Arquivo da tag: filmes

6 filmes para educar crianças sobre raça e representatividade

Pensar no desenvolvimento completo do seu filho é pensar também numa educação que contemple questões sociais, como os temas raciais. Isso tudo para que seu pequeno saiba desde cedo a importância desses assuntos para um convívio social respeitoso e consciente.

Uma forma acessível de introduzir esses assuntos na educação dos pequenos é através de filmes e animações. Pensando nisso, separamos uma lista de 6 filmes e animações infantis que abordam questões desde representatividade, ancestralidade até racismo. Confira abaixo:

1. Hair Love

A animação “Hair love” levou o Oscar de Melhor Curta Animado na premiação do início deste ano. O curta-metragem, dirigido por Matthew A. Cherry e produzido por Karen Rupert Toliver, retrata a história de um pai aprendendo a arrumar o cabelo de sua filha, que é crespo.

Confira mais sobre a animação Hair Love.

2. Super choque

A animação da DC dos anos 2000 se tornou muito popular no Brasil, pois inspirou muitas crianças negras que se viam representadas pelo Virgil. O personagem é um super herói negro que, apesar dos inimigos, tem uma vida comum de adolescente.

O episódio “Filho dos Pais” viralizou na internet por retratar uma situação de racismo ocasionado pai de seu amigo Richie, que fez diversos comentários ofensivos sobre afro-americanos.

Além disso, no episódio 29, Virgil viaja com sua família para Gana, na África, e conhece várias curiosidades históricas como a independência do país nas mãos dos ingleses em 1957.

Confira mais sobre Super Choque

3. A princesa e o sapo

A Disney também não fica de fora na representatividade. A história de A princesa e o sapo conta com uma protagonista negra, Tiana, que vive Nova Orleans, nos EUA e passa por diversas aventuras para conquistar seu restaurante dos sonhos.

Confira mais sobre A princesa e o sapo

4. Iemanjá Yemojá: A criação das ondas

A animação da produtora audiovisual Célia Harumi Seki explora o aspecto mitológico da cultura afro-brasileira. A história de Iemanjá mostra uma visão da vida e da evolução da humanidade originadas na África, fonte de uma cultura rica e enraizada no Brasil.

Confira a animação

5. Bino e Fino

O desenho nigeriano criado por Adamu Waziri conta a história de dois irmãos gêmeos que vivem na África subsaariana. A cada dia, eles descobrem aspectos diferentes sobre o mundo, vida e a história do continente.

A animação possui diversos episódios dublados em português no YouTube.

6. Nella, uma princesa corajosa

A animação da Nickelodeon conta a história de Nella, filha de pai negro e mãe branca. A princesa corajosa salva os cidadãos do reino de seus pais transformando-se em uma princesa-cavaleira. Ela faz isso com a ajuda de seus amigos, Trinket, Sir Garrett e Clod, que, juntos, resolvem mistérios e aprendem lições valiosas.

 

minhavida

 

 

UEPB divulga relação de filmes selecionados para 3º Festival de Cinema de Rua de Remígio

A Coordenadoria de Comunicação (Codecom) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) divulgou a relação de filmes selecionados para concorrer nas mostras competitivas do 3º Festival de Cinema de Rua de Remígio, que acontecerá entre os dias 13 e 16 de maio, de forma virtual, em decorrência das medidas de segurança em saúde, necessárias para prevenção da Covid-19.

Serão 18 filmes concorrendo na Mostra Arribaçã – Panorama Nordeste; 15 filmes na Mostra Pedra da Letra – Panorama Brasil; e quatro filmes na Mostra Especial – Cinema Instantâneo. Todas as informações sobre o evento podem ser conferidas e acompanhadas pelo Facebook (www.facebook.com/festcineremigio) e pelo e-mail festcinederua@gmail.com.

Assessoria

 

 

Doze filmes brasileiros disputam indicação para o Oscar

Ao todo, 12 longas brasileiros foram listados para disputar indicação para o Oscar. No ano passado, 22 produções estavam na disputa – o filme selecionado, na ocasião, foi O Grande Circo Místico, de Cacá Diegues. Confira a lista dos filmes selecionados deste ano:

  • Bacurau, de Kleber Mendonça Filho
  • Los Silencios, de Beatriz Seigner
  • A Vida Invisível, de Karim Aïnouz
  • Sócrates, de Alex Moratto
  • A Última Abolição, de Alice Gomes
  • A Voz do Silêncio, de André Ristum
  • Bio, de Carlos Gerbase
  • Legalidade, de Zeca Brito
  • Humberto Mauro, de André Di Mauro
  • Espero tua (re)volta, de Eliza Capai
  • Chorar de Rir, de Toniko Melo
  • Simonal, de Leonardo Domingues

A seleção não garante que o representante brasileiro de fato chegue a disputar a categoria de melhor filme internacional do Oscar. Apenas quatro filmes nacionais chegaram a disputar a estatueta: O Pagador de Promessas, de Anselmo Duarte, em 1963; O Quatrilho, de Fábio Barreto, em 1996; O Que É Isso, Companheiro? de Bruno Barreto, em 1998; e Central do Brasil, de Walter Salles, em 1999.

 

 

Veja

 

 

Tião Gomes apresenta Voto de Aplauso a grupo de jovens que produzem filmes com celulares em Areia

O deputado estadual Tião Gomes (Avante) apresentou nesta sexta-feira (10) um requerimento de Voto de Aplausos na Assembleia Legislativa da Paraíba, ao projeto de produção de cinema feito por crianças e jovens, e tem possibilitado a integração de estudantes e moradores com a sétima arte, no distrito de Mata Limpa, em Areia, no Brejo da Paraíba. Com o objetivo de gerar conhecimento cultural e incentivar futuros comunicadores, o projeto surgiu em agosto de 2017 e hoje cerca de 80 estudantes participam da iniciativa que produz cinema com celular.

“É um projeto que vem mudando a rotina daquela comunidade de forma positiva, envolvendo alunos, professores e moradores em ações que visam incentivar a arte no município de Areia e merece realmente todo nosso reconhecimento. Parabéns aos idealizadores, moradores, estudantes participantes e demais envolvidos nesse grande projeto”, disse o parlamentar.

O projeto, que acontece na Escola Abel Barbosa da Silva tem a participação de Crianças de 4 anos até jovens de 18 anos, além dos moradores da região que participam da produção de curtas-metragens por meio de celulares.

Isadora Roseno, de 4 anos, ganhou como melhor atriz na II Mostra de Cinema de Mata Limpa, em Areia, na PB — Foto: Thiago Rodrigues/Arquivo Pessoal

Uma das produções dos alunos do projeto, o curta-metragem “Mais que a Chuva”, foi premiada com menção honrosa no Festival Comunicurtas UEPB, da Universidade Estadual da Paraíba, em Campina Grande. Além disso, esse filme já chegou a ser exibido em um festival de cinema em Paris, na França.

O idealizador do projeto, o professor Thiago Rodrigues, destacou que dos 80 alunos que participam da iniciativa, 50 deles trabalham produzindo e 30 trabalham indiretamente no dia da Mostra de Cinema de Mata Limpa, que acontece todo mês de dezembro para premiar os filmes produzidos.

Ainda segundo o idealizador do projeto, uma das produções dos alunos será exibida em um festival de cinema em Minas Gerais, neste mês de maio.

A Mostra de Cinema de Mata Limpa acontece em praça pública. Os alunos desenvolvem curtas-metragens de até 15 minutos, que são exibidos para toda a comunidade. O evento conta com atrações artísticas e feirinha gastronômica, além da distribuição de pipoca para as crianças e os moradores.

Na II Mostra de Cinema, realizada pelas crianças e jovens em dezembro de 2018, o prêmio de melhor atriz foi para Isadora Roseno, de 4 anos, que atuou na produção “Zé”, curta que ganhou como melhor filme e outras categorias da Mostra.

Já o pequeno Natan Silva, de 8 anos, ganhou como melhor ator no curta-metragem Jaca.

Veja o filme Zé

portaldolitoralpb

 

PF faz 2ª fase de operação que fechou Mega Filmes HD e derruba mais 3 sites

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira (13) a segunda fase da Operação Barba Negra, que desarticulou uma organização especializada na prática de crimes contra os direitos autorais pela internet. Foram expedidos 12 mandados de busca e apreensão e cinco de prisão pela 1ª Vara Federal de Sorocaba (SP).

A primeira fase da operação foi em novembro de 2015, quando a Polícia Federal tirou do ar o site site Mega Filmes HD, que oferecia um acervo com cerca de 150 mil filmes, documentários, séries de TV e shows.

Cinco pessoas foram presas nesta quinta-feira e um homem está foragido. Os mandados foram cumpridos em São Paulo, Minas Gerais, Paraíba e Pernambuco. A operação contou com a cooperação internacional da Interpol, que permitiu a retirada do ar os sites Armagedomfilmes.biz, Filmesonlinegratis.net e Megafilmeshd20.org. Entretanto, esses dois últimos ainda podiam ser acessados até as 11h50 desta quinta-feira.

Em Belo Horizonte, um hacker foi preso em casa, segundo a PF. O imóvel foi alvo de buscas. Um segundo mandado de prisão temporária contra outro morador da capital mineira não foi cumprido pois ele não está na cidade. A polícia cumpre ainda outros dois mandados de busca e apreensão na região.

Domínios estão sob custódia da Polícia Federal (Foto: G1 )Domínios de sites estão sob custódia da Polícia
Federal (Foto: Armagedomfilmes.biz)

Segundo a PF, os sites operam de maneira ilegal no Brasil e disponibilizam conteúdo sem o pagamento de direitos autorais. As três páginas recebem uma média de 768 milhões de visitas anuais, com mais de 11 mil títulos disponíveis para streaming, com acessos partindo do Brasil e de vários países do mundo, especialmente Portugal e Japão.

Por conta da grande quantidade de acessos, comparável a grandes portais legítimos no Brasil, os sites atraem redes de propaganda online nacionais e estrangeiras. A receita obtida é foco da segunda fase da operação. Os investigados responderão pela prática dos crimes de constituição de organização criminosa com pena três a oito anos e multa, além de violação de direitos autorais com pena de dois a quatro anos e multa.

*Com informações do G1 MG

Site tinha mais de cinco mil filmes em seu catálogo.  (Foto: G1 )Apesar de ter sido fechado em 2015, site Mega Filmes HD funcionava em outro domínio (Foto: Reprodução)
G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

95% dos filmes indicados ao Oscar já podem ser baixados ilegalmente

oscarBastou sair a lista de filmes indicados ao Oscar deste ano e a internet já se mexeu para disponibilizá-los ilegalmente. O resultado é que quase todos os títulos já podem ser baixados pela rede.

Um levantamento de Andy Baio repercutido pelo TorrentFreak revela que, com exceção das categorias envolvendo documentários e filmes estrangeiros, 95% dos filmes indicados estão na internet.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Isso significa que, dos 36 concorrentes, só dois ainda não caíram na rede: “Song of The Sea” (animação) e “Glen Campbell: I’ll Be Me” (melhor canção). Mas pode ser questão de tempo até aparecerem na internet.

Os downloads de “A teoria de tudo”, que conta a história do físico Stephen Hawking, quadruplicaram quase instantaneamente após a divulgação de que a obra disputaria o Oscar de melhor filme.

Curiosamente, quase todos os filmes pirateados parecem ter saído das mãos de membros da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, responsável pela organização da premiação. É possível deduzir isso porque os arquivos contam com uma marca d’água que identifica a origem da cópia – algo que os uploaders se esforçam para eliminar.

Olhar Digital 

Exigência de camisinha derruba produção de filmes pornô na Califórnia

Getty Images
Getty Images

A exigência de uso de camisinha em filmes adultos rodados em Los Angeles, em vigor desde novembro de 2012, derrubou a produção local deste gênero no ano passado, com perspectivas de que o fenômeno se repita neste ano, segundo porta-vozes da indústria.

Apenas 40 autorizações de filmagem na cidade foram concedidas em 2013, uma queda de mais de 90% em relação às 480 dadas em 2012, segundo números do órgão que concede as licenças, FilmLA, citados pelo jornalLos Angeles Times.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

No primeiro semestre deste ano, as autorizações somaram apenas 20, segundo o jornal.

O correspondente em Los Angeles do serviço em espanhol da BBC, Jaime González, indicou que as produtoras estão mudando suas atividades para cidades mais ao sul na própria Califórnia, como San Diego, ou para outros Estados americanos, como o vizinho Nevada e a Flórida. Em alguns casos, para o Leste Europeu, onda há menos regulamentação.

A exigência, contida na chamada Medida B, abrange apenas o condado de Los Angeles. Legisladores estaduais estão discutindo a ampliação da lei para o resto da Califórnia.

A indústria diz que já requer exames de HIV dos atores e atrizes de filmes adultos e que isso é suficiente para conter o vírus. Ao mesmo tempo, aponta a baixa demanda por produções nas quais as estrelas usem preservativos. Muitos atores inclusive se recusam a usar a proteção.

A controvérsia envolvendo o gênero adulto reforça as incertezas da indústria do cinema na Califórnia, que vem perdendo investimentos para outros Estados americanos ou para países como o Reino Unido e o Canadá, que oferecem mais incentivos fiscais para a atividade.

Segundo um estudo da FilmLA, foram rodados na Califórnia apenas dois dos 25 filmes com orçamento maior de US$ 3,5 milhões que estrearam em 2013.

Isto significa uma drástica mudança em relação a 15 anos atrás, quando 16 dos 25 filmes de maior orçamento foram rodados neste Estado da costa oeste americana.

 

iG

6 filmes nacionais para trabalhar na sala de aula

Cinema-Nacional-EscolaHá cerca de um mês, a exibição mensal de filmes nacionais passou a ser obrigatória para as escolas da educação básica de todo o país. A determinação faz parte de uma nova regra que foi incluída na LDB (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional). Para ajudar os professores, o Porvir separou uma lista com algumas obras do cinema nacional que podem ser utilizadas na sala de aula.

As indicações foram apresentadas por Cláudia Mogadouro, pesquisadora do Núcleo de Comunicação e Educação da USP. Todos os filmes inseridos na lista têm materiais de apoio e planos de aula que foram publicados pela pesquisadora no site Net Educação.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Confira os filmes indicados:

1. Tainá 3 – A Origem (Rosane Svartman)

O filme da conta a história da personagem Tainá, uma indiazinha que vive na Amazônia e parte para uma aventura em busca da mágica flecha azul, enviada por Tupã. O desafio faz parte de uma competição entre os garotos da aldeia para definir quem será o novo guerreiro da tribo. Mesmo sendo impedida de participar por ser menina, ela conta com a ajuda do avô e parte em busca da flecha.

A história pode ser um ótimo gancho para os estudantes conhecerem mais sobre a região da Amazônia, aprenderem sobre a cultura indígena e refletirem sobre a diversidade cultural do país. Além disso, o filme também abre a possiblidade de trabalhar conteúdos de educação ambiental, contemplando discussões sobre o consumo consciente.

Classificação: livre
Público alvo: ensino fundamental
Duração: 80 minutos

2. À Beira do Caminho (Breno Silveira)

O caminhoneiro João decide cruzar o Brasil para fugir de traumas do passado. Durante sua viagem, ele conhece Duda, um garoto órfão de mãe que decidiu procurar o pai. Enquanto os dois viajam, a amizade entre eles cria força. Apesar do drama, Duda é um menino cheio de vida que ajuda João a superar o seu passado.

O filme pode ser utilizado pelos professores para discutir sobre diferentes processos de urbanização no país e as novas configurações da família brasileira. As músicas do cantor Roberto Carlos também são outros elementos que estão presentes durante toda a obra. As cenas podem ajudar a refletir sobre a  música popular brasileira e as suas influências no cotidiano.

Classificação: 14 anos
Público alvo: ensino médio
Duração: 90 minutos

3. A Máquina (João Falcão)

Com um roteiro alegórico, o filme conta a história de Antônio, um rapaz que mora em uma cidade chamada Nordestina, tão pequena que nem consta no mapa. Aos poucos, os habitantes do local começam a deixar a cidade para partir em busca do mundo. Quando a jovem Karina, por quem ele é apaixonado, decide ir embora, Antônio resolve construir uma máquina do tempo para ir até o futuro e trazer o mundo até ela.

Entre as cenas, os alunos podem ter contato com diversas manifestações da cultura popular nordestina. A história ajuda a refletir sobre o conceito do tempo e a construção do futuro. Outra possibilidade de trabalho é discutir com os estudantes as perspectivas de trabalho para brasileiros que moram longe dos grandes centro urbanos.

Classificação: livre
Público alvo: ensino médio
Duração: 90 minutos

4. Janela da Alma (João Jardim/Walter Carvalho)

O documentário apresenta pessoas com diferentes graus de deficiência visual e trata a relação que elas têm com a visão e o olhar. Diversas celebridades como o prêmio Nobel José Saramago e o músico Hermeto Paschoal fazem revelações sobre o significado de não ver em um mundo com o excesso de informações audiovisuais.

A obra pode ser utilizada pelo professor para trabalhar temas como deficiência, visão e o excesso de informações audiovisuais. O documentário também pode traçar um paralelo com a mito da caverna de Platão.

Classificação: livre
Público alvo: ensino médio
Duração: 73 minutos

5. Uma História de Amor e Fúria (Luiz Bolognesi)

A animação conta a história de amor de um herói imortal e Janaína. Passando por épocas históricas do Brasil, como a exploração portuguesa, a escravidão e a ditadura militar, o filme vai apresentando a trajetória do casal que sobrevive por todas essas fases. Além disso, a obra também apresenta uma projeção de futuro do país em 2096.

Entre os assuntos que podem ser trabalhados com os estudantes, estão a colonização portuguesa e a história do Brasil sob o ponto de vista dos dominados. Além disso, também é possível projetar problemas e soluções para o futuro.

Classificação: 12 anos
Público alvo: ensino médio
Duração: 74 minutos

6. Capitães da Areia (Cecília Amado)

Adaptação da obra de Jorge Amado, o filme conta a história dos adolescentes que vivem pelas ruas de Salvador, sem que ninguém possa cuidar deles. Liderados por Pedro Bala, os jovens formam um grupo chamado Capitães da Areia e vivem os sonhos e pesadelos de adolescentes.

O filme pode ser utilizado para trabalhar a disciplina de literatura, fazendo um paralelo com o livro. Outra possiblidade é criar reflexões sobre a adolescência e os amores da juventude.

Classificação: 16 anos
Público alvo: ensino médio
Duração: 96 minutos

revistaforum

PC prende empresário acusado de pedofilia; 200 filmes pornográficos são apreendidos

Uma operação da Polícia Civil prendeu na tarde desta sexta-feira (14) um empresário acusado de pedofilia em João Pessoa. José Célio da Silva, 58, teve mais de 200 filmes pornográficos apreendidos e a suspeita é que o material contenha várias gravações de crianças e adolescentes.

O empresário é dono da locadora Space Vídeo localizada no Mercado Central de Mangabeira. Ele é acusado de pagar a crianças e adolescentes a quantia de R$ 5 a R$ 10 por gravação e ainda as ameaçavam, caso elas o denunciassem.

De acordo com o delegado da Delegacia de Roubos e Furtos, Leonardo Souto Maior, o acusado já agia desde 2005 e já havia sido preso outras vezes pelo mesmo crime.

José Célio foi detido em sua residência e será encaminhado para realização de exame de corpo de deleito. Depois será conduzido para algum presídio de João Pessoa.

portalcorreio

Shaolin passou a dar risada com filmes engraçados, revela esposa do humorista

O humorista Shaolin passou a dar risada com cenas de filmes e histórias engraçadas. A informação foi dada ao R7 pela mulher dele, Laudiceia Veloso. Ela informou que ele teve um pequeno avanço no nível de consciência e que a equipe médica considerou a melhora extremamente positiva. “Eu acredito que ele entenda o que nós falamos, porque ri, chora, emociona-se e mantém atenção às coisas. Apesar de ainda não ter desenvolvido a fala e os movimentos, estamos muito felizes e esperançosos com a melhora dele. Quem sabe não temos, em breve, uma excelente notícia”, disse.

Shaolin se recupera em casa de um acidente que sofreu em janeiro de 2011, em Campina Grande, na Paraíba. Ele continua com o tratamento com fonoaudiólogos e fisioterapeutas. Laudiceia disse que no último dia 19 de junho a família recebeu uma grande visita. A cantora Joelma foi até a residência ver o humorista e ele demonstrou a ter reconhecido.

— Ele ficou muito feliz e percebemos que ele a reconheceu. Ele riu muito. Ela também notou a melhora dele. Tirando a traqueostomia, o rosto dele voltou a ser o mesmo. Dizemos que o Shaolin já está com cara de Shaolin.

A mulher do humorista contou que nos períodos após o acidente ele perdeu muito peso, mas que agora voltou ao normal. Shaolin gosta de assistir a DVDs do Chico Anysio e faz seis refeições por dia, ainda com sonda. Laudiceia afirma que as mensagens que os fãs enviam ajudam a família.

— Sempre recebemos muitas mensagens de carinho e sempre agradecemos. Somos muito gratos a essa atenção. Não temos dúvidas de que o Shaolin um dia volte a trabalhar e a alegrar o público dele. Não tinha noção do quanto ele era amado.

[B]O acidente[/B]

Francisco Jozenilton Veloso, o Shaolin, ficou gravemente ferido no acidente na BR-230, na região de Mutirão, em Campina Grande (PB). Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o comediante dirigia no sentido São José da Mata da rodovia quando um caminhão, que vinha na faixa oposta, invadiu a contramão e bateu contra o veículo do artista.

Desde o acidente, já foram ouvidos policiais rodoviários federais; médicos do Samu, que prestaram os primeiros atendimentos ao humorista e pessoas da comunidade local, que presenciaram o ocorrido. O motorista envolvido no acidente, Jobson Clemente Benício, de 23 anos, responde processo por lesão corporal e omissão de socorro, por ter fugido do local do acidente.

R7