Arquivo da tag: físico

CFO 2019: Corpo de Bombeiros convoca candidatos para teste físico

Os candidatos aprovados no exame de saúde do concurso para o Curso de Formação de Oficiais Bombeiro Militar (CFO-BM) estão sendo convocados pelo Corpo de Bombeiros para fazerem o Teste de Aptidão Física (TAF) na próxima semana. No total, 25 candidatos estão habilitados para se submeter ao TAF. O resultado do exame de saúde pode ser conferido no endereço eletrônico http://www.bombeiros.pb.gov.br/cfo-2019/

Conforme o ato de convocação, os aprovados devem se submeter ao TAF nesta segunda-feira (15), terça (16) e quarta (17), em João Pessoa. No primeiro dia, o teste começará às 7h, no Clube Cabo Branco, no bairro de Miramar, onde serão realizadas as provas de abdominal e natação.

Já o segundo dia de testes acontecerá na Vila Olímpica Parahyba (antigo DEDE), no Bairro dos Estados, a partir das 7h30, quando os candidatos farão as provas flexões de braço na barra fixa para o sexo masculino e suspensão na barra fixa para o sexo feminino e a corrida rasa. Na quarta-feira (17), o TAF será realizado neste mesmo local e horário, com a prova da corrida de fundo.

Os candidatos deverão comparecer ao local dos testes portando documento oficial de identificação com foto (não sendo aceita cópia deste), com antecedência mínima de 30 minutos do horário previsto para seu início e com as roupas adequadas e discriminadas em edital.

 

parlamentopb

 

 

Deficiente físico é morto com golpes de vaso sanitário em Campina Grande

 (Foto: Ellen Maria/Polícia Civil da Paraíba)
(Foto: Ellen Maria/Polícia Civil da Paraíba)

Um deficiente físico de 50 anos foi morto após ser agredido com um vaso sanitário, no bairro Malvinas, em Campina Grande. A ocorrência foi registrada pelo Centro Integrado de Operações Policias (Ciop) na terça-feira (28). Ainda na terça, a Polícia Civil conseguiu prender o suspeito do crime. Por conta da deficiência, a vítima não teve como se defender das agressões.

Segundo informações repassadas pela Polícia Militar, a vítima estava bebendo na casa do suspeito quando eles tiveram um desentendimento e o agressor teria usado um vaso sanitário para esmagar a cabeça do homem.

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionada e  prestou socorro à vítima, mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu.

O suspeito do crime, de 30 anos, foi identificado e localizado pela Polícia Civil. O homem confessou o crime e disse que no momento das agressões estava embriagado. Segundo a Polícia Civil, ele informou que tinha uma rixa antiga com a vítima e que, além do vaso sanitário, usou pedaços de uma escada e uma pá para espancar o deficiente. Na casa do suspeito foi apreendida a camisa que ele vestia no momento do crime. Ele foi preso e enquadrado no crime de homicídio qualificado.

Outro homicídio registrado em Sumé
Outro homicídio semalhante foi registrado na cidade de Sumé, no Cariri paraibano, na madrugada desta quarta-feira (1º). Segudo informações repassadas pela Polícia Militar, a vítima foi cobrar um dívida à mulher do suspeito, quando os dois discutiram e ele acabou sofrendo agressões físicas.

A vítima ainda chegou a ser socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e foi levada para o Hospital Municipal de Sumé. O homem não resistiu aos ferimentos e morreu. O suspeito de cometer o crime fugiu do local.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

O exercício físico que mais emagrece

Qual é o melhor exercício para perder 20 quilos? É o levantamento mais lento de garfo, poderiam dizer os médicos, fisiologistas e profissionais de educação física. Fazendo-se as contas, é fácil entender por que a dieta faz mais diferença na perda de peso que o exercício físico. O corpo perde massa quando gasta mais energia do que ingere. De toda a energia gasta por uma pessoa, 15% a 25% correspondem àatividade física. Quem tem uma dieta de 3.000 calorias por dia (bem acima da recomendada para um adulto não-atleta) e gasta 2.500 calorias para estar vivo teria de queimar pelo menos 600 calorias extras com exercícios se quisesse emagrecer sem mexer na dieta.

Mas os exercícios de alto gasto energético, como o boxe, são pesados demais para os obesos sedentários. A falta de preparo e as doenças associadas à obesidade, como diabetes e hipertensão, poderiam nocautear o obeso muito antes de terminar o primeiro round. Para fins de perda de peso, portanto, mais vale reduzir o tamanho do prato. Então, para que serve o exercício se não é para queimar as calorias a mais?

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

exercício físico “ensina” o corpo a usar os combustíveis fornecidos pelos alimentos de forma mais eficiente. No sedentário, afirma o médico do esporte Paulo Zogaib, o metabolismo está acostumado a estocar em forma de gordura quase tudo que entra. Como o corpo do sedentário se mexe pouco e gasta pouca energia, as calorias contidas em doces, massas, carnes e frituras vão quase todas aumentar os estoques de gordura dentro das células adiposas.

Quando a pessoa começa a se exercitar, os músculos precisam de mais energia do que estavam acostumados a usar, e o metabolismo é obrigado a se ajustar à nova necessidade. É aí, nesse ajuste, que começam a surgir os benefícios. Um deles é a maior capacidade de transformar gordura armazenadaem energia. No sedentário, durante a atividade física, o corpo usa quase somente açúcar (glicose) como combustível. Mas o açúcar sozinho não serve para esforços de longa duração. Na queima do açúcar, fica um resíduo metabólico chamado ácido lático, que causa a dor da cãibra e limita o tempo de esforço. A gordura armazenada é um combustível mais eficiente, e é o condicionamento físico que mostra ao corpo.

A questão é qual exercício vai ter melhor resultado em cada pessoa. O tempo de esforço que cada um suporta depende do peso corporal, da quantidade de massa muscular, da capacidade de consumo de oxigênio e de muitos outros fatores. Segundo Zogaib, não vale a pena apostar todas as fichas num exercício muito difícil, que vá esgotar suas energias em dois minutos. Nem num muito fácil, que se possa suportar por uma hora mas que não vá mudar nada no metabolismo. “O ideal é procurar um nível de esforço que seja difícil e que se possa continuar por 20 a 30 minutos”, diz. Normalmente, isso equivale a algo entre 60% e 70% da carga máxima que você aguenta, que pode ser medida pelos batimentos cardíacos.

A chave para ter resultado sempre é não se acomodar no esforço confortável. Como o corpo condicionado fica mais capaz de realizar esforço, exercitar-se aquém dessa capacidade significa descansar. É preciso dificultar um pouco mais o exercício a cada vez.

“Quando o corpo se ajusta ao maior consumo de energia, surgem os benefícios”
PAULO ZOGAIB, médico do esporte

Os exercícios contínuos de longa duração (caminhada, corrida de fundo, natação) foram por muito tempo considerados a melhor opção para emagrecer. Mais recentemente, no entanto, percebeu-se que é mais fácil perder peso combinando esses exercícios (chamados aeróbicos) com os exercícios de força, que aumentam a massa muscular. Isso porque os músculos são grandes consumidores de energia. A musculação aumenta esse consumo não só durante, mas também horas depois do exercício. Num estudo com adolescentes obesos realizado pelo Grupo de Estudos da Obesidade (GEO) na Universidade Federal de São Paulo, a eficácia dessa combinação foi testada e comparada com aquela antiga, recomendada pelo Colégio Americano de Medicina do Esporte. Todos os voluntários seguiram durante um ano a mesma terapia, que inclui exercícios monitorados, orientação nutricional, atendimento psicológico e atendimento clínico. Mas, na hora dos exercícios, ao longo de 14 semanas, eles foram divididos em dois grupos. Parte deles fez 60 minutos de caminhada ou corrida na esteira, três vezes por semana, enquanto os demais fizeram 30 minutos de exercício na esteira mais 30 minutos de musculação.

BENEFÍCIOS
Fernanda tornou-se mais assídua na musculação ao perceber as mudanças no corpo, que vão além daperda de peso

Esses 30 minutos de musculação não eram iguais em todas as sessões. A cada dia da semana havia um treino com cargas diferentes. E, a cada quatro semanas, a sobrecarga usada mudava. É a periodização. “Esse tipo de treino normalmente é proposto para atletas e esportistas”, diz Denis Foschini, autor do estudo. Ao final, ele observou nos voluntários do grupo da musculação um melhor ganho de saúde em comparação com o primeiro grupo. Foram registrados melhores resultados em matéria de resistência à insulina, colesterol, força e massa muscular, taxa metabólica de repouso e diminuição da dor. “O grupo que fez só esteira perdeu força, enquanto o da musculação aumentou a força muscular em 300%, em média”.

Luis Filipe Galo, de 19 anos, entrou no programa pesando 98 quilos e saiu com 74. Ele ficou surpreso quando, após a bateria de exames que a equipe da Unifesp encomendou, no começo do ano passado, foi diagnosticado como obeso, com problemas no fígado, resistência à insulina e um tumor maligno na tiroide. Até então, sua barriguinha proeminente, nem tão grande assim, não incomodava muito e ele levava tranquilo sua vida sedentária. Por sugestão da mãe, inscreveu-se no programa da universidade. Logo que começou com os exercícios e a dieta, aderiu ao novo estilo de vida. “No começo dói o corpo todo. Mas adorei tudo desde a primeira semana”, diz Galo. Agora ele tem de se cuidar por conta própria. Sem a tiroide por causa do tumor, pretende manter o peso numa academia assim que se recuperar da cirurgia.

Ainda que a perda de peso seja lenta, os resultados das alterações metabólicas podem ser sentidos longe do espelho. À medida que se adapta aos novos esforços, o corpo sofre menos para executar movimentos que antes eram um suplício. A estudante Fernanda Larissa Camilo já tinha tentado diversas vezes perder peso numa academia. A inibição diante de sarados e magrinhas e o tédio na musculação a levavam a desistir. Depois de um ano de terapia com o GEO, já acha o exercício prazeroso. “Fico feliz quando consigo aumentar a carga”.

Os especialistas afirmam que é mais importante apreciar as pequenas mudanças e adotar para sempre o hábito de se mexer que realizar grandes esforços e emagrecer rapidamente. Com o tempo, um lance de escada que antes causava suadouro exagerado, dor nos joelhos e preguiça passa a fazer parte do cotidiano. Mais disposto e sem dores, o ex-obeso começa automaticamente a se movimentar mais e a gastar mais energia. É um longo processo, mas ele funciona.

Fonte: REVISTA ÉPOCA

O amor do pai pode ser menos físico, porém, é tão intenso quanto o da mãe, segundo especialista

paiDurante a gestação a mulher é bombardeada por hormônios como ocitocina e prolactina, que são responsáveis pelo amor e instinto protetor materno. Além disso, esses neurotransmissores ajudam na produção do leite e na contração muscular uterina, na hora do parto. Sendo assim, é fácil entender que mãe e filho possuem ligação não só física, mas também hormonal.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Mas, e o pai? De onde surge o amor pelo filho?

O neurocirurgião do Hospital das Clínicas de São Paulo, Dr. Fernando Gomes Pinto, esclarece que, para o homem, o vínculo com a sua cria é basicamente mental. “O pai se identifica com o filho quando percebe que conseguiu transmitir a sua carga genética adiante.” Mas, engana-se quem pensa que não existe amor – no quesito hormonal – do pai para o filho. “Quando o homem se apaixona, é comum que também libere doses homeopáticas de ocitocina, porém não se compara com o nível da mulher”, diz o especialista.

O amor do pai pode ser menos físico, porém, é tão intenso quanto o da mãe. O homem possui sentidos mais racionais, e isso o faz supor que sua função é ficar na guarda da família, mantendo-a protegida. Assim, enquanto o instinto maternal está, sobretudo, em alimentar, proteger e agasalhar, o paternal está em resguardar e perpetuar sua carga genética.

“Reconhecer-se no filho é o que todo pai almeja. Perceber que os seus jeitos podem ser perpetuados para a eternidade faz com que ele sinta uma aproximação muito grande com o pequeno, além de fazer com que se sinta capaz de realizá-lo. Além disso, os valores também são importantes para o pai. Vê-los no filho causa uma sensação de dever cumprido”, finaliza Dr. Fernando.

 

semprematerna

Muricy rebate técnico rival e culpa preparo físico do Tricolor por empate

são pauloO técnico Muricy Ramalho acredita que o mau condicionamento físico dos jogadores do São Paulo tenha sido o principal adversário no empate por 1 a 1 contra a Universidad Católica, nesta quinta-feira, no Morumbi, pelas oitavas da Copa Sul-Americana. O treinador confia que o time ainda pode conseguir a classificação no confronto da volta, dia 23 de outubro, em Santiago.

Na saída de campo, o técnico da equipe chilena, Martín Lasarte, disse que estava satisfeito com o resultado na capital paulista, mas que poderia ter vencido o Tricolor. Muricy não concordou e respondeu.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

– Não vi toda essa diferença. No primeiro tempo, eles deram sorte de tomar um gol só. Enquanto estávamos bem na parte física, dominamos, e eles chegaram apenas no gol. Respeito, mas não concordo. Ele deve ter visto outro jogo – afirmou.

O São Paulo começou o confronto pressionando e criando boas chances. No entanto, na etapa final, o Tricolor despencou de rendimento e quase não assustou. Para o comandante, o preparo físico do elenco, também criticado anteriormente por Paulo Autuori, deixa a desejar.

– Nosso condicionamento físico é muito ruim. Não tivemos força no segundo tempo. O time sente demais a parte física. Isso preocupa muito – ressaltou.

Com a igualdade em casa, o São Paulo precisa vencer o duelo no Chile para se classificar. Um empate por dois ou mais gols também leva o Tricolor para as quartas de final.

– (O prejuízo) é grande, mas está tudo aberto. Um gol lá nos classifica. É uma pedreira, esse time é perigoso em casa. O gol fora de casa ajuda muito o adversário, mas não tem nada decidido.

 

Globoesporte.com

Corpo de deficiente físico, desaparecido há 3 meses, é encontrado em matagal

desaparecidoO corpo de um homem, que estaria desaparecido desde o dia 12 de junho deste ano, foi encontrado no final da tarde desta segunda-feira (23), no município de Caiçara, localizado no Brejo da Paraíba.

A polícia investiga se o cadáver é do deficiente físico Josinaldo Cândido Inácio, que era conhecido como ‘Tanta’. No dia em que desapareceu, a vítima tinha ido pescar, no açude Riacho Preto, com um menor de 16 anos e o primo, identificado apenas como ‘Nildo’.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Ao retornar para casa, ‘Nildo’ teria comentado aos familiares e à Polícia que ‘Tanta’ decidiu seguir por outro caminho, com isso, teria desaparecido. Os restos mortais de Josinaldo foram encontrados em um matagal, por moradores da localidade conhecida como Sítio Logradouro. Ainda não se sabe o que teria provocado a morte dele.
Por Pollyana Sorrentino e Jaceline Marques

Sete confissões que você deve fazer ao educador físico antes de começar a malhar

malharOdeio musculação

Há quem não dispense os pesos e aparelhos das aulas de musculação. Mas se você é do outro time, não se engane. A educadora física Renata Galdino, avaliadora física da rede de academias Cia. Atlhetica, explica que esse desgosto pela atividade é muito comum, principalmente entre as mulheres. “O problema é que todas as mulheres, até aquelas que não precisam, querem emagrecer – e emagrecer sem fazer musculação deixa o corpo flácido”, explica a especialista. Já que não tem jeito, monte um treino intercalando a musculação a exercícios que lhe sejam mais prazerosos, assim o treino fica eficaz e divertido ao mesmo tempo. Outra alternativa é optar pelo treino funcional, que tem como finalidade o fortalecimento muscular, mas por meios diferentes, ou o treino em circuito, que dá mais dinamismo à conquista de músculos.

Sinto dores nas costas

Dor nas costas, nos joelhos, no quadril ou em qualquer outro lugar. Você deve contar ao seu professor todos os desconfortos que sente. “O relato de uma dor modifica todo o treino: alguns exercícios ficam proibidos, enquanto outros recebem destaque”, explica Givanildo Matias. Ele exemplifica com o caso da hiperlordose lombar – aquela curvatura no final da coluna que deixa o bumbum arrebitado, principalmente nas mulheres. “Nesses casos, é preciso fazer adaptações ao praticar os abdominais, como levantar as pernas e redobrar a atenção para apoiar toda a coluna no chão.” E outros exercícios, como o alongamento da musculatura lombar, ajudam a amenizar as dores e a sobrecarga na região.

Meu objetivo é…

É importante deixar claro ao professor que vai te acompanhar durante todo o treino qual é o seu objetivo na academia. “O treino é estipulado conforme o objetivo pessoal – mas a avaliação pode ajudar o aluno a enxergar qual é a sua necessidade, mesmo que ele não saiba”, explica Renata Galdino. A especialista lembra que é comum que mulheres tenham o objetivo de emagrecer, mesmo que não precisem, e os homens de ganhar mais massa muscular, o que, dependendo do tipo físico, não é possível. O avaliador entende as necessidades do seu corpo e é um aliado na hora de definir o treino. Confie!

A academia me deixa desconfortável

Você é tímido? Não fique sem jeito. A academia pode mesmo parecer um ambiente pouco amigável, mas muita gente lá dentro está disposta a te ajudar. “Nós procuramos entender as dificuldades de cada aluno e oferecer soluções”, explica Renata Galdino. “Para quem não gosta de se expor, aconselhamos procurar um personal trainer, até que esteja pronto para se socializar.” Com ajuda dos professores, aos poucos você se acostuma com a academia e passa a se sentir parte dela.

Não sei nem por onde começar

Está tão ansioso que não sabe nem o que começar a fazer na academia? Fique calmo, o professor pode te ajudar, e muito. “Nós usamos elementos chaves, como peso, medidas de circunferência corporal, percentual de gordura, teste de cardiorrespiratório, teste de força e, por último, uma avaliação postural para planejar a atividade física”, explica Givanildo Matias. Esses pontos mostram quais são as necessidades do seu corpo e, junto com o que você contar – principalmente sobre suas atividades físicas – serão suficientes para montar um treino eficiente e prazeroso. Além disso, através dessa avaliação, ele vai poder te dizer se há ou não a necessidade de procurar um nutricionista para acompanhar o seu caso e intensificar os resultados da malhação.

Não tenho energia e me sinto cansado

A educadora física Renata Galdino conta que muita gente procura a academia por pressão do médico ou dos familiares. “O relato deles é que falta disposição, e até tempo, para fazer a academia”, conta. O conselho da especialista é para que, se esse for o seu caso, você comece aos poucos. “Não há a necessidade de ir todos os dias à academia, mas achar um horário, três vezes por semana, é suficiente.” Vale também procurar atividades mais prazerosas. “Depois que essa pessoa começa a ver os resultados, toma gosto pela atividade física e o humor e a energia mudam”, conta.

Meu corpo está ficando esquisito

Para muita gente falta um pouco de consciência corporal, que é imprescindível para perceber que o treino está caminhando para o lado errado. “A nossa indicação é que o aluno comece a atividade com calma, assim fica mais fácil perceber as alterações corporais que vão surgindo”, conta Renata Galdino. Quem tenta acelerar na intensidade, na carga ou no volume do treino pode acabar com a silhueta indesejada. “No caso dos homens, é comum que fiquem com as costas desproporcionadamente mais largas que as pernas – no das mulheres, os músculos crescem mais que o desejado”, explica. Nesses casos, é importante conversar com o professor, que fará um treino de correção sob medida para reverter o problema.

 

 

POR MANUELA PAGAN

Minha Vida

Bandido finge ser deficiente físico e grupo assalta agência bancária em João Pessoa

Quatro homens assaltaram na manhã desta segunda-feira (17) uma agência bancária do Banco Itaú, no Centro, em João Pessoa, capital da Paraíba. Um dos bandidos fingiu ser deficiente físico para realizar o assalto.

Os assaltantes chegaram em duas motos e armados com pistolas 340. De acordo com o coronel Paulo Almeida do 1º Batalhão da Polícia Militar, os homens levaram dinheiro e um revólver do agente que fazia segurança do banco. O coronel afirmou que a tarde os técnicos da agência farão uma auditoria para saber qual o valor furtado.

Ainda segundo o coronel a ação dos bandidos foi facilitada devido a agência bancária não ter porta giratória, comum nos bancos.

“A agência não tinha porta giratória, se tivesse com certeza a ação teria sido dificultada, pois algum dos assaltantes teria sido barrado. Posso classificar a ação como uma ousadia dos bandidos”, disse o coronel Paulo Almeida.

A polícia militar faz diligência no local, mas até o momento nenhum dos homens foi capturado.

Greve

Os bancários de toda Paraíba entram em greve por tempo indeterminado a partir desta terça-feira (18). Por conta disso, as agências estão lotadas e foram abastecidas para não faltar dinheiro nos caixas eletrônicos.

Os bancários ficaram frustrados por não terem fechado um acordo com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). Eles pretendiam ter um aumento salarial de 0,7%.

portalcorreio

Deficiente físico morre afogado nas Três Lagoas em JP

Cícero José da Silva Filho, 33, morreu afogado na manhã de ontem nas Três Lagoas, localizada na Capital. Segundo a família, o rapaz era deficiente físico. “Há 10 anos ele levou um tiro nas costas que atingiu a coluna e acabou ficando sem uma das pernas. Apesar da deficiência, ele sabia nadar e sempre vinha para essa lagoa tomar banho”, disse Amanda Hellen, sobrinha da vítima, acrescentando que seu tio estaria embriagado quando entrou na água. “Ele bebia sempre. Ele saiu de casa no sábado, não dormiu em casa e foi encontrado morto”, disse.

O delegado Alberto do Egito, da Delegacia de Homicídios, acredita que possa se tratar sim de um afogamento, mas só um exame mais complexo da Gerência de Medicina e Odotologia Legal (Gemol), poderá confirmar o fato. Ele explicou que a polícia foi acionada por uma pessoa que viu o corpo boiando na água.

Nas proximidades do corpo da vitima foram encontrados seus documentos, uma sandália e as muletas que ele usava para se locomover, o que prova, segundo a polícia e os amigos, que ele realmente foi ao local para tomar banho.

portalcorreio

Seleção faz trabalho físico em academia improvisada no Rio

Damião, Hulk, Lucas e Romulo fazem exercícios no primeiro dia de concentração (Foto: Mowa Press)

Os jogadores da seleção brasileira fizeram nesta terça-feira uma atividade física na academia improvisada em um dos salões do hotel onde a delegação está hospedada, em São Conrado, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Os atletas de linha foram divididos em dois grupos e cada um deles trabalhou por cerca de 50 minutos. Já os goleiros Rafael Cabral, Neto e Gabriel treinaram na sede do Flamengo, na Gávea.

O primeiro grupo fez musculação e trabalhos aeróbicos na esteira. O segundo, que tinha a presença de Neymar e Ganso, fez ginástica localizada e aperfeiçoou o equilíbrio. O técnico Mano Menezes acompanhou toda atividade de perto, ao lado de Andrés Sanches, diretor de seleções da CBF.

O contato com bola será realizado apenas na quarta-feira, na Escola de Educação Física do Exército, na Urca, no período da tarde. De manhã haverá exames médicos. O grupo ficaráno Rio até a próxima segunda-feira. O time estreia nos jogos de Londres dia 26, contra o Egito.

Neymar no treino da Seleção Brasileira (Foto: Mowa Press)Neymar no treino da Seleção Brasileira dentro do hotel no Rio de Janeiro (Foto: Mowa Press)
Globoesporte.com