Arquivo da tag: filmado

Filmado recebendo mala de dinheiro, deputado Rocha Loures chega ao Brasil

Loures desembarca no Aeroporto de Guarulhos (Foto: Reprodução/GloboNews)

O deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), indicado pelo presidente Michel Temer para resolver uma disputa relativa ao preço do gás fornecido pela Petrobras à termelétrica do grupo JBS, segundo reportagem de ‘O Globo’ chegou ao Brasil na manhã desta sexta-feira (19).

Loures estava em Nova York, nos Estados Unidos, acompanhando o evento Person of The Year, no qual o prefeito de São Paulo João Doria foi premiado, e desembarcou no Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, às 7h35, uma hora depois de o avião pousar, às 6h25.

No saguão do aeroporto, ele foi chamado de “ladrão”, “bandido” e algumas pessoas pediram “cadeia”. Ele não quis gravar entrevista, entrou em um táxi branco e não respondeu para qual cidade vai.

Após a delação de Joesley Batista, da JBS, o ministro do Supremo Tribunal Federal Edson Fachin determinou o afastamento de Loures do mandato de deputado federal.

Loures desembarca no Aeroporto de Guarulhos (Foto: Reprodução/GloboNews)

Loures desembarca no Aeroporto de Guarulhos (Foto: Reprodução/GloboNews)

Entenda as suspeitas contra o deputado federal Rodrigo Rocha Loures:

Na quarta-feira (17), o jornal ‘O Globo’ divulgou reportagem que aponta que o presidente Michel Temer indicou Rocha Loures para resolver uma disputa relativa ao preço do gás fornecido pela Petrobras à termelétrica do grupo JBS.

A reportagem relata que o dono da JBS marcou um encontro com Rocha Loures em Brasília e contou sobre sua demanda no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). Pelo serviço, segundo ‘O Globo’, Joesley ofereceu propina de 5% e o deputado deu o aval.

De acordo com documentos da investigação obtidos pela TV Globo, o deputado federal foi filmado pela PF recebendo uma bolsa com R$ 500 mil enviados por Joesley, após combinar pagamento semanal no mesmo valor pelo período de 20 anos. Conforme o relatório, o valor semanal poderia chegar a R$ 1 milhão se o Preço de Liquidação das Diferenças (PLD), valor fixado pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), em R$/MWh , para a comercialização da energia, ultrapassasse R$ 400.

Segundo ‘O Globo’, Loures teria telefonado para o presidente interino do Cade, Gilvandro Araújo, para interceder pelo grupo. O Cade informou, em nota, que a área técnica da Superintendência Geral recomendou a instauração, inicialmente, de Procedimento Preparatório e, posteriormente, de Inquérito Administrativo, procedimentos padrão para apurar denúncias anticoncorrenciais. Veja a íntegra da nota do Cade no fim da reportagem.

A entrega de R$ 500 mil para Rocha Loures, feita por Ricardo Saud, diretor da JBS, ocorreu em São Paulo. Depois de passar por três endereços em um mesmo encontro (um café em um shopping, um restaurante e uma pizarria), Loures deixa a pizzaria levanda uma mala preta com o dinheiro.

Conversas entre o deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) e Ricardo Saud, diretor da JBS, revelam qual era o entendimento do parlamentar sobre o impacto das denúncias e das investigações no Supremo Tribunal Federal (STF) contra ministros do governo Michel Temer.

Em uma das conversas de Rocha Loures com Saud, o deputado concorda em apresentar uma prévia do relatório da Medida Provisória do Refis, que ainda não era público, para o diretor da JBS. Na conversa, os dois falam sobre esconder o que a JBS queria no texto incluindo os pontos como sugestão da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (ABIEC).

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Filho de vereador é filmado espancando jovem de 18 anos com socos e joelhadas

homem-agride-mulherUma jovem de 18 anos foi agredida com tapas, socos e joelhadas pelo ex-companheiro em Álvaro de Carvalho (SP), e câmeras de segurança de um bar registraram a ação. De acordo com a polícia, o caso foi registrado na semana passada, mas as imagens foram divulgadas apenas nesta segunda-feira (31).

Segundo informações do boletim de ocorrência, a vítima estava em um bar com uma amiga quando foi agredida com socos, chutes e joelhadas por Kelvin Luiz Assis Soares, de 24 anos, com quem tem uma filha de 3 anos e de quem estaria se separando.

Segundo a polícia, o agressor, que é filho de um dos vereadores da cidade, será indiciado por lesão corporal, mas não foi preso porque não houve flagrante. A Polícia Civil informou ainda que mais de 10 boletins de ocorrência já foram registrados contra o suspeito por tentativa de homicídio, lesão corporal grave e desacato. Ele deve depor ainda esta semana, de acordo com a polícia. O G1 e a TV TEM tentaram contato com o suspeito, mas ele não foi localizado.

Ainda segundo o BO, a separação teria motivado a agressão. A vítima fez o exame de corpo de delito e está sob medida protetiva.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Pai consegue guarda provisória do filho de 2 anos que foi filmado com arma em JP

Reprodução/ TV Correio HD
Reprodução/ TV Correio HD

O pai da criança que foi filmada com uma arma conseguiu obter a guarda provisória do menino e repassou a informação nesta sexta-feira (23) ao Portal Correio. Ele disse que obteve o resultado por meio de uma liminar expedida por uma promotora e acatada por um juiz, mas não divulgou os nomes.

Cozinheiro de 29 anos, ele relatou que encontrou dificuldades para obter a guarda da criança e lamentou que a mãe tenha agido dessa forma. “Achei um absurdo, principalmente porque ela se comprometeu em dar amor e carinho ao nosso filho, mas se passou por essa situação”.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Agora, o pai do menino diz que mesmo trabalhando diariamente, não encontra problemas para manter a guarda porque tem um novo relacionamento que o ajuda na criação.

A delegada de Repressão a Crimes contra a Infância e Juventude, Andrea Melo, disse ao Portal Correio que não tem detalhes sobre as questões da guarda e não passou todas as informações sobre o caso, mas adiantou que a mãe da criança foi ouvida e liberada. Ela disse quer as investigações continuam e outras pessoas serão ouvidas.

O Conselho Tutelar informou que a guarda que ele obteve foi provisória, por meio da Vara da Família, e que haverá mais procedimentos na justiça até que ele consiga a guarda permanente do filho.

Portal Correio tentou ouvir a mãe ou a família dela para saber sobre a situação, mas ninguém foi encontrado para comentar o assunto. O Conselho Tutelar também não tinha informações sobre a mãe da criança.

O vídeo mostra que o filho do casal, uma criança de dois anos, brinca com uma arma enquanto é filmada.

 

portalcorreio