Arquivo da tag: firmar

Paraíba é o primeiro estado do Nordeste a firmar parceria com Google Educação

Foto: Secom Secretária de Estado da Educação, Márcia Lucena e O diretor de Educação do Google no Brasil, Milton Sarsen Burgese
Foto: Secom
Secretária de Estado da Educação, Márcia Lucena e O diretor de Educação do Google no Brasil, Milton Sarsen Burgese

A Paraíba é o primeiro Estado do Nordeste a firmar parceria com o Google para que alunos, professores e funcionários da rede estadual de ensino tenham acesso a um conjunto de ferramentas para utilização no processo de ensino-aprendizagem. A secretária de Estado da Educação, Márcia Lucena, destacou que a parceria, sem custos para o Governo do Estado, será de fundamental importância para a rede estadual de ensino paraibana.

“Na verdade nós estamos trazendo para dentro da rede uma lógica que já está no domínio público. Os alunos e os professores, já usam essas ferramentas fora da rede. Nós vamos estreitar a comunicação com os professores, alunos e funcionários, vamos aproximar cada ator dessa rede e o interessante é que o uso do e-mail e das ferramentas é ilimitado e gratuito”, explicou Márcia Lucena, avaliando que essa ferramenta de gestão vai facilitar a vida de todos e a comunicação e promover uma mudança de lógica.

O diretor de Educação do Google no Brasil, Milton Sarsen Burgese, revelou que a escolha da Paraíba para iniciar a experiência no Nordeste acontece justamente porque o Governo do Estado tem feito investimentos consideráveis na área de Tecnologia da Informação na Comunicação. “A gente vem conversando com vários estados aqui no Nordeste e vocês foram sem dúvida nenhuma os mais ágeis com relação ao interesse nessa parceria. A Secretaria de Educação já dispõe de vários programas, utiliza milhares de tablets com professores e alunos, então nós vamos agregar todos esses programas numa solução conjunta”, afirmou.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A ideia é que os alunos passem a usar mais ferramentas online no processo ensino-aprendizagem, inclusive criando, interagindo com os professores e colegas. Inclusive será possível um professor dar uma aula online em toda a rede. Os alunos e professores terão acesso às ferramentas a partir de um e-mail com conta no Gmail.

O Google já atua com essas ferramentas da educação em vários países do mundo e hoje já são 50 milhões de usuários. No Brasil a parceria com o Governo do Estado de São Paulo envolve 4,5 milhões de usuários e é o segundo maior programa do Google Educação no Mundo.

iParaiba com Secom

PB é o primeiro estado do NE a firmar parceria com Google Educação

reuniãoA Paraíba é o primeiro Estado do Nordeste a firmar parceria com o Google para que alunos, professores e funcionários da rede estadual de ensino tenham acesso a um conjunto de ferramentas para utilização no processo de ensino-aprendizagem. A secretária de Estado da Educação, Márcia Lucena, destacou que a parceria, sem custos para o Governo do Estado, será de fundamental importância para a rede estadual de ensino paraibana.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“Na verdade nós estamos trazendo para dentro da rede uma lógica que já está no domínio público. Os alunos e os professores, já usam essas ferramentas fora da rede. Nós vamos estreitar a comunicação com os professores, alunos e funcionários, vamos aproximar cada ator dessa rede e o interessante é que o uso do e-mail e das ferramentas é ilimitado e gratuito”, explicou Márcia Lucena, avaliando que essa ferramenta de gestão vai facilitar a vida de todos e a comunicação e promover uma mudança de lógica.

O diretor de Educação do Google no Brasil, Milton Sarsen Burgese, revelou que a escolha da Paraíba para iniciar a experiência no Nordeste acontece justamente porque o Governo do Estado tem feito investimentos consideráveis na área de Tecnologia da Informação na Comunicação. “A gente vem conversando com vários estados aqui no Nordeste e vocês foram sem dúvida nenhuma os mais ágeis com relação ao interesse nessa parceria. A Secretaria de Educação já dispõe de vários programas, utiliza milhares de tablets com professores e alunos, então nós vamos agregar todos esses programas numa solução conjunta”, afirmou.

A ideia é que os alunos passem a usar mais ferramentas online no processo ensino-aprendizagem, inclusive criando, interagindo com os professores e colegas. Inclusive será possível um professor dar uma aula online em toda a rede. Os alunos e professores terão acesso às ferramentas a partir de um e-mail com conta no Gmail.

O Google já atua com essas ferramentas da educação em vários países do mundo e hoje já são 50 milhões de usuários. No Brasil a parceria com o Governo do Estado de São Paulo envolve 4,5 milhões de usuários e é o segundo maior programa do Google Educação no Mundo.

MaisPB com Secom PB

Gervásio ironiza desejo de Ricardo de firmar aliança com o PMDB: “Pensei que fosse montagem a fala do governador”

  O líder da oposição na Assembleia Legislativa da   Paraíba, deputado Gervásio Maia Filho (PMDB)     ironizou, nesta quarta-feira (7), as declarações  do  governador Ricardo Coutinho (PSB), que  ontem  sinalizou a possibilidade de uma  reaproximação  com os peemedebistas já no 1º  turno das  eleições deste ano.

Durante entrevista, o governador disse que “haveria espaços” para o PMDB em sua chapa. Indagado sobre as declarações de Ricardo Coutinho, Gervásio Filho disse que, num primeiro momento, não acreditou e chegou até a pensar que fosse montagem. “Isso é um sinal de desespero porque o governador sabe que o nosso partido pode ir para o segundo turno e que a candidatura de Veneziano tem muito a crescer ainda”, observou.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Gervásio Filho questionou ainda a sinalização do governador, lembrando que “até um dia desses, ele queria dar uma surra de votos na oposição”. Para o peemedebista, Coutinho está desesperado com alto índice de rejeição ao seu governo e o crescimento da oposição, inclusive na Assembleia. O deputado disse ainda que não ouviu nenhuma manifestação contrária à sua na bancada peemedebista, e que qualquer posicionamento em outra direção seria “como remar contra a maré”.

MaisPB