Arquivo da tag: estupra

Marido espanca, estupra esposa e mata sogra a facadas na PB

Um crime bárbaro foi registrado entre a noite desta terça-feira (30) e a madrugada desta quarta-feira (01)  na cidade de Sossego, no curimataú paraibano.

O acusado, um homem identificado por Jaedson Faustino de Oliveira, popularmente conhecido por “Birico”, levou a esposa para um matagal, abusou sexualmente dela e a agrediu violentamente, deixando-a desfigurada.

Segundo as informações do site Rede Mais Notícias e da Rádio 89 FM de Cuité, o caso aconteceu no sítio Timbaúba. zona rural daquele município. Insatisfeito, ao voltar para casa o acusado ainda teria esfaqueado a sogra que acabou não resistindo aos ferimentos vindo a óbito ainda no quintal de casa.

Após cometer os crimes, Birico evadiu-se do local levando alguns pertences.

A polícia do 9° BPM realizou diligências por toda a região mais até o fechamento da matéria o acusado não havia sido localizado.

Segundo populares, o acusado costumava agredir a esposa e a sogra, mas as vítimas nunca haviam procurado as autoridades para denunciá-lo.

Da Redação 
Do ExpressoPB

 

 

Dupla em moto rende adolescentes, espanca uma e estupra outra na PB

Duas adolescentes de 17 anos foram vítimas de uma barbaridade na noite desta sexta-feira (6). As meninas tinham acabado de sair do ensaio de uma banda escolar quando foram abordadas por dois homens em uma moto.

De acordo com as vítimas, o crime aconteceu por volta das 20h, no bairro do Heitel Santiago, na cidade de Santa Rita. A dupla se aproximou e, apontando armas, obrigou as meninas a entrarem em uma casa abandonada. No local, os suspeitos espancaram uma das vítimas e violentaram sexualmente a outra.

Após o crime, segundo o relato das adolescentes, a dupla subiu novamente em uma moto Honda Bros de cores branca e preta e fugiu. Feridas e bastante abaladas, as meninas pediram ajuda e foram conduzidas até a 6ª Delegacia Distrital, em Santa Rita.

A Polícia Militar também foi acionada, realizou buscas na área onde o caso ocorreu, mas nenhum suspeito foi preso.

PB Agora

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Menina escreve carta e denuncia que pai estupra as 2 irmãs dela em MT

(Foto: Divulgação/PM)
(Foto: Divulgação/PM)

 

Uma criança de 12 anos escreveu uma carta e denunciou o estupro das duas irmãs, de 11 e 15 anos, sofrido pelo pai delas, em uma fazenda na região de Araguaiana, a 570 km de Cuiabá. A menina entregou a carta para uma professora, que levou o caso ao Conselho Tutelar e à Polícia Militar nesta quinta-feira (23). O pai das vítimas, de 40 anos, foi preso e autuado, mas negou os crimes. Os abusos, entretanto, foram confirmados por exames, segundo a Polícia Civil.

Menina escreve carta e denuncia que pai estupra as 2 irmãs dela em MT (Foto: Divulgação/PM)Menina escreveu carta e denunciou que o pai estuprava as 2 irmãs dela (Foto: Divulgação/PM)

Na carta, a menina diz que o pai é ‘ruim’ e que estupra as duas irmãs dela. Ela também afirma que o pai deixa as crianças tomarem bebidas alcoólicas, mas não permite que tenham amigos. Em outro trecho, a criança conta que a irmã dela, de 15 anos, está com o olho inchado porque ficou acordada a noite toda e que foi estuprada. No final da carta, a menina diz que ‘jura por Deus’ que o pai estuprou as irmãs. Ela também fez um desenho do pai preso em uma cela.

De acordo com o comandante da PM, subtenente Elton Vieira, o Conselho Tutelar já monitorava a situação e tentou por diversas vezes ter contato com as crianças. No entanto, o pai das vítimas não permitia as visitas ou aproximação dos conselheiros. Havia denúncias de que as crianças eram abusadas sexualmente e que eram vítimas de maus-tratos e agressão.

As crianças, de 11 e 12 anos, além da adolescente e o irmão delas, de 14 anos, moravam sozinhas com o pai na zona rural de Araguaiana. A mãe está presa por tráfico de drogas no município de Piranhas, em Goiás. “A diretora [da escola] recebeu da professora a foto da cartinha da criança, que revelava esses abusos contra as irmãs. Inclusive a carta pontuava que a adolescente teria sido estuprada durante toda a noite”, disse o comandante da PM.

De acordo com a polícia, o pai das crianças trabalhava como seringueiro em uma fazenda da região. “Eu conversei com ele [o suspeito], que não falou nada. Ele abaixava o olhar e não queria olhar para nós [policiais]. Ele estava abalado com a situação [da descoberta do crime]”, comentou o comandante.

Os pais são separados desde antes da prisão da mãe das vítimas. Duas das crianças moravam com a mãe, até que tiveram que se mudar para a casa do pai depois que ela foi para a cadeia.

Estupro
O suspeito, as duas crianças e os dois adolescentes foram levados para a delegacia da Polícia Civil em Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá. Conforme o delegado que começou a investigação, Wilyney Santana Borges, apenas a criança de 12 anos (que escreveu a carta) e o irmão dela não teriam sido vítimas dos abusos.

“Conversamos com a adolescente de 15 anos e com a criança de 11 e elas confirmaram os abusos. A menina de 15 anos tomava anticoncepcional fornecido pelo pai. Ele já a molestava há anos. Encaminhamos as meninas para exames que confirmaram os abusos”, afirmou o delegado ao G1.

A criança de 11 anos teria começado a sofrer os abusos há quatro meses, época em que passou a morar com o suspeito quando a mãe foi presa por tráfico de drogas. “A criança de 12 anos escreveu a carta e entregou para a professora. O menino de 14 anos é fechado, meio que protege o pai”, comentou o delegado.

O pai das crianças não permitia a visita do Conselho Tutelar, mesmo com várias denúncias de maus-tratos na região onde moram. “Ele negou os abusos, mas reconheceu que comprava o anticoncepcional para a adolescente porque, segundo ele, ela tinha o ciclo menstrual desregulado”, relatou.

O delegado perguntou ao suspeito qual punição ele acha que deveriam receber as pessoas que cometem abusos contra crianças, principalmente contra os próprios filhos. “Ele disse que não poderia julgar ninguém e que tudo teria uma causa de ser e uma explicação”, finalizou o delegado.

O seringueiro foi autuado por estupro e estupro de vulnerável. O pai das crianças foi encaminhado para a Cadeia Pública de Barra do Garças. As vítimas foram levadas para um abrigo e estão sob a guarda do Conselho Tutelar. Os conselheiros e o Ministério Público devem fazer uma triagem para identificar se há algum familiar que poderia cuidar das crianças.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Homem estupra a própria filha no Dia dos Pais

sireneUm homem foi preso, suspeito de estuprar a própria filha no Dia dos Pais, no bairro Mucuri, em Cariacica, no Espírito Santo, na madrugada deste domingo (14). Antes de cometer o crime, o homem leu a Bíblia com a menina e o irmão dela.

A filha, uma adolescente de 15 anos, tinha ido visitar o pai com o irmão mais novo para passar o final de semana e comemorar o Dia dos Pais.

Os irmãos foram para a casa do pai no sábado à tarde. Os pais são separados há 9 anos e, conforme combinado na Justiça, os adolescentes passam um final de semana a cada 15 dias com o pai.

“Chegamos à tarde e saímos os três para lanchar, à noite. Quando voltamos, ele saiu sozinho de casa e logo retornou. Nos preparamos para dormir, como fazemos sempre. Ele leu a Bíblia para nós e disse que muitas pessoas precisavam de orações”, contou a menina.

O pai dormiu entre os dois filhos. Durante a madrugada, porém, ele acordou e cometeu o crime contra a filha.

No início da manhã, a estudante fugiu da casa, deixando para trás o irmão e o telefone celular. Ela conseguiu chegar à casa da avó materna, que também mora em Cariacica, e contou que havia sido estuprada pelo pai.

A avó, imediatamente, comunicou à mãe, que mora na Serra e chamou a polícia. “Tenho a sensação que isso tudo é um pesadelo, que vou acordar a qualquer momento e que nada disso terá acontecido. Eu espero nunca mais vê-lo e que a Justiça seja feita”, completou a adolescente.

“Meus filhos sempre o defenderam, pediam para vê-lo. Eu tentei evitar que o vissem”, contou a mãe da menina, uma dona de casa de 38 anos.

Pai confessou o crime

Preso, o pai, um montador de móveis de 39 anos, confessou o crime e disse que havia usado drogas. Sobre ter estuprado a filha, ele disse que não sabia explicar porque havia estuprado a filha.

“Eu havia usado cocaína e crack e fiz o que fiz. Saímos para lanchar e voltamos pra casa. Eu saí e usei drogas. Quando voltei, nos preparamos para dormir, juntos, como sempre fazemos, abraçados os três. Lemos a Bíblia como de costume e aconteceu isso”, disse.

Ele disse que se arrependeu de ter estuprado a filha. “Estou com vergonha. Ao invés de eu dar um presente para minha filha, eu a magoei. Peço perdão. Agora é esperar que a Justiça seja feita”, completou.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Mulher invade casa e estupra homem que estava dormindo

chantageNos Estados Unidos, uma mulher foi acusada de estuprar um homem – que estava dormindo -, após invadir seu apartamento no meio da noite.

Chantae Marie Gilman, de 28 anos, admitiu o estupro, mas afirmou não conhecer o homem e não se lembrar de nada do que aconteceu naquela noite.

A mãe de três filhos, que diz sofrer de transtorno bipolar e psicose, subiu na cama da vítima enquanto ele dormia.

O homem contou a polícia que acordou por volta das 2 horas da manhã e encontrou a mulher, que pesa aproximadamente 100 quilos, tendo relação sexual com ele enquanto segurava suas mãos sobre sua cabeça.

Após muitas tentativas, ele conseguiu expulsar Chantae de sua casa e procurou a polícia para relatar o ocorrido. Os oficiais confirmaram a acusação de estupro depois que o DNA da acusada foi encontrado na vítima.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

O detetive Drew Fowler, de Seattle, disse em entrevista ao Komo News: “Do ponto de vista estatístico, um agressor do sexo feminino é atípico. Mas nós vamos trabalhar para assegurar que todas as pessoas sejam responsáveis por suas ações. A lei é válida para todos os gêneros e nós iremos cobrar qualquer pessoa que cometa esse crime”.

O caso aconteceu em junho de 2014. Este ano, Chantae Gilman foi declarada culpada e será sentenciada no dia 19 de junho. Seu acordo judicial exige que ela cumpra dois anos de liberdade condicional, após libertação da prisão preventiva.

TERRA

Homem estupra amigo embriagado em roça no litoral do Piauí

Uma Guarnição da Companhia Independente de Policiamento Turístico (CIPTUR), sob o comando do Sgt Egildo, prendeu o lavrador Fabiano Melo do Nascimento, de 27 anos, sob acusação de estupro. O acusado reside no povoado Bezerro Morto (zona rural de Luis Correia), local onde foi efetuada a prisão.

Segundo informações de uma testemunha identificada como Nelsione da Rocha Silva, Fabiano e um amigo de iniciais F.S., de 47 anos, estavam consumindo bebida alcoolica durante os trabalhos da queima de uma roça. Fabiano aproveitou-se da embriaguez do amigo e acabou o abusando sexualmente.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O denunciado nega as acusações, porém a testemunha afirma veemente que presenciou o ato. Já a suposta vítima nada lembra, pois estava completamente alcoolizada. Diante dos fatos Fabiano recebeu voz de prisão e foi conduzido a Delegacia de Luis Correia para os procedimentos cabiveis ao caso.

Acusado- Fabiano Melo do Nascimento

Testemunha-Nelsione da Rocha Silva

A suposta vitima

 

FONTE:

  • Blog do Coveiro

Pedreiro estupra adolescente em matagal e é preso em flagrante pelo 2º BPM

presidioO pedreiro Anderson Gabriel da Silva, 22 anos, foi preso em flagrante na noite desta sexta-feira (22), após violentar sexualmente uma adolescente de 15 anos, nas mediações do Sítio Lucas em Campina Grande.

O acusado foi encontrado nas proximidades de onde o crime foi consumado, após diligências de policiais integrantes do 2º Batalhão da Polícia Militar, sob o comando do tenente coronel Souza Neto.

Anderson Gabriel foi reconhecido pela vítima e em seguida, levado à Central de Polícia da cidade. De acordo com relato da adolescente para a polícia, o pedreiro teria lhe atacado em um matagal.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A adolescente foi encaminhada ao Instituto de Medicina Legal (IML), para realização de exame de conjunção carnal. Anderson Gabriel residia na mesma localidade onde cometeu o estupro e já foi encaminhado ao Presídio Regional do Serrotão.

 

 

Pollyana Sorrentino, Portalcorreio

Contando história de leão, marido de avó estupra criança de 4 anos em CG

A história de abuso sexual contra menores sempre se repete. Existe um parente, que acaba estuprando uma criança. Infelizmente está uma estatística que não queríamos noticiar. Mais uma criança na Paraíba sofre abuso sexual. Dessa vez ela tem apenas 4 anos de idade e foi estuprada pelo enteado avô.

Enteado Avô detido

Enteado Avô detido (Foto: @LennonBrandao)

O fato aconteceu na noite desta quarta-feira (16), no bairro da Liberdade em Bayeux. Sebastião Veloz da Silva, 53 anos, estava cuidando do menino, enquanto o seu pai não chegava do trabalho. Ele atraiu o “neto” para o quarto dizendo que iria contar uma história do leão. O acusado pediu para criança virasse de costas e conseguiu violentá-la a com o dedo.

Quando o pai da criança chegou notou que o “avô” estava desconfiado. O garoto relatou ao pai que estava sentindo muitas dores. Ao conversar com o filho, ele soube o que aconteceu em sua residência.

Policiais da Força Tática do 2º BPM foram chamados e conseguiram prender em flagrante o acusado. De acordo com o tenente Lennon Brandão da Força Tática do 2º BPM, um exame foi feito e constatado o abuso sexual no garoto de 4 anos de idade.

O acusado foi encaminhado para Central de Polícia. A prisão foi realizada pelo tenente Lennon Brandão e o sargento Assis, da Força Tática do 2º BPM de Campina Grande.

Priscila Andrade

Portalcorreio