Arquivo da tag: estuprado

Mulher acusa vizinho de ter ‘sequestrado’ e ‘estuprado’ cadela em apartamento de condomínio

Uma ocorrência no mínimo inusitada foi registrada pela polícia de Campina Grande na noite deste domingo (06) no bairro Portal Sudoeste. Uma dona de casa acionou o Batalhão Ambiental da Polícia Militar para denunciar seu próprio vizinho, que segundo ela, teria sequestrado sua cadela e praticado relações sexuais com o animal dentro do apartamento onde ele mora.

O caso foi denunciado por uma bombeira civil, de 37 anos, que é a proprietária do animal. Ela contou que sua cadela estava presa, e seu vizinho, um homem de 30, teria a levado para dentro do seu apartamento, onde praticou o ato.

“Ele levou a cachorra para dentro do apartamento, ligou o som com o volume alto e praticou sexo com a cadela dentro do banheiro. Essa não foi a primeira vez que ele fez isso, em junho deste ano, já havia acontecido isso e o próprio filho dele havia flagrado o ato” comentou a vítima, em depoimento na Central de Polícia Civil de Campina Grande.

O acusado foi detido e encaminhado para delegacia, ele prestou depoimento e negou as acusações. O homem vai responder sobre as acusações em liberdade.

Blog do Márcio Rangel

 

 

Amostras de DNA de bebê estuprado no PI podem identificar suspeitos

(Foto: Robério Mendes/Rádio Imperial)
(Foto: Robério Mendes/Rádio Imperial)

A Polícia Civil do Piauí tenta identificar os suspeitos de envolvimento no estupro contra uma bebê de 1 ano e 3 meses em Pedro II, Norte do Piauí. Para ajudar na identificação, o conselheiro tutelar Francisco Santos informou que foi colhido material genético presente no corpo da criança e que as amostras foram enviadas para análise no estado de Minas Gerais.

“O laudo deve apontar se o material genético é de uma ou mais pessoas e, a partir disso, um exame de DNA deve ser feito caso alguém seja detido. Caso não, o material ficará armazenado em um banco de dados”, disse.

A bebê foi encontrada em um matagal com sinais de violência sexual por volta das 7h40 do domingo (7). O local fica a uns 500 metros da casa da avó, onde dormia quando foi levada do quarto ainda na madrugada. A bebê ficou sob os cuidados da avó materna e uma tia após a mãe sair para uma festa. Por volta das 2h, a tia acordou para amamentar a filha e percebeu que a sobrinha não estava mais na cama.

Delegada de pedro II (Foto: Reprodução/TV Clube)Delegada de pedro II (Foto: Reprodução/TV Clube)

Segundo a delegada que investiga o caso, Camila Miranda, mais de 15 pessoas serão ouvidas, entre elas alguns familiares e pessoas que estavam em um bar próximo ao local onde a criança foi encontrada. “Esses depoimentos serão importantes para a elucidação do crime. Muitas pessoas serão ouvidas. Já ouvimos alguns familiares e pessoas que estavam em um bar. Nossa investigação está avançando, mas não podemos afirmar nada ainda”, contou.

Além do material genético, a polícia também irá solicitar à Justiça a quebra do sigilo telefônico da tia da menina, que recebeu uma ligação de um número oculto horas antes da sobrinha ser encontrada. Conforme Camila Miranda, a pessoa informou o local onde a vítima estava.

Além da violência sexual, a menina foi agredida e os médicos relataram que havia hematomas na boca, próximo ao olho e no pescoço. A vítima teve que ser transferida para Teresina e foi submetida a exames que comprovaram o estupro. Além disso, foi necessária uma cirurgia para reconstrução da vagina da bebê.

Segundo a coordenadora do Serviço de Atenção a Mulheres Vítimas de Violência Sexual (Sanvis)  Sanvis, Maria Castelo Branco, durante o atendimento a equipe também constatou que o agressor tentou cometer o estupro anal.

“A vítima estava com a área genital dilacerada. Ela chegou ao hospital com um quadro muito delicado, passou por uma cirurgia de reconstrução do órgão genital, está em observação e passa bem”, disse a médica.

Entenda o caso
A suspeita de que uma bebê de 1 ano e 3 meses tenha sido abusada sexualmente abalou a família e deixou a população de Pedro II em estado de choque.

Na manhã do domingo, a notícia do desaparecimento da garota se espalhou pela cidade. Foi quando populares a encontraram sem roupa e com vários hematomas pelo corpo ao lado de um terreno baldio, segundo a polícia, local frequentado por usuários de drogas.

“Havia machucados pela boca e uma lesão próximo ao olho, além disso, a vagina dela estava bastante machucada”, relatou a delegada.

“Nós trabalhamos com a hipótese de ter sido mais de um. Testemunhas falaram em alguns nomes e ao que tudo indica são pessoas que conheciam o local e sabiam que abrindo aquela janela já teria acesso ao quarto”, falou ainda a delegada Camila Miranda.

A menina permanece internada na Maternidade Dona Evangelina Rosa e não corre risco de morte.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Mãe descobre que filho foi estuprado após dentista achar doença na boca

Uma mãe descobriu que o filho de 6 anos foi estuprado depois que o levou a uma dentista no posto de saúde em Avaré (SP). O garoto tinha uma ferida na boca e a profissional suspeitou que ele tinha HPV, uma doença sexualmente transmissível. Após três consultas com a equipe médica do local, foi confirmada a suspeita devido ao formato e coloração. Pressionado pela mãe, ele contou que foi abusado pelo vizinho, de 21 anos. De acordo com informações da Polícia Militar, o suspeito foi preso nesta terça-feira (25) e nega as acusações.

DST apareceu na boca da criança após suspeita de abuso sexual (Foto: Arquivo Pessoal)DST apareceu na boca da criança após suspeita
de abuso sexual em Avaré (Foto: Arquivo Pessoal)

“Depois que a criança contou com riquezas de detalhes sobre local, horário e até mesmo sobre as tatuagens do suspeito, a mãe reconheceu o vizinho e o prendemos preventivamente por 30 dias”, explica o delegado de Avaré, João Luiz de Almeida. O menino fez ainda um exame, que deve confirmar a doença nos próximos dias.

Ainda de acordo com Almeida, o abuso sexual aconteceu em maio quando o menino brincava na rua de casa, na Vila Esperança. “A criança contou que foi levada à força ao quintal de uma residência vizinha e que fica desocupada durante o dia e foi obrigada a fazer sexo oral. A data também coincide com o tempo em que o homem estava livre da prisão na casa onde mora – ele tem passagens por tráfico de drogas”, diz.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

A dentista que fez o atendimento à vítima, e que não quer se identificar, conta que a mãe achava que as feridas eram resultado de mordidas. Mas o HPV é característico por ter “verrugas” com manchas brancas, diz ela. “Retiramos a ‘verruga’ e entregamos para autópsia que deverá  confirmar o HPV. Agora é torcer para que a lesão não volte, senão será preciso medicar.”

O suspeito de ter abusado da criança não tem sintomas da doença no órgão genital, diz a polícia. Mas a dentista explica que o HPV pode não se manifestar no corpo. “Depende do organismo, do sistema imunológico”, explica. Por isso, o suspeito também fez exames no Instituto Médico Legal (IML) para comprovar a doença.

A polícia aguarda pelos exames que provariam o HPV na vítima e no suspeito. Os resultados devem chegar até a segunda semana de setembro, diz o IML. “O instituto não consegue provar que houve abuso por ter sido na boca, mas se ambos tiverem a mesma doença é outro forte indício da autoria do crime, já que a versão da criança é verossímil”, conta o delegado Almeida.

Operação da Polícia Civil resultou na prisão de 42 pessoas (Foto: Adolfo Lima/ TV TEM)Polícia Civil prendeu principal suspeito do abuso por 30 dias (Foto: Adolfo Lima/ TV TEM)
G1

Homem é estuprado por 3 mulheres e tem sêmen roubado

Um homem ainda não identificado, afirmou para a polícia de Port Elizabeth, na África do Sul que foi vítima de um estupro coletivo. De acordo com ele, três mulheres o sequestraram e o estupraram agindo violentamente na ação.

O homem que afirmou estar bastante traumatizado, declarou que três mulheres que estavam em um veículo modelo BMW de cor preta pararam e perguntaram para ele sobre um endereço de uma rua próxima.

Antes mesmo de responder, o homem foi colocado à força dentro do veículo e levado para uma área isolada. No local, as mulheres obrigaram a vítima a ingerir um líquido e o estupraram, para em seguida, recolher o seu sêmen e colocar em um saco plástico.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

“A substância que ele foi obrigado a beber fez com que ele ficasse excitado rapidamente, então as mulheres aproveitaram para realizar o ato sexual”, disse o policial. Após o crime, o homem foi deixado no meio de uma estrada deserta.

Homem estuprado/ Foto: Ilustrativa
Homem estuprado/ Foto: Ilustrativa
FONTE:

  • Com informações do O Globo

Menino de sete anos é estuprado por dois homens em Cajazeiras

institutoUm menino de sete anos de idade teria sido estuprado na cidade de Cajazeiras, na última segunda-feira (19), por dois homens. O crime teria sido revelado a mãe pela própria criança, que não soube informar quem seriam os acusados.

O menino é morador do Bairro São Francisco e contou a mãe que os estupradores colocaram o pênis violentamente em sua boca, chegando a feri-lo e depois introduziram o pênis no ânus, causando vários ferimentos e sangramento.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A Polícia Militar foi acionada e juntamente com o Conselho Tutelar socorreu a criança  para o Hospital Universitário Júlio Bandeira (HUJB), onde foi medicado e encaminhado a Maternidade para realizar exames, a exemplo de teste de HIV.

Segundo o Conselho Tutelar, o menino também foi submetido a uma cirurgia devido à gravidade da violência sexual.

MaisPB

Belém: Homem de 60 anos é linchado por populares acusado de ter estuprado menina de 10 anos

Foto: Tirada de  celular de uma testemunha do linchamento
Foto: Tirada de celular de uma testemunha do linchamento

Na tarde deste domingo, 18 de maio de 2014, por volta das 16:30h, um senhor de 60 anos, José Tomé da Silva, conhecido por “Lengo”, estava sendo Linchado por populares nas intermediações do cemitério municipal de Belém. Quando a Policia Militar chegou ao local evitando assim a morte de “Lengo”.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

José Tomé da Silva é suspeito de ter estuprado uma menor de 10 anos de idade, na noite de ontem, sábado (17). Segundo o Subtenente dos Santos; que desde ontem estava trabalhando no caso e juntamente com o Cabo Ramiro e os Soldados Cassiano e Michael que efetuaram a prisão do acusado, a menor confessou na frente da genitora, o ato praticado por José Tomé da Silva.
Em entrevista a nossa equipe o filho do acusado nos revelou que, não era a primeira vez que o pai fazia isso com crianças, que tanto ele como a mãe já havia dado conselhos para que “Lengo” parasse com isso, mas o mesmo ficava agressivo, quando o filho e a esposa reclamavam com ele. Mas não concorda com o linchamento feito pelos populares.
O acusado foi encaminhado para o hospital Distrital de Belém, onde a multidão revoltada estava à espreita. O mesmo foi medicado e em seguida seria conduzido para a Delegacia com o apoio do policiamento de Solânea que foi solicitado.
Por Henrique Filho

Casal é sequestrado, estuprado e roubado no interior da Paraíba; vítimas são liberadas no RN

Reprodução/ jornaldebarauna
Reprodução/ jornaldebarauna

A Polícia Militar da Paraíba registrou nesse domingo (13), o sequestro de um casal, que teria sido estuprado e roubado na cidade de Baraúnas, no Curimataú do estado. As vítimas foram liberadas na cidade de Jacanã, no Rio Grande do Norte, a cerca de 40km do local de onde ocorreu o crime.

De acordo com informações contidas na Súmula de Ocorrências Operacionais da PM, o casal relatou que quatro homens chegaram em um veículo preto e, armados de pistolas, arrombaram a porta da casa das vítimas a procura de dinheiro.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Ainda de acordo com a PM, como os suspeitos não encontraram nenhum valor, eles levaram o casal e a motocicleta dele. As vítimas disseram ao sargento Wellington que durante o seqüestro foram estupradas.

Guarnições da Rádio Patrulha e CPU das cidades de Cuité, Nova Florestas e Baraúnas fizeram um cerco no local da ocorrência, mas devido a demora para comunicar o crime, os policiais militares não tiveram êxito na prisão dos suspeitos.

Segundo o major Afonso Galvão, comandante do 9º Batalhão de Polícia Militar de Cuité, o casal teria envolvimento com o tráfico de drogas e os bandidos estavam em busca de dinheiro para pagar a dívida adquirida pelas vítimas.

“Fizemos um levantamento e constatei que o casal é viciado em drogas e as vítimas deviam ao tráfico. Como não fizeram o pagamento, os bandidos vieram cobrar”, comentou o major Galvão.

 

 

portalcorreio

‘Ele batia na minha mãe, abusava de mim’, diz menino estuprado pelo pai

abusoAbusadas pelo próprio pai, quatro crianças detalham os crimes e a rotina de medo que imperava dentro de casa em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. A mãe dos meninos era ameaçada de morte para não denunciar as agressões, que duraram cerca de três anos.

O suspeito, Renato Lúcio de Matos, 42 anos, foi preso na segunda-feira (11) quando a mulher se revoltou com a última investida do marido: ele queria abusar do mais novo, de apenas dois anos. Ele reagiu à prisão usando um dos filhos como “escudo” e tentou tomar a arma de um policial.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A dona de casa Silvia Carla Magalhães conta que Renato de Matos é agressivo dentro de casa.

— Já tem uns três anos que ele tenta abusar dos meninos, de mim também. Ele é usuário de drogas, chega agressivo dentro de casa, ameaça de morte. Tirava a roupa dos meninos, passava a mão nas partes íntimas dos meninos.

Os meninos têm 2, 7, 9 e 13 anos. Um deles detalha os episódios de violência doméstica.

— Eu vi ele batendo na minha mãe, eu vi ele escondendo droga dentro de casa, abusando de mim. Tem um tempão.

Outro filho conta como o pai tentou impedir a prisão.

— Eu tenho (medo). Tem dia que ele bate na gente, chega “doidão”. Hoje ele enforcou, pegou de surpresa e levou pra rua, perto dos policiais. Aí tomou um tiro no pé.

Silvia Magalhães já havia chamado a polícia outras duas vezes, mas disse que foi impedida de abrir o portão para os militares.

Renato de Matos foi levado para o Hospital Municipal de Contagem por causa do tiro na panturrilha. Ele está escoltado por PMs.

No hospital, uma vizinha de 12 anos contou que também teria sido abusada por ele.

— Ele passou a mão no meu corpo, tentou abusar de mim também. Todo mundo do bairro sabia, mas fica com medo.

180 Graus

Casal é estuprado e homem tem garrafa de soro introduzida no ânus em CG

Policial .Um casal foi estuprado no final da noite dessa quinta-feira (23) no bairro Alto Branco, área nobre da cidade de Campina Grande, no Agreste paraibano. O homem de 57 anos teve uma garrafa de soro fisiológico introduzida no ânus.

A diarista relatou à equipe da TV Correio/Record HD que estava deixando o trabalho, na companhia do esposo, quando o casal foi surpreendido por três homens. Os suspeitos, que estavam com os rostos encapuzados e um deles armado, levaram o casal para um terreno baldio e praticaram o crime. De acordo com uma das vítimas, o trio apresentava estar sob o efeito de drogas.

A mulher comentou que o estupro durou cerca de uma hora e meia. Durante a execução do crime, os homens introduziram uma garrafa de soro fisiológico no ânus do marido. Após ser liberado, o casal foi para casa no bairro José Pinheiro, onde ela ainda tentou retirar o objeto, mas sem sucesso.

O homem foi levado – pela esposa – para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande onde foi submetido a um procedimento cirúrgico para a retirada do plástico. Ele passa bem. Os bandidos ainda não foram identificados.

Portal Correio 

Jovem teria estuprado mulher e foi dormir após o crime, em João Pessoa; ele foi preso

casos-de-policiaUm jovem foi preso suspeito de estuprar a vizinha na madrugada desta quarta-feira (25), no bairro dos Bancários, em João Pessoa. De acordo com Delegacia da Mulher da Capital, após o crime, o homem foi dormir.

Conforme consta no depoimento da vítima na delegacia, ela estava dentro de casa quando teve a residência invadida pelo jovem. A mulher mora em uma vila e o acusado reside vizinho dela.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A vítima relatou que o homem estava armado e a obrigou a manter relações sexuais com ele. A Polícia Militar foi acionada, mas os policiais não invadiram o imóvel dele por falta de autorização.

Uma equipe da Delegacia da Mulher esteve no imóvel e encontrou o homem dormindo. Ele apresentava sinais de embriaguez e estava sob efeito de drogas, disseram os agentes da Polícia Civil. O suspeito do crime foi levado para a delegacia e transferido para a Central de Polícia Civil de João Pessoa.

A mulher foi submetida a exames no Instituto de Polícia Científica (IPC) da Capital e levada para a Hospital e Maternidade Cândida Vargas onde foi medicada para evitar a gravidez e doenças sexualmente transmissíveis.

 

 

portalcorreio