Arquivo da tag: fortes

Fortes precipitações chuvosas não estão chegando aos principais açudes da PB

Apesar das fortes chuvas que vem caindo na capital e em Campina Grande, os efeitos dessas precipitações hídricas, não está surtindo o efeito desejado aonde mais é essencial que é no abastecimento dos principais mananciais da Paraíba é o que aponta dados da Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa) e Agência Nacional das Águas (ANA). Esses dados apontam que os açudes da Paraíba pararam de sangrar.

Os dados mostram que os mananciais diminuíram seus volumes e, por enquanto, apenas um está perto de superar sua capacidade. Enquanto isso, o açude Epitácio Pessoa, na cidade de Boqueirão, continua aguardando a retomada do bombeamento da Transposição do Rio São Francisco e vai perdendo carga de água.

De primeiro de junho até essa última sexta-feira (14), Boqueirão já perdeu quase dois milhões de metros cúbicos. A região que abastece o reservatório teve seu período chuvoso encerrado em maio, o que faz com que apenas aconteça retirada de água.

Para o presidente da Aesa Porfírio Loureiro, a situação ainda não é preocupante devido a saber que na hora que precisar a Transposição está a disposição. Temos mesmo preocupação é com outros açudes como Acauã que abastece muita gente e está em situação crítica”, disse.

A Transposição está paralisada desde o dia 21 de fevereiro por vários motivos. O último apresentado é um problema na Barragem de Cacimba Nova, no município de Custódia, em Pernambuco, e não há previsão para retomada do bombeamento.

 

pbagora

 

 

 

PB registra ondas fortes, ventanias e chuvas com névoa intensa; Aesa explica

Imagem compartilhada no WhatsApp
Monumento ao Frei Damião foi coberto pela névoa em Guarabira

O fim do período de inverno vem se caracterizando por fortes ventanias, névoa intensa e chuva nas regiões do Litoral, Brejo e Agreste paraibano. Além disso, a Capitania dos Portos está emitindo com frequência alertas de ressaca com ondas fortes no Litoral. A Agência Estadual de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa) classifica como “normal” parta a época e explica os motivos.

No sábado (9), o estado registrou ressaca do mar, que causou destruição em Jacumã, no Conde, na Grande João Pessoa. A maré subiu e as ondas fortes derrubaram três barracas da praia. Em Guarabira, a 100 km de João Pessoa, uma névoa intensa acompanhada de chuva foi registrada nesse domingo (10). Na Capital, foram registrados ventos fortes, na manhã de domingo e dessa segunda-feira (11).

Nessa terça, a Capitania dos Portos emitiu alerta por causa dos ventos que podem alcançar 61 km/h no litoral, até as 21h desta terça (12). A recomendação é evitar o mar.

De acordo com Marle Bandeira, meteorologista da Aesa, a ocorrência desses fenômenos é tida como “normal” para a época do ano, entre o fim do inverno e o início da primavera, que ocorre a partir do dia 22 deste mês e segue até o dia 21 de dezembro.

“As ventanias, chuvas esparsas e até a névoa no Brejo são normais para essa época do ano por conta da umidade vinda do oceano. Muita gente acha que o que ocorre aqui tem relação com os furacões que atingem o Atlântico Norte, mas são dois sistemas totalmente diferentes”, contou Marle Bandeira.

Sobre a previsão para os próximos meses, Marle Bandeira afirmou que a chegada da primavera vai trazer diminuição significativa das chuvas e fazer com que as temperaturas subam em todo o estado.

“Até o fim do inverno ainda teremos chuvas esparsas em determinados locais e ventos fortes. Porém, após a entrada da primavera teremos uma diminuição das chuvas, dos ventos e uma elevação das temperaturas. Com isso, iremos sentir cada vez mais calor”, concluiu a meteorologista.

Por Halan Azevedo

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Em meia hora, chuva e ventos fortes causam estragos em Campina Grande

chuvaNo Dia Mundial da Água, uma chuva de meia hora e ventos fortes causaram transtornos e estragos em Campina Grande, no Agreste paraibano, na tarde desta quarta-feira (22). Queda de árvore, telhados quebrados, casas alagadas estão entre as ocorrências registradas pelos órgãos de segurança pública. Em um condomínio de casas, o vento chegou a arrancar e arremessar a estrutura de cobertura do salão de festas. Não houve registro de feridos.

A chuva ocorreu por volta das 16h, junto com trovões e raios. A jornalista Tatiana Brandão conta que estava no trabalho, quando recebeu mensagens de vizinhos do condomínio onde mora, informando sobre os danos que estavam sendo causados. Ela foi para casa e conta que, ao chegar no condomínio, se deparou com uma “cena de destruição”.

“O vento arrancou a estrutura do salão de festas do condomínio, que fica ao lado da piscina, e arremessou para o outro lado. Na minha casa, as telhas quebraram e entrou água nos quartos. Está tudo molhado. Por onde a gente anda, no condomínio tem telha quebrada e carros com o teto amassado pelas telhas que caíram”, conta a moradora.

Outros estragos
Segundo a Defesa Civil de Campina Grande, três casas ficaram alagadas no bairro Cruzeiro. O órgão foi ao local para avaliar o que aconteceu e a situação das famílias atingidas. Já o Corpo de Bombeiros confirmou que o vento derrubou uma árvore na rua José Braz do Rego, no Bairro Jardim Paulistano. A queda da árvore bloqueou a rua, mas ninguém ficou ferido.

Previsão
A Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa) informou que as chuvas foram localizadas. A meteorologia Carmem Becker explicou que os trovões foram provocados por uma nuvem que se forma quando o clima está quente e úmido. Ela informou ainda que o sistema se deslocou para o município de Queimadas e deve ir perdendo força ao longo da passagem. Ainda segundo a Aesa, para a noite desta quarta-feira (22), a previsão é de chuvas localizadas em todo o estado da Paraíba.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

Réveillon deve ser sem chuvas fortes nas 223 cidades da Paraíba, diz Aesa

(Foto: Diogo Almeida/G1/Arquivo)
(Foto: Diogo Almeida/G1/Arquivo)

O Réveillon 2017 não deve ter chuvas significantes nos 223 municípios do estado da Paraíba, informou a Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa) nesta sexta-feira (30). Apesar dos registros nos últimos 30 dias, a Aesa prevê tempo parcialmente nublado, podendo ter apenas pancadas de chuvas isoladas. Esta, por exemplo, é a previsão para João Pessoa, o principal destino para a virada do ano novo.

Para o sábado (31) e domingo (1º) a Aesa acredita que, se ocorrerem chuvas, as precipitações vão ser poucas. Durante o mês de dezembro, o deslocamento de nuvens do Oceano Atlântico para o continente ocasionou chuvas em todo o estado. As maiores chuvas ocorreram entre o Litoral, Brejo e parte do Agreste. Entretanto, também houve chuvas em várias cidades do Sertão paraibano.

Para os três primeiros meses de 2017 a previsão da Aesa de ocorrência de chuvas dentro da média histórica nas regiões do Cariri, Curimataú e Sertão. Para janeiro e fevereiro, deve ocorrer maior variabilidade das chuvas, mas as condições devem ficar mais favoráveis a partir do mês de março, época da estação de chuvas da região do Cariri.

Segundo a Aesa, as atuais condições oceânicas e atmosféricas globais indicam a configuração do fenômeno “La Niña” de intensidade fraca na região do Oceano Pacífico equatorial. Isso ocorre porque a Temperatura da Superfície do Mar (TSM) está com índices levemente inferiores a média história.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Bando intercepta e rouba dois carros fortes no sertão da Paraíba

carro-forteUm bando fortemente armado interceptou e roubou dinheiro de dois carros fortes, na tarde desta terça-feira (11), na zona rural de Paulista, no sertão paraibano.

De acordo com a imprensa local, o assalto aconteceu no entroncamento da BR-427  com a PB-293, distrito  de Ipueira. O grupo formado por pelo menos dez pessoas estava dividido em vários veículos e efetuaram vários tiros para que os carros fortes parassem,  segundo informou populares.

A Polícia Militar foi acionada está nesse momento e ação no sentido de capturar os assaltes.

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

MC tenta ficar famoso dando tiro na própria boca; IMAGENS FORTES

bloguerUm rapper americano virou um dos assuntos mais comentados dos Estados Unidos. Isso porque ele realmente tenta de tudo para ficar famoso e quando falamos de tudo é de tudo mesmo. Em um vídeo feito para ser postado no Facebook, o homem conhecido como ‘Kasper Knighet’ aparece com um pequeno revólver na mão e atirando contra a própria boca. As imagens são fortíssimas, mas o Facebook decidiu que elas não deveriam ser bloqueadas. A rede social sempre faz isso, quando a situação pode ser evidenciada como um #Crime e não um incentivo a realizar novas ações criminosas. O rapper agora pode ser denunciado por abusar em querer os quinze minutos de fama.

A estratégia midiática também foi muito criticada por internautas americanos e de todo o mundo. Dizem que o tiro acabou saindo pela culatra. Apesar disso, as imagens já foram compartilhadas mais de 16 mil vezes, além de ter mais de 600 mil exibições apenas no Facebook. A mídia local americana também transmitiu o vídeo forte em seus telejornais. Nele, aparece com a pistola apontada para a bochecha esquerda. Em seguida, ela faz uma cara de dor e dispara o gatilho. O homem chega a ficar tonto, mas comemora o fato de ainda estar vivo. Sua boca, no entanto, começa a sangrar muito. Ele não se incomoda, porém, de mostrar tudo isso no vídeo.

Além do vídeo, o profissional da música que tenta ganhar a carreira como MC, explica que quis mostrar a façanha para todas as pessoas e que quer incluí-las nos videoclipes. “Eu fiquei um pouco desorientado após o tiro porque meus ouvidos estavam doendo”, disse o homem, que em seguida escreveu que acredita que engoliu o projétil que foi lançado na própria boca.

“Isso é um absurdo. Sua conta deveria ser bloqueada. Isso acaba sendo um estímulo à violência e isso não é nem um pouco saudável”, disse um internauta completamente revoltado por não concordar com a publicação.

Veja abaixo o vídeo em que o homem aparece com um revólver atirando contra a própria boca. Lembramos que as imagens são muito fortes. Por isso, cuidado:

Veja o Vídeo:

Blasting News

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Fortes chuvas derrubam placa e deixam duas mulheres feridas em Campina Grande

Placa-caídaDuas mulheres ficaram feridas após queda de uma placa de propaganda provocada pelas fortes chuvas que castigaram a cidade de Campina Grande, no agreste paraibano, na tarde desta quinta-feira (5).

Marisa Barbosa Marques, 60 anos, teve fratura na coluna após o objeto desabar sobre o seu veículo, em um contorno na entrada da cidade. Ela não está sentido as pernas, segundo as primeiras informações do quadro de saúde da mulher.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

A outra mulher foi identificada como Maria de Fátima do Ramo que levou uma forte pancada na perna. Ela sofreu fraturas.

Agua em Campina GrandeAs duas vítimas foram socorridas para o Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga,  onde estão em observação na área vermelha.

As chuvas causaram vários transtornos aos campinenses. O ‘Açude Novo’    transbordou e ruas foram inundadas.

Uma marquise de um supermercado também veio abaixou e arvores foram arrancadas pelos ventos.

Roberto Targino – MaisPB

Imagens fortes: fotos de Andressa Urach no hospital são divulgadas

andressaA agência de fotos The Grosby Group divulgou nesta segunda-feira (5) imagens de Andressa Urach durante sua internação no hospital Nossa Senhora da Conceição, em Porto Alegre. A modelo sofreu com complicações devido a aplicação de hidrogel nas coxas e esteve em estado grave em função da infecção gerada pelo produto.

Nas fotos é possível ver as cavidades por onde o hidrogel foi retirado, assim como os danos feitos pela infecção que colocou a vida da modelo em risco. Depois do período de internação, Urach recebeu alta e foi fotografada pela primeira vez em público em Florianópolis, no último dia 3, enquanto passeava pela praia lendo um livro. A modelo ainda exibia curativos nas coxas.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Entenda o caso
Andressa Urach ficou internada entre os dias 30 de novembro e 24 de dezembro de 2014 após ter graves complicações devido a aplicação de cerca de 500 ml de hidrogel em cada uma das pernas, feita há cinco anos.

O produto acabou gerando inflamações e a modelo passou por cirurgias para a retirada da substância. Ela chegou a apresentar quadro de sepse que foi combatido com medicamentos. Ela também sofreu uma parada cardíaca, e, no dia 1º de dezembro, teve parada respiratória, precisando da ajuda de aparelhos para respirar. O hospital nega que tenha ocorrido uma parada cardiorrespiratória, bem como rumores de que a modelo tenha sofrido amputações.

Quem é Andressa Urach?
Andressa Urach ficou conhecida depois de ser uma das participantes do concurso Miss Bumbum em 2012, e levar o título de vice campeã. A loira também foi o centro das atenções ao afirmar ter tido um caso com o jogador Cristiano Ronaldo.

A modelo foi dançarina do cantor Latino em 2012, mas abandonou a carreira para procurar novos projetos. Em 2013, Andressa participou da sexta edição do reality show A Fazenda da TV Record e protagonizou momentos inesquecíveis, como quando tirou a roupa na piscina.

Atualmente, Urach integra a equipe do programa Muito Show da RedeTV!, onde entrevistava políticos com perguntas indiscretas.

***ATENÇÃO: AS IMAGENS A SEGUIR SÃO FORTES***

Fotos: The Grosby Group

Terra

Jovem é morto com 15 facadas e pauladas na cabeça; imagens fortes

videoImagens cedidas pela Polícia Civil do Estado do Piauí comprovam que a maioria das mortes ocorridas em Teresina são ocasionadas por brigas de gangues.

As imagens são fortes e mostram o momento em que um jovem é morto por dois rapazes na região do Grande Dirceu, no dia 08 de agosto, por volta das 23 horas.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

É possível observar o momento em que o jovem é esfaqueado por 15 vezes e cerca de 06 pauladas ferem sua cabeça.

Em seguida, outro jovem aparece no vídeo e tenta socorrer a vítima, el porta um arma de fogo e ameaça os assassinos, mas a arma falha e ele empreende fuga imediatamente por medo de também ser morto pela dupla de homicidas.

Segundo informações, os suspeitos de realizar o homicídio são Lace e Leonardo Ximenes Sousa, irmão integrantes de uma dasgangues.

A polícia civil realizou investigações e descobriu que os irmão foragidos estariam na cidade de Piripiri. Assim, o delegado Gustavo Jung, do 1° Distrito Policial de Piripiri passou a apurar o caso na cidade e identificar os acusados.

Segundo ele, Lace foi capturado no dia 22 de setembro no bairro São João e Leonardo foi encontrado em uma casa abandonada no bairro Petecas.

Leonardo já tem cerca de doze passagens pela polícia pelos crimes de homicídio, tráfico de drogas e porte ilegal de armas.

Os irmão foram indiciados por homicídio e poderão ter que cumprir pena de 12 a 30 anos de prisão.

Diante dessa realidade pautada pela violência, famílias do Grande Dirceu evitam ficar fora de casa.

Há informações de que existem pelo menos três gangues brigando pelo tráfico de drogas na região.

 

Confira o vídeo na íntegra:

Portal Meio Norte

Fortes chuvas fizeram o Desfile Cívico de Bananeiras ser adiado

BANANEIRASAs fortes chuvas que caíram em Bananeiras neste domingo (07) fizeram ser adiado o tradicional Desfile Cívico de sete de setembro.

O Prefeito Douglas Lucena, Secretários do município, estudantes e a população, ainda estiveram no local do Desfile, mas as chuvas não deram condições para que o evento fosse realizado.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Com o cancelamento, a Secretária de Educação, Carol Ramalho, informou que uma outra data será marcada e divulgada.

Em nome dos que fazem a administração pública de Bananeiras, agradecemos a presença de todos que, mesmo com as chuvas, compareceram para prestigiar o evento.

CODECOM.