Arquivo da tag: Forró

Trem do Forró não circula neste domingo e empresa devolve dinheiro a passageiros

O Trem do Forró não estará operando neste domingo (23), véspera de São João. O veículo descarrilou no início da tarde de ontem no distrito de Galante, no Agreste paraibano.

De acordo com a empresa responsável pela locomotiva, a medida foi adotada de forma conjunta com a Prefeitura Municipal de Campina Grande e a empresa organizadora da atração por precaução.

Foto: reprodução / whatsapp

Segundo a CBTU, aqueles que adquiriram o ingresso para a viagem deste domingo devem se dirigir a loja Forró nos Trilhos, no Shopping Partage, a partir da próxima quarta-feira (26) para receber de volta o valor investido.

O acidente ocorreu a cerca de 1,5 km do destino e cerca de 800 passageiros estavam no trem no momento. Ninguém ficou ferido.

Foto: reprodução / whatsapp

A CBTU locou oito locomotivas à PMCG para serem usados durante a festa junina. Em nota, a empresa esclareceu que durante dois meses, equipes da manutenção  trabalharam na preparação do trem, assim como, na vistoria do trajeto, que tem um 22 km e dura cerca de 1h20.

Foto: reprodução / whatsapp

 

PB Agora

 

 

INUSITADO: enterro com trilha sonora de banda de forró viraliza na PB

Os funerais americanos têm o costume de ter fundos musicais com as melodias que o morto mais gostava em vida, como trilha sonora. A tradição, no entanto, é estranha em alguns países, sobretudo no Brasil.

Nesse final de semana, no entanto, o inusitado aconteceu. Um vídeo que mostra um cortejo fúnetro, na cidade de Coremas, interior da Paraíba, com a trilha sonora de um forró universitário, viralizou nas redes sociais e está sendo compartilhado em diversos grupos de Whatsapp.

O cortejo despertou a atenção dos moradores da cidade, que registraram a ação.

A princípio algumas pessoas chegaram a confundir com uma passeata política, mas perceberam logo depois que se tratava de um enterro. Nas imagens, inclusive, é possível ver coroas de flores sendo carregadas.

A versão em forró da música “Zé Goré”, que fez sucesso na voz da dupla Munhoz e Mariano, foi a trilha escolhida e tem como trecho

“Que eu vou beber cachaça hoje eu vou prum cabaré, lá eu me sinto um rei cercado de muié”, dando a entender que o defunto era adepto da boa cachaça e da diversão;

ASSISTA AO VÍDEO

pbagora

Cantor de forró agride ex-mulher na frente do filho de 6 anos em Natal

Câmeras de segurança flagraram o momento em que Francisco Luciano dos Santos, vocalista da banda Brilhantes do Forró, agrediu a ex-esposa na frente do filho de 6 anos, nesta segunda-feira (20), em Natal. As imagens mostram as agressões no corredor e no elevador do condomínio onde mora o cantor e sanfoneiro.

A vítima denunciou o caso à Polícia Civil e prestou depoimento na manhã desta terça-feira (21) à delegada Renata Costa, da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Parnamirim, região metropolitana da capital. A delegada vai pedir à Justiça medidas protetivas contra o homem.

O vídeo mostra o homem empurrando e batendo na mulher, que tenta reagir. A atual companheira do músico tenta afastar ele da ex-mulher, mas não consegue. Além do menino de 6 anos, outra criança, uma menina, também assiste ao ataque.

Francisco Luciano foi procurado pelo G1 para comentar o caso, mas não atendeu às ligações. Na noite desta segunda-feira (20), no perfil do Instagram da banda, ele publicou a seguinte mensagem: “Gente estou bem graças a Deus quem me conhece sabe do meu coração, o pai o filho, amigo e profissional que eu sou o resto Deus e justiça resolvem” (sic).

Duas crianças viram o cantor agredindo a ex-mulher (Foto: Reprodução )

Duas crianças viram o cantor agredindo a ex-mulher (Foto: Reprodução )

A doceira Ana Augusta Josuá, de 24 anos, está separada do cantor há 3 anos. De acordo com seu depoimento à Polícia Civil, ela foi levar o filho deles, que tem 6 anos de idade, ao condomínio do pai, para os dois passarem o dia juntos. No local, aproveitou para questionar sobre o pagamento da pensão do filho, que estava atrasada desde o dia 15.

Ainda de acordo com a vítima, ela foi atendida pela atual companheira do cantor, que a convidou a entrar no apartamento, mas ela não aceitou. A mulher, então, foi chamar o cantor, que estava dormindo. Segundo a ex-esposa, o homem saiu do quarto xingando e começou a agredi-la, mandando sair de sua casa e empurrando-a para o elevador.

“Ele saiu de cueca e de camisa e já começou a me agredir. O pior de tudo foi meu filho presenciar. É muita coisa pra cabecinha dele”, declarou. “Ele me agrediu o casamento inteiro, inclusive na gravidez, mas eu era nova, tinha medo. Até que depois de cinco anos resolvi me separar”, disse a mulher, pelas redes sociais, a amigos.

Ao G1, ela confirmou a história e disse que só reagiu às investidas do homem, que a empurrava para o elevador, para tentar pegar o filho. “Ele não quer ver mais o pai”, disse.

Em 2014, Ana chegou a registrar um boletim de ocorrência, mas logo depois retirou a queixa. Ela diz que se arrepende por ter passado tanto tempo sem denunciar.

“Eu passei tanto tempo calada. Agora eu quero justiça”.

Ana Augusta Josuá, de 24 anos, prestou depoimento após denunciar agressão do cantor Francisco Luciano, da banda Brilhantes do Forró, em Natal (Foto: Mariana Rocha/Inter TV Cabugi)

Ana Augusta Josuá, de 24 anos, prestou depoimento após denunciar agressão do cantor Francisco Luciano, da banda Brilhantes do Forró, em Natal (Foto: Mariana Rocha/Inter TV Cabugi)

Investigação

A delegada Renata Costa afirmou que ainda vai ouvir outras testemunhas do caso. O próprio Francisco Luciano, por exemplo, ainda não foi chamado para depor. Ainda assim, nesta terça-feira (21), a Delegacia Especializada solicitou à Justiça adoção de medidas protetivas contra o cantor.

Aos autos, deverá ser anexado o laudo do exame de corpo de delito feito pelo Instituto Técnico-Científica de Perícia (Itep) em Ana Augusta, após a denúncia.

“Ele bateu a minha cabeça no elevador, meu ouvido sangrou, porque ele bateu muito do meu lado direito do rosto. Fiquei com muitos hamatomas no braço, perto da boca, no olho, na nuca. Não consigo nem mexer”.

A delegada Renata Costa reafirmou a importância das mulheres denunciarem casos de agressão.

“As mulheres precisam quebrar o ciclo de violência senão isso pode resultar até em morte”.

Cantor de forró agride ex-mulher na frente do filho em Natal (Foto: Reprodução )

Cantor de forró agride ex-mulher na frente do filho em Natal (Foto: Reprodução )

G1

Avião da banda ‘Aviões do Forró’ faz pouso de emergência em Maceió

xandO avião da banda Aviões do Forró precisou fazer um pouso de emergência, na noite desta segunda-feira (27), após a turbina da aeronave apresentar problema técnico. O avião seguia de Recife para Salvador onde a  banda faria apresentação  no Camarote Harém, no circuito Barra-Ondina.

Por causa do acidente o show foi cancelado. O grupo fez o comunicado oficial nas redes sociais e lamentou o cancelamento do evento.

Veja comunicado

O Camarote do Harém também divulgou comunicado e pediu a compreensão dos fãs que aguardavam a presença da banda.

“Lamentamos o fato ocorrido, e desde já pedimos a compreensão de todos os associados presentes nesta segunda-feira de Carnaval. O fato ocorrido foi um acidente, graças a Deus sem vítimas, mas que fugiu ao nosso controle”.

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Farra do Forró: Como funcionava esquema que teria desviado R$ 500 milhões em impostos

avioesFenômeno de audiência há quatro anos, a novela “Avenida Brasil”, da Rede Globo, apresentava alguns de seus melhores momentos quando Suelen, personagem da atriz Isis Valverde, entrava em cena com leggings e tops coloridos seduzindo os homens do Divino ao som de “Correndo atrás de mim”. A repetição dos versos-chiclete “Eu quero ver você correndo atrás de mim/ Eu quero ver você correndo atrás de mim/ Quando eu te procurei você nem ligou pra mim/ Agora eu quero ver você correndo atrás de mim” algumas vezes por semana no horário nobre da tevê transformou o grupo Aviões do Forró, que já tinha uma carreira de 10 anos no Nordeste, em sucesso nacional. Emendando um hit no outro, Solange Almeida e Xand Avião, vocalistas da banda, acumularam fortuna cantando desilusões amorosas em ritmo de “forró-pop”, numa contribuição questionável à cultura popular. Agora, uma investigação da Polícia Federal (PF) batizada de For All questiona também a contribuição do grupo para a Receita. Os policiais suspeitam que, ao lado de outras bandas ligadas à A3 Entretenimento, eles tenham sonegado cerca de R$ 500 milhões em impostos entre 2012 e 2014.

BLOQUEIO DE BENS

A operação deflagrada na terça-feira 18 apura ainda suspeitas de omissão de rendimentos e lavagem de dinheiro. Além do Aviões, outros três conjuntos de forró são acusados de realizar shows declarando apenas 20% do valor dos contratos. Ao todo, foram bloqueados 163 imóveis e 38 veículos, como Mercedes-Benz, BMWs e Land Rovers, e 32 pessoas foram conduzidas para prestar esclarecimentos, inclusive Xand e Solange, que foram ouvidos e liberados. Procurados pela ISTOÉ, eles informaram, em nota, que estão “à disposição da Justiça”. Se mantiver a agenda, como divulgado, a banda embarca nesta semana para os Estados Unidos, onde tem shows marcados em Nova York, Boston e Miami. “Assim como o forró é para todos, os tributos são propriedade do povo brasileiro”, diz o auditor fiscal João Batista Barros, superintendente regional da Receita Federal. “Analisamos os aspectos exteriores de riqueza, como imóveis, atividades e consumo, e a compatibilidade com o apresentado nas declarações.”

VIDA DE LUXO

Vaidosos, “Solanja”, como é chamada pelos fãs, e Xand adoram as redes sociais, onde publicam fotos com o “look do dia”, em viagens e compras (ela vive nas lojas de grife do Shopping Iguatemi de Fortaleza). A cantora também se orgulha com as cantadas e elogios que recebe por causa do corpo 50 quilos mais magro, conquistado graças a uma cirurgia bariátrica feita há oito anos. Xand, que também é sócio de uma churrascaria, é apaixonado por carros esportivos – no ano passado, comprou em Recife um Porsche Cayman S, avaliado em R$ 399 mil. Dono de uma concessionária de automóveis em Fortaleza e amigo de Xand, um empresário que pediu para não ser identificado, disse que todos os carros do cantor são financiados e que ele nunca fez nenhuma transação com dinheiro em espécie. “O Xand é a pessoa mais idônea que pode existir”, afirma. “Não é ele que administra a banda, ele só canta.”

A delegada Doralucia Oliveira de Souza, que conduziu as investigações, discorda. “Os artistas são sócios, não são só empregados”, diz. “É muito complicado pensarmos que eles não tivessem consciência do que estava acontecendo ali.” No papel, os vocalistas dividem a propriedade do grupo com os empresários Carlos Aristides, Zequinha Aristides, Isaías Duarte e Claudio Melo. Recentemente, depois que Solange ameaçou seguir carreira solo, a cantora aumentou sua participação de 10% para 25% nos lucros, igualando o percentual de Xand, e os empresários ficaram com o restante.

O esquema descoberto pela PF funcionava através de contratos subfaturados de shows, eventos e vendas de CDs e DVDs. Os suspeitos combinavam o valor com o contratante, mas apenas de 20% a 50% do preço era pago pelas vias oficiais e declarado ao Fisco. O restante, de acordo com a investigação, era entregue em dinheiro vivo, pouco antes das apresentações. No caso do Aviões do Forró, os valores ficavam na casa dos R$ 160 mil – entre os demais grupos, como o Solteirões do Forró, o cachê começava em R$ 50 mil. Cada uma das bandas faz, em média, 200 shows por ano. Isso significa que só o Aviões faturava R$ 32 milhões anuais em shows. Como até 80% do valor era escamoteado, a sonegação pode ter ultrapassado os R$ 25 milhões. A polícia também suspeita que os envolvidos lavavam dinheiro comprando imóveis e declarando valores menores do que os reais, para depois revendê-los pelo preço de mercado. Além disso, promoviam intensa confusão patrimonial entre pessoas físicas e jurídicas para driblar a fiscalização. Se depender da “For All”, a farra acabou.

Época

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Após operação da Polícia Federal, artistas do forró e do sertanejo estão proibidos de ostentar nas redes sociais

solange-xandDepois de deflagrada a operação da Polícia Federal, batizada de For All, ficou proibida a ostentação entre os artistas do mundo do forró e do sertanejo. Nada de fotos em redes sociais ostentando viagens milionárias, carrões e mansões, comum nos perfis de artistas desse segmento.

A ordem partiu dos empresários, apreensivos com a investigação que tem como alvos, não só as bandas, mas também empresas na área de shows e eventos. O grupo Aviões do Forró já está sendo investigado por fraudes no imposto de renda.

A operação For All investiga esquemas de lavagem de dinheiro, sonegação e fraude no Imposto de Renda. A estimativa preliminar já identificou mais de R$ 300 milhões em valores não declarados. A Justiça Federal também decretou o bloqueio de imóveis e a apreensão de veículos pertencentes a pessoas investigadas.
Extra

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

PF investiga grupo empresarial de forró por fraudes no Ceará

 (Foto: Gioras Xerez/G1)
(Foto: Gioras Xerez/G1)

A Polícia Federal, em ação conjunta com a Receita Federal, deflagrou na manhã desta terça-feira (18) a operação “For All”, contra fraudes no Imposto de Renda cometidas por um grupo empresarial atuante no ramo do entretenimento e responsável por famosas bandas de forró e casas de show no Ceará. Estimativa preliminar já identificou uma omissão de receitas de mais de R$ 300 milhões, segundo a Receita.

Estão sendo cumpridos 76 mandados judiciais, sendo 32 de condução coercitiva (quando a pessoa é levada a depor e depois é liberada) e 44 de busca e apreensão em Fortaleza, Russas (CE) eSousa (PB). Há apenas um mandado sendo cumprido na Paraíba; os demais são no Ceará. Os mandados estão sendo cumpridos por cerca de 260 policiais federais e 35 auditores.

Entre as pessoas levadas à sede da Polícia Federal, em Fortaleza, para prestar depoimento estão os empresários Isaías Duarte e Carlos Aristides, do grupo A3 Entretenimento. O G1 tentou contato com a A3, empresa investigada na operação, e foi informado que ninguém comentaria o assunto.

A Justiça Federal também decretou o bloqueio de imóveis e a apreensão de veículos pertencentes a pessoas ligadas ao grupo.

Há indícios de que os integrantes da organização forneciam dados falsos ou omitiam dados nas suas declarações de Imposto de Renda pessoa física e jurídica, para eximir-se da cobrança de tributos.

O grupo ainda adquiria bens, como veículos e imóveis, sem declarar ao Fisco. Foram encontradas divergências sobre valores pagos a título de distribuição de lucros e dividendos, movimentações bancárias incompatíveis com os rendimentos declarados, pagamentos elevados em espécie, além das diversas variações patrimoniais a descoberto.

No decorrer da investigação, foram identificados indícios de lavagem de capitais, falsidade ideológica e associação criminosa.

“As medidas judiciais cumpridas hoje pela Polícia Federal têm por finalidade buscar a responsabilização das pessoas físicas e jurídicas ligadas ao grupo empresarial e possibilitar que Receita Federal se municie de elementos suficientes permitindo uma real avaliação dos possíveis tributos sonegados”, informou a PF.

A Receita Federal divulgou que as investigações inciaram em 2012 e foram aprofundadas a partir de 2014, com a parceria da Polícia Federal e do Ministério Público.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Estação Santo Amaro recebe show de forró com Dedé Florêncio

As estações da CPTM recebem apresentações de forró tradicional, do projeto “Espalha Brasa”, para alegrar as tardes dos usuários. O próximo show acontece no dia 27 de julho (quarta-feira) na Estação Santo Amaro, na Linha 9-Esmeralda. Os usuários poderão curtir as canções ligadas à cultura nordestina, a dupla Nininho de Uauá e Dedé Florêncio e o Trio Marrom farão os shows, às 16h30 e às 18h, respectivamente.
As próximas estações que receberão os shows são Tatuapé (linhas 11-Coral e 12-Safira) no dia 31 de agosto e Osasco (linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda), no dia 14 de setembro. Ao todo, serão 24 trios que farão apresentações gratuitas para os usuários da CPTM, sempre às 16h30 e às 18h.Nininho-de-Uauá.250x250jpg.jpg
Músicos
Nininho de Uauá é cantor e compositor, nasceu no povoado Sítio do Tomaz, em Uauá-BA. Sua música é influenciada pelo espírito do sertão, pelas paisagens, pela mulher, pelas lendas e costumes do povo, pela fauna, flora, pela caatinga nordestina e pelo sentimento de respeito às tradições.
Dedé-Florêncio.250x250jpg.jpgDedé Florêncio também é cantor e compositor, nasceu na Paraíba, radicado em São Paulo há mais de vinte anos. Sua influência musical é Jorge de Altinho, Nando Cordel, Dominguinhos e Luiz Gonzaga, dentre outros. Participou do filme “Os Ventos que Virão” e gravou três CDs.
O Trio Marrom tem 33 anos de carreira e é liderado por Curisco, que durante 19 anos, foi músico do Dominguinhos. O grupo mantém a tradição do forró tradicional.Trio Marrom.jpg
 
 
O projeto “Espalha Brasa”
Idealizado por Zé Geraldo, produtor cultural, pesquisador e radialista, o projeto surgiu para resgatar, preservar e divulgar o forró tradicional por meio de shows gratuitos, debate, programas de rádio e da “Forroteca Espalha Brasa”, novo projeto de estímulo à leitura em bibliotecas que mescla forró com literatura.
O projeto é patrocinado pela Prefeitura de São Paulo através do Programa VAI (Valorização de Iniciativas Culturais), que tem o objetivo de apoiar financeiramente atividades artístico-culturais na cidade, fomentando e desenvolvendo o segmento cultural e, por consequência, oferecendo aos cidadãos novos horizontes.
Ao longo dos últimos anos o Espalha Brasa já realizou ações com os nomes mais importantes do forró tradicional, como Edson Duarte e Tiziu do Araripe em temporada no Sesc, Anastácia, Trio Nordestino, os 3 do Nordeste, Trio Sabiá, dentre outros.
Serviço:
Projeto “Espalha Brasa” na Estação Santo Amaro da CPTM
Dia 27 de julho (quarta-feira)
– Nininho de Uauá e Dedé Florêncio, às 16h30
– Trio Marrom, às 18h
Próximas Estações:
31/08 – Tatuapé
14/09 – Osasco
cptm

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Baterista do Forró Cavalo de Pau morre em acidente automobilístico

10426786_267924630059541_8799534246504211586_n

O músico, Adriano Sousa da Silva, conhecido no meio musical como: Adriano Baterista, integrante do Forró Cavalo de Pau, faleceu na noite deste domingo (12), vítima de um grave acidente automobilístico.

11737934_1623089074602925_8043829543374665050_n

O acidente aconteceu na BR 116, município de Horizonte no estado do Ceará, o automóvel guiado por Adriano colidiu gravemente com um poste elétrico e o músico teve morte instantânea. Segundo a página “Plantão de Polícia – Horizonte e Região”, Adriano trazia em um dos seus bolsos, um bilhete com um nome e número de uma mulher, neste bilhete havia um pedido para que esse mulher fosse avisada sobre o acidente, levando a polícia a acreditar que o baterista cometeu suicídio.

11140389_1623089111269588_2919851425806624996_n

Tal hipótese, é reforçada pela última postagem feita por Adriano, através do seu perfil pessoal na rede social Facebook, que trazia a seguinte legenda: “Adeus amigos essa é pra vocês lembrarem de mim”, a postagem foi deletada por familiares, após o acorrido.

Acompanhem a última postagem do músico:

11403290_1623110574600775_3862235325868983791_n

Adriano tinha 29 anos e começou sua carreira fazendo parte da banda do cantor Luizinho de Irauçuba, depois teve passagem pela Banda Brasas do Forró, em seguida ingressou no Grupo SomZoom através do Forró Mel com Terra e atualmente integrava o Forró Cavalo de Pau, que recentemente ganhou destaque na mídia com a entrada da cantora Kátia Cilene.

A banda emitiu um comunicado sobre o acontecido ao mesmo tempo que prestou uma singela homenagem ao músico publicado através do seu perfil oficial nas redes sociais.

nota cavalo
FOTOS: Página “Plantão de Polícia – Horizonte e Região”.

diariodoforro

Da Paraíba para o Brasil, Luan e Forró Estilizado tem 56% dos votos e fica fora da disputa

Na noite da Final, as bandas Luan e Forró Estilizado e Suricato ficaram fora da disputa logo na primeira parte do programa. Em sua apresentação, os forrozeiros da Paraíba conquistaram 56% dos votos. Já os cariocas da Suricato atingiram 50%.  Primeira banda a tocar hoje, a Jamz alcançou 61% e seguiu na disputa, assim como aMalta, que teve 70%.

Na segunda vez em que subiram ao palco,Jamz e Malta fizeram uma apresentação com a votação fechada. A primeira escolheu umamúsica de Michael Jackson, já a segunda foi de Phil Collins. Com a votação valendo mais uma vez, era hora de escolher a vencedora da primeira temporada: a Jamz trouxe uma música autoral e conquistou 47% dos votos pelo aplicativo, abrindo espaço para a Malta, que recebeu quase 30% a mais de votos.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Com o trio de canções populares “Súplica Cearense”, “a Vida do Viajante” e “Riacho do Navio”, a banda Luan e Forró Estilizado chega à Final do SuperStar e conquista 56% dos votos do público. “É uma grande oportunidade que ele teve, com todo o seu carinho, talento e humildade, de ganhar o Brasil inteiro”, diz Fábio Jr. sobre o vocalista Luan.

Ao longo do programa, Luan e Forró Estilizado trouxe o carisma da Paraíba para o mundo e surpreendeu a cada canção no palco do programa. Logo na primeira apresentação, a banda passou por uma prova de emoção, pois, no último segundo, Fábio Jr. deu seu voto, o que fez o telão subir.

Resumão 2 (Foto: SuperStar / TV Globo)

 

 

Clickpb com Gshow