Arquivo da tag: Fotógrafa

Com nudez da mulher acima dos 40, fotógrafa discute sensualidade feminina

Foto: Silvana Garzaro
Foto: Silvana Garzaro

Quem acha que a mulher perde a sensualidade após os 40 anos está redondamente enganado. Demonstrar isso é o objetivo da fotógrafa Silvana Garzaro com seu projeto “Campo de Flores”, no qual fotografa mulheres maduras nuas e que deve virar em breve livro e exposição.

Nome respeitado do mercado, ela já passou por veículos como Veja São Paulo, Época, Contigo, Caras, IstoÉ Gente e o jornal O Estado de São Paulo, no qual integra a atual equipe de fotografia da colunista Sonia Racy no Caderno 2.

Antes de apontar sua lente para as mulheres maduras, Silvana já causou rebuliço em seu projeto anterior, “Todos Verão”, feito entre 2012 e 2014 com paulistanos tomando banho de mangueira na charmosa varanda de tijolos cobogós azuis de seu antigo apartamento no bairro paulistano de Santa Cecília — atualmente ela vive no bairro vizinho Vila Buarque.

O sucesso foi tanto que, além de estampar a capa da sãopaulo, a revista dominical do jornal Folha de S.Paulo, uma de suas fotos acabou ganhando inusitada exposição na porta do The Andy Warhol Museum, em Pittsburg, nos Estados Unidos.

A cantora Paula Pretta também posou para Silvana Garzaro - Foto: Silvana Garzaro

A cantora Paula Pretta também posou para Silvana Garzaro – Foto: Silvana Garzaro

Agora, com “Campo de Flores”, Garzaro quer ir além. Ela conta que seu intuito é publicar um livro e também realizar uma exposição, que poderá percorrer o Brasil. Para isso, está em busca de apoiadores para o projeto.

Ao Blog do Arcanjo do UOL, a fotógrafa diz que tudo nasceu de um momento de reflexão pessoal. O impulso surgiu em uma festa, quando falava com uma amiga sobre os conflitos da mulher pós 40, no que uma senhora setentona se aproximou e disse, sem rodeios: “Prepare-se para ficar invisível”.

A frase martelou a cabeça da fotógrafa. “Aquilo teve um efeito de paulada na nuca. Me senti envelhecendo, passei uma noite inteira a relembrar as palavras daquela senhora, mas ao amanhecer a luz do sol me trouxe esperança e a vontade de mudar algo dentro de mim, me valorizar. Foi então que tirei a roupa, coloquei a câmera no tripé e comecei a me fotografar”, lembra.

Silvana Garzaro no autorretrato que deu início ao projeto "Campo de Flores": livro e exposição em breve - Foto: Silvana Garzaro

Silvana Garzaro no autorretrato que deu início ao projeto “Campo de Flores”: livro e exposição em breve – Foto: Silvana Garzaro

Na manhã seguinte, após ser sua primeira modelo, Garzaro encontrou o elemento que daria o título de seu projeto. “Abri aleatoriamente o livro do Carlos Drummond de Andrade e li seu poema ‘Campo de Flores’, que fala de um amor maduro, de penumbra e termina dizendo: ‘E estou vivo na luz que baixa e me confunde’. Esta é a luz que venho seguindo a cada fotografia que faço. Assim nasceu o projeto ‘Campo de Flores’”, fala.

A partir daí, ela não parou de fotografar mulheres acima dos 40 anos, revelando a sensualidade presente em seus corpos. Com o projeto, a artista pretende “discutir a invisibilidade da mulher madura e seu poder nesta fase da vida”.

A cantora Mara Faria posa livre para a lente de Silvana Garzaro - Foto: Silvana Garzaro

A cantora Mara Faria posa livre para a lente de Silvana Garzaro – Foto: Silvana Garzaro

Para deixar suas fotografadas à vontade, Garzaro usa uma velha tática: faz os ensaios na casa de cada uma delas, ambiente onde estejam no conforto de suas intimidades. Foi assim, por exemplo, com a atriz Giovana Gold e a cantora Paula Pretta.

A fotógrafa já realizou ensaios em São Paulo e Salvador. Agora, espera, patrocínio para que possa retratar mulheres de outras regiões brasileiras, revelando a pluralidade étnica, econômica e cultural de nosso país em seu livro e em sua exposição. “Cada mulher é única e tem sua própria beleza”, sentencia. Tem toda razão.

A jornalista Márcia Pereira também participou do ensaio "Campo de Flores" - Foto: Silvana Garzaro

A jornalista Márcia Pereira também participou do ensaio “Campo de Flores” – Foto: Silvana Garzaro

 

blogdoarcanjo

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Fotógrafa russa registra o dia a dia de uma atriz pornô

pornoA fotógrafa russa Katia Repina registrou durante dois anos uma série de imagens que mostram o dia a dia da atriz pornô reconhecida apenas como “Marta”.

Elas se conheceram quando a atriz tinha 23 anos e estava há apenas duas semanas em seu novo trabalho. “Quando eu conheci Marta eu fiquei surpresa em ver como ela era bastante aberta e sincera; diferente das demais atrizes pornôs”, afirmou Katia em entrevista ao site “The Huffington Post”.

Após virarem amigas, a fotógrafa teve a ideia de registrar a rotina de Marta durante os últimos 24 meses. O resultado da série ganhou o nome “Llámame Marta” (Me Chame de Marta, em tradução livre), e documenta a iniciação de uma jovem mulher no mundo pornô e os momentos que surgem pelo caminho.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

A série narra a história de Marta para além de seu cargo, mostrando a mulher passeando com seu cachorro, em momentos com a família ou deitada em sua cama. “Ela é uma pessoa incrível com um coração grande, e se ela ama alguém, é para valer”, pontuou Katia.

 

redetv