Arquivo da tag: excelência

Supermercado Central da Economia em Solânea é exemplo de excelência e empreendimento

centralEm matéria de economia, organização, qualidade, preocupação com os direitos trabalhistas e muita atenção a todos os seus clientes, o Supermercado Central da Economia (Solânea – PB) vem se destacando por se enquadrar em todos os requisitos de excelência empreendedora.

Pensando nisso a direção do supermercado realizou nesta segunda-feira (20) uma reunião de grande porte com todos os seus funcionários. O encontro contou com apresentações culturais, palestras motivadoras, sorteio de prêmios e um momento para pensar a organização administrativa junta aos seus funcionários.

O empresário Solanense, Ivanildo Alves diz está satisfeito com tudo que vem construindo e ressalta “pensamos em um empreendimento que atenda a necessidade da população, todos ganham”.

O Supermercado Central da Economia tem duas lojas, uma localizada na Rua José Amâncio Ramalho, nº 42, Centro de Solânea – Paraíba e a segunda está localizada na rua Celso Cirne, nº 365, Centro – Solânea.

Assessoria para o Focando a Notícia

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Ranking estimula a excelência nas universidades, dizem especialistas

O RUF (Ranking Universitário Folha) ajudará a melhorar o ensino superior no país, afirma o presidente do Inep (instituto do Ministério da Educação responsável pelas avaliações no setor).
Lançado ontem, o RUF é o primeiro ranking de universidades brasileiras. Analisou a qualidade da pesquisa e do ensino, a reputação no mercado de trabalho e a inovação nas instituições de ensino.

“É um instrumento que vai além do sistema atual e faz com que as instituições passem a buscar a excelência, e não apenas a fuga da supervisão”, afirmou Luiz Cláudio Costa, que preside o Inep.

Ele se referiu ao mecanismo do Ministério da Educação chamado de IGC (Índice Geral de Cursos), que usa basicamente o desempenho dos alunos de graduação em uma prova (Enade), proporção de professores com doutorado e notas da pós-graduação.

No IGC, as instituição são classificadas em cinco níveis. As que ficam nos dois mais baixos passam por processo de supervisão do ministério.

“Como o ranking mostra com transparência quais são os indicadores avaliados, as instituições podem saber onde devem melhorar”, disse Costa, ex-secretário de Ensino Superior do ministério.

Ele afirma que o indicador pode ser aprimorado se consultar também os coordenadores de pós-graduação das universidades, para saber quais escolas estão fornecendo bons pós-graduandos.

Segundo ele, algumas escolas podem ter alta produção científica, mas corpo de pesquisadores antigo, sem contribuição para a renovação da ciência no país.

Editoria de arte/Folhapress

REGIONALIZAÇÃO

Secretário executivo da Andifes (representante dos reitores das universidades federais), Gustavo Balduino afirmou que o ranking pode ajudar as instituições a localizar seus pontos fracos.

Ele aponta, porém, limitações na metodologia. Uma é que o ranking não consegue captar a relevância da instituição para a sua região.

“Não há universidade mais importante no Amapá do que a universidade no Amapá”, disse Balduino. “Ou seja, é melhor ajudar a desenvolver sua região ou criar pesquisa de impacto internacional?”

No RUF, 7 das 10 melhores instituições são federais. A lista foi liderada pela USP.

O presidente da Anup (Associação Nacional das Universidades Particulares), Abib Salim Cury, disse que a iniciativa é “positiva, porque permite ao pessoal saber como a sua instituição está”.

Para as próximas edições, diz, as instituições poderiam ser consultadas “para ajudar a melhorar os critérios”.

O RUF foi criado pelo grupo liderado pelo cienciometrista (área que estuda a produção científica) Rogério Meneghini, em conjunto com a Redação da Folha.

O grupo de Meneghini foi responsável pelo levantamento da produção científica das instituições e da inovação (criação de patentes).

O Datafolha apurou a reputação das escolas entre recursos humanos e cientistas. (FÁBIO TAKAHASHI)

Folha

Empresárias paraibanas participam de Seminário internacional de excelência em gestão


Empreendedoras, que são vencedoras de prêmios nacionais, irão participar de palestras, debates e sessão de negócios

            Quatro empresárias paraibanas irão participar do 20° Seminário Internacional em Busca da Excelência da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ), nos dias 14 e 15 de agosto, em São Paulo. O Seminário terá como tema “Transformar pela Educação: o impacto na competitividade das organizações” e um dos palestrantes será o sociólogo e ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. O evento será uma oportunidade para as empresárias, vencedoras de prêmios nacionais, compartilharem experiências de líderes importantes de países como Brasil, Espanha, México, Peru, Chile e Estados Unidos.

            As empresárias que representarão a Paraíba são as vencedoras nacionais do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios 2010 e 2011 e do Prêmio MPE Brasil 2011. Como premiadas do prêmio Sebrae estão Joseane Muniz da Eletricar Bateria em Campina Grande (medalha de prata em 2010), Maria Nazaré Barbosa da Cooperativa Paraibana de Avicultura Alternativa e Agricultura Familiar em São Sebastião de Lagoa de Roça (medalha de prata em 2011) e Márcia Gondim da Associação de Flores Vila Real, de Areia (medalha de bronze em 2010). Elizângela Gomes da farmácia de manipulação Roval, em João Pessoa, também irá participar do Seminário por ter vencido nacionalmente, na categoria comércio, o Prêmio MPE Brasil 2011.

A participação no Seminário Internacional faz parte da premiação dessas empreendedoras. De acordo com a gestora estadual do Prêmio MPE Brasil e analista do Sebrae Paraíba, Cláudia Pereira, as premiações representam um grande marco na história das micro e pequenas empresas paraibanas. Segundo Cláudia, essas mulheres estão cada vez mais sendo reconhecidas nacionalmente, difundindo o empreendedorismo feminino no Estado. “É uma grande responsabilidade para o Estado, somos vitrine para outras MPEs de todo o Brasil”, disse.

Para a proprietária da Eletricar Baterias, Joseane Muniz, o evento é uma grande oportunidade para absorver novos conhecimentos. “Estou muito curiosa e ansiosa como que poderei aprender nesse seminário. Minha loja está passando por uma fase de mudanças e estou em busca de inovações. Esse é um bom momento para eu reciclar os meus conhecimentos e melhorar minha gestão”, destacou a empresária de Campina Grande.

Sessão de Negócios

Este ano haverá uma inovação para as premiadas. Além de participarem do seminário, elas irão participar também da “Sessão de negócios”, no dia 13 de agosto, também promovido pela FNQ. A sessão funcionará de forma dinâmica e os empresários participantes apresentarão seus produtos e serviços em um minuto e poderão distribuir material de divulgação de sua empresa.

 “Essa será uma excelente oportunidade para as empresas fazerem negócios e conhecerem outras experiências”, destacou a gestora estadual do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios, Maria José Menezes. Ela lembra que as inscrições para o Prêmio 2012 já estão abertas e podem ser feitas pelo site www.mulherdenegocios.sebrae.com.br, até o dia 31 de agosto. O Prêmio MPE Brasil também está com as inscrições abertas (www.premiompe.sebrae.com.br) até o dia 31 de agosto.

Programação – Educação para novos líderes

            O 20° Seminário Internacional da FNQ irá discutir o impacto da educação na competitividade das organizações e a importância da formação de novos líderes, capazes de atender às necessidades do mercado e contribuir com o crescimento das empresas. Durante o evento serão sugeridas ações efetivas para o crescimento das organizações e desenvolvimento do país.

            Dentre os palestrantes destacam-se, o ex-presidente FHC, que irá falar sobre o papel da liderança no desenvolvimento do Brasil. Além dele, haverá palestras do presidente da Gerdau, Jorge Gerdau; do presidente da Fiat no Brasil, Cledorvino Belini; do diretor presidente do Porto Digital, Franciso Saboya; da líder da prática de liderança e talentos para a América Latina da Hay Group, Glaucy Bocci, dentre outros.

Dentre os temas das palestras estão a educação empreendedora e o futuro da economia, a educação para liderança, educar para transformar: o desafio para um Brasil competitivo, o desafio da formação de líderes, além de outros temas.

Assessoria de Imprensa para o Focando a Notícia