidia

Carregador de empresa é preso suspeito de estuprar funcionária de pousada na Paraíba

sireneFoi preso nessa sexta-feira (2) o suspeito de estuprar a recepcionista de uma pousada no Centro de Campina Grande, no Agreste do estado, no fim de 2013. O homem de 28 anos é carregador de uma empresa da cidade e foi preso enquanto trabalhava na loja, na avenida Assis Chateubriand, no Catolé, em Campina.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook
De acordo com a Polícia Civil, a prisão ocorre sob mandado de prisão expedido pelo juiz da 2º Vara da Família, com operação coordenada pela delegada Herta de França e os agentes Góes e Monalisa, da Delegacia da Mulher.

Segundo a polícia, além de ser suspeito de ter violentado a recepcionista, ele ainda teria roubado o caixa da pousada onde ela trabalha e dois aparelhos celulares, na madrugada do dia 31 de dezembro de 2013.

 

portalcorreio

Funcionária é descoberta publicando selfies nua no Parlamento suíço

selfUma secretária que publicou fotos dela nua dentro do Parlamento suíço para mais de 11 mil seguidores no Twitter disse a um jornal nesta quarta-feira (6) que não acreditava ter violado nenhuma regra.

Muitos dos “selfies” foram tirados em seu gabinete no Palácio Federal, um edifício de 162 anos em Berna, sede de reuniões do governo e Parlamento suíço, de acordo com o jornal suíço Neue Zuercher Zeitung (NZZ).

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A mulher não identificada, uma secretária no Parlamento, disse ao jornal que as fotos não violam as diretrizes dos servidores federais porque dizem respeito a sua vida privada. A reportagem não informou por que ela publicou as imagens.

Um porta-voz do departamento de recursos humanos do governo disse ter tomado conhecimento do caso por meio da reportagem publicada nesta quarta-feira.

“O setor de serviços parlamentares vai ter que decidir, baseado nas circunstâncias específicas, se esse é um caso de violação das obrigações de bom senso entre empregado e empregador”, disse Anand Jaqtap.

Ao ser questionada se estava preocupada de que seus colegas possam ver as fotos, ela respondeu: “Penso nessa questão constantemente”.

R7