Arquivo da tag: funciona

Escola estadual de Bananeiras funciona sem energia elétrica desde março

“O transformador queimou e até hoje estamos estudando sem energia. Somos quase 500 alunos. Além do ginásio às ruínas, os funcionários vão em casa imprimir as atividades e estocar as merendas da escola”. A denúncia, publicada nas redes sociais através de vídeos, foi feita por um estudante da Escola Cidadã Integral José Rocha Sobrinho, localizada no município de Bananeiras, no Brejo da Paraíba.

Há quase três meses, os alunos da unidade precisam estudar no escuro. A escola está sem luz desde o mês de março, quando o transformador de energia parou de funcionar. Desde então, eles continuam tendo aula, mas em condições precárias, dependendo da luz natural que entra pelas janelas.

Além das aulas, a falta de energia prejudicou também o preparo da merenda na escola. Como as geladeiras e o freezer estão desligados, não é possível armazenar produtos perecíveis. Assim, os funcionários levam e guardam a comida nas suas casas.

O que dizem as autoridades

Portal Correio entrou em contato com a Secretaria de Educação do estado e com a Energisa, empresa responsável pelo sistema elétrico. A secretaria, através da assessoria, informou que, após o transformador queimar, foi providenciado outro para manter a energia na escola enquanto a Energisa não religava a rede, mas os alunos desmentem essa versão.

“Mandaram um poste e um transformador novo, mas ele não foi ligado. A escola continua sem energia. Cavaram um buraco e tapearam, porque nada foi feito”, denunciam em vídeo.

Energisa

A Energisa relatou que o transformador queimou porque a escola teria passado por uma reforma, que sobrecarregou o sistema elétrico. Por causa disso, o Governo do Estado chegou a procurar a empresa para ampliar a rede, mas só no dia 15 de maio, dois meses depois da pane. Após as solicitações, o projeto foi desenvolvido, com um prazo de 120 dias para conclusão, mas o governo não retornou para assinar os contratos.

“Toda a rede da escola terá que ser trocada. O projeto foi desenvolvido em cima disso, com um prazo de 120 dias, mas geralmente se conclui antes. Ele já foi aprovado pela Energisa, faltando apenas a assinatura do cliente, que, no caso, é o governo”, explicou a empresa.

A Energisa finalizou explicando que, após as assinaturas, a obra começará com urgência. “Quando o governo assinar os contratos, será realizada uma obra de conexão de rede para o Grupo A, que é a rede que alimenta clientes com carga mais alta. Tanto essa obra quanto a conclusão dela será realizado com urgência. Mas só podemos dar andamento a isso após a assinatura do representante do governo, que é o cliente solicitante”.

Após a versão da Energisa, o Portal Correio voltou a procurar a Secretaria de Educação, que informou que ia checar como está o trâmite para religar a rede elétrica, mas, até a publicação desta matéria, os esclarecimentos não foram além.

 

Portal Correio

 

 

Entenda como funciona a Declaração do Imposto de Renda para quem é MEI

Especialista Tributária do GetNinjas esclarece as principais questões dos profissionais

É cada vez maior o número de Microempreendedores Individuais (MEI) no Brasil. De acordo com levantamento da consultoria MEI Fácil, somente entre novembro de 2017 e maio de 2018 houve um crescimento de 17% no número de profissionais nesta modalidade no País em relação ao mesmo período entre 2016 e 2017.

Muitos desses trabalhadores têm dúvidas sobre a obrigatoriedade ou não do envio da Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física. “A Declaração como Pessoa Jurídica é obrigatória para todos os profissionais nesta categoria. No entanto, a Declaração como Pessoa Física não é. Depende do caso”, esclarece a Especialista em Tributos Elisa Mayumi, que atende pelo GetNinjas, maior plataforma de contratação de serviços da América Latina. Abaixo, ela esclarece essas e outras dúvidas sobre o assunto:

Sou MEI, preciso entregar a Declaração de Imposto de Renda de Pessoa Física?

Não necessariamente. O fato de ser MEI não caracteriza a obrigatoriedade de entrega da Declaração de Imposto de Renda de Pessoa Física. A DIRPF é uma declaração ligada a figura do empresário, ou seja, da pessoa física. A Declaração para Pessoa Jurídica, na qual se enquadra o MEI, no entanto, é obrigatória para todos os profissionais que se enquadram nesta categoria.

Sendo MEI, quando devo entregar a Declaração de IRPF?

Você deve fazer a Declaração de IRPF caso se enquadre em qualquer um dos itens abaixo:

– Recebeu rendimentos tributáveis, sujeitos ao ajuste na declaração, cuja soma anual foi superior a R$ 28.559,70;

– Recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40.000,00;

– Obteve, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;

– Optou pela isenção do imposto sobre a renda incidente sobre o ganho de capital auferido na venda de imóveis residenciais, cujo produto da venda seja destinado à aplicação na aquisição de imóveis residenciais localizados no País, no prazo de 180 (cento e oitenta) dias, contados da celebração do contrato de venda, nos termos do art. 39 da Lei nº 11.196, de 21 de novembro de 2005;

– Obteve receita bruta anual em valor superior a R$ 142.798,50 relativa à atividade rural;

– Pretenda compensar, no ano-calendário de 2018 ou posteriores, prejuízos de anos-calendário anteriores ou do próprio ano-calendário de 2018 referentes à atividade rural;

– Teve a posse ou a propriedade, em 31 de dezembro de 2018, de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300.000,00;

– Passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês e nessa condição se encontrava em 31 de dezembro de 2018.

Como faço o cálculo de rendimentos para o MEI?

O levantamento é feito com base no cálculo do Lucro Presumido para empresas do MEI. Para fazer essa conta, utiliza-se a apuração da receita bruta anual vezes o percentual de isenção permitido pelo governo, de acordo com cada ramo de atividade desenvolvida:

– 8% para comércio, indústria e transporte de carga

– 16% para transporte de passageiros

– 32% para serviços em geral

O resultado dessa conta será a parcela isenta a ser informada na declaração de Imposto de Renda. No documento, é importante que o profissional acrescente essa informação na ficha “Rendimentos Isentos – Lucros e Dividendos Recebidos pelo Titular”.

Após este primeiro passo, calcula-se o rendimento tributável: receita bruta anual menos as despesas comprovadas da atividade (água, luz, aluguel, telefone e outras despesas consideradas imprescindíveis para execução de suas atividades) menos a parcela isenta, calculada anteriormente.

Este resultado será a parcela tributável do lucro que pode ser maior ou não a R$ 28.559,70. Caso o rendimento ultrapasse este valor, deverá ser informado na ficha “Rendimentos Tributáveis Recebidos de Pessoa Jurídica”.

EXEMPLO

Uma empresa optante pelo MEI obteve receita anual no valor de R$ 40.000,00. Sua atividade é de transporte de passageiros e suas despesas comprovadas somam o total de R$ 10.000,00. O percentual de isenção aplicado será de 16% e o cálculo será:

Rendimentos Isentos: 40.000,00 x 16% = 6.400,00

Rendimentos Tributáveis: 40.000,00 – 10.000,00 – 6.400,00 = 23.600,00.

Neste exemplo, os rendimentos tributáveis não ultrapassaram R$ 28.559,70 e, caso o empresário não se enquadre em nenhum outro critério previsto na norma da Declaração, não estará obrigado a efetuar a entrega.

Sobre o GetNinjas

Disponível para Android, iOS e web, o GetNinjas (www.getninjas.com.br) foi eleito, em 2017,pela Forbes Brasil como uma das empresas mais promissoras do Brasil. Atualmente, possui mais de 200 tipos de serviços disponíveis, entre eles estão profissionais das áreas de reformas, moda e beleza, assistência técnica, serviços domésticos, aulas, eventos, entre outros. A empresa, que recebeu R$ 47 milhões de aporte de fundos como Monashees, Kaszek e Tiger Group, já está presente em mais de 3 mil cidades do Brasil, registra cerca de 2 milhões de pedidos de serviços ao ano, e conta com mais de 500 mil profissionais cadastrados. O GetNinjas foi fundado em 2011 por Eduardo L’Hotellier, que atua como CEO – à frente das operações.

 

Promotor diz que escola da PB funciona como bar no fim de semana; prefeitura nega

Imagem mostra freezer, mas registro foi feito em aula
Imagem mostra freezer, mas registro foi feito em aula

A Comarca de Pilar foi acionada para investigar denúncia de que a Escola Municipal Cecília Alves da Fonseca, que fica na Zona Rural do município, estaria funcionando como bar nos fins de semana. A cidade fica a 55 km de João Pessoa.

Uma imagem divulgada na internet mostra um freezer dentro de uma sala de aula, mas o momento do registro é na hora das atividades da escola, inclusive com a presença de professora.

A denúncia teria sido feita por líderes comunitários e recebida pelo promotor Marinho Mendes, que considerou a situação “absurda” e disse que vai propor ação pública para investigar o fato.

Ao Portal Correio, o prefeito do município, Benício Neto, disse que também apura a situação, mas de antemão afirmou que a denúncia não é verídica. Ele disse que entrou em contato com a Secretaria da Educação e abriu um inquérito administrativo.

“Acontece que o freezer está quebrado e foi retirado da cozinha para liberar espaço. O equipamento foi colocado provisoriamente na sala de aula, enquanto não é providenciado o conserto. Quem fez a denúncia agiu com má fé, no intuito de prejudicar a gestão municipal”, disse Benício Neto.

“Existe um bar próximo à escola, na rua por trás. Mas de forma alguma essa atividade foi realizada dentro da instituição de ensino. De toda forma, abrimos um inquérito administrativo junto à Secretaria de Educação para esclarecer totalmente a situação”, completou o prefeito.

Portal Correio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Terapia de casal funciona?

casalCom que fio é tecido o amor? Por que se esgarça? Para onde vai o amor quando acaba? Acaba? Essas são questões que usualmente permeiam as entrelinhas da primeira sessão de uma terapia de casal.

 Do ponto de vista psíquico, a felicidade amorosa ainda é o bem mais almejado. Apesar da imensa importância que se atribui em nossa cultura ao âmbito profissional e financeiro, o “maior bem de consumo” ainda é amar e ser amado e não se encontra à venda no shopping nem online. O desejo amoroso exige uma reciprocidade eternamente durável.

Independentemente do gênero, homens e mulheres se sentem igualmente desvalidos e atormentados frente à ameaça de perder seu parceiro amoroso. Uma possível separação pode trazer à tona sensações de angústia e vazio sem igual. A perda do ser amado representa não apenas uma ruptura externa, mas algo interno à pessoa se perde e se esvai.

Buscando uma solução interna

Na tentativa de evitar uma cisão, casais buscam inúmeras alternativas para reavivar e reascender seu relacionamento. Após várias tentativas, tais como jantares, viagens, um filho, há casais que percebem que uma crise conjugal não se resolverá magicamente a partir de elementos externos. Ou seja, querem entender a dinâmica interna da parceria que não está funcionando: admitem que algo mais profundo permeia a incapacidade de se relacionarem como gostariam e partem em busca da ajuda profissional.

Alguns buscam ajuda individual, outros buscam a terapia de casal, modalidade cada vez mais conhecida do grande público, como uma alternativa para salvar o casamento de um possível naufrágio.

Tenho sido procurada por casais das mais variadas faixas etárias, estado civil e tempo de relacionamento. O amor é um assunto que quando ferido anseia por solução urgente e sólida.

A história do casal se organiza desde o momento em que se conheceram. Do ponto de vista da psicanálise, os parceiros se escolhem a partir de critérios misteriosos, pouco conscientes: isto é, se conhecem, se encantam, têm a sensação de que se complementam e a vida assume uma felicidade sem precedentes, suficientemente forte para que cada despedida não faça mais sentido e passam a morar juntos ou a formalizar um casamento.

Casam-se ao som da mais cara festa que o bolso permite e cortam felizes o bolo, com o desejo de que o relacionamento não se transforme numa Torre de Pisa. E como fica essa paixão toda, na ocasião do nascimento de um bebê, um terceiro que rouba as noites que eram só dos dois? Ou quando um dos dois anuncia que ficou desempregado, ou a mãe de um deles adoece e exige cuidados, tempo e atenção? Isso sem falar na TPM mensal que vêm acompanhadas de choros e discursos do tipo ?você não me ama mais?, etc.

Não obstante a isso, a tecnologia, por sua vez, trouxe consigo problemas de outra ordem, que antes não apareciam na pauta das discussões: whatsapp, Facebook, apps de relacionamentos aparecem como o grande e talvez o principal mote dos desentendimentos. Ou seja, tudo passa a ser motivo de briga e a possibilidade de comunicação fica praticamente impossível.

Quando uma ou mais dessas situações se instala na vida do casal, na maioria das vezes sentem que precisam de ajuda profissional que lhes sirva de porto seguro. Alguém capacitado a ouvi-los com neutralidade e conhecimento profundo sobre as vicissitudes do amor.

Mas a terapia de casal funciona?

Essa é pergunta mais frequente que escuto. A questão aparentemente simples pode render teses, mas, resumidamente, posso dizer que o compromisso da terapia é com a saúde emocional do casal e não com a manutenção ou ruptura do relacionamento.

Quando um casal busca uma terapia, via de regra, se encontra numa crise bastante séria e o assunto separação já foi mencionado. No entanto, se chegam ao consultório, é porque desejam ficar juntos, senão estariam procurando um advogado. Uma escuta sensível por parte do terapeuta convoca à responsabilidade psíquica de cada um pela problemática que os trouxe até o presente momento da história do casal.

Geralmente, a terapia de casal é breve para os padrões da psicanálise, dura de 3 a 4 meses, pois esse é o tempo que, via de regra, o casal demora para entender com profundidade quais os diferentes conflitos que estão servindo de obstáculo para se relacionarem em bases mais reais, menos ilusórias; entendendo que numa relação amorosa, os dois componentes do casal são vítimas da trama inconsciente que os conduz ao desencontro. Quando percebem que se complementam numa dinâmica disfuncional, a partir da terapia, surge a possibilidade de substituir brigas repetitivas que vão do nada para lugar nenhum por saídas mais salutares.

Tendo em vista todo o escrito acima, sim, a meu ver, a terapia de casal funciona e muito, produz crescimento individual, além de ampliar a visão sobre o outro, este outro tão significativo com quem se resolveu compartilhar profundamente uma vida amorosa.

É importante ressaltar que conflitos são normais entre casais, afinal um casamento é composto por duas pessoas diferentes e pelo encontro com o outro. E como dizia Camões, “amor é fogo que arde sem se ver, é ferida que dói e não se sente, é um contentamento descontente, é dor que desatina sem doer”.

minhavida

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Defesa funciona, Jesus brilha e Brasil vence em estreia de Tite

Tite estreou da melhor maneira possível no seu novo cargo. E teve a ajuda fundamental de outro estreante: Gabriel Jesus. O atacante do Palmeiras sofreu um pênalti convertido por Neymar e marcou outros dois golaços na vitória por 3 a 0 diante do Equador em plena altitude de Quito, na 7ª rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018.

O resultado foi além do planejamento da comissão técnica. Antes de a bola rolar, a ideia era não perder nesta quinta-feira e vencer o próximo compromisso para garantir quatro pontos nos dois jogos desta rodada. O Brasil não vencia no Equador desde 1983 em eliminatórias. Neymar não marcava pela seleção principal desde setembro de 2015. Os equatorianos não perdiam em casa desde 2009. Todos os tabus foram quebrados.

Agora, a seleção pentacampeã tem 12 pontos e ocupa a 4ª colocação de forma provisória, atrás de Equador, Colômbia e Uruguai, que têm 13 pontos. Os uruguaios, no entanto, ainda jogam nesta quinta-feira, às 20h30, contra a Argentina, que tem 11 pontos.

Logo após o jogo, o Brasil vai direto para Manaus em voo fretado. Lá, o time trabalha até terça-feira, onde joga contra a Colômbia às 21h45 de terça-feira (6). No mesmo dia, mas às 23h15, o Equador joga contra o Peru, em Lima.

AFP PHOTO / RODRIGO BUENDIA

Gabriel Jesus cumpre papel de referência

O Brasil começou com a marcação recuada e sem muita atitude ofensiva. Foi assim que o Equador chegou a criar algumas situações na intermediária e até deu um susto na zaga brasileira em um cruzamento, mas nada que fizesse Alisson ser muito exigido. Durante este período, Willian e Neymar ficavam abertos, com Gabriel Jesus fazendo o papel de referência. Foi com o atacante palmeirense que a equipe criou as melhores chances, especialmente após a zaga brasileira subir um pouco mais a marcação.

Troca de posição entre Neymar e Jesus

Por causa do cansaço de Neymar, Tite promoveu a troca de posição com Jesus em algumas situações. Assim, o atacante do Barcelona precisava voltar menos para a marcação e preservava o físico. Nos primeiros 45 minutos de Tite, a principal falha da equipe aconteceu nas laterais, com Daniel Alves e Marcelo participando menos do jogo do que o ideal.

Jogo deslocado para as laterais no 2º tempo

O Brasil passou a forçar mais os jogos pelas laterais no 2º tempo. Marcelo e Neymar se aproximaram e passaram a criar mais oportunidades pelas pontas. Um pouco sumido, Willian acabou substituído aos 15 minutos por Philippe Coutinho. A ideia era repetir a tabelinha feita na outra lateral, mas com Daniel Alves. O Brasil, inclusive, teve boas chances com cruzamentos vindos da direita. Casemiro controlou muito bem o meio-campo e também merece destaque.

Neymar quebra jejum pessoal e invencibilidade do Equador

O jogo começava a ficar nervoso, até que a velocidade de Jesus fez a diferença. O atacante surpreendeu Mina na velocidade, roubou a bola dentro da área e saiu cara a cara com o goleiro adversário, que fez pênalti. Neymar converteu e encerrou um longo jejum de quase um ano. A última vez que ele havia marcado pela seleção principal havia sido em setembro, em amistoso contra os Estados Unidos. Ao mesmo tempo, o triunfo significa a primeira derrota equatoriana em casa desde 2009.

Jesus coroa atuação

O jogo começou a se encaminhar para a vitória após a expulsão de Paredes. Além disso, havia um jogador iluminado. Gabriel Jesus, em sua estreia com a camisa da seleção brasileira no time principal, foi o melhor em campo. Se antes ele já havia sofrido o pênalti para Neymar converter, aos 41 minutos ele completou a atuação de gala com um golaço após cruzamento da esquerda. Já nos acréscimos, ainda fez outro golaço para mostrar ao mundo porque vale milhões de euros.

FICHA TÉCNICA
EQUADOR 0 X 3 BRASIL

Data: 01/09/2016 (quinta-feira)
Local: Estádio Olímpico Atahualpa (em Quito, Equador)
Público: 34.887 pagantes
Renda: US$ 1.401.100,00
Árbitro: Enrique Cáceres Villafañe (Paraguai)
Auxiliares: Eduardo Cardoso Escobar e Milciades Saldivar Franco (ambos do Paraguai)
Cartões amarelos: Bolaños, Montero, Domínguez e Paredes (EQU); Paulinho (BRA)
Cartão vermelho: Paredes (EQU)
Gols: Neymar, aos 25 minutos do 2º tempo, Gabriel Jesus, aos 41 e 46 minutos do 2º tempo

EQUADOR
Alexander Domínguez; Paredes, Gabriel Achilier, Arturo Mina e Walter Ayoví; Christian Noboa, Gruezo (Gaibor), Enner Valência e Jefferson Montero (Arroyo); Miller Bolaños e Felipe Caicedo (Ibarra)
Técnico: Gustavo Quinteros

BRASIL
Alison; Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Marcelo; Casemiro, Renato Augusto, Paulinho, William (Philippe Coutinho) e Neymar; Gabriel Jesus
Técnico: Tite

Uol

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Cidadania: o que é? Como funciona?

 

(Karlos Thotta/2016) 

carlos totaOS CIDADÃOS PODEM MUDAR A RUA, O BAIRRO, O MUNICÍPIO, O ESTADO E ATÉ O PRÓPRIO PAÍS! O POVO PRECISA TER UM CONSELHO CIDADÃO.

No mundo inteiro, de modo geral, todas as pessoas têm deveres e obrigações. Fala-se muito nas obrigações do cidadão! Quanto aos direitos, a maioria silencia e isso inclui os próprios cidadãos.

CIDADANIA É A CONSCIÊNCIA PLENA DO DEVER DE AGIR PARA MANTER E AMPLIAR TODOS OS DIREITOS DEMOCRATICAMENTE CONQUISTADOS PELO POVO.

As obrigações, impostas pelos governos e pela vida social, são muitas e dependem dos graus de dependência existentes em cada região geo-econômica.

Em quase todos os municípios da região nordeste, que abrange nove estados, os serviços públicos básicos de saúde, educação e segurança, apresentam altos índices de precariedades.

Esta situação é humilhante, mas quase ninguém reclama ou protesta para fazer valer os seus direitos.  Reclamar e protestar são alguns atos do cidadão consciente.

São os cidadãos que, pelo voto, concedem, um mandato de gestão

ao candidato eleito pelo povo soberano. Este mandato, ao povo deve retornar caso o gestor escolhido não apresente bons resultados.

Para exemplificar os descasos, da maioria dos  tais gestores, basta ter consciência das realidades municipais apresentadas a seguir:

–> A maioria das doenças, que ocorrem nas populações, são causadas pela falta de saneamentos básicos e de água potável.

–> Água potável é aquela que pode ser usada diretamente da torneira, sem produzir malefícios, de qualquer natureza, às crianças e adultos.

–> Para ser cobrada, a água distribuída deve ter níveis de potabilidade elevados e certificados, acessíveis e publicados diariamente.

–> As interrupções de fornecimento, tanto de água quanto de energia elétrica, devem ser compensadas, por descontos realistas, na conta apresentada pelos órgãos fornecedores dos serviços.

–> A emissão e cobrança de contas relativas ao fornecimento de água não potável, configura falta grave ofensiva ao Código do Consumidor.

Cidadania é a Consciência plena do dever de lutar para manter e ampliar os direitos e deveres, duramente conquistados pelo Povo.

OS CIDADÃOS PODEM MUDAR A RUA, O BAIRRO, O MUNICÍPIO, O ESTADO E ATÉ O PRÓPRIO PAÍS. O POVO PRECISA TER UM CONSELHO CIDADÃO.

Veja o que funciona em Campina Grande neste Dia do Comerciário

feriadoO funcionamento do comércio de Campina Grande vai ser alterado nesta segunda-feira (17) em decorrência do Dia do Comerciário. Lojas, supermercados, mercadinhos, armarinhos e demais segmentos do comércio estarão fechados, apenas farmácias, praças de alimentação e cinemas dos shoppings funcionam. Bancos, Correios e repartições públicas funcionam normalmente.

De acordo com o sindicato da categoria, em toda a região, aproximadamente 15 mil pessoas estarão de folga na segunda. Só em Campina Grande são 10 mil trabalhadores. Nenhuma empresa que faça parte do comércio pode abrir as portas, inclusive as lojas dos shoppings. Farmácias de plantão abrem, mas devem pagar abono por dia trabalhado.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Segundo a Câmara de Dirigentes Lojistas de Campina Grande (CDL-CG), a loja que decidir abrir no feriado, pode pagar uma multa de um salário comercial, que equivale ao valor de R$ 867 por cada funcionário que trabalhar.

 

 

G1

População conta com Delegacia Online que funciona 24 horas por dia para registro de ocorrências

delegacia-onlineA população paraibana tem à disposição o serviço da Delegacia Online da Secretaria de Segurança e Defesa Social (Seds), ambiente virtual gerenciado pela Polícia Civil que registra boletins de ocorrência (BO) em casos que não tenha ocorrido violência, como furtos e extravio de documentos, além de acidentes de trânsito sem vítimas.

O atendimento está disponível 24 horas. Desde o mês de julho de 2014, a página passou a receber também ocorrências de acidentes de trânsito sem vítimas, em que tenham ocorrido apenas danos materiais.

Para registrar o Boletim de Ocorrência, basta acessar o endereço eletrônico ou o link localizado no canto direito da página inicial do Governo do Estado (www.paraiba.pb.gov.br). O cidadão deve preencher um formulário e aguardar o retorno da equipe de policiais que, considerando as informações como verdadeiras, envia ao solicitante o número de protocolo com o qual ele poderá imprimir o boletim. É importante que o usuário preencha tudo de forma correta.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O sistema é simples, basta seguir os quatro passos (telas) e concluir o registro. O processo inteiro é realizado em no máximo dez minutos. “É preciso que se enfatize que fornecer informações falsas à polícia é crime e por isso é importante que o usuário tenha muita atenção ao realizar o registro da ocorrência, para que o BO seja feito com sucesso e o cidadão fique acobertado”, lembra o delegado geral adjunto da Polícia Civil, Isaías Gualberto.

Com mais de um ano de funcionamento, o serviço proporciona a comodidade da Internet e demonstra a preocupação da Secretaria de Segurança em oferecer um trabalho eficiente para a comunidade. “Além de facilitar a vida do cidadão, o registro de BO através da Internet ajudou a desafogar as delegacias que puderam se dedicar aos casos de crimes violentos”, destaca Isaías Gualberto. Ele afirma ainda que a Delegacia Online tem como um dos principais atrativos o fato de funcionar de maneira ininterrupta, ou seja, 24 horas por dia, sete dias por semana. “O usuário pode fazer seu pedido a qualquer hora, mas os policiais fazem a avaliação em horário comercial de segunda à sexta”, esclarece.

Em caso de dúvidas sobre o funcionamento da delegacia, basta enviar um e-mail para o endereçodelegaciaonline@ssp.pb.gov.brou ligar, em horário comercial, para o telefone (83) 8801-6129.

Secom PB

Aécio propõe na TV, para o país, programa de educação que não funciona em Minas

JOSÉ PAULO LACERDA/CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA
JOSÉ PAULO LACERDA/CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA

O senador, ex-governador de Minas Gerais e candidato do PSDB à presidência da República, Aécio Neves, dedicou a maior parte de seu programa da TV, no horário eleitoral de dessa quinta-feira (28), a propor a implementação no país do Poupança Jovem, programa instituído em Minas em 2007, em seu segundo mandato.  “A Poupança Jovem é a minha proposta”, disse. Segundo ele, a meta é estender o programa a todo o Brasil até 2017.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O problema é que o Poupança Jovem de Aécio é não apenas superficial, já que não enfrenta a questão educacional de maneira estrutural, como é alvo de críticas, reclamações dos beneficiados e abrangência mínima em seu estado.

A imprensa de Minas tem divulgado que apenas nove dos 853 municípios do estado oferecem o benefício, pelo qual os alunos do ensino médio recebem R$ 1 mil por ano, que só podem “sacar” após o terceiro ano, e se não interromperem os estudos.

Dos R$ 57,6 milhões previstos no orçamento do ano de 2014, o programa teve apenas R$ 6 milhões (10,4%) executados. Segundo o site Pautando Minas, a coordenadora-geral do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (SindUTE/MG), Beatriz Cerqueira, diz que o Poupança Jovem é apenas uma vitrine. “Ele não tem nenhuma repercussão no estado e não atende ao seu objetivo. Não chega à maioria da juventude e, portanto, se torna ineficaz”, afirma. Os alunos com direito a receber o benefício reclamam de frequentes atrasos no pagamento da bolsa.

Ao prometer o Poupança Jovem, Aécio não esclarece de onde sairia o dinheiro. Considerando que o país tem hoje 8,4 milhões de jovens matriculados no ensino médio, para manter a bolsa para esses estudantes ao custo de R$ 1 mil por aluno, o governo federal teria de dispor de R$ 8,4 bilhões por ano.

 

Redação RBA

Prefeitura de Mari cuidará de prédio onde funciona rádio comunitária; termo de preservação foi assinado junto com DNIT

O DNIT ( Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) e a prefeitura municipal de Mari celebraram o termo de preservação do patrimônio histórico da antiga rede ferroviária na cidade, conforme indica o documento aqui publicado. Assim sendo, a prefeitura de Mari, através do departamento de cultura do município deverá administrar os prédios que fazem parte do rol de preservação histórica da antiga rede ferroviária. “Para nós é um imenso prazer cuidar de um patrimônio tão importante para nossa cidade, que tanto nos serviu em outrora”, disse o prefeito Marcos Martins. Para Assis Firmino, diretor de cultura do município, “os bens da antiga rede ferroviária devem ser preservados e nós teremos o maior cuidado para isso, vamos zelar pelos bens que nos foram confiados pelo governo federal, através da autarquia federal DNIT”.

  Codecom – prefeitura de Mari