Arquivo da tag: filha

Pai que matou filha de 1 ano é agredido por vizinhos e morre em delegacia

A Polícia Civil abriu um inquérito para investigar a causa da morte de um homem, de 35 anos, ocorrida na madrugada desta segunda-feira, dentro da 126ª DP (Cabo Frio), no município de Cabo Frio, na Região dos Lagos. Portador de problemas psicológicos, segundo relato de seus familiares, ele havia sido preso horas antes por policiais militares, após sofrer um suposto surto e esfaquear a própria filha de um ano e a mãe de criança, de 33.

A agressão ocorreu em uma casa do Bairro Unamar. O bebê não resistiu aos ferimentos e morreu. A mulher foi ferida na mão. Depois de ouvir gritos das vítimas, um grupo de pessoas ainda não identificadas, invadiu a residência e agrediu o homem a socos, pauladas e golpes de uma pá.

Socorrido por policiais militares e por bombeiros, ele foi levado para o Hospital Tamoios e de lá, foi transferido para 126ª DP, onde acabou sendo autuado em flagrante por homicídio e tentativa de homicídio.

Segundo a polícia, por volta das 5h desta segunda-feira, presos que estavam em uma cela chamaram os policiais alertando que homem estava passando mal.

Retirado do xadrez, ele ainda foi socorrido por uma equipe do Corpo de Bombeiros, mas não resistiu e morreu. Os investigadores da 126ªDP aguardam o resultado de um exame cadavérico para saber qual a causa exata da morte do homem.

Caso fique confirmado que a morte ocorreu por espancamento, o fato passará a ser investigado como homicídio.

 

Extra

 

 

Homem é preso suspeito de estuprar filha de dez anos, na Paraíba

A Polícia Militar prendeu Um homem na noite desta terça-feira (3), suspeito de estuprar as duas filhas. De acordo com a polícia, a prisão aconteceu na cidade de Baía da Traição, Litoral Norte da Paraíba,sob força de um mandado de prisão expedido pela Comarca do município.

Conforme as informações da polícia, o primeiro estupro aconteceu há quatro anos, quando uma das filhas do suspeito tinha dez anos. No entanto, o crime só foi descoberto agora. A vítima tem 14 anos.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, o suspeito de 40 anos também tentou estuprar a outra filha, atualmente com dez anos. O suspeito foi levado para a delegacia de Mamanguape, onde aguarda por audiência de custódia.

pbagora

 

 

Homem é preso em flagrante acusado de estuprar a própria filha de 13 anos

Um homem foi preso na tarde desta quinta-feira (28), suspeito de estuprar a própria filha de 13 anos. Ele é um presidiário cumprindo pena em regime semi-aberto.

Davi José Trajano da Silva foi autuado em flagrante delito por prática de estupro de vulnerável.

De acordo com a polícia, o suspeito já cumpriu pena por homicídio e roubo a banco em Pernambuco.

A delegada Joana D’Arc Sampaio Nunes, da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Juventude e Infância, investiga o caso.

 

clickpb

 

 

‘Paciência, por favor. Minha mãe fez cirurgia’: Filha põe cartazes em caminhonete para justificar lentidão em viagem até SC

Por conta da recente cirurgia da mãe que exigiu uma viagem interestadual, a designer de turismo sensorial Audmara Veronese, de 47 anos, encontrou uma forma criativa para alertar os outros motoristas sobre o motivo para trafegar lentamente pelas rodovias entre Pato Branco (PR) até Xanxerê, no Oeste catarinense.

Com três cartazes colocados na traseira da caminhonete, Audmara fez o apelo: “Paciência, por favor! Minhã mãe fez cirurgia. Tenho que dirigir devagar”.

Cirurgia da mãe

A recém-operada Iolanda Veronese, de 70 anos, passou por uma cirurgia para retirar quatro hérnias da região abdominal no dia 31 de outubro e teve alta no último domingo (3).

Segundo Audmara, a ideia surgiu como resposta após uma recomendação médica. “O médico disse que os solavancos na estrada poderiam comprometer a recuperação da minha mãe depois da cirurgia. Então eu tinha que dirigir bem devagar, principalmente por conta dos buracos. Mas, quem está no trânsito tem suas razões e condições na hora de dirigir. Foi quando pensei nas placas de forma bem prática para explicar a situação”, disse.

Dirigir devagar

Ela lembra que levou quase três horas para percorrer 110 km. “Teve trechos que tinha lombadas e precisei reduzir para 20km/h ou até menos para a minha mãe não sentir tanta dor. Quando eu olhava pelo retrovisor tinha uma fila enorme de veículos. Por incrível que pareça, não tinha ninguém buzinando, foi inacreditável. Todos respeitaram e quando me ultrapassavam as pessoas acenavam”, disse.

A iniciativa foi parar na internet e ganhou grande repercussão nas redes sociais. “Recebi muito retorno de pessoas que eu não conheço e de todo país desejando melhoras para minha mãe, além de outras falando que já tiveram que enfrentar o trânsito com alguém doente”, explica a designer.

No Hospital Thereza Mussi em Pato Branco, antes de Iolanda ir para a cirurgia — Foto: Audmara Veronese/ Arquivo pessoal

No Hospital Thereza Mussi em Pato Branco, antes de Iolanda ir para a cirurgia — Foto: Audmara Veronese/ Arquivo pessoal

‘Paciência, por favor’

Audmara, que é natural de Caçador e reside em São Paulo (SP), afirmou que está acostumada com o trânsito complicado e que a palavra paciência poderia ser mais aplicada diante de tantos transtornos. A mãe, que também é de Caçador, e reside há cinco anos em Xanxerê terá que retornar até o Paraná para dar andamento no tratamento.

“Vamos usar as placas novamente, uma vez que alguns trechos da rodovia são muito ruins assim como a passagem das lombadas que exige uma velocidade baixa. Ela ainda sente dor e se tiver solavancos será pior, mesmo a caminhonete sendo um veículo grande e pesado, não consegue vencer os buracos e remendos da pista sem trepidar”, afirma.

A designer explica que a experiência também trouxe lições compartilhadas. “Tem muita gente que precisa dirigir com maior lentidão e isso deve repetir diariamente em grandes capitais ou no interior. O que me deixou feliz foi perceber que as pessoas que conseguiram ler as placas estavam se colocando no lugar do outro. O mais importante é que em tempo de tanta intolerância existe empatia e respeito”, finaliza Audmara.

Audmara e a mãe Iolanda  — Foto: Audmara Veronese/ Arquivo pessoal

Audmara e a mãe Iolanda — Foto: Audmara Veronese/ Arquivo pessoal

 

G1

 

 

Homem é condenado a 23 anos de prisão por estuprar a filha em Areia-PB

A Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba condenou a pena de 23 anos e quatro meses de prisão, em regime fechado, um homem acusado de estupro de vulnerável contra a própria filha, que tinha 11 anos idade na época do crime. Cabe recurso da decisão.

Conforme o processo, em fevereiro de 2018 o acusado abusou da filha através de atos libidinosos diversos da conjunção carnal.

Em decisão de primeiro grau, a juíza da Vara Única da Comarca de Areia, Alessandra Varandas, condenou acusado a pena de 25 anos de reclusão. Após isso, a defesa recorreu da decisão pedindo absolvição, argumentando de que não existiam provas suficientes para a condenação.

No julgamento do recurso, o relator do processo, desembargador Arnóbio Alves Teodósio, afirmou que houve comprovação dos abusos sexuais e que o crime continuou até a vítima completar 14 anos.

“No presente caso, deve ser aplicada a regra da continuidade delitiva e não do concurso material de crimes, conforme estabelecida na sentença, pois os fatos foram praticados pelo mesmo agente e contra a mesma vítima, em semelhantes condições de lugar, tempo, circunstâncias e modo de execução, período que compreendeu a idade da ofendida dos 11 anos aos 14 anos”, disse o relator, tornando a pena definitiva em 23 anos e quatro meses de reclusão.

 

portalcorreio

 

 

Homem é preso suspeito de agredir companheira na frente da filha de 5 anos, em João Pessoa

Um homem foi preso na manhã desta segunda-feira (21) suspeito de agredir a companheira na frente da filha de cinco anos, dentro de um carro, próximo ao Viaduto do Geisel, em João Pessoa. O casal teria discutido por ciúmes.

A polícia chegou até o local porque uma pessoa que passava na rua viu a cena e fez uma denúncia na delegacia. De acordo com a delegada Amim Oliveira, uma equipe foi até o local, confirmou as agressões e encaminhou a vítima e o suspeito até a delegacia.

Everaldo Epaminondas, de 38 anos, foi preso em flagrante. As primeiras informações da Polícia Civil são de que o casal estava brigando por ciúmes. A vítima, de 23 anos, teria flagrado o companheiro com outra mulher na madrugada desta segunda. A criança está sob a guarda da mãe, que também prestou depoimento na delegacia.

G1

 

Pai e filha ficam feridos em acidente de carro na PB-075

Um homem de 50 anos, e a filha de 18 anos, ficaram feridos após um acidente de carro na PB-075, entre Guarabira e Cuitegi, na Paraíba, nesta quinta-feira (3). O fato aconteceu de 12h, próximo ao Motel Passione.

José Fernandes Miranda e Ednajad Virgínio Miranda trafegavam pela rodovia em um veículo Celta quando sofreram o acidente. Segundo informações, eles fazem esse mesmo percurso de motocicleta porém, hoje o fizeram de carro.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, os ocupantes estavam usando sinto de segurança no momento do ocorrido. O motorista ficou preso nas ferragens. Ele relatou que teria cochilado vindo a perder o controle do automóvel.

O carro saiu da pista e atingiu uma árvore. Há relatos de populares que o homem tentou realizar uma ultrapassagem. “As causas do acidente serão investigadas para termos a certeza do acontecido”, relatou a Polícia Militar.

As vítimas que são de Cuitegi (PB) receberam os primeiros atendimentos da equipe do Corpo de Bombeiros e foram encaminhadas para o hospital regional de Guarabira. “Apesar do susto, as vítimas não correm risco de morte”, relatou o Bombeiro Militar.

Blog do Pedro Júnior

Colaborou: Repórter Rodrigo Souza

 

 

Homem agride mulher e filha e é preso suspeito de violência doméstica em Pilões

Um homem foi preso por policiais do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) suspeito de violência doméstica depois de agredir fisicamente a companheira e a filha do casal, de 10 anos de idade. O caso aconteceu no Sítio Queimadas, zona rural do município de Pilões, na noite dessa quinta-feira (26). A guarnição do Destacamento comandada pelo cabo Ricardo foi até o local indicado pela vítima e prendeu o acusado, que foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil.

Em Guarabira, no Bairro Santa Terezinha, o Copom recebeu uma denúncia informando que dois homens estariam em vias de fato em um bar. A guarnição da Força Tática
comandada pelo Sargento Ruan, com o apoio da guarnição da Rádio Patrulha, encontrou um dos envolvidos de posse de um cano de PVC revestido com concreto em uma das pontas, que seria utilizado para agredir o outro homem. O outro também foi preso e os dois foram contidos e conduzidos à delegacia.

 

Assessoria 4º BPM

 

 

Vigilante é preso suspeito de estuprar e engravidar a filha de 16 anos, Sertão da PB

Um vigilante foi preso na quinta-feira (26) suspeito de estuprar e engravidar a filha dele, em Pombal, no Sertão da Paraíba. De acordo com o delegado Clenaldo Queiroz, que acompanha o caso, o homem, de 50 anos, é suspeito de estuprar a filha desde que a menina tinha 12 anos. A vítima, que hoje está com 16 anos, engravidou e teve um filho do homem. O suspeito foi preso após um mandado de prisão expedido pela Justiça.

Conforme o delegado, os abusos sofridos pela adolescente foram descobertos após a menina engravidar. “Após o nascimento do bebê dela, foi feito um exame de DNA e ficou constatado que a criança era filha do pai da vítima, ou seja, o suspeito era pai e avô da criança. Foi então que a menina relatou que sofria os abusos desde que tinha 12 anos de idade”, contou o delegado.

Ainda segundo Clenaldo Queiroz, o pai da adolescente é separado da mãe dela. O homem visitava a filha e, de acordo com o relato da adolescente à polícia, ele cometia os abusos nesses encontros. “Ele visitava a filha nos fins de semana e aproveitava para abusar da menina”, frisou.

O homem foi preso e encaminhado para a Cadeia Pública de Pombal, onde permanece à disposição da Justiça. “Ao ser detido, ele não demonstrou nenhuma surpresa, já sabia porque estava sendo preso”, afirmou o delegado. Já a adolescente de 16 anos está sendo acompanhada por uma equipe do Centro de Referência de Assistência Social (Creas) da cidade.

Foto: Breitner da Silva/Polícia Civil

G1

 

Suspeito de agredir companheira, enteada e filha é liberado após audiência de custódia, na PB

O homem preso na noite desta quinta-feira (19), suspeito de agredir, ofender e ameaçar a companheira, a enteada e a filha, foi solto e será monitorado eletronicamente, conforme estabelecido em audiência de custódia realizada no Fórum Criminal de João Pessoa, nesta sexta-feira (20).

De acordo com a Diretoria do Fórum, a decisão de conceder o alvará de soltura ao homem de 40 anos, mediante o uso de tornozeleira eletrônica, foi da juíza Isa Mônia.

A denúncia contra o homem foi feita pela enteada dele, uma adolescente de 16 anos, que gravou um vídeo das agressões contra a mãe e publicou em um aplicativo particular de apoio às mulheres, segundo a Polícia Civil.

Quando a Delegacia da Mulher recebeu o vídeo, enviou uma equipe até a casa e prendeu o suspeito em flagrante. A delegada Cláudia Germano informou que a mãe era agredida fisicamente pelo suspeito há 11 anos e que a enteada era vítima desde os cinco anos de idade. Uma criança, filha do casal, também era vítima das agressões.

Foto: TV Cabo Branco/Reprodução

G1