Arquivo da tag: falecimento

Tião Gomes registra Votos de Pesar na ALPB pelo falecimento do ex-deputado e ex-secretário Pedro Adelson

O deputado estadual Tião Gomes, externou sua consternação pelo falecimento do ex-deputado estadual e ex-secretário de Estado, Pedro Adelson, ocorrido nesta quinta-feira (21) em João Pessoa, Paraíba. Durante sessão remota da Assembleia Legislativa, o parlamentar protocolou Votos de Pesar.

Pedro Adelson era natural do município de Alagoinhas, no Brejo paraibano. Ele era advogado, ex-procurador aposentado, ex-deputado estadual, por vários mandatos e também ocupou várias secretarias no Governo da Paraíba.

Para o deputado Tião Gomes, o Brejo paraibano perdeu um grande político e jurista que nunca se esqueceu da região e que sempre honrou a classe política.

“Pedro Adelson pertencia a uma gleba de políticos que tinha na oratória a diferença de um patrimônio de poucos, quando subia na tribuna, todos paravam para escutar e admirar. Época de ouro, onde ele se destacava junto com Simão Almeida, Gilvan Freire, Arnóbio Viana, dentre outros. Homem de posição firme e conhecedor profundo dos problemas estaduais e nacionais. O Brejo paraibano está de luto pela partida de um grande representante da região”, afirmou Tião Gomes.

 

portaldolitoralpb

 

 

Deputado Tião Gomes emite nota de pesar sobre falecimento do ex-governador Wilson Braga

O deputado estadual Tião Gomes (Avante) lamenta a morte do ex-governador Wilson Braga, na noite desse domingo (17), aos 88 anos. O também advogado e escritor estava internado no Hospital Nossa das Neves, em João Pessoa e foi mais uma vítima da Covid-19.

Wilson chegou ao hospital no dia primeiro de maio, junto com sua esposa, a ex-deputada federal Lúcia Braga, que faleceu no último dia oito de maio, também vítima do novo Coronavírus.

Natural de Conceição, Sertão paraibano, Wilson Leite Braga teve uma carreira de sucesso e reconhecimento na política paraibana, foi deputado estadual e federal pela Paraíba, prefeito e vereador de João Pessoa.

Leia a Nota:

“A Paraíba está de LUTO pelo falecimento de um dos melhores governadores da história, Wilson Leite Braga. Tive o privilégio de atuar na Assembleia Legislativa ao lado de Dr. Wilson, um homem generoso que ao longo de décadas de vida pública, foi exemplo para muitos políticos. Além de governador, foi prefeito, vereador, deputado estadual e federal, sempre atuando na política para servir. Sua trajetória merece aplauso e o respeito de todos. À família enlutada, registro meus mais sinceros votos de pesar”.

Tião Gomes

Deputado estadual da Paraíba

 

 

Câmara de Bananeiras divulga nota de pesar pelo falecimento da Sra Lúcia Andrade

luciaA Câmara Municipal de Bananeiras (CMB) externa os votos de pesar a família da Sra Lúcia de Fátima Andrade da Costa, lamentando profundamente pela grande perda. Natural da cidade de Coremas-PB e que escolheu a cidade de Bananeiras como sua cidade desde o ano de 1990. Uma farmacêutica bioquímica atuante em nossa cidade, onde trabalhou durante 15 anos no hospital Municipal Dr. Clóvis Bezerra, sempre prestando serviços a população bananeirense, um dos fatores que motivou o recebimento de título de cidadania bananeirense.

Ao chegar em Bananeiras constituiu sua família ao lado do cidadão bananeirense Dinarth Clementino da Costa gerando os frutos do seu ventre, Douglas Andrade (Douglas Bubú – Presidente da Casa Odon Bezerra) e Deizy Andrade.

Durante alguns anos, a Sra Lúcia Andrade foi a Diretora Técnica da Farmácia popular de Bananeiras. Ainda em nossa cidade, investiu a sua carreira profissional dedicando os seus conhecimentos no Laboratório Clínico Santa Rita, não apenas adquirindo lucros através de sua atividade comercial, mas também realizando análises clínicas laboratoriais de forma donativas aos que precisavam e não podiam arcar com tais despesas.

Os que fazem a Casa Odon Bezerra se solidarizam com os familiares e amigos nesse momento de profunda dor, rogando aos céus que conforte os corações.

Ascom

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

Câmara de Bananeiras divulga nota de pesar pelo falecimento do Mestre Zizi

ziziA Camara Municipal de Bananeiras (CMB) lamenta o falecimento do Mestre Zizi, em tempo que solidariza-se com os familiares, amigos e todos os cidadãos bananeirenses, manifestando o mais profundo sentimento de pesar por essa grande perda.

Há aproximadamente um ano, a CMB homenageou o Sr. Benedito Costa da Silva ou simplesmente ZIZI SANFONEIRO, com a Concessão de Medalha ”MESTRE MAESTRO”.

Pudemos em vida prestar uma singela homenagem ao cidadão ilustre que tanto amou essa terra, fazendo da querida Bananeiras o seu lugar predileto para constituir e cuidar da sua família.

Amou de maneira indistinta o Acordeon, instrumento musical que o levou a ser considerado um dos maiores acordeonistas do nosso país.

Zizi, com perspicácia, através do seu jeito simples e natural de ser, transmitiu para Brasil e outros lugares do mundo o orgulho que mantinha por nossa terra, nosso povo e nossa cultura.

Ao encantar multidões tornou-se um exímio defensor da cultura, em especial do forró tradicional. O mestre Zizi deixou o exemplo de um grande cidadão e um legado idealizado através das escalas musicais.

Que Deus em sua infinita bondade conforte todos os familiares e amigos e que os prediletos tons em diferentes intervalos que o Mestre Zizi harmoniosamente tocava sejam sempre lembrados com orgulho e bastante saudade.

Assessoria Câmara

Prefeito emite nota de pesar pelo falecimento de filho do Assessor Jurídico do município e decreta luto de três dias

lutoO Prefeito Rinaldo de Lucena Guedes emitiu nota de pesar aos familiares de Ramalho Costa de Farias Neto, pelo seu trágico falecimento, vítima de acidente automobilístico, ocorrido na tarde desta sexta-feira (25) e decretou luto oficial de três dias.

Ramalho Neto era filho do Advogado AntonioTeotonio de Assunção, Procurador Jurídico do Município desde 2009, e sua mãe, Josineide Assunção, é servidora efetiva da Prefeitura.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook
Veja sobre a morte Ramalho Neto

Confira
Neste momento de dor quero expressar votos de profundo pesar ao Dr. Teotonio e sua esposa Neide pelo trágico acidente que vitimou Ramalho Neto, filho do casal, neste dia 25 de Abril de 2014. Ao mesmo tempo em que rogamos a Deus que conforte a todos e nos colocamos a disposição para colaborar com o que quer que seja necessário nesse momento triste.
Dado o falecimento fica decretado luto oficial de três dias no município.
ASCOM

 

Nota oficial de pesar da CNBB pelo falecimento de dom Eugênio Sales

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) divulga Nota Oficial de pesar pela morte do cardeal dom Eugênio de Araújo Sales, arcebispo emérito do Rio de Janeiro. O secretário geral da Conferência, dom Leonardo Steiner, manifesta solidariedade com o povo e o arcebispo da arquidiocese do Rio de Janeiro e com os familiares de dom Eugênio, particularmente com seu irmão, dom Heitor de Araújo Sales, arcebispo emérito de Natal (RN).

Leia a Nota:

Nota de condolência pelo falecimento

do Cardeal dom Eugenio de Araújo Sales

A Conferência Nacional dos Bispos (CNBB) recebe, com profundo pesar, a notícia da morte do Cardeal dom Eugênio de Araújo Sales, arcebispo emérito do Rio de Janeiro (RJ), ocorrida no final da noite desta segunda-feira, 9 de julho de 2012.

Dom Eugênio é uma verdadeira página da história da Igreja no Brasil. Seu caminho de vida percorrido como padre e bispo está associado aos marcos do trajeto feito pela comunidade dos discípulos missionários de Cristo neste país. Ordenado padre em 1943, desempenhou trabalho pastoral na então diocese de Natal (RN) onde veio a ser bispo auxiliar da já arquidiocese de Natal, em 1954, por nomeação do Papa Pio XII. Nomeado como arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, em 1968, criado Cardeal no Consistório de 1969, dom Eugênio ficou na Bahia até ser transferido pelo Papa Paulo VI para a arquidiocese do Rio de Janeiro, em 1971, lugar onde exerceu seu pastoreio até a renúncia aceita pelo Papa João Paulo II, em 2001.

Inspirado pelo seu lema episcopal, “Impendam et Superimpendar” (alusão a 2Cor 12, 15: “Quanto a mim, de muito boa vontade gastarei o que for preciso e me gastarei inteiramente por vós”), dom Eugênio foi Padre Conciliar do Vaticano II, criador da Campanha da Fraternidade e também apoiou o Movimento de Educação de Base e as Comunidades Eclesiais de Base. Homem de vasta cultura, sempre teve admiração por parte da sociedade brasileira. Por tudo isso e pela sua expressão de pastor, dom Eugênio foi uma permanente referência da Igreja nos momentos mais significativos da vida social e política no Brasil. Ele jamais se recusou a dar sua palavra firme, ortodoxa, clara a respeito dos mais importantes princípios da vida moral tanto da pessoa quanto da sociedade.

Era um comunicador que chegava, com facilidade, ao entendimento da opinião pública, mesmo depois de se tornar arcebispo emérito do Rio de Janeiro, dom Eugênio manteve publicação regular de seus textos em um blog na internet. Recentemente, por ocasião da Páscoa deste 2012, ele mesmo determinou que seria publicado um último artigo no qual ele escreveu: “Ao passo que a alegria, presságio do transcendente, faz-nos sentir algo superior às experiências comuns, ela, todavia, acorda em nós o mais próprio, o mais íntimo de nós mesmos. Será que não está inscrita na experiência pura e honesta da alegria uma tênue e todavia forte certeza de que a mais profunda realidade de nosso ser é imagem do eterno? Este estado de alma é como uma atmosfera jubilosa de nossa mente, que se reflete em nossos sentimentos e que se irradia em nossos relacionamentos humanos”.

Despedimos-nos de dom Eugênio com este sentimento que ele antevia em sua reflexão, isto é, com “presságio de transcendência”. Agradecemos a Deus pela sua caminhada cheia de frutos para a vida da Igreja e do povo e nos solidarizamos com seus familiares, especialmente com seu irmão dom Heitor Araújo Sales, arcebispo emérito de Natal, com a arquidiocese do Rio de Janeiro e com dom Orani João Tempesta, arcebispo do Rio de Janeiro. Nossa oração nos consola na certeza de sua páscoa e na esperança de que esse nosso irmão compartilhava da convicção que nos foi deixada pelo apóstolo de que a “a coroa da justiça” está reservada para ele pelo Senhor, o justo juiz, que dará essa coroa, “não somente a ele, “mas a todos os que tiverem esperado com amor a sua manifestação”( 2 Tm 4,8).

Dom Leonardo Ulrich Steiner

Bispo Auxiliar de Brasília

Secretário Geral da CNBB

Ricardo decreta luto oficial de três dias pelo falecimento de Ronaldo

O governador Ricardo Coutinho decretou luto oficial de três dias pelo falecimento do ex-governador Ronaldo Cunha Lima, ocorrido na manhã deste sábado (7), em João Pessoa. O decreto de nº 33.093 lembra que as homenagens fazem jus ao “elevado caráter, dedicação, honradez, bom amigo, bom pai e, sobretudo, pelos relevantes serviços prestados ao Estado”.

O decreto determina que os funerais de Ronaldo Cunha Lima sigam mesmo ritual destinado aos chefes de Estado. “Os pavilhões nacional e estadual devem ser hasteados à meia-verga, em todos os estabelecimentos públicos estaduais”, conclui o texto.

Redação iParaíba com Secom/PB

Cássio lamenta falecimento do Monsenhor José Trigueiro do Vale


Tão logo tomou conhecimento do falecimento do monsenhor José Trigueiro do Vale, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) externou profunda lamentação pela perda de um “homem comprometido com a fé em Deus e a educação”. O Monsenhor José Trigueiro era um homem admirado por várias gerações por todos os serviços prestados à comunidade paraibana e deixa um legado marcado pela religiosidade e pela sua vasta atuação em prol da educação.

Ao se solidarizar com a família do monsenhor, Cássio destacou o grande senso de responsabilidade social, com que o religioso traçou as suas atividades e se tornou referencia educacional e religiosa de milhares de paraibanos. Além do Unipê do qual foi um dos fundadores e reitor, o Monsenhor José Trigueiro do Vale foi um dos idealizadores do Instituto Dom Adauto.

A missa de corpo presente do Monsenhor José Trigueiro do Vale será celebrada pelo arcebispo da Paraíba, Dom Aldo di Cillo Pagotto, às 17h, na Igreja de Lourdes, onde ocorrerá o sepultamento, logo após a celebração, nesta segunda.

Assessoria do senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB)