Arquivo da tag: estudantes

Primeiro encontro de profissionais e estudantes de gestão de pessoas da Paraíba (EPEGEP-PB) acontece nesta sexta-feira na faculdade IESP

A Faculdade IESP promoverá nesta sexta-feira, dia 03 de Maio, às 19 horas, o Primeiro EPEGEP-PB (Encontro de Profissionais e Estudantes de Gestão de Pessoas da Paraíba), o evento tem como tema “Benchmarking de Práticas de Gestão de Pessoas”.

A iniciativa, que conta com o apoio da ABRH-PB, tem confirmado como palestrantes os representantes das empresas Digna (Josemar Soares), Softcom (Renato Rodrigues) e Armazém Paraíba (Max Felizardo), organizações finalistas do Prêmio Great Place to Work da Paraíba 2018 (Melhores empresas para se trabalhar) e a AeC (Yvete Alves) empresa que integra soluções de inteligência artificial nos processos de RH, que compartilharão com o público presente as suas melhores práticas na área de gestão de pessoas.

O evento também contará com as presenças de Geraldo Rosa, Presidente do CRA-PB (Conselho Regional de Administração da Paraíba), que falará sobre a atuação do conselho na área de Gestão de Pessoas em nosso estado e Maria da Penha, Presidente da ABRH-PB (Associação Brasileira de Recursos Humanos da Paraíba), que além de abordar as ações da instituição, sorteará cortesias para a 29º Edição do Congresso Paraibano de Gestão de Pessoas da Paraíba que acontece no segundo semestre de 2019 em João Pessoa.

O evento é uma realização da Faculdade IESP, que tem como Diretora Geral Erika Marques, em parceria com os setores Núcleo de Carreiras (Ilma Garcia), Coordenações dos Cursos de Recursos Humanos (Marcelle Sodré) e Pós Graduação em Gestão de Pessoas (Odilon Carreiro) do IESP. O I EPEGEP-PB tem como público alvo os estudantes e profissionais da área de Gestão de Pessoas, as inscrições são gratuitas e com vagas limitadas, podendo ser realizadas através de o link a seguir: https://www.even3.com.br/epegeppb/

EPEGEP-PB

Data: 03/05/2019 (Sexta)

Horário: 19h00 às 21h30

Local: IESP – Bloco Central Auditório II. Rodovia BR 230, Km 14, s/n, Morada Nova, Cabedelo – PB.

SITE DA FACULDADE IESP

https://www.iesp.edu.br/

SITES DAS INSTITUIÇÕES ABRH-PB E CRA-PB

https://www.abrhpb.com.br/

http://www.crapb.org.br/

SITE DAS EMPRESAS PARTICIPANTES

http://www.planodigna.com.br/

https://www.aec.com.br/

http://www.softcomtecnologia.com.br/

http://www.armazempb.com.br/

 

 

SES vacina quase 5 mil estudantes contra HPV no mês de março na PB

Durante o mês de março, a Secretaria de Estado da Saúde (SES), em conjunto com a Secretaria de Educação e da Ciência e Tecnologia, intensificou a vacinação contra o HPV nas escolas públicas e privadas da Paraíba. O objetivo foi reforçar as atuais ações de prevenção dos cânceres do colo do útero, pênis, verrugas genitais, boca e orofaringe. O público-alvo é composto por meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos.

As atividades foram realizadas em 226 escolas e administradas 4598 doses, até o momento.

“Alguns municípios desenvolvem ações de vacinação contra o HPV, no mês de abril. Observamos que o monitoramento das coberturas vacinais reflete uma queda nos anos em que não foi utilizada a estratégia de vacinação nas escolas. Então, é fundamental que os municípios façam esforços para garantir a vacinação da população, reiterando a importância de alcançar altas e homogêneas coberturas vacinais por faixa etária”, pontuou a assessora técnica do Núcleo de Imunização da SES, Márcia Mayara.

Em 2014, ano de introdução da vacina contra o HPV, a cobertura da primeira dose na Paraíba alcançou mais de 100%, resultado da vacinação ter ocorrido, na sua maioria, em ambiente escolar.

“É uma ação estratégica desenvolvida para o maior alcance do público-alvo da vacinação contra o HPV. Esta ação faz parte do Programa Saúde na Escola, uma política intersetorial que tem como objetivo promover saúde e educação integral para crianças, adolescentes, jovens e adultos”, disse Márcia Mayara.

Dados – Na Paraíba, em 2018 foram registrados 138 óbitos por câncer do colo do útero. Outras 133 mortes contabilizadas em 2017 pelo mesmo motivo. Já em 2016, foram registradas 113 mortes em decorrência do câncer do colo do útero.

PB Agora

 

 

Aulão realizado em Solânea prepara estudantes para concurso da UFPB

No último dia 24 de março aconteceu o 1° Aulão de revisão para concursos. O evento foi realizado no Cineteatro Municipal de Solânea.

O aulão serviu para revisão do concurso da UFPB, com a promoção do Letra Exata Preparatório para concursos, de Solânea, em parceria com o Seletto Concursos, de João Pessoa.

“Foi o primeiro evento de uma série de outros aulões que ocorrerão buscando prestigiar os concurseiros da nossa região. Agradecemos a confiança dos nossos alunos de Solânea, Bananeiras e cidades circunvizinhas que fizeram do último domingo um dia muito proveitoso de estudo e foco, em busca da sua aprovação no concurso da UFPB que se aproxima, dia 07 de abril”, destacaram Francisco Alexandre e Rosângela, representantes da empresa Letra Exata.

Redação FN

 

 

Homem ataca estudantes com faca e deixa um morto em pensionato de Maringá

Um jovem de 22 anos foi morto a punhaladas após um homem atacar estudantes em um pensionato na madrugada deste domingo (17) em Maringá, no norte do Paraná. Outros dois rapazes ficaram feridos. O suspeito foi preso, segundo a Polícia Civil.

O crime aconteceu na Zona 7. O autor do ataque morava nos fundos da residência. De acordo com a Polícia Civil, ele entrou na casa por volta das 2h e atacou três rapazes que estavam na cozinha. Dois conseguiram fugir e foram perseguidos na rua pelo suspeito.

As vítimas e vizinhos que ouviram a confusão acionaram a Polícia Militar (PM). O homem havia retornado para o pensionato para atacar outros estudantes, quando foi contido por uma equipe policial, segundo a PM. Ele foi preso e levado para a Delegacia de Polícia Civil de Maringá.

O estudante Orivaldo José da Silva Filho, de 22 anos, foi atacado pelo suspeito. Ele tentou fugir, mas acabou não resistindo aos ferimentos e morreu no local. O jovem era do de Conchas, no interior de São Paulo, e estava em Maringá onde se preparava para ingressar em uma turma de doutorado em Química.

Os outros dois jovens que fugiram ficaram feridos. Eles foram encaminhados para hospitais da cidade e continuam internados. A polícia não informou a idade dos jovens feridos.

Suspeito preso

Segundo a Polícia Civil, o autor do ataque é Osvaldo dos Santos Pereira Junior, de 26 anos. Ele foi preso em flagrante pela Polícia Militar e ouvido pela Polícia Civil na manhã deste domingo (17).

O suspeito confessou que esfaqueou os jovens e disse à polícia que era maltratado na casa. Ainda de acordo com a Polícia Civil, o homem estava muito transtornado no momento do crime e pediu para que os jovens se ajoelhassem. Na sequência, atacou as vítimas com um punhal.

A Polícia Civil informou que investiga o crime e que irá apurar a saúde mental do suspeito.

Segundo a polícia, o suspeito ainda não tem advogado constituído.

Residência onde ataque aconteceu fica na Zona 7, em Maringá — Foto: Honório Silva/RPC

Residência onde ataque aconteceu fica na Zona 7, em Maringá — Foto: Honório Silva/RPC

G1

 

Medida de Temer que acabou com as pesquisas no Brasil revolta estudantes da Paraíba

Aprovada com ampla maioria em plenário, a PEC 241/2016, que limita gastos da União por 20 anos e acaba com a destinação de recursos para pesquisa no país, teve uma grande articulação do governo Michel Temer (MDB). A medida acabou com o sonho de seguir carreira acadêmica, da comunicóloga Gilmara da Mata que ingressou este ano como aluna do mestrado em Comunicação da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), no Campus da Capital, e faz parte do universo de 2.532 pessoas beneficiadas com bolsas de pós-graduação disponibilizadas pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) nas instituições federais de ensino superior na Paraíba.

Ligada ao Ministério da Educação (Mec), no último dia 3 a entidade ameaçou suspender todas as bolsas destinadas aos estudantes de pós-graduação, em virtude do corte no orçamento da pasta governamental. Contudo, no último dia 6 o Mec garantiu o pagamento das bolsas em 2019. Mas, ainda assim, a possibilidade da medida assombra estudantes e professores.

“O mestrado pede de você uma dedicação muito grande. Além das aulas, nós temos que participar de congressos, escrever artigos para revistas científicas, fazer estágio. Tudo isso é um gasto e é difícil conciliar com trabalho. Então, a bolsa é uma ajuda mínima, mas que garante uma certa segurança para você se manter só estudando”, disse a mestranda Gilmara da Mata.

A UFPB, onde ela estuda, é a instituição federal na Paraíba que detém a maior parte das bolsas ofertadas pela Capes (1.708). Ainda assim, a pró-reitora de pós-graduação da universidade, Maria Luiza Feitosa lembrou que há quatro anos o número de bolsas era superior ao que se tem atualmente.

Ela revelou ainda que os novos programas de mestrado e doutorado são os mais penalizados com a falta de bolsas para os estudantes. “A Capes tem feito um controle maior sobre as bolsas e isso afetou os programas mais novos. A gente tem um quantitativo de bolsa razoável, mas foram criados novos cursos e estes têm dificuldades para receber bolsas. A gente tenta fazer um remanejamento, mas é difícil. O que têm reforçado e garantido algumas bolsas para esses novos mestrados e doutorados foram os dois editais lançados pelo Fundo de Pesquisas do Estado da Paraíba (Fapesq), que é do governo estadual”, explicou a pró-reitora.

UFCG. Na Universidade Federal de Campina Grande, o pró-reitor de pós-graduação, Benemar Alencar, também confirmou as dificuldades dos novos programas em conseguir bolsas via Capes. Segundo ele, nos últimos anos o número de bolsas disponibilizadas tem se mantido. No entanto, mas a maior parte dos programas recentes de mestrado e doutorado ficam sem o benefício para os alunos.

“O número de bolsas que nós temos tem se mantido o mesmo desde 2013, mas a desproporção vai aumentando a medida que os novos cursos ficam sem bolsas, que também não receberam reajuste”, comentou o pró-reitor, Benemar Alencar.

 

 

PB Agora

I Fórum Paraibano das Estudantes e das Profissionais da Contabilidade

No último sábado dia 04/08, tivemos a honra de participar do I Fórum Paraibano das Estudantes e das Profissionais da Contabilidade. O evento foi realizado na auditório do Sebrae na cidade de João Pessoa – PB.

Tivemos a presença de mulheres engajadas na política, a exemplo da Primeira Dama de João Pessoa, a Sra. Maísa Freire Cartaxo e a secretária do desenvolvimento humano do estado da Paraíba, Cida Ramos.

Grandes palestras como a da Contadora Liêda Amaral de Sousa, falando sobre: Contabilidade: Perspectivas e desafios em um mundo digital.

Palestra sobre: Contabilidade Consultiva, um caminho sem volta! Com a nacionalmente conhecida Marlise Alves Teixeira e a Palestra sobre: Gestão e Empreendedorismo na Contabilidade com Yeda Silveira Martins Lacerda.

Talk Show – Mulheres de Sucesso com Danielle Fernandes Rodrigues, Maria Edineide Costa, Francisca Leite, Mestra Doci, Hilda Lucena e Daniele Chianca Ramalho.

Presença também das Contadoras mediando as palestras do Evento: Clair Leitão, Jucileide Ferreira Leitão, Terezinha Carvalho e Luciana Dias Barros Martins.

O Evento reuniu profissionais da contabilidade, estudantes, empresários, colaboradores do CRCPB e foi realizado pelo Conselho Regional de Contabilidade e a Comissão da Mulher Contabilista do Estado da Paraíba, nas pessoas de Vilma Pereira – Presidente do Conselho estadual da Paraíba e Edimery Tavares Barbosa, Coordenadora da Comissão da Mulher Contabilista da Paraíba.

Que venham os próximo eventos!
Esse foi maravilhoso, todos estão de parabéns!

Luciana Dias

Estudantes lançam comitê em defesa da democracia e do direito de Lula ser candidato

Na tarde desta terça-feira (03) foi lançado no Campus III da Universidade Estadual da Paraíba, na cidade de Guarabira, o Comitê Estudantil em Defesa da Democracia e Direito de Lula ser candidato.

Na oportunidade, participaram do evento estudantes da UEPB, IFPB (Campus Guarabira), mandato do Deputado Federal Luiz Couto, JPT (Juventude do PT) e JSB (Juventude Socialista Brasileira), além da presença de partidos políticos como o PT e PCdoB e da Frente Brasil Popular.

Segundo a organização, a inauguração desse Comitê é o pontapé inicial para a intensificação da defesa do ex-presidente Lula que sofre uma perseguição judicial.

portaldobrejo

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Bando armado invade ônibus e rouba pertences de estudantes, na Paraíba

Estudantes da cidade de Alagoa Nova, Agreste paraibano, a 148 km de João Pessoa, foram vítimas de um arrastão, na noite dessa quarta-feira (12), quando o ônibus passava por Lagoa Seca, distante cerca de 21 km dali.

Segundo o Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop) da Polícia Militar, o crime foi registrado por volta das 22h40. As vítimas informaram que pelo menos cinco bandidos participaram da ação. Eles estavam com armas longas e, além dos pertences dos estudantes, roubaram a chave do ônibus. Um segundo veículo teve de ser enviado ao local para resgatar as vítimas.

Equipes da Polícia Militar realizaram rondas na região, mas até o início da manhã desta quinta-feira (13) nenhum suspeito tinha sido preso.

Portal Correio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Estudantes são detidas na PB suspeitas de ameaçar colegas torcedoras de clube rival

(Foto: Leonardo SIlva / Jornal da Paraíba/Arquivo)

Duas adolescentes que seriam integrantes de uma torcida organizada do Campinense Clube foram apreendidas pela Polícia Civil, na segunda-feira (24). De acordo com a polícia, elas estavam dentro do Colégio Estadual da Prata, ameaçando outras estudantes que usavam camisas do Treze Futebol Clube. No domingo (23), o Treze eliminou o Campinense na semifinal do Campeonato Paraibano 2017.

As jovens foram detidas por ameaça e constrangimento ilegal. Segundo a Delegacia da Infância e Juventude, as suspeitas iriam “tomar a beca” das adolescentes torcedoras do time rival. “Tomar a beca consiste em uma prática de forçar o torcedor do time adversário a entregar a camisa e, em caso de negativa, retira-se a camisa a força com agressões físicas”, diz nota da Polícia Civil.

A polícia apreendeu e autuou em flagrante as duas adolescentes por ato infracional, em seguida elas foram entregues aos responsáveis legais.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

Ônibus com estudantes de Esperança atropela cavalo na BR-230, na Paraíba

 (Foto: André Mota/PRF)
(Foto: André Mota/PRF)

Um ônibus que transportava estudantes da cidade de Campina Grande até Esperança, no Agreste paraibano, atropelou um cavalo na noite de segunda-feira (4), no Km 120 da BR-230, próximo à cidade de Lagoa Seca. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal nenhum dos alunos ficou ferido.

Ainda conforme a PRF, o acidente aconteceu por volta das 22h, quando o animal apareceu de repente na pista e o motorista do veículo não conseguiu desviar e acabou colidindo. Com a força do impacto, o cavalo foi lançado na pista e morreu.

O motorista do veículo ainda prestou depoimento no local e informou que trafegava em uma velocidade moderada quando percebeu o animal, mas não conseguiu desviar do cavalo a tempo de evitar a colisão. O ônibus teve a parte lateral danificada e parte do parabrisa quebrou com a batida.

No sábado (1º), a Polícia Rodiviária Federal divulgou um balanço sobre acidentes envolvendo animais na pista. Segundo os dados do órgão, em 2016, cerca de 27 pessoas morreram em colisões de veículos com animais nas rodovias paraibanas.

Em 2017, os números seguem preocupantes. Nos primeiros três meses do ano, mais de 350 animais já foram recolhidos pela Polícia Rodoviária Federal e duas pessoas já morreram por conta de acidentes com animais na pista.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br