Arquivo da tag: exposta

Preso suspeito de torturar a nora; vítima era obrigada a ficar de joelho exposta ao sol

Um homem foi preso, na manhã desta quarta-feira (21), suspeito de torturar a nora, no bairro do Róger, em João Pessoa. O suspeito também teria retido o cartão do programa Bolsa Família, pertencente à jovem. A informação é do programa Show da Arapuan, da Rádio Arapuan, que é apresentado por Washington Luiz, Erly Fernandes e Clilson Júnior.

De acordo com informações de um vizinho, o homem teria obrigado a vítima a ficar de joelhos, no meio da sul, exposta ao sol. Ele falou que a ordem é para que a mulher permanecesse no lugar por uma hora, rezando. “Vi aquela cena e não aguentei, por isso chamei a polícia”, contou o morador.

Ele disse ainda que a polícia prendeu o suspeito e flagrante e o conduziu à delegacia para ser ouvido.

paraiba.com.br

 

 

Paraquedista tem fratura exposta após acidente durante pouso em Sousa

paraquedistaO paraquedista Francisco Lopes da Silva, de 36 anos, se envolveu em um acidente, nesse domingo (12), ao pousar com um paraquedas durante evento realizado na cidade de Sousa.

‘De Assis’, como é popularmente conhecido o paraquedista, teve fratura exposta durante o pouso. Informações dão conta que o equipamento não abriu quando acionado logo após o salto. Por conta disso, De Assis foi obrigado a ativar o paraquedas reserva.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Quando estava se aproximando do solo, os dois equipamentos abriram e acabou atrapalhando o paraquedista, que teve a perna direita com fratura exposta por conta do impacto durante o pouso.

paraquedista_acidente_sousa_tres

Equipes do Samu e Corpo de Bombeiros foram chamadas para prestarem os primeiros socorros.

A vítima foi encaminhada para o Hospital Regional de Sousa e, em seguida, transferido para o Hospital Regional de Cajazeiras, onde se submeteu a um procedimento cirúrgico.

De Assis passa bem e deve receber alta ainda hoje.

MaisPB

Acidente deixa homem com fratura exposta na noite deste sábado em Araruna

Foto: Reprodução whatsapp
Foto: Reprodução whatsapp

Um acidente na estrada que liga Araruna à Tacima, no Curimataú da Paraíba, deixou o ararunense Expedito Dantas, vulgo Hilton (irmão de Irazina) gravemente ferido. Hilton saiu de Araruna com destino à Tacima quando perdeu o controle de sua moto e caiu, em seguida um jovem da cidade de Japi que vinha em sentido contrário, sem avistar que existia um corpo caído, passou por cima da perna esquerda de Hilton.

A equipe do Samu realizou os primeiros socorros e encaminhou Hilton para o hospital de Trauma de João Pessoa.

Expedito teve fratura exposta e suspeita de mais duas fraturas na perna esquerda. O japiense teve apenas ferimentos leves.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

O acidente aconteceu na noite deste sábado, 25.

Diário de Araruna 

Taça da Copa chega à Capital no próximo domingo e fica exposta na Estação

taçaA mais famosa  taça da Copa do Mundo chegará a João Pessoa, no próximo dia 11 de maio (domingo), e ficará exposta apenas um dia na Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes, no Altiplano. A Taça da Copa do Mundo ou ‘Tour da Taça’, como está sendo chamado, faz parte da campanha da Coca-Cola para a Copa do Mundo Fifa 2014.

Até o momento a taça já percorreu 12 capitais brasileiras. Para ter acesso ao local, onde a taça ficará exposta, o visitante terá que adquirir dois produtos da Coca-Cola que estarão sendo vendidos em João Pessoa, em 109 pontos de vendas na Capital.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Após a aquisição, basta entrar na página da marca, no endereço www.cocacola.com.br e cadastrar o número dos produtos que estão impressos na tampa da embalagem. Em seguida o visitante deve agendar o horário de visita, imprimir o voucher (bilhete) de acesso ao local.

A Estação Cabo Branco estará apenas cedendo o local para o evento. No dia terá um fotografo, credenciado pela Coca-Cola, tirando fotos das pessoas agendadas junto à taça.

Toda divulgação e controle do acesso à taça estará sendo realizado pela empresa Coca-Cola que firmou parceria com a Fifa para os 41 dias em que a taça estará percorrendo 27 cidades brasileiras, fazendo um percurso de 150 mil quilômetros. Depois de João Pessoa a taça segue para o Maranhão.

Serviço: ‘Tour da Taça’ – Campanha da Coca-Cola para a Copa do Mundo Fifa 2014 Local: Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes – Altiplano. Informações: 3214. 8303 – 3214.8270 www.joaopessoa.pb.gov.br/estacaocabobranco Twitter: @estacaocb Face: https: //www.facebook.com/estacao.cabobranco

Secom-JP

Taça da Copa do Mundo ficará exposta em João Pessoa no dia 11 de maio

TaçaOs paraibanos terão a chance de ver a taça da Copa do Mundo de perto. Ela ficará exposta na capital paraibana no dia 11 de maio. A ação “Tour da Taça” faz parte da campanha para a Copa do Mundo da Fifa 2014, que já percorreu 150 mil quilômetros e passou por 89 países.

A taça chega ao Brasil em 22 de abril, partindo do Rio de Janeiro para uma jornada com duração 41 dias. O objeto mais desejado pelas seleções de futebol será levada as 27 capitais nacionais.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

 

Confira a programação da ‘Tour da Taça’

1)       Rio de Janeiro – 22 a 25/04

2)      Porto Alegre – 26 e 27/04

3)      Belo Horizonte – 28 e 29/04

4)      Salvador – 30/04 e 01/05

5)      Cuiabá – 02/05

6)      Curitiba – 03/05

7)      Florianópolis – 04/05

8)      Campo Grande – 06/05

9)      Goiânia – 07/05

10)  Vitória – 08/05

11)   Aracaju – 09/05

12)  Maceió – 10/05

13)  João Pessoa – 11/05

14)  São Luis – 13/05

15)  Palmas – 14/05

16)  Macapá – 15/05

17)  Boa Vista – 16/05

18)  Rio Branco – 17/05

19)  Porto Velho – 18/05

20)  Manaus – 19/05

21)  Belém – 20/05

22)  Teresina – 21/05

23)  Natal – 22/05

24)  Recife – 23 e 24/05

25)  Fortaleza – 25 e 26/05

26)  Brasília – 27 e 28/05

27)  São Paulo – 29/05 a 01/06.

portal correio

Brasileira é morta, mutilada e exposta em praça pública na Venezuela

pracaUma brasileira de 33 anos foi assassinada, mutilada e teve seu corpo exposto em praça pública em uma cidade da Venezuela, informa o jornal Folha de S. Paulo nesta quinta-feira. O crime aconteceu em 27 janeiro na cidade de Las Claritas, região garimpeira que fica próxima a fronteira com Roraima, no norte do Brasil.

Os parentes, que moram em Boa Vista, acreditam que Ana Cristina da Silva, de 33 anos, foi assassinada por vingança. De acordo com o tio da vítima, Edivan da Silva, Ana Cristina teria testemunhado “algo ligado a execuções ou tráfico de drogas”, e falado sobre o que viu para a namorada de um dos bandidos. “Ela foi executada dessa maneira para servir de exemplo aos moradores da região”, informou Silva. Ele contou que sua sobrinha foi esganada com arame farpado, teve a língua cortada e o corpo foi exposto ao público.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O governo de Roraima e o Ministério das Relações Exteriores não foram procurados pela família da vítima, informou o jornal. O caso está sendo investigado por uma delegacia em San Félix, cidade a mais de 350 Km de Las Claritas. Atraídos pelo ouro, muitos brasileiros vivem na região onde a brasileira foi assassinada e, segundo o tio de Ana Cristina, milícias e traficantes controlam os garimpos. “Ela sempre falava que uma parte do ouro extraído era entregue a policiais corruptos e traficantes”, disse.

Silva informou ainda que trabalhando no garimpo Ana Cristina era paga em ouro. Seus rendimentos variavam de cinco a oito salários mínimos por mês. A família não pretende acompanhar as investigações pois considera que as autoridades venezuelanas não têm interesse em esclarecer o crime. O corpo de Ana Cristina foi levado da Venezuela para Boa Vista, onde foi sepultada.

180 Graus

Acidente grave deixa vítima com fratura exposta em Guarabira

Um grave acidente nas proximidades do Posto Frei Damião, em Guarabira, deixou um homem com fratura exposta, por volta das 12h e 10min desta sexta-feira (30).

Segundo as informações, um caminhão Chevrolet, ano 72, cor laranja, de placas MOL 0419 – João Pessoa/PB colidiu com uma motocicleta YBR Yamaha, de placa MNT 2419 – Belém/PB, e o motorista desta ficou por baixo do automóvel.
O condutor do caminhão, identificado como Edenilson Monteiro de Oliveira, “Bibi irmão de Erivan”, 56 anos, morador do Conjunto Assis Chateau, após a colisão fugiu com direção a um matagal nas proximidades do Bairro do Rosário, e foi preso rapidamente pela PM. O mesmo apresentava sintomas de embriaguez, a ponto de mal se aguentar em pé.
O Corpo de Bombeiros foi chamado ao local e socorreu Alexandro Antônio da Silva, morador do Sítio Açude Grande, município de Belém, para o Hospital Regional. A vítima estava consciente, porém, apresentava fratura exposta em uma das pernas.
Vídeo em instantes

Condutor do caminhão:

Agricultor é atropelado e sofre fratura exposta na perna na Rod PB 073, em Guarabira

Um atropelamento foi registrado na noite da quinta-feira (25), na Rod PB 073, próximo ao posto Santiago, em Guarabira. Segundo informações, Geraldo José da Silva, agricultor, residente no Sítio Guabiraba, no município de Sertãozinho, foi atropelado por uma moto Honda Fan, de cor preta, de placa OEY-6817/Guarabira.

O condutor da moto, ainda não identificado, não prestou socorro a vítima após o acidente e evadiu-se do local. Geraldo foi socorrido pela unidade do SAMU, sendo encaminhado para o Hospital Regional de Guarabira. Em consequência do acidente, o agricultor sofreu fratura exposta na perna direita.

Da Redação / Nordeste1

Corrupção no Judiciário só ficou mais exposta, diz Eliana Calmon

A corregedora nacional de Justiça, ministra Eliana Calmon, diz que a corrupção no Poder Judiciário não diminuiu nos dois anos em que denunciou irregularidades. “A corrupção apenas ficou mais exposta”, diz.

Ela evita criticar seu sucessor, ministro Francisco Falcão, de quem é amigo. Não faz coro com os que preveem uma atuação menos incisiva na corregedoria do CNJ.

Eliana pretende filiar-se a uma ONG contra a corrupção, quando se aposentar.

Fabio Braga/Folhapress
A atual corregedora do CNJ, Eliana Calmon, que quer se ligar a uma ONG quando se aposentar
A atual corregedora do CNJ, Eliana Calmon, que quer se ligar a uma ONG quando se aposentar

*

Folha – A corrupção no Judiciário diminuiu ou ficou mais exposta?
Eliana Calmon – Ficou mais exposta. Não senti que houve uma diminuição.

Qual foi o episódio de corrupção mais grave?
Um desfalque na Justiça do Trabalho em Rondônia, mais de R$ 2 bilhões. Há advogados envolvidos. Um desembargador foi afastado.

A senhora teme retrocesso no combate à corrupção?
Não. Acho que o ministro Francisco Falcão dará continuidade ao trabalho.

Ele empregava a mulher, a filha e a irmã em seu gabinete, quando foi juiz federal.
Na época, isso era comum no Judiciário. Não era ilegal. Era a mistura do público e do privado. Hoje o nepotismo é proibido.

O atual corregedor do TJ-SP, José Renato Nalini, diz que a corregedoria paulista serviu de modelo para o CNJ. A corregedoria paulista é eficiente?
Eu não posso dizer que seja de absoluta eficiência, porque São Paulo é muito grande. Mas a corregedoria paulista controla os seus juízes, coisa que não existe em muitas corregedorias.

O que a inspeção do CNJ no TJ-SP descobriu?
Encontramos algumas irregularidades na folha de pagamento. Uma servidora levava para casa o computador onde estavam os pagamentos aos desembargadores. Ela foi exonerada pela nova administração. Essa funcionária recebeu ordem de nos fornecer o material. Levou dois dias para cumprir.

Quais são as corregedorias mais ineficientes?
Mato Grosso do Sul, Piauí…

Qual o tribunal mais eficiente?
O melhor tribunal em nível geral é o Tribunal de Justiça de Sergipe. Tudo funciona muito bem lá.

Qual é a sua expectativa em relação ao CNJ sob a presidência do ministro Joaquim Barbosa?
Ele é rigoroso, muito ético. Em sessões que presidiu [substituindo Ayres Britto], vi que está antenado com o CNJ. Não tem conversa fiada.

*A senhora se arrepende de ter dito que há “bandidos de toga”? *
Absolutamente. Precisava ser dito, faria tudo outra vez.

A senhora alimenta algum projeto político?
Dizem que eu teria uma eleição ganha para senadora. Não tenho aptidão.

E na advocacia?
Não. Pela minha idade, acho muito penoso bater perna no fórum, fazer sustentação oral. Acho que não poderia fazer advocacia de lobby. Pelo meu perfil, ninguém iria me contratar (risos). Eu penso muito em me filiar, no futuro, a uma ONG na área de denúncias de corrupção.

Folha.com