Arquivo da tag: Filho

Mãe faz visita virtual a filho preso em outra cidade; encontro por videochamada é o primeiro da PB

Uma mãe da cidades de Patos, no Sertão da Paraíba, conseguiu ver o filho preso há nove meses na Cadeia Pública de Belém, no Agreste, por meio de uma visita virtual. Essa foi a primeira vez que um detento recebeu uma visita por meio de videoconferência, na Paraíba, de acordo com o Secretário Executivo de Administração Penitenciária, João Paulo Ferreira. Maria do Socorro, que estava a 310 km de distância do filho, o reencontrou também pela primeira vez desde a prisão. A visita foi autorizada pelo Judiciário e aconteceu no último dia 23 de agosto.

Conforme explica João Paulo, a iniciativa faz parte de um projeto piloto para começar a realizar as visitas virtuais em outras penitenciárias. Desde que foi preso preventivamente, no dia 8 de dezembro de 2018, o jovem nunca havia recebido a visita de familiares, em razão do alto custo de deslocamento.

Diante disso, a defensora pública da Comarca de Belém, Diana Guedes, resolveu pedir o benefício à juíza responsável pela Comarca de Belém, que autorizou. Ela contou com a ajuda da defensora pública Carollyne Andrade, que acompanhou a videochamada ao lado da mãe, no Núcleo de Atendimento da DPE em Patos.

O encontro virtual durou aproximadamente 30 minutos. Além das defensoras públicas das respectivas comarcas, a visita virtual também contou com a presença da tia do preso e teve a supervisão de agentes penitenciários.

Mãe e tia do detento participaram da vida, intermediada pela Defensoria Pública da Paraíba — Foto: Defensoria Pública da Paraíba/Divulgação

Mãe e tia do detento participaram da vida, intermediada pela Defensoria Pública da Paraíba — Foto: Defensoria Pública da Paraíba/Divulgação

A defensora pública Carollyne Andrade ressalta que a punição que o Estado impõe aos presos é relativa à privação da liberdade. “Outros direitos, pelo menos teoricamente, continuam assegurados, como o direito à saúde, à religião e a ter contato com a família – conforme dispõe o art. 41 da Lei de Execução Penal”, complementa.

A defensora salienta que a maioria das famílias de pessoas detidas, em razão da exclusão social, não possui condição financeira de percorrer longas distâncias territoriais, mesmo dentro do mesmo Estado. “Acreditando que os familiares do preso não podem ser punidos com esse afastamento, intermediamos essa visita virtual. Por ser uma Instituição que atende os mais vulneráveis, essa iniciativa da Defensoria, acredito, orgulha a todos”, afirma Carollyne.

Para a defensora pública Diana Guedes, a iniciativa deveria ser repetida em outros estabelecimentos penais. Ela lembra, inclusive, que a Gerência Operacional de Articulação com Estabelecimentos Penais (Goaep) da DPE-PB já encaminhou para o Departamento Penitenciário Nacional (Depen) a minuta do convênio de um projeto que prevê a realização de visitas virtuais no Sistema Prisional da Paraíba.

“É importante para amenizar a ansiedade das famílias e dos presos, inclusive para que eles possam cumprir de maneira mais satisfatória os deveres impostos pela Lei de Execução Penal”, ressaltou.

G1

 

Filho mandou matar pai por R$ 4 mil e irmã seria a próxima, diz polícia

Paula Carvalho seria a próxima vítima do irmão adotivo Paulo Rodrigo Ribeiro Teixeira de Carvalho, preso nesta segunda-feira (26), suspeito de mandar matar o pai adotivo, o auditor fiscal Paulo Germano Teixeira de Carvalho, de 67 anos. Ele morreu no dia 7 de julho em um falso assalto numa granja em Paratibe, na Zona Sul de João Pessoa.

Durante entrevista coletiva na tarde desta segunda (26), o delegado Hugo Helder disse que o crime foi planejado por Paulo Rodrigo e que ele pagaria R$ 4 mil ao homem que seria executor do assassinato, Diego da Silva Cavalcanti.

O plano

O plano inicial de Rodrigo era que Diego matasse o auditor fiscal quando ele saísse de uma missa, no dia 7 de julho, mas o pneu da moto utilizada no crime furou e a ideia acabou sendo adiada. Conforme o delegado, Rodrigo levou os parentes que estavam na granja para outro local e deixou o portão destrancado, o que facilitou o acesso de Diego à granja.

De acordo com a polícia, Diego matou o auditor fiscal depois que ele chegou à granja, após a missa, com três tiros e roubou celulares e uma quantia de R$ 1.800 em dinheiro, para simular o assalto. O acordo era que esse dinheiro ficaria com Diego, que receberia depois mais R$ 4 mil pelo assassinato.

Mais envolvidos

Segundo a polícia, o irmão de Diego, Carlos Roberto Ferreira Pontes, também estaria envolvido no caso e seria o responsável por mediar a comunicação entre Diego e Rodrigo após o assassinato.

Mais vítimas

Depois do crime, o plano do trio era executar mais duas pessoas, sendo a irmã de Rodrigo, Paula Carvalho, e uma pessoa que estaria cometendo pequenos furtos nas imediações da casa do suspeito. Paula acusa o irmão adotivo de mandar matar o pai deles por causa de herança.

Prisão

Rodrigo, Diego e Carlos foram presos na Operação Édipo, que leva o nome do personagem da mitologia grega que matou o pai. Os três foram levados para a Central de Polícia no Geisel, em João Pessoa, onde estão à disposição da Justiça.

Conforme o delegado Hugo Helder, outras pessoas são investigadas como suspeitas de participação no crime, como o caseiro que estava na granja no dia do assassinato e também é a principal testemunha.

 

portalcorreio

 

 

Pai e filho morrem afogados em barreiro entre Puxinanã e Montadas, no Agreste da PB

Pai e filho morreram afogados na tarde desta quinta-feira (22), em um barreiro que fica entre as cidades de Puxinanã e Montadas, no Agreste paraibano. Segundo as informações do Corpo de Bombeiros, o filho havia caído no barreiro e o pai pulou na água para tentar salvá-lo, mas os dois acabaram morrendo.

O afogamento foi confirmado pelo Corpo de Bombeiros de Campina Grande, por volta das 16h30. O barreiro onde o caso ocorreu fica às margens da rodovia estadual PB-115.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi ao local para retirar os corpos. O pai era um agricultor de 48 anos de idade e filho era um adolescente de 13 anos de idade.

G1

 

Doria dispara contra Bolsonaro e diz que jamais nomearia o filho para embaixada

O governador de São Paulo, João Doria, escancarou a guerra interna na direita brasileira, depois que Jair Bolsonaro vazou a sua compra de um jatinho, com financiamento estatal, ao abrir a “caixa-preta” do BNDES.

Segundo o governador, Bolsonaro coloca as necessidades pessoais acima do País ao tentar emplacar o seu “filho 03”, Eduardo Bolsonaro, na chefia da representação diplomática do Brasil em Washington.

“Eu jamais nomearia meu filho nem ninguém da minha família para nenhuma função pública, ainda mais numa circunstância de uma embaixada que é a mais importante embaixada brasileira no exterior”, disse Doria.

Doria disse ainda que Bolsonaro é uma ameaça ao agronegócio brasileiro. “No caso da Comunidade Europeia posso afirmar que a reação foi muito forte. E pode colocar em prejuízo o agronegócio brasileiro. Se não houver uma mudança de discurso, esse risco é real.”

O tucano também criticou os ataques a Alberto Fernández na Argentina – “a Argentina é o terceiro maior parceiro comercial do Brasil” – e criticou a adesão automática às posições de Donald Trump. “Ele é presidente dos Estados Unidos, não das Américas ou da América Latina –nem tampouco presidente do Brasil. O presidente do Brasil pode e deve a meu ver manter relações equilibradas com a China e com a América.”

Aécio e Frota

Doria também elogiou a entrada de Alexandre Frota no PSDB e falou sobre Aécio Neves. “O PSDB deu ao deputado Aécio Neves a oportunidade para que ele fosse o protagonista da sua decisão, não aquele que vai receber a decisão do partido. Sendo bem claro e objetivo: Nesse momento eu defendo que o deputado Aécio Neves se afaste do PSDB. Ou seja afastado.”

Brasil 247.

 

 

Filho agride a mãe de 66 anos e é preso por violência doméstica em Alagoinha

Um homem suspeito de agredir a própria mãe, uma idosa de 66 anos de idade, foi preso por policiais da 2ª Companhia do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) na tarde desta quinta-feira (8), na cidade de Alagoinha. Algumas pessoas informaram à guarnição, através da linha direta, que a mãe estaria sendo agredida pelo filho, que tem 36 anos, no interior da sua residência.

Os policiais, sob o comando do cabo Fagner, se dirigiram até o local e constataram a veracidade do fato, sendo o suspeito preso em flagrante pelo crime de violência doméstica e familiar. Ele foi conduzido para a delegacia, juntamente com a vítima, para os procedimentos legais.

 

Assessoria 4º BPM

 

 

Presidente da ALPB sobre Bolsonaro: “Quando ele abre a boca é um desastre”

O deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino (PSB), afirmou que o presidente da República Jair Bolsonaro (PSL) demonstra a cada dia que não possui preparação para estar no cargo que ocupa.

Galdino destacou que a Paraíba precisa ser respeitada e ter os recursos que necessita, bem como os estados do Sul e do Sudeste.

– Cada vez mais a gente percebe que o presidente Bolsonaro não está preparado para o cargo que assume. Quando ele abre a boca é um desastre. Não queremos nada além dos nossos direitos, investimentos do governo federal para com a Paraíba – disse.

*As informações foram veiculadas na Rádio Caturité FM

Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

 

Paraíba tem primeira transmissão de HIV de grávida para filho após três anos sem caso do tipo

Uma criança foi infectada por HIV após transmissão vertical, que é a transmissão de mãe gestante para filho. Além disso, 16 mulheres gestantes foram diagnosticadas com o vírus, conforme relatado no boletim epidemiológico da Gerência Operacional das IST/HIV/Aids/Hepatites Virais da Secretaria de Estado da Saúde (SES), divulgado nesta segunda-feira (22). Desde 2016, não havia esse tipo de transmissão do HIV de mãe para filho, o que chamou a atenção dos profissionais da Saúde do Estado.

“Este é um fato relevante já que, desde 2016, não havia casos de transmissão vertical. É importante ressaltar que, apesar do incremento de testes rápidos distribuídos para as unidades de saúde da família, serviços de referência, maternidades e o uso do Protocolo de Prevenção da transmissão vertical, ainda ocorrem casos no estado. A nossa sugestão é uma maior qualificação da assistência, durante o pré-natal, e mais atenção no período de puerpério/amamentação, pois a transmissão pode ocorrer nesse período”, disse a gerente operacional de HIV/Aids, da SES, Ivoneide Lucena.

A SES desenvolve várias estratégias para enfrentamento do HIV/Aids. Entre elas, capacitação para teste rápido nos municípios e serviços de saúde; serviços de referência para testagem e assistência às pessoas com HIV/Aids (Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) e Serviços de Assistência Especializada (SAE); ampliação de serviços para oferta da Profilaxia Pós-exposição; criação do Comitê Estadual de investigação de casos de transmissão vertical do HIV, apoio aos projetos de ONG´s que promovem ações de prevenção junto às populações vulneráveis e oferta de cursos à distância para professores e alunos da rede estadual, objetivando a qualificação e oportunizando a discussão em sala de aula com temáticas como sexualidade, respeito às diferenças, prevenção às ISTs e discussão de gênero.

Profilaxia Pós-Exposição – PEP

A PEP é uma forma de prevenção de urgência à infecção pelo HIV que consiste no uso de medicamentos que precisam ser tomados por 28 dias, que deve ser iniciada o mais rápido possível, preferencialmente, nas primeiras duas horas após a exposição e no máximo, em até 72 horas para reduzir o risco de adquirir a infecção. Deve ser utilizada após qualquer situação em que exista risco de contágio: violência sexual, relação sexual desprotegida e acidente ocupacional.

Profilaxia Pré-Exposição – PrEP

A PrEP consiste na tomada diária de um comprimido que impede que o vírus causador da Aids infecte o organismo, antes de a pessoa ter contato com o vírus. Ela é indicada para pessoas que têm maior chance de entrar em contato com o HIV.

“Ainda há muito a ser feito na promoção, prevenção e na atenção, além do apoio e das ações de promoção vinculadas à luta contra o preconceito, o estigma e a discriminação, como ações estratégicas para o enfrentamento da epidemia de HIV/Aids”, concluiu Ivoneide.

 

clickpb

 

 

Mulher é baleada quando tentava ajudar filho a fugir de assaltantes, na PB

Uma mulher foi baleada na perna, na manhã desta quinta-feira (18), quando tentava socorrer um homem vítima de tentativa de assalto, no bairro Funcionário IV, em João Pessoa. O tiro, efetuado pelos suspeitos, atravessou o portão e atingiu a mulher.

De acordo com relatos à Polícia Militar, o homem estava no ponto de ônibus, esperando o coletivo para ir trabalhar, quando dois homens em uma moto chegaram e anunciaram o assalto. Um deles estava armado.

Como o homem mora perto do ponto de ônibus, ele conta que a reação que teve foi correr para casa. Quando chegou em frente da residência, começou a bater no portão pedindo socorro. Quando a mãe dele abriu o portão, os assaltantes atiraram contra o homem. O tiro, no entanto, atravessou o portão e atingiu a perna da mulher, de 63 anos.

A vítima foi levada em um carro particular para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. Até as 6h30 ela passava pelos primeiros atendimentos médicos. Por isso, o estado de saúde não foi divulgado.

G1

 

Preso filho suspeito de assassinar a mãe a facadas em Cacimba de Dentro

Foi preso na tarde desta quinta-feira (11) um homem de 35 anos suspeito de assassinar a facadas a própria mãe. O caso aconteceu no início da manhã desta quinta no município de Cacimba de Dentro, Agreste paraibano, a 165 quilômetros de João Pessoa.

A informação foi confirmada ao Portal Correio pelo delegado Joacil Moreira, responsável pela investigação do crime. Porém, informações sobre como se deu a prisão não eram de conhecimento do delegado até as 15h10, já que a prisão ocorreu por volta das 15h.

O crime

Segundo a Polícia Militar, o suspeito sofre de transtornos mentais e já foi internado no Hospital Psiquiátrico Juliano Moreira, em João Pessoa. O crime teria ocorrido durante um novo surto do homem.

Ainda de acordo com a PM, o corpo da vítima foi descrito por testemunhas como “mutilado”. A mulher teria sido morta a golpes de arma branca, de tipo ainda não especificado.

portalcorreio

 

 

Tragédia em Cacimba de Dentro: filho com problemas psiquiátricos mata a mãe à facadas

Por volta das 8 horas da manhã desta quinta-feira (11), um filho com problemas psiquiátricos teria matado a própria mãe, em Cacimba de Dentro, no Agreste da Paraíba.

Ainda de acordo com informações de testemunhas, alguns dias atrás o suspeito encontrava-se desaparecido, buscas foram feitas e ele foi encontrado em Barra de Santa Rosa.

O homem teria sido levado até uma unidade hospitalar, onde foi avaliado por uma equipe médica e em seguida entregue à sua mãe. Porém, na data de hoje ele teria cometido o crime.

A polícia foi acionada e ao chegar no local constatou a tragédia. Dezenas de curiosos estão aglomerados em frente da residência da vítima, enquanto se aguarda a chegada da perícia para os procedimentos.

 

portal25horas