Arquivo da tag: ex-deputado

Ex-deputado é acusado de atirar em candidato a vereador na Paraíba

bado-venancioO candidato a vereador na cidade de Cuité, no Curimataú paraibano, Abdã Pessoa, acusou,  neste sábado (1º),  o ex-deputado Bado Venâncio de atentar contra sua vida efetuando disparos de arma de em sua direção.

Em boletim de ocorrência, registrado na delegacia de Cuité, o candidato contou que estava na casa de uma irmã quando recebeu um telefonema de primo, Wagner Furtado, dando conta de que estava sendo perseguido por motos e o veículo de Bado.

Ainda segundo o depoimento do político, ele saiu em sue carro para ajudar o parente e ao chegar ao local, foi abordado pelo ex-parlamentar que já desceu do veículo com uma arma em punho e desferiu um tiro.

Confira trecho do boletim de ocorrência

cuite

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Ex-deputado estadual volta a trabalhar com ambulantes em João Pessoa

toinho do sopãoO ex-deputado Toinho do Sopão voltou a trabalhar com ambulantes no Centro de João Pessoa. Recordista de votos em 2010 com mais de 55 mil votos, ele não conseguiu não passou de 6850  votos em 2014.

Em contato com o Portal MaisPB, na tarde desta quarta-feira (20), Toinho disse que não vai procurar ajuda de eleitos e revelou que se tivesse voltado para a Assembleia Legislativa não teria votado na eleição de Adriano Galdino (PSB). “Com o meu voto, Ricardo Marcelo teria sido eleito”.

O ex-deputado alegou falta de condições financeiras para retornar a distribuição de sopa no Centro da Capital, afirmando que o projeto é tão caro que “ninguém quis lhe imitar”. “Nem Ricardo Coutinho conseguiu”, afirmou, recordando que o Governo do Estado iniciou projeto semelhante.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Toinho disse que profissionalmente voltou a alugar um espaço para que ambulantes possam guardar as mercadorias cobrando uma taxa pelo aluguel.

Écliton Monteiro – MaisPB

Morre em Brasília ex-deputado federal paraibano, Edme Tavares

Edme-TavaresO ex-deputado federal, Edme Tavares, morreu aos 78 anos na madrugada deste sábado (16), em Brasília, Distrito Federal, vítima de insuficiência respiratória. Edme Tavares, considerado um dos maiores benfeitores de Cajazeiras e de toda a região sertaneja, desde o inicio do ano lutava contra um câncer de pulmão e o agravamento da doença o levou a ser internado no hospital de Brasília, sob os cuidados de uma equipe de especialistas do hospital Sírio Libanês, na Capital Federal da República, onde faleceu.

 Natural de Cajazeiras, filho do comerciante e contador Antônio Aquino de Albuquerque e de Honorina Tavares, Edme Tavares era advogado, formado em Direito pela Faculdade de Direito do Rio de Janeiro. Ainda muito jovem, ingressou na seara política a convite do então governador João Agripino, oportunidade em que ocupou a chefia de gabinete no período de 1966 a 1970.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

 Deputado estadual por três mandatos consecutivos, no período de 1970 a 1982, e deputado federal por duas legislaturas, no período de 1983 a 1990, Edme Tavares participou da Assembléia Nacional Constituinte como presidente da Comissão de Ordem Social, sendo um dos responsáveis pela elaboração da Constituição Federal de 1988.

 Edme Tavares também ocupou diversos cargos públicos no poder executivo, tendo sido Secretário de Estado nos governos João Agripino, Tarcísio Burity, José Maranhão e Cássio Cunha Lima. O ex-deputado ainda foi assessor da Presidência da República no governo do então presidente Fernando Henrique Cardoso, no período de 1995 a 2002.

Ao longo de sua carreira de parlamentar, Edme Tavares, legítimo representante da população cajazeirense e de municípios da região, revelou-se um estudioso dos problemas sociais e econômicos do alto sertão paraibano e um batalhador incansável no sentido de identificar alternativas para atenuação desses problemas, com ações marcantes nas áreas de educação, social, trabalho e desenvolvimento social.

 Edme Tavares foi um dos responsáveis pelas principais conquistas da região sertaneja. Graças a sua atuação parlamentar, mais de 40 cidades foram contempladas com ações e serviços dos governos federal e estadual, com destaque para construção de escolas, postos de saúde, hospitais, estradas, dentre outros inúmeros benefícios. A redução no tempo de aposentadoria do trabalhador rural é outra iniciativa parlamentar de Edme Tavares.

 O ex-deputado também teve papel decisivo na conquista da Escola Técnica Federal de Cajazeiras, hoje convertida em IFPB, instituição cujos inegáveis benefícios se fazem sentir desde sua criação e que tendem a se multiplicar a curto e médio prazo com abrangência estendida à realização de cursos superiores nas áreas de Ciência e Tecnologia.

 Edme Tavares de Albuquerque era natural de Cajazeiras, tinha como irmãos Edna, Edneide, Regina, Reginaldo e Ednaldo. Era viúvo da senhora Clotilde Albuquerque e pai de Hellen, Edda, Edme Filho, Helga e Hertha.

 O corpo do ex-deputado estará sendo transladado para Paraíba e velório será realizado neste sábado (16), na Casa de Velórios Morada da Paz, na Avenida João Machado, 1214, em Jaguaribe, em João Pessoa, e o seu sepultamento ocorrerá no domingo, no Cemitério Senhor da Boa Sentença, também na capital paraibana.

MaisPB

Ex-deputado acredita na manutenção da aliança entre Cássio e Ricardo: “Não há motivo para rompimento”

ricardo e cassioO ex-deputado e ex-prefeito de Guarabira, Jáder Pimentel (PSB) ainda acredita na manutenção da aliança do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) e o governador Ricardo Coutinho (PSB) para as eleições 2014.
“A aliança que elegeu Ricardo e Cássio, eu tenho impressão, vai permanecer. E por que isso? Porque eu não vejo motivo nenhum para rompimento”, declarou neste final de semana o atual procurador jurídico da cidade de Guarabira em entrevista a imprensa do Brejo.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

De acordo com Pimentel, mesmo que venha acontecer uma racha entre Ricardo e Cássio, ele já adiantou que segue com o grupo do governador. “Eu sou do PSB, partido de Ricardo e da deputada estadual Léa Toscano”, defendeu.

O líder guarabirense destacou o governador fez muitas ações na região metropolitana de Guarabira e esse é o motivo pelo qual não deixará o socialista.

“Em Guarabira, no governo de Ricardo, todos percebem que a saúde, a segurança e a educação nunca estiveram tão bem como agora”, afirmou.

MaisPB

com Portal25horas

Ex-deputado prevê Cássio aliado ao PMDB e disputando o Governo da Paraíba

armandoConhecido por acertar resultados da política paraibana, o ex-deputado federal Armando Abílio previu, nesta quarta-feira (1) o rompimento do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) com o governador Ricardo Coutinho (PSB) para a disputar do Governo do Estado.

Armando Abílio, que foi ficou conhecido como ‘Mãe Dinah’, por justamente acertar a aliança do tucano com o socialista quando a composição parecia impossível, também diz ‘vê’ o ex-governador aliado ao PSDB que tem como pré-candidato o ex-prefeito de Campina Grande Veneziano Vital do Rêgo e é presidido pelo ex-governador José Maranhão.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Ainda na sua ‘visão’, Armando Abílio ‘aposta’ que Cássio vai disputar o Palácio da Redenção juntamente com uma gama de partidos como PPS, PEN, OS, PSD e PTB.

Ainda segundo ele, a composição será eficiente e vencerá a eleição no primeiro turno. “Não haverá segundo turno”, visualiza o suplente de deputado federal em postagem no Twitter.

“Mãe Dinah prevê: Cássio é candidato coligado ao PMDB,PPS,PEN,PS,PSDPTN. Não haverá segundo turno”, escreveu o médico.

Previsões acertadas – Armando Abílio é conhecido na política paraibana por acertar previsões em relação as eleições no Estado. Fato ao qual tem recebido o apelido de Mãe Dinah, em comparação a vidente paulista que ganhou notoriedade ao afirmar que previu o empeachment do presidente Collor e o acidente que vitimou os integrantes da Banda Mamonas Assassinas.

Abílio também acertou ao afirmar a aliança do hoje governador Ricardo Coutinho com o senador Cássio Cunha Lima quando a composição entre o socialista e o tucano era considerada impossível nos bastidores da política paraibana.

No períodio que começava as discussões para as eleições 2012, Armando Abílio também previa o sucesso político do hoje vice-prefeito de João Pessoa que se lançava como pré-candidato a gestor pelo PPS, mesmo sem ter nenhuma popularidade na política e também nunca ter sido testado nas urnas. Abílio garantia que Nonato era o único no bloco político que poderia aglutinar legendas para enfrentar o grupo liderando pelo governador Ricardo Coutinho, a candidatura do senador Cídero Lucena e a do ex-governador José Maranhão. Mesmo não tendo encabeçado a chapa, Nonato Bandeira conseguiu a vaga de vice e junto com Luciano Cartaxo conseguiu vencer os outros três grupos considerados fortes.

Roberto Targino – MaisPB

De olho na disputa de 2014, ex-deputado do PT deve se filiar ao PSB paraibano

JeovaCampos356O Partido Socialista Brasileiro (PSB) está se fortalecendo eleitoralmente para as disputas estaduais do ano que vem. Esta semana a secretária de Comunicação do Estado, Estela Bezerra (que faz parte dos quadros do PSB), juntamente com o presidente do partido na Paraíba, Edvaldo Rosas, revelaram que até o próximo dia 4 de outubro a legenda estará apresentando os novos filiados.

Nem Estela, nem Edvaldo, confirmaram ou anunciaram nomes, mas o ex-deputado Jeová Campos (PT) deverá se filiar ao PSB.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“Jeová é um grande líder, um bom parceiro e estamos mantendo um bom diálogo”, destacou Estela.

O PSB ainda não confirmou a data oficial para a apresentação dos novos filiados e àqueles que desejem participar do pleito eleitoral de 2014, mas o partido tem até o próximo dia cinco para apresentar as fichas de filiações dos seus pretensos candidatos.

Por Fábio Augusto
Paraíba Já

 

Ex-deputado paraibano tem 20 dias para depositar R$ 104 mil em juízo por danos causados ao erário

O ex-deputado Carlos Batinga (foto), que responde a uma ação civil pública de improbidade administrativa, terá de depositar em juízo a quantia de R$ 104.739, 45. A ação refere-se a atos praticados na época em que ele foi prefeito da cidade de Monteiro. Batinga teve os bens penhorados por decisão da Justiça Federal. Seus advogados pediram a substituição da medida por depósito em conta judicial. De acordo com a União, os prejuízos causados ao erário somam, em valores atualizados, a importância de R$ 104.739,45.

Batinga contesta os números, afirmando que o valor do bloqueio dos bens tem de se limitar, estritamente, ao valor do dano, devendo ser excluídas eventuais multas e juros. Alega também que o valor a ser depositado como substitutivo da medida de indisponibilidade de bens deveria ser dividido entre os demais réus da ação, por se tratar de caso de solidariedade passiva

O magistrado rejeitou os argumentos de Batinga e manteve os valores fixados pela União, dando um prazo de 20 dias para ele providenciar o depósito.

“Adoto a planilha apresentada pela União como representativa do valor do dano apurado nestes autos (R$ 104.739,45), quantia esta que deve ser depositada em conta judicial à disposição deste juízo pelo réu Carlos Alberto Batinga Chaves como forma de substituição da medida de indisponibilidade determinada sobre seus bens. Fica advertido o réu que terá o prazo de 20 dias para providenciar referido depósito”, destaca a decisão.

G1PB

Prefeito chama o ex-deputado Armando Abílio de bandido e diz que ele superfaturou ambulância

O prefeito da cidade de Santa Helena, Elair Brasileiro (PSDB), taxou esta semana, o presidente do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), o ex-deputado Armando Abílio de bandido.

A declaração foi feita em uma emissora de rádio local, no programa do município, “Fala Prefeito: Santa Helena em destaque”. “Eu tenho um processo na Justiça Federal, referente à ambulância doada por esse deputado, que eu taxaria até de bandido. Uma ambulância que foi superfaturada por ele”, acusou o prefeito.

O gestor declarou que recebeu um “presente de grego” de Abílio, porque foi graças a essa ambulância que seu nome foi envolvido em um escândalo, chegando a responder a processo na Justiça Federal.

Elair disse ainda, que esse processo penaliza outras pessoas do município que nada tinham haver com a história.

Diário do Sertão