Arquivo da tag: Ferroviário-CE

Ferroviário-CE e Botafogo-PB não saem do zero em Fortaleza

Pela décima rodada do Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro de 2019, na tarde deste domingo (30), Ferroviário e Botafogo-PB fizeram um jogo fraco no estádio Presidente Vargas, em Fortaleza, e empataram por 0 a 0.

Estreando Leandro Campos no comando da equipe, após a saída de Marcelo Vilar no início da semana, o Ferrão buscava manter a liderança da competição. Já o Belo, mesmo com um jogo a menos, visava a segunda colocação da tábua de classificação.

Em campo, as duas equipes tiveram pouquíssimas chances para mexer no marcador. Logo no início do jogo, o time cearense chegou a balançar as redes, aos 4 minutos, com Edson Cariús, mas a arbitragem assinalou falta do atacante em Willian Goiano.

O Belo só chegou à meta adversária aos 30 minutos do primeiro tempo, em chute de Felipe Alves, que substituía Nando, mas que foi defendido pelo goleiro.

Após o intervalo, o fato mais interessante ficou por conta da mudança de camisas entre Felipe Alves e Juninho. Eles jogaram com os números trocados com relação ao primeiro tempo, com o atacante vestindo a camisa 21, e o meio campista com a jaqueta 27.

O empate deixa o Botafogo-PB na vice-liderança do grupo, com 16 pontos, empatado com o Santa Cruz, mas com um jogo a menos e levando vantagem nos critérios de desempate. Na quarta-feira (03), o Belo enfrenta o Náutico, em jogo adiado da oitava rodada, no estádio dos Aflitos. Já o Ferroviário segue na ponta da tabela, agora com 20 pontos. No próximo fim de semana o Tubarão visita o Santa Cruz.

 

Fonte: Equipe @Vozdatorcida

 

 

Botafogo-PB só empata com o Ferroviário-CE na estreia da Série C

Pela estreia da Série C do Campeonato Brasileiro de 2019, Botafogo-PB e Ferroviário-CE se enfrentaram pela primeira rodada do Grupo A no estádio Almeidão, em João Pessoa. Em uma partida bastante equilibrada, as bolas paradas definiram o empate por 1 a 1, com gols dos camisas 9 de cada time, Nando e Edson Cariús.

Sem Marcos Aurélio, que desfalcou a equipe por estar com uma lesão na coxa, Fábio Alves assumiu as bolas paradas e assustou na primeira oportunidade. Aos 11 minutos, o camisa 6 cobrou falta da meia esquerda com força, o goleiro Nícolas rebateu para frente, mas antes da chegada de Nando conseguiu agarrar a bola que havia soltado.

Em mais uma falta, agora na entrada da área, aos 17, Fábio Alves rolou, Clayton encostou, e o lateral esquerdo bateu com categoria, no canto esquerdo de Nícolas, e a bola passou com muito perigo, deixando o torcedor botafoguense cheio de esperanças.

Agora cruzando na área, Fábio Alves foi decisivo para o Belo abrir o placar. Aos 30 minutos, o lateral esquerdo cobrou falta da direita e mandou na cabeça de Nando, que só resvalou e mandou a bola para o fundo do gol da equipe cearense.

Se as bolas paradas são um dos pontos fortes do Botafogo-PB, o feitiço virou contra o feiticeiro aos 41 minutos. Zeca cobrou falta da direita e Edson Cariús subiu livre, antes de Saulo, para desviar de cabeça e deixar tudo igual.

Segundo tempo

Logo no primeiro minuto, Fábio Alves arriscou de fora da área, dessa vez com a bola rolando, e quase faz um golaço, mas Nícolas desviou e mandou para escanteio.

A resposta cearense veio aos 6 minutos, quando Lucas Mendes avançou em velocidade pela esquerda, invadiu a área e bateu cruzado, com força, obrigando Saulo a fazer grande defesa para evitar a virada do Ferrão.

E por muito pouco o segundo gol do Ferroviário não veio. Aos 15, Cariús roubou a bola de Israel na grande área e ficou cara a cara com o camisa 1 do Belo, mas tirou demais e mandou a direita da meta.

Aos 30, blitz botafoguense na pequena área. Clayton fez grande jogada pela direita, invadiu a área e cruzou. Nando tentou de letra e não acertou, mas Juninho dominou e bateu de canhota, a bola foi na trave. Na sobra, Hiago limpou a defesa e chutou de direita, mas a defesa cortou. Os jogadores do Belo pediram pênalti, mas o árbitro Hélder Brasileiro de Aquino nada marcou.

Já nos acréscimos, aos uma chance para cada. Zeca avançou em velocidade no contra-ataque, invadiu a área livre e só rolou para Jeferson Caxito, que chutou de direita, mas Fábio Alves, com o rosto, evitou o gol. Na sequência, Clayton respondeu pela direita, cruzou na pequena área e Hiago por pouco não chegou para completar e mandar para as redes e garantir a vitória botafoguense.

O empate por 1 a 1 com o Ferroviário-CE é o terceiro jogo que o Botafogo-PB não vence no Almeidão. Antes, empatou com o Santa Cruz, pela Copa do Nordeste, e perdeu para o Londrina-PR, pela Copa do Brasil. Na próxima rodada o Belo visita o Sampaio Corrêa-MA, em São Luiz, no sábado (04), às 17h. Já o Ferroviário-CE pega o Santa Cruz, em Fortaleza.

Ficha técnica

Botafogo-PB 1 x 1 Ferroviário-CE

Campeonato Brasileiro da Série C 2019 (Grupo A – 1ª rodada)
Estádio: Almeidão (João Pessoa)

Arbitragem: Hélder Brasileiro de Aquino (AL); Esdras Mariano (AL) e Brigida Cirilo Ferreira (AL)

Cartões amarelos: Fábio Alves, Dico, Rogério, Clayton (B); Lucas Mendes, Leanderson, Edson Cariús (F)
Gols: Nando (B); Edson Cariús (F)

Botafogo-PB: Saulo, Israel, Lula, Donato, Fábio Alves; Rogério, Marcos Vinicius (Hiago), Juninho (Erivélton), Clayton; Dico (Felipe Alves) e Nando. Técnico: Evaristo Piza.

Ferroviário-CE: Nícolas, Lucas Mendes, Da Silva, Afonso, Zeca; Mazinho, Gleidson, Leanderson (Jean Henrique), Janeudo (Michael); James Dean (Jeferson Caxito) e Edson Cariús. Técnico: Marcelo Vilar.

Equipe @Vozdatorcida

 

 

Botafogo-PB estreia na Série C contra o Ferroviário-CE

O Botafogo-PB estreia neste domingo (28) na Série C do Campeonato Brasileiro. Após uma eliminação traumática na edição passada da competição, o Belo aproveita o excelente início de temporada para tentar fazer de 2019, um ano marcado na história da equipe, com a conquista do tão sonhado acesso à Série B do Brasileirão. Às 17h, no estádio Almeidão, o adversário do Botinha será o Ferroviário-CE, que subiu para a terceira divisão sendo campeão da Série D do ano passado.

Com a chegada de oito reforços, o Belo chega à competição com o melhor aproveitamento na temporada, entre as equipes do Grupo A, composto exclusivamente por clubes nordestinos. Porém, apesar das contratações, para a partida de hoje, o treinador Evaristo Piza deve manter a escalação que vinha utilizando ao longo da temporada e, só depois, analisar possíveis mudanças entre os titulares.

“Passo a passo, sem precipitação. Os atletas que chegaram vieram para nos ajudar o elenco. É um grupo que vem dando resultado, então temos que dar sequência a essa fase positiva”, disse o treinador Evaristo Piza.

Sobre a expectativa para a partida, Piza destacou que vai em busca de manter na Série C a boa fase desempenhada ao logo do início da temporada. O comandante alvinegro ressaltou que, por se tratar de uma estreia dentro de casa, a equipe deve se impor e entrar com o objetivo de vencer o jogo.

“Esperamos manter o que estamos fazendo ao longo do ano. É uma nova competição, a mais importante da temporada, pois pode culminar no acesso à Série B do Campeonato Brasileiro. Vamos estrear forte, sabendo que vai ter aquela ansiedade, por não conhecermos tão bem a equipe adversária. Vamos nos impor, entrar bem e concentrados, para conseguirmos os primeiros três pontos”, completou o treinador.

Tabu a ser quebrado

Desde que subiu para a Série C, o Botafogo-PB venceu apenas uma estreia da terceirona, contra o Treze, em 2014 pelo placar de 3×2. A partir de 2015, o Belo não sabe o que é vencer na estreia da competição. Foram duas derrotas e dois empates até aqui e, curiosamente, três estreias foram contra o Salgueiro-PE, em 2015, 2016 e 2018. Em 2017, o Belo estreou com um empate em 0x0 contra o Cuiabá.

2015: Botafogo 1-2 Salgueiro

2016: Salgueiro 1-0 Botafogo

2017: Botafogo 0-0 Cuiabá

2018: Salgueiro 0-0 Botafogo

Adversário

O Ferroviário-CE tem vários atores conhecidos do torcedor botafoguense, como o treinador Marcelo Vilar, o goleiro Remerson, o zagueiro André Lima, os laterais Fernandes e Zeca, além do meia Janeudo. Porém, o destaque mesmo do Tubarão da Barra é do atacante Edson Cariús, que já marcou 12 gols na temporada.

 

portalcorreio