Arquivo da tag: feliz

Doações para Operação Criança Feliz do 4º BPM podem ser feitas até terça-feira

Terminam nesta terça-feira (10) as doações para a Operação Criança Feliz do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar), que foi aberta oficialmente na semana passada. Em Guarabira, as doações de roupas e brinquedos – novos ou seminovos – podem ser feitas na sede do 4º BPM, Colégio da Luz, Colégio Executivo, Corpo de Bombeiros, CPTran, Companhia do Choque, CDL, Praça Dom Pedro II e também na Loja Axaki, que está oferecendo descontos de 15% nas compras à vista para os clientes que doarem um brinquedo novo ou seminovo. As doações também podem ser entregues nas sedes da 2ª Companhia da Polícia Militar, em Alagoa Grande, e da 3ª Companhia, em Belém.

Nesta segunda-feira (9), o comandante do 4º BPM, tenente-coronel Gilberto, esteve na Tenda Criança Feliz, local de arrecadação montada na Praça Dom Pedro II e voltou a agradecer de forma antecipada a todas as pessoas que aderiram à campanha e fizeram as suas doações. Uma delas foi a do estudante Jardiel Carlos, de 13 anos de idade, que utilizou parte da sua mesada para comprar alguns brinquedos e fez a entrega na tarde de hoje na Tenda Criança Feliz.

A distribuição dos brinquedos e roupas arrecadados será na quarta-feira (11), véspera do Dia das Crianças. A Operação Criança Feliz, que está na terceira edição, foi uma iniciativa do 4º BPM e hoje é realizada em todos os Batalhões da Polícia Militar da Paraíba.

Somente no ano passado, em Guarabira, foram mais de 3 mil brinquedos arrecadados e distribuídos com crianças de 12 escolas públicas e de duas entidades de apoio à criança e ao adolescente da cidade.

Assessoria 4º BPM

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Se você engordou desde que começou a namorar, significa que está feliz, diz estudo

KBEIS / ISTOCK

A razão pela qual muitas pessoas engordam quando estão em um relacionamento sério não tem nada a ver com descuido com a saúde, muito pelo contrário: de acordo com os cientistas do Centro Nacional de Biotecnologia, dos Estados Unidos, o ganho de peso está relacionado a quão felizes os casais estão.

Namorar engorda

Segundo a pesquisa, o ganho de peso é um sinal de felicidade e estabilidade na relação. Os cientistas chegaram a esses resultados após acompanhar 169 casais durante quatro anos. Neste período, os casais foram pesados duas vezes ao ano e responderam um questionário com perguntas sobre quão satisfeitos se sentiam no relacionamento.

Os parceiros que estavam em relacionamentos estáveis e saudáveis mostraram ganho de peso, se comparado com o período em que ficaram separados.

Isso ocorre, segundo os estudiosos, porque quando começamos um novo namoro e estamos felizes, já não sentimos necessidade de impressionar mais ninguém. Logo, é natural que, ao poucos, as idas à academia sejam substituídas pelo sofá com o(a) namorado(a).

vix

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

4º BPM realiza mais uma campanha “Operação Criança Feliz” e presenteia mais de 3 mil crianças

capitaMais de 3 mil brinquedos foram distribuídos nessa terça-feira (11), em 12 escolas públicas e duas entidades de apoio à criança e ao adolescente na cidade de Guarabira. A atividade, que leva alegria e solidariedade às famílias, faz parte da operação Criança Feliz, realizada pela Polícia Militar em todo o Estado.

Para realizar a entrega, os policiais militares do 4º Batalhão mobilizaram a sociedade civil organizada, o Corpo de Bombeiros e a Polícia Civil, que juntos montaram a caravana da alegria, que ocupou os bairros com as viaturas carregadas de brinquedos para serem distribuídos.

A coordenadora dos projetos sociais do 4º Batalhão da Polícia Militar, capitã Karla Reis, disse que o sucesso da operação deve ser atribuído a participação da população, que se engajou no propósito de levar alegria para as crianças carentes. “Uma campanha beneficente não tem dono. Quem é dono de uma campanha beneficente? É o povo, é a sociedade que abraça, que acredita e é por isso que estamos tendo sucesso na operação Criança Feliz, porque a sociedade foi exemplar. Essa campanha surgiu no coração da polícia comunitária do 4º Batalhão, no ano passado alcançou toda a polícia militar, foi muito bem acolhida pelo comando da PM e de lá pra cá a operação vem crescendo e demonstrando a credibilidade da nossa instituição para com a sociedade que nós servimos. Para nós que fazemos segurança pública, que acreditamos na pessoa, no ser humano, que queremos uma sociedade mais sadia, mais segura, mais igualitária, de mais inclusão e menos segregação, campanhas como essa é uma maravilha, pois reafirma o trabalho de segurança pública primária que nossa corporação vem realizando”, comentou.

A alegria tomou conta das crianças das comunidades carentes de vários bairros de Guarabira. E não foi diferente para a menina Talia, moradora do Multirão, que para ela o brinquedo entregue pela polícia militar foi único presente que vai receber. “Eu achava que não ia ganhar nada este ano porque minha mãe disse que não podia, aí veio esse monte de carro de polícia e trouxe uma boneca pra mim”, disse, ao revelar que a boneca vai receber o nome da policial que fez a entrega.

A Polícia Militar continua arrecadando brinquedos até a sexta-feira (14) e as distribuições vão até o próximo sábado (15), em várias cidades da Paraíba.

portalmidia

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Michel Temer lança programa ‘Criança Feliz’ ao custo de R$ 2 bilhões ao ano

osmar-terraO presidente interino, Michel Temer, lança nos próximos dias o seu mais ousado programa social. Batizado de Criança Feliz, trata-se de um projeto para atender presencialmente todos os filhos de beneficiários do Bolsa Família. Vai contratar 80 mil pessoas. Quando estiver em pleno funcionamento, custará R$ 2 bilhões por ano.

O alvo do programa é dar assistência a crianças nos primeiros 1.000 dias de vida (até os 3 anos de idade). Segundo o ministro Osmar Terra (Desenvolvimento Social e Agrário), esse é o período vital para o desenvolvimento das funções cognitivas, entre outras, da criança.

Em ambientes mais pobres, há grande dificuldade no estímulo de crianças na 1ª infância. Os reflexos podem ser devastadores no restante da vida desses indivíduos, que às vezes acabam tendo problemas na alfabetização e no convívio social.

“Vamos focar o desenvolvimento das habilidades e competências nos primeiros anos de vida para que essas crianças tenham um futuro melhor e ajudem suas famílias a sair da pobreza”, diz o ministro.

A ideia de fazer o atendimento à primeira infância já havia sido manifestada por Osmar Terra. Ontem (19.jul.2016), os detalhes ficaram prontos e o Blog obteve as informações durante uma conversa com o ministro na sede da pasta do Desenvolvimento Social e Agrário.

O Criança Feliz pretende contratar cerca de 80 mil pessoas com ensino médio completo para fazer o atendimento presencial aos filhos de beneficiários do Bolsa Família. Serão os chamados visitadores. Estarão nas 4 milhões de casas de pessoas atendidas pelo Bolsa Família com filhos até 3 anos de idade. O total de beneficiários do programa é de 13,904 milhões de famílias.

Neste ano de 2016, será possível atender apenas 5% do universo total, a um custo ainda baixo, de menos de R$ 100 milhões. Em 2017, o orçamento do Criança Feliz deve chegar a R$ 1 bilhão. A cifra de R$ 2 bilhões deve ser atingida em 2018, quando o programa estará em pleno funcionamento.

A ideia é que cada 1 dos 80 mil visitadores fique responsável por ir até a 6 casas por dia –30 por semana. Além do atendimento às crianças, o programa pretende acompanhar gestantes.

Osmar Terra é médico e deputado federal eleito pelo PMDB do Rio Grande do Sul. No início dos anos 2000, foi secretário da Saúde do governo gaúcho e implantou um programa parecido com o Criança Feliz.

BOLSA FAMÍLIA E MICHEL TEMER
Nesta semana começaram a ser pagos com um reajuste médio de 12,5% os benefícios para as 13,9 milhões famílias inscritas no Bolsa Família. Esse aumento equivale a R$ 295,1 milhões a mais nos bolsos dos beneficiários.

O reajuste de 12,5% no Bolsa Família e agora o programa Criança Feliz serão usados por Michel Temer para tentar descolar de sua administração a imagem de que o peemedebista não cuida da área social.

UOL

 

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Homem que lava louça é mais feliz, diz pesquisa

Stock.XCHNG
Stock.XCHNG

Está na hora de ser um homem mais moderno, meus caros. Lavar a louça, passar a própria camisa e arrumar a cama antes de ouvir as reclamações da esposa ou da namorada. E, segundo um estudo divulgado pela Universidade Umeå, na Suécia, tudo isso ajudará (e muito) a sua saúde.

Após acompanhar de perto a vida de 723 pessoas ao longo de 26 anos, o estudo concluiu que aqueles que não dividiam os afazeres domésticos com a parceira tinham maiores problemas de saúde. Ansiedade, nervosismo e problemas de concentração eram alguns dos transtornos comuns aos, digamos, “preguiçosos”.

Por outro lado, aqueles que topavam fazer metade dos serviços, se apresentavam mais tranquilos e felizes. Na outra ponta, as mulheres que não contam com a ajuda masculina se tornam mais vulneráveis às doenças.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

As complicações, afirma o estudo, acontecem por conta dos papéis assumidos por cada gênero dentro do relacionamento. A solução para que a vida em casal se saia melhor é conversar e eliminar essas barreiras. Então já sabe: a solução é botar a barriga para ralar na beira da pia!

 

 

Exame

Descubra quais são as conversas que todo casal precisa ter para ser feliz

casalDe tão comuns, as discussões de relacionamento ganharam até um apelido, DRs, e a antipatia de muita gente por aí. No entanto, quando bem conduzidas, as conversas entre o casal são essenciais para o sucesso do relacionamento. Afinal, é impossível conviver ao lado de alguém sem ter papo direto sobre temas que fazem parte da vida amorosa, certo? Pois saiba agora quais são os assuntos que você precisa abordar com o seu/sua parceiro (a)!

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Estar com alguém não significa necessariamente namorar essa pessoa ou sonhar em manter um relacionamento mais sério. O problema acontece quando há um descompasso entre cada uma das partes do casal: enquanto um, por exemplo, só deseja curtir, o outro já imagina filhos e a velhice ao lado daquela pessoa. Para evitar a decepção com o plano alheio, é melhor abrir o jogo desde o começo, dizendo quais são suas reais intenções e questionando como seu “rolo” pretende conduzir a situação.

Dinheiro é comprovadamente uma das maiores causas de brigas entre casais de toda parte do planeta. Para não engrossar essa estatística, assim que sentir que a coisa realmente ficou séria, é hora de revelar ao parceiro detalhes de sua vida financeira, como salário, dívidas e hábitos de consumo. Ao não fazerem segredo desse tipo de informação, o casal evita mal entendidos e consegue planejar melhor desde aquela saída no fim de semana até passos maiores, como a compra de um imóvel.

Seja por moralismos ou apenas vergonha, muita gente não se sente à vontade para conversar sobre sexo em pleno século 21. Pois deixe essa “neurose” de lado: para sua própria felicidade, é importante contar a quem ama o que você gosta ou não na cama, incentivando o outro a também revelar suas preferências sem medo de julgamentos. Sabendo como agradar ao parceiro, o casal vai conseguir uma enorme sintonia que se refletirá até no dia a dia.

Com o passar do tempo, o assunto “filhos” certamente vai aparecer na vida do casal, seja por iniciativa própria ou pressão de parentes e amigos. Hoje em dia, é perfeitamente aceitável que alguém não queira ter herdeiros, mas tal escolha pode causar um enorme abalo se o outro sonhar com uma (ou mais) criança (s) pela casa. Lembre-se: o debate não deve se restringir somente à quantidade de filhos, mas também quando tê-los e qual a melhor maneira de educá-los.

Apesar de qualquer casal ser composto por apenas duas pessoas, é impossível não ser influenciado por gente à nossa volta, especialmente parentes e amigos. E, infelizmente, nem sempre a relação entre as partes é das melhores, com pequenas brigas, implicâncias e problemas, um prato cheio para situações constrangedoras nem sempre evitáveis. Para que isso não se transforme em algo que vá prejudicar sua relação, deixe para seu/sua amado (a) qual sua opinião sobre quem lhes rodeiam, de maneira que ambos possam chegar a uma forma de conduzir a situação sem traumas.

Se algo não tem agrada no parceiro, procure levar um papo com ele sobre isso, sempre prezando pela gentileza e educação. Amor é diferente de “engolir” qualquer atitude e a maneira mais fácil de evitar um stress desnecessário é deixar bem claro o que lhe irrita para que o outro evite esse tipo de situação. Não fique remoendo nada: tal conversa deve acontecer sempre que você sentir necessidade.

R7

Governador Ricardo Coutinho diz que está feliz com ritmo de trabalho na Paraíba e faz projeção para 2015

ricardo-coutinhoO governador Ricardo Coutinho (PSB) concedeu entrevista ao PB Agora  e fez um prognostico interessante para o seu segundo mandato a frente da administração pública da Paraíba: enfrentará dificuldades, porém tais percalços não atrapalharam o ritmo de obras e ações em prol da população.

“Não será fácil, 2015 vai ser um ano muito difícil para o Brasil. Todos os governos estão extremamente preocupadas e tem uma carga de inaugurações. Fico feliz com isso que me fez esta semana inaugurar quatro estradas”, frisou.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Coutinho também disse que continuará a respeitar o dinheiro público e que o fundamental na Paraíba é: a continuidade administrativa.

“Começamos o governo fazendo obras, inaugurando, ampliando serviços e ações e vamos terminar esse primeiro governo com um volume ainda maior de realizações”, explicou,

TREVO DE MANGABEIRA: Segundo dados disponibilizados pela gestão socialista hoje está trabalhando na obra do Trevo de Mangabeira 200 operários, num investimento de R$ 22 milhões com previsão de entrega para o inicio do próximo ano.

“Essa obra é essencial para João pessoa. O Trevo de Mangabeira é essencial. O Shopping foi aberto ontem com quatro mil servidores, com no mínimo 10 mil pessoas se deslocando diariamente para esse empreendimento. A nossa previsão é que na segunda quinzena de fevereiro o trânsito na parte de cima já esteja aberto, para que quem vem direto dos bancários passe direto. Vamos ficar trabalhando na parte de baixo que é uma drenagem profunda. Com um túnel que vai fazer as tesouras para fazer com que esse espaço ganhe em muito no paisagismo, na funcionalidade e na necessidade de ter obra de mobilidade urbana como nós estamos fazendo”, frisou Coutinho.

PB Agora

10 maneiras simples de ser mais feliz todos os dias

 (Foto: Thinkstock)
(Foto: Thinkstock)

Você quer ser mais feliz? Comece cuidando melhor de si mesmo. Por mais que isso seja evidente, muitas pessoas pulam esse passo e tentam ser contentes buscando novas metas ou estabelecendo padrões de perfeição.

Ser gentil com si mesmo pode lhe aproximar a objetivos mais sofisticados, segundo o Daylle Deanna Schwartz. A autora de mais de 15 livros, incluindo “The Effortless Entrepreneur” (em português, Empreendedor Sem Esforço), acredita que é se valorizando que se constrói a confiança.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Para Daylle, pessoas mais alegres desviam seus caminhos para cuidarem de si mesmas e dizem não quando é necessário. “Quando você se ama, aprende que negar fazer algo é um ato importante para não acumular sentimentos negativos”, diz.

Confira as 10 dicas da escritora, listadas no site da “Inc.” para você ser mais feliz todos os dias.

1. Faça uma coisa boa para si mesmo por dia
Mantenha consigo mesmo um acordo de se tratar com amor e carinho todos os dias. Segundo a autora, pessoas que fazem isso se sentem mais motivadas e não se deixam ser desvalorizadas por alguém.

2. Perdoe-se
Desculpar-se ou perdoar-se nem sempre é fácil, pois há uma tendência de se culpar por tudo que não deu certo no passado. As pessoas começam a se complicar quando tentam ser perfeitas demais e se castigam por não conseguir. Daylle recomenda um exercício: olhar no espelho e dizer “eu me amo e me perdoo”.

3. Aceite-se como você é
Daylle lista a insatisfação com o corpo e a idade como grandes obstáculos pessoais das pessoas. Para ser feliz, você precisa aprender a gostar do que tem. Além disso, essa autoaceitação engloba reconhecer a sua renda e seu sucesso. “Não ganhar o dinheiro estabelecido para uma determinada idade não é um problema grave.”

4. Elimine pessoas nocivas
A dica é mais fácil de falar do que fazer, mas evite se relacionar com clientes, sócios, investidores ou funcionários que passam uma sensação negativa. É mais difícil ter a mesma postura perante a família, mas não há razões válidas para aturar pessoas grosseiras.

5. Priorize a saúde
Tenha cuidado para encontrar um equilíbrio entre o que é saudável e o que é prazeroso. Não se castigue pela brecha no regime ou pela ausência pontual na academia. Seja disciplinado, mas entenda suas vontades.

6. Pare de pular refeições
“Estar ocupado não é desculpa para não comer”, diz Daylle. Segundo a autora, ao pular uma refeição, o nível de açúcar no sangue diminui e os níveis de estresse aumentam. Se você realmente não puder sentar para comer, providencie um lanche saudável e prático.

7. Respire!
Não se esqueça de que, quando você está estressado ou deprimido, exercícios simples de respiração podem trazer calma e alegria de volta.

8. Tenha um espaço aconchegante
Arrumar a cama e deixar o quarto em ordem criam um ambiente receptivo para quando você chegar em casa cansado. A mesma postura deve ser mantida no escritório. Jogue fora a papelada desnecessária e organize seus pertences, mas não se limite a isso. Decore seu espaço e torne-o agradável para você.

9. Tome um pouco de Sol
Trabalhar o dia inteiro em um ambiente escuro e fechado não é saudável. Se este é o seu caso, saia para tomar um ar de tempos em tempos. Além disso, invista em lâmpadas claras para iluminar o ambiente.

10. Presenteie-se com produtos de qualidade
Você é o tipo de pessoa que dá um presente sofisticado para o colega, mas tudo que compra para si mesmo é a versão mais barata disponível? Se o produto em questão é indiferente para você, tudo bem. Mas, se for algo de seu interesse, compre algo mais caro de vez em quando. Sempre que usá-lo, você vai reforçar a ideia de que merece coisas boas.

 

 

revistapegn

Kardec agradece Palmeiras, mas diz: “Estou muito feliz nessa nova casa”

Alan Kardec na chegada ao São Paulo  (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)
Alan Kardec na chegada ao São Paulo
(Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)

Depois um complicada negociação, Alan Kardec foi apresentado nesta terça-feira pela manhã, no CT da Barra Funda, como reforço do São Paulo. O atacante vestiu a camisa 14, número que o acompanha há anos, agradecendo o Palmeiras, mas querendo deixar no passado toda a confusão que marcou a saída dele do Palestra Itália.

– Estou muito feliz e grato com essa oportunidade. Farei sempre meu trabalho com humildade e fazendo o melhor pelo grupo. Isso se tornou uma novela. É algo que não explico em dois minutos. Aconteceu algo grande, mas ficou no passado, tenho de olhar para frente e reconhecer tudo aquilo que me proporcionaram. Fico muito feliz pela oportunidade que tive no Palmeiras, junto dos torcedores, mas ficou para trás. Estou muito feliz nessa nova casa – afirmou.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Kardec desembarca como a primeira contratação da gestão do presidente Carlos Miguel Aidar. Assim que assumiu, o mandatário disse que uma grande contratação estava próxima do Morumbi, mas tentou manter a transação em sigilo. O Tricolor desembolsou € 4,5 milhões (R$ 14 milhões) para comprar os direitos dele do Benfica. O jogador receberá R$ 300 mil mensais, com aumentos programados com o passar dos quatro anos de contrato.

– É desnecessário apresentar, todos conhecem o Kardec. É um excepcional atleta profissional, competente, respeitado, educado, uma figura que vai engrandecer o São Paulo. Espero que ele tenha aqui uma alegria permanente e que a passagem pelo clube dure muitos anos – disse Aidar.

O atacante, artilheiro do último Campeonato Paulista, esteve bem próximo de permanecer no São Paulo. O Verdão chegou a acertar a compra dos direitos, mas esbarrou em uma briga sobre os salários. Uma diferença de apenas R$ 5 mil entre o que o jogador queria e o clube oferecia irritou o pai do atleta. Sem acordo, ele decidiu abrir negociações com o Tricolor – o Corinthians também o procurou, porém, as conversas não avançaram.

Alan Kardec São Paulo (Foto: Marcos Ríbolli)Alan Kardec usará no Tricolor o mesmo número 14 que vestia no rival Palmeiras (Foto: Marcos Ríbolli)

 

– Eu não queria falar por ser antiético, mas são duas verdades. Cada um tem seu interesse. Quando meu pai se sentiu que estava sendo “agredido”, ele começou a rebater. Ele nunca quis colocar a instituição abaixo. Ele só tentou defender os meus interesses. Se ele não falasse, seria eu. Talvez, não foi como as pessoas esperavam, mas uma proposta do São Paulo valoriza seu trabalho, é o reconhecimento. Fiquei muito feliz. O elenco (do Tricolor) tem condições de lutar por grandes títulos. Ter jogadores respeitados assim dá muito valor.

 

 

Por 

10 lições para um casamento feliz

Nos primeiros meses depois de casar, o relacionamento parece um conto de fadas: surpresinhas românticas, programas a dois e muita delicadeza são a regra. Com o passar do tempo, no entanto, é comum que os problemas do dia a dia interfiram na harmonia do casal e o que era motivo de alegria pode passar a ser dor de cabeça.

Mas manter o casamento feliz não é nenhum bicho de sete cabeças. Reunimos entrevistas e pesquisas que, em 10 passos, dão o caminho para um relacionamento duradouro e gostoso. Se está na hora de seu casamento passar por uma revisão, confira as lições abaixo.

Getty Images

Que tal levar o “…e foram felizes para sempre” para a vida real? Um relacionamento feliz pede cuidados e atenção: o resultado vale a pena!

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

1 – O valor dos pequenos gestos – É natural que, com o passar do tempo, os casais se acomodem com a rotina e deixem a paixão de lado – mas isso pode ser evitado. Para ter uma relação duradoura, é importante se empenhar e realizar pequenos gestos que reacendem a brasa do amor, como enviar mensagens românticas e positivas ao longo do dia. A psicóloga social Barbara L. Fredrickson, da Universidade da Carolina do Norte, sugere manter um diário de eventos positivos e negativos que acontecem entre você e seu parceiro, e se esforçar para aumentar a proporção dos positivos sobre os negativos, realizando pequenos gestos de amor.

2 – Não se acomode! – Quanto mais tempo de relacionamento, maior é a intimidade do casal. Toda essa proximidade pode acabar apagando a chama do amor, por conta do comodismo da situação. Um erro comum é não privilegiar o momento a dois: ao invés de checar as redes sociais e jogar videogame, que tal aproveitar para conversar sobre o dia ou trocar carinhos? Compartilhe interesses e momentos divertidos: “Muita gente mora sob o mesmo teto, mas não compartilha nada. Em função disso, não constroem uma relação”, aponta a terapeuta de casal Magdalena Ramos.

3 – Respeite os agregados – Se a vontade é levar o relacionamento adiante e construir uma vida a dois, vale lembrar que o parceiro traz consigo uma série de “bagagens”, como amigos e familiares, que devem estar presentes nessa nova fase. Fazer intrigas, apontar os defeitos dos amigos e criar uma relação negativa com a família do outro são erros fatais. “Tem que ser agregador nas relações familiares e sociais”, afirma o  psicólogo Luiz Alberto Hanns.

4 – Cuidar da saúde é cuidar do amor – Um estilo de vida mais saudável e menos estressante também é benéfico para o casamento. Um estudo apontou que se a saúde do casal vai bem, o relacionamento flui com mais tranquilidade e qualidade. “O casamento se mantém estável se estamos mal de saúde? O que descobrimos foi que existe uma relação entre a saúde e a felicidade nos dois grupos. Se eles estão bem de saúde, há mais felicidade”, disse Cody Hollist, da Universidade de Nebraska, coautor da pesquisa.

5 – Mantenha a chama da paixão acesa – A história de que a paixão dura apenas por um curto período do relacionamento não é tão verdadeira assim, como afirmou um estudo. Casais de longa data mostraram que ainda se sentem apaixonados por seus parceiros – e o segredo deles não é coisa de outro mundo: carícias, maturidade e companheirismo mantêm viva a chama da paixão.

6 – Filhos mudam tudo – mas não podem mudar o amor – É inevitável: com a chegada dos filhos à vida do casal, o relacionamento acaba passando por uma série de mudanças. Para evitar desgastes, a dica é priorizar o diálogo e o companheirismo na nova fase, sem deixar o romantismo de lado. Embora a vida sexual do casal dê aquela desacelerada básica, também é importante que o casal se esforce para garantir que os momentos íntimos aconteçam ao longo da semana: “Diminuir a frequência sexual é normal, anormal é abdicar dos momentos a dois devido ao cansaço”, afirma o psicólogo Ailton Amélio.

7 – Discutir a relação – com calma – é essencial – O ato de “discutir a relação” não deve ser encarado sempre como algo prejudicial à relação, muito pelo contrário. Discordar do parceiro e enfrentar o conflito com maturidade e respeito faz com que os problemas sejam resolvidos logo no começo, evitando que eles se tornem ainda mais complicados lá na frente. Mesmo assim, vale lembrar que uma boa discussão se faz sem ofensas e gritaria.

8 – Não se iluda: é amor, não conto de fadas – Ter em mente que um casamento não é como nos contos de fadas ajuda a encarar as situações de crise com menos drama e mais maturidade. Problemas são comuns em todos os relacionamentos e não indicam uma falta de amor. Por isso, vale a pena não desistir no primeiro obstáculo e buscar uma solução na base do diálogo e da parceria.

9 – Uma noite da semana só para vocês – Para dar um respiro à rotina, uma boa estratégia é combinar com um parceiro uma noite da semana para namorar, sem amigos ou filhos a tira colo. Pode ser um jantar romântico, uma noite no motel ou algum outro programa divertido. Essa saidinha semanal ajuda a aumentar a satisfação do casal e mantém a chama da paixão acesa.

10 – Não deu certo uma vez? A segunda pode ser ainda melhor – A maturidade que advém de relacionamentos anteriores é fundamental para um casamento duradouro. Nesse estágio, o casal já sabe como lidar com as diferenças e defeitos um do outro, superando os obstáculos com mais facilidade. Equilíbrio e segurança também são um diferencial para o amor durar.

 

 

iG