Arquivo da tag: ficar

TCE divulga lista com mais de 500 gestores que podem ficar inelegíveis

A lista contém 560 nomes de gestores e ex-gestores estaduais e municipais que tiveram, no total, 1.236 processos julgados pelo Tribunal, envolvendo, entre outros, o exame de prestações de contas, convênios, contratações de pessoal, licitações e contratos em prefeituras, câmaras de vereadores, e órgãos das administrações do Estado e Municípios.

O julgamento dos processos, pelos Tribunais de Contas, é um dos um dos critérios que a Justiça Eleitoral utiliza para decretação de inelegibilidade, lembrou o presidente.

VEJA AQUI A LISTA COMPLETA

Já o procurador Victor Carvalho informou que os dados recebidos irão para o Sistema de Contas do Ministério Público para utilização pelos promotores e procuradores com atuação na área eleitoral.

“O trabalho do TCE é muito importante e contribui para identificar eventuais gestores em situação de inexigibilidade, nos termos da lei da Ficha Limpa”, frisou o procurador.

Para Victor Veggi, a lista é de suma importância para a atuação eleitoral porque, a partir das informações de contas rejeitadas, será possível identificar eventuais candidatos em situação de inelegibilidade, tal como dispõe a lei da Ficha Limpa.

“Gestores que tenham as contas rejeitadas em caráter definitivo, por irregularidade insanável e que configure ato doloso de improbidade administrativa e, desde que mantida essa rejeição pelas câmaras e não haja nenhuma decisão judicial afastando os seus efeitos, estão inelegíveis por oito anos”, disse.

Adelson Barbosa dos Santos do Correio da Paraíba

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Menino de quatro anos morre após ficar preso nas ferragens de escada rolante

escada-rolanteUm menino chinês morreu na manhã desta quinta-feira (8) em um acidente dramático, enquanto brincava em uma escada rolante do metrô da cidade de Chongqing, região central do país asiático.

De acordo com informações da imprensa local, o garoto de quatro anos foi deixado sozinho na escadaria da estação Hongqihegou junto com uma menina, de três, por uma mulher. Os veículos não souberam informar se era de fato a mãe das crianças, mas ela foi notar a seriedade da situação quando o menino começou a gritar por ajuda e uma multidão se aglomerou no local.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Nas imagens divulgadas por veículos e pelas pessoas presentes, é provável que o garoto tenha ficado preso no corrimão – que funciona como um cinto, em movimento contínuo de esteira. Com parte do braço preso nas ferragens, ele chegou a ser socorrido e levado para um hospital, mas não resistiu ao sufocamento.

Os funcionários do metrô agiram com relativa rapidez, mas não foi suficiente para evitar o pior. Segundo relatos de testemunhas, a moça entrou em pânico e a sua única atitude foi se aproximar para segurar firme a mão da criança naquele momento de desespero.

Incidente foi na cidade de Chongqing, centro da China. (Divulgação/CEN)Incidente foi na cidade de Chongqing, centro da China. (Divulgação/CEN)

Em julho desse ano, um vídeo de outro acidente fatal em uma escada rolante rodou o mundo; quando Xiang Liujuan, de 30 anos, morreu após ser engolida pelas ferragens depois de um problema na plataforma de proteção.

Ano passado, pelo menos outros três incidentes semelhantes foram registrados na China, o que iniciou uma grande discussão a respeito da segurança desses dispositivos no país.

Testemunhas disseram que funcionários foram rápido, mas não o suficiente. (Divulgação/CEN)Testemunhas disseram que funcionários foram rápido, mas não o suficiente. (Divulgação/CEN)

 

Yahoo

 

Pãozinho deve ficar ao menos 10% mais caro a partir de abril

paoA escalada do dólar deve chegar aos preços dos produtos derivados de trigo nos próximos dias. O pão francês, um dos itens mais consumidos pelos brasileiros, deve aumentar 10%, informou o presidente da Abip, entidade que reúne as indústrias de panificação, José Batista. O reajuste deve chegar às padarias até o começo de abril. Pão de forma, massas e biscoitos devem ter subir 8%, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Massas Alimentícias e Pães (Abimapi), que está negociando com o varejo as novas tabelas.

— O aumento é líquido e certo e deve acontecer a qualquer momento. Estamos esperando pela definição do repasse pelos moinhos — disse Batista.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

ALTA NA LUZ TAMBÉM ENCARECE PRODUTO

Ao aumento do preço das matérias primas repassado às padarias e aos supermercados soma-se a outros reajustes como o da conta de luz (que em alguns casos chegou a 100%) e de outros produtos importados pelas panificadoras. Hoje, 33% do custo do pãozinho, por exemplo, vêm da farinha de trigo e outros 14% da energia.

— Esse dois fatores combinados têm um efeito atômico nos preços — diz Batista, explicando que os aumentos ainda não aconteceram porque os moinhos ainda estão processando o trigo em estoque.

Hoje, metade das dez milhões de toneladas de trigo consumidas no país é importada, principalmente da Argentina e do Paraguai.

— Qualquer problema com as importações da Argentina, a indústria terá que buscar o trigo nos EUA ou no Canadá, o que vai encarecer ainda mais os produtos — afirma Claudio Zanão, da Abimapi.

O Globo

170 municípios da PB não transmitiram dados dos gastos com saúde e podem ficar sem FPM

plano-de-saudePelo menos 76,2% dos municípios da Paraíba não enviaram ao Ministério da Saúde dados sobre aplicação de recursos na área no quinto bimestre de 2014.

A análise dos dados é baseada em informações disponibilizadas pelo Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde (Siops).

De acordo com o órgão, dos 223 municípios paraibanos, 170 deixaram de transmitir os dados ao Siops no período.

No quarto bimestre, 86 deixaram de apresentar os dados. No terceiro bimestre, o número foi de 62. No segundo bimestre, 48 não fizeram a transmissão dos dados. No primeiro bimestre, o número foi de 44.

A CNM alertou que caso os municípios apresentem no dia 31 de janeiro alguma pendência no Siops terão o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) bloqueado até seja feita a regularização.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Desde 2013, a União, estados e municípios são obrigados a cada bimestre transmitir os gastos referentes à saúde, como determina a Lei Complementar 141/2012.

 BlogdoGordinho

Modelo é presa após ficar nua em jogo de rúgbi na Austrália

modelo-nuaA modelo Heather McCartney foi presa na Austrália, neste sábado, após ficar nua em um dos camarotes do Melbourne Cricket Ground, durante a final do campeonato de rúgbi local. A escocesa afirmou ter apostado que se seu time, o Hawthorn Hawks, vencessem, ela comemoraria pelada no estádio.

Com a vitória dos Hawks sobre o Sydney Swans, McCartney não pensou duas vezes: tirou toda roupa e começou a pular nua em um dos camarotes do estádio. Após algumas denúncias, a polícia foi acionada e, na tentativa de algemá-la, recebeu chutes, socos e até mesmo mordidas da modelo.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

McCartney passou a noite na cadeia e teve que pagar US$ 300 (R$ 725) pelo incidente. Em entrevista ao Herald Sun, ela afirmou que a brincadeira não passou de uma aposta. “Era uma aposta. Eu disse que se os Hawks vencessem, eu ficaria pelada. Eles ganharam e eu cumpri”, disse.

Porém, de acordo com o jornal inglês, há indícios de que a modelo foi contratada para ficar pelada no camarote. O advogado de McCartney alegou que sua cliente não entendia que isso poderia causar algum envolvimento com a polícia e que ela foi afetada por uma combinação de álcool e medicação forte, que contribuíram por sua atitude.

Terra Esportes

Decisão sobre coligação do PT pode ficar só para agosto

TREPB-300x179O desembargador João Alves tomou sua decisão na manhã desta quarta-feira (09) acerca do documento protocolado pelo diretório nacional do PT, de que a aliança do partido na Paraíba deveria ser feita com o PMDB.

O vice-presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba decidiu que a documentação deverá ser juntada e julgada juntamente com o pedido de registro das candidaturas, de acordo com informações do gabinete do desembargador João Alves.

A data limite para o julgamento dos pedidos de registro de candidatura e publicação de suas respectivas decisões é 21 de agosto, 45 dias antes do pleito.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

No último sábado (05) foi protocolado um documento no TRE-PB pelo advogado Fernando Hughes Filho, representante do PT nacional, dando conhecimento ao tribunal sobre o descumprimento, pelo PT paraibano, da Resolução que trata a política de alianças para as Eleições de 2014.

 

Clickpb

Proposta que pune vandalismo em protestos deve ficar para depois do Mundial

JENNIFER GLASS/RBA
JENNIFER GLASS/RBA

A menos de um mês para a Copa do Mundo, o projeto que altera o Código Penal para reprimir crimes ocorridos em manifestações ou concentração de pessoas não tem consenso para avançar no Senado. A norma passou a ser discutida a partir da série de protestos que começou durante a Copa das Confederações, em junho de 2013, mas ganhou força com a morte do cinegrafista da TV Bandeirantes, Santiago Andrade, atingido por um rojão enquanto filmava um protesto no Rio de Janeiro, em fevereiro deste ano.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Os defensores da medida pretendiam aprovar e ver a norma sancionada pela presidente Dilma Rousseff antes do início do Mundial deste ano, mas o texto é polêmico, divide a opinião dos senadores e de representantes do governo, que decidiu não mais apoiar o projeto.

Sem acordo, na quarta-feira (14) da semana passada, a CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Casa transferiu a votação, em decisão terminativa, para a próxima quarta-feira (21), após sugestão do líder petista no Senado Humberto Costa (PE). Mesmo que fosse aprovada na Casa, a lei dificilmente estaria em vigor até a Copa do Mundo, pois ainda precisa ser discutida na Câmara.

Após considerar “demasiadamente amplo” o projeto original (PLS 508/2013), de autoria do senador Armando Monteiro (PTB-PE), o senador Pedro Taques (PDT-MT), relator da proposta, apresentou um texto substitutivo. Taques agrava as penas para crimes já tipificados, caso eles sejam cometidos no contexto de vandalismo.

A proposta do relator considera ainda circunstância agravante para a pena o uso de máscara, capacete ou “qualquer outro utensílio ou expediente destinado a dificultar a identificação de quem comete o crime”. O substitutivo também tipifica o dano ao patrimônio público ou privado praticado durante manifestações públicas. Além de multa, a pena prevê reclusão de dois a cinco anos.

A rigidez das penas é duramente criticada por vários senadores. “O que se propõe com esse texto é transformar manifestação em qualificadora de crime e isso é inaceitável. Se há abusos em protestos, já temos leis para isso. Alguém abusou em manifestação, coloca na cadeia, reprime e pronto”, defende o senador Randolfe Rodrigues (Psol-AP) que, junto com o senador Lindbergh Farias (PT-RJ), assina um voto em separado pela rejeição do projeto.

Para Lindbergh, a proposta é uma tentativa de criminalizar os movimentos sociais e as manifestações. Também contrário à proposta o líder do PT senador Humberto Costa (PE), ele avalia que o Brasil já tem leis suficientes para punir eventuais excessos. “Temos que aperfeiçoar nossa capacidade de prevenção e aplicar as leis que já temos.”

Na avaliação do relator, houve um entendimento equivocado sobre o substitutivo, que, segundo ele, “não regra manifestações, mas apenas estabelece a punição para os que cometem crimes”. Os que acusam a proposta de autoritária, na avaliação de Taques, manifestam desconhecimento sobre legislação semelhante em vários países democráticos. Para Pedro Taques, o Estado tem o dever fundamental de proteger os cidadãos daqueles que cometam crimes.

Autor do projeto original, o senador Armando Monteiro defende a matéria. “A sociedade brasileira está indignada diante da escalada das manifestações que resvalaram para um quadro de violência exacerbada”. Segundo ele, o legislador tem que responder a determinadas circunstâncias da dinâmica da vida social.

A favor do texto, a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) pediu ao relator a inclusão, na proposta, de um artigo que reprima também a violência policial nas manifestações. Pedro Taques concordou com a sugestão, mas considerou mais apropriado fazer a mudança na Lei de Abuso de Autoridade (4.898/1965).

Ao lembrar que pelo menos 268 ônibus já foram queimados em manifestações no país, somente este ano, na última reunião da CCJ, o senador Romero Jucá (PMDB-RR) anunciou apoio ao voto em separado do senador Acir Gurgacz (PDT-RO), que prevê pena de reclusão de oito a doze anos para quem praticar dano de incêndio a veículos, instalações, estações e terminais de transporte público coletivo.

Última Instância

Dilma ameniza tom e PMDB dá trégua em busca por cargos, mas Vital deve ficar sem Integração

dilma-e-temerA cúpula do PMDB decidiu que não fará cobranças públicas para ampliar seu espaço no primeiro escalão do governo até que a presidente Dilma Rousseff conclua as negociações com outros partidos aliados para determinar o tamanho da reforma ministerial que iniciará no final de janeiro.

 

A decisão foi tomada numa reunião na noite de quarta-feira, segundo um ministro peemedebista ouvido pela Reuters, depois de muita pressão dos principais caciques do partido, que estão desde o começo do governo incomodados com o número de ministérios sob seu comando, apesar de serem o maior aliado do governo petista no Congresso.

 

A trégua por mais cargos só foi possível porque pouco antes da reunião da cúpula do partido Dilma agiu para amenizar o tom do seu primeiro encontro com o vice-presidente, Michel Temer, na última segunda-feira, em que havia indicado que havia pouquíssimas chances do PMDB receber mais cargos na reforma ministerial.

 

Segundo um peemedebista que participou da reunião do partido, Dilma deixou claro nesse novo encontro com Temer e o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), que não está descartada completamente a possibilidade de ampliar o espaço do PMDB na Esplanada, indicando inclusive que tentará fazer ajustes para atender a demanda do aliado.

 

A reclamação do PMDB por mais cargos no primeiro escalão é antiga e nesse momento engrossa outras críticas do partido ao PT e ao governo, como as negociações em torno das alianças eleitorais nos Estados, que também foram debatidas no encontro de quarta.

 

O ministro peemedebista disse, sob condição de anonimato, que Temer e Dilma avaliaram que a primeira conversa sobre reforma ministerial não foi satisfatória para ambos os lados e eles zeraram o jogo na reunião de quarta, abrindo mais espaço par o diálogo.

 

“A presidente deixou claro que manterá o atual espaço do PMDB e poderá inclusive ampliá-lo, dependendo do que será negociado com os aliados e da possibilidade de mexer em ministérios que não estavam sendo alvo da reforma”, explicou o ministro.

 

O outro peemedebista que participou do encontro da cúpula brincou dizendo que os líderes do partido chegaram para a reunião com Temer pintados para a guerra e saíram do encontro com as armas recolhidas, pelo menos momentaneamente.

 

“O que ficou acertado é que o partido não vai conturbar ainda mais o cenário da reforma até o final do mês, quando ela deve dar início às mudanças e terá concluído as conversas com os demais aliados”, disse a fonte do partido pedindo para não ter seu nome revelado.

 

Hoje o PMDB comanda cinco pastas –Agricultura, Minas e Energia, Turismo, Aviação Civil e Previdência– e pretendia assumir o Ministério da Integração Nacional, que estava sob o controle do PSB antes da legenda deixar o governo para ter um projeto próprio na disputa pela Presidência na eleição deste ano.

 

O PMDB já havia inclusive indicado o senador Vital do Rêgo (PB) para o posto, mas essa pasta dificilmente ficará sob controle da legenda. Agora, o partido já cogita brigar para assumir a pasta dos Portos, que também era do PSB.

 

Dilma tem que atender demandas do PP, que hoje comanda o Ministério das Cidades e quer assumir pelo menos mais uma pasta, do PSD, que comanda a pasta de Micro e Pequenas Empresas e já se comprometeu a apoiar a reeleição de Dilma, além do recém criado Partido Republicano da Ordem Social (Pros) e do PTB, que reivindica um ministério, entre outras reivindicações.

 

A reforma ministerial está sendo usada pela presidente para ampliar o seu arco de alianças para disputar a reeleição em outubro deste ano e, com isso, ter mais tempo para campanha na TV.

Reuters

Investidor avisa que não vai ficar refém de política no Fluminense

celso barrosA Unimed é o principal patrocinador do Fluminense e investidor do futebol. As recentes trocas internas geraram insatisfação ao presidente Celso Barros, que não gostou da atitude de Peter Siemsen.

“O Fluminense precisa tomar decisões e estão jogando nas costas do patrocinador estas situações. Não vou ficar refém da situação política do clube”, avisou Celso Barros.

A troca na função executiva do futebol também desagradou. Rodrigo Caetano deixou o clube no fim do Campeonato Brasileiro e Felipe Ximenes foi contratado, fato que irritou Celso Barros.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“O Fluminense mandou embora o Rodrigo e contratou o Ximenes. Então, arque com as consequências e custos, que já estão acima do nosso investimento”, alertou o mandatário da Unimed.

Celso Barros confirmou que a contratação do técnico Renato Gaúcho é a sua preferência, diferentemente do presidente Peter Siemsen. Barros, no entanto, afirmou que quem decide o nome do novo treinador é Siemsen. O Flu entrou em contato com o ex-corintiano Tite, mas a negociação não foi adiante.

 

rádio globo

Ficar viciado na internet é mais fácil do que você pensa

Entenda como até as atividades mais banais da internet desencadeiam uma sensação que oscila entre a ansiedade e o prazer, dois atalhos para o vício

viciados_na_internet_400

Você liga o computador, abre o navegador e entra no Facebook. Assim que a página abre, lá está ela: a bolinha vermelha, reluzente no canto do seu monitor. Ícone que entrou pro inconsciente coletivo quase que instantaneamente, ela quer dizer uma coisa só: alguém interagiu com você. Curtiram seu status, compartilharam aquela frase genial que você postou, te marcaram em uma foto. Não importa: a bolinha vermelha é sinal de que alguma coisa está por vir. Essa pequena ansiedade libera dopamina no seu organismo, causando uma silenciosa sensação de prazer. Lado bom: aquela gatinha curtiu seu status. Lado ruim: isso pode te viciar.

A dopamina é a mesma substância que faz as pessoas se viciarem em drogas ou até mesmo em jogos de aposta. Pessoas que checam seus e-mail a cada instante, o fazem em busca de prazer. Mesmo que não saibam, elas estão à procura de boas notícias que podem chegar em sua caixa de entrada a qualquer momento. Daí, nada mais lógico que ficar de olho no smartphone o tempo todo. Essa obsessão é tão grande que faz com que tenhamos a sensação de nosso celular ter vibrado, quando ele nem está no bolso. É expectativa e ansiedade condensadas em seu estados mais densos – e tensos.

Tradicionalmente, antros da perdição sempre foram separados da sociedade de bem por alguma barreira física. Cassinos, só em Las Vegas. Baladas, só para maiores de idade. Mas, como já estamos cansados de saber, a internet não lida muito bem com essa palavrinha: barreiras. Está tudo ao nosso alcance, o tempo todo. O paralelo entre jogos de azar e tecnologia vai além. Estudos mostram que os donos de cassino criam mecanismos para tornar o vício mais cômodo, mais agradável e, por conseqüência, mais frenético e duradouro. Máquinas de caça-níquel são programadas para ter um grande número de quase acertos. Se aparecem três figurinhas iguais, e com quatro você teria ganhado, seu cérebro te induz a continuar apostando, afinal você não ganhou por uma questão de detalhe. Essa técnica aumenta em até 30% o tempo que o jogador fica na frente da maquininha à espera da sonhada cascata de moedas. Cerca de 4% dos apostadores são viciados. Esse número sobe para 10% quando falamos de pessoas que tem sua vida comprometida por causa da dependência em relação à internet.

Os avanços da tecnologia também chegaram à medicina, que já consegue mapear quais áreas do nosso cérebro são acionadas durante as interações com aparelhos eletrônicos. Isso cria um precedente perigoso, principalmente do ponto de vista moral: através do Facebook e do Google, as empresas sabem de tudo que você gosta e o que você faz. A ressonância magnética mostra como seu cérebro se comporta durante uma partida de game online, pra ficar em um exemplo só. Esse cruzamento de tecnologias torna ridiculamente fácil pras empresas lucrarem com um vício, uma dependência. Algo que as marcas de cigarro e bebida já sabem faz um tempo.

Galileu galilei