Arquivo da tag: Estado

PB é o segundo estado com maior desigualdade na distribuição de renda

A Paraíba é o segundo estado brasileiro com maior desigualdade na distribuição de rendimentos. No estado, 10% da população ocupada com os maiores rendimentos recebe um valor médio de R$ 7,1 mil, enquanto que para os 40% com os menores rendimentos, essa quantia é de R$ 438, o que representa uma diferença de 16,2 vezes entre os dois grupos.

Os dados são da Síntese de Indicadores Sociais (SIS), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira (6).

O documento é resultado da análise das condições de vida da população brasileira em 2018, tendo em vista aspectos como mercado de trabalho e estrutura econômica; distribuição de renda e padrão de vida; e educação. O estudo é baseado, principalmente, em dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNADC), de 2012 a 2018.

Entre todas as Unidades da Federação, a Paraíba ficou atrás apenas do Piauí, em que a razão foi de 18,4 vezes. O estado tem uma razão superior à média nacional, de 13, e à regional, de 14,1.

No que se refere às residências, a pesquisa aponta que, em 2018, cerca de 44,8% da população paraibana teve um rendimento domiciliar per capita de até meio salário mínimo, ao passo que 0,7% não teve rendimentos.

Desigualdade per capita

Em relação às linhas de pobreza, como o Brasil não possui uma oficial, o IBGE considerou os valores de US$ 1,90 diário per capita, estabelecido pelo Banco Mundial como limite para a definição de pobreza global, e o de US$ 5,50 diário per capita, da mesma instituição, mas direcionado para países com rendimento médio-alto, como é o caso do Brasil.

No primeiro grupo, está inserida cerca de 11,2% da população paraibana, aproximadamente 447 mil pessoas, conforme a pesquisa. Já o segundo é mais abrangente e inclui 40% da população, o que representa 1,588 milhão de pessoas nessa linha de pobreza.

 

portalcorreio

 

 

Novembro Azul: Governo do Estado inicia campanha nesta segunda-feira

Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), inicia, nesta segunda-feira (04), as atividades relacionadas ao Novembro Azul. A abertura do mês dedicado à saúde da população masculina será às 8h30, na sede da SES, com palestra do médico Otávio Soares de Pinho Neto sobre saúde do homem. Durante todo o mês, serão realizadas ações articuladas com as Gerências Regionais de Saúde, serviços de saúde e municípios, incentivando o autocuidado da população masculina e adoção de hábitos para uma vida saudável.

O “Novembro Azul” é uma campanha desenvolvida no Brasil pelo Instituto Lado a Lado pela Vida, que teve sua origem em 2008. Seu objetivo é discutir a temática do câncer de próstata, abordando principalmente sua prevenção, estimulando os homens a cuidarem mais de sua saúde. Em 2012, inspirado pelo “Movember” – movimento internacional dedicado à conscientização e arrecadação de fundos na luta contra a doença. A campanha se concentrou no mês de novembro (mês do Dia Internacional do Homem – 19 de novembro) e, por isso, passou a se chamar “Novembro Azul”. Desde então, diversas ações e atividades relacionadas ao tema são desenvolvidos anualmente no Brasil.

A SES/PB, em conjunto com o Ministério da Saúde, propõe que sejam desenvolvidas atividades nos municípios e nas unidades de saúde que busquem facilitar e ampliar o acesso e o acolhimento com qualidade da população masculina às ações e aos serviços de assistência integral da Rede SUS.

O coordenador da Área Técnica de Saúde do Homem da SES, Hélio Soares, explica que a intenção é divulgar que esses serviços estão disponíveis durante todo o ano e orientar a população masculina a fazer exames de rotina. “O objetivo é evitar que os homens só procurem a assistência quando já estiverem doentes. O Novembro Azul acontece para ampliar essa divulgação e assim estimular ainda mais os municípios, os gestores municipais a pensarem a temática da saúde do homem, para que melhorem a atenção primária de saúde”, pontua.

As doenças que mais afetam os homens são: infarto agudo do miocárdio; fatores externos (Acidentes/Violência por arma de fogo ou arma branca); diabetes mellitus; pneumonia; Acidente vascular cerebral hemorrágico; câncer de próstata; câncer dos brônquios e dos pulmões; câncer do estômago; câncer do fígado e vias biliares intra-hepáticas, e câncer da Cavidade Oral/ Traqueia, Brônquio e Pulmão.

Quanto aos óbitos, de janeiro a outubro de 2019, morreram na Paraíba 969 homens vítimas de infarto agudo do miocárdio; 463 de violência por arma de fogo ou arma branca; 642 de pneumonia; 590 de diabetes mellitus; 254 de AVC; 272 de câncer de próstata; 173 de câncer dos brônquios e pulmões e 142 de câncer de estômago.

No Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma). Sua taxa de incidência é cerca de seis vezes maior nos países desenvolvidos em comparação aos países em desenvolvimento. Mais do que qualquer outro tipo, é considerado um câncer da terceira idade, já que cerca de três quartos dos casos no mundo ocorrem a partir dos 65 anos. O aumento observado nas taxas de incidência no Brasil pode ser parcialmente justificado pela evolução dos métodos diagnósticos (exames), pela melhoria na qualidade dos sistemas de informação do país e pelo aumento na expectativa de vida.

Sintomas do câncer de próstata – A maioria dos cânceres de próstata cresce lentamente e não causa sintomas no início, mas tumores em estágio mais avançado podem causar dificuldades para urinar, sensação de não conseguir esvaziar completamente a bexiga, presença de sangue na urina e, em alguns casos, dor óssea na região das costas; por isso o diagnóstico precoce da doença é essencial, e este é realizado por meio do toque retal e da dosagem do PSA no sangue onde se pode avaliar a próstata.

Neste sentido, a população deve procurar às Unidades de Saúde da Família, para realização dos exames preventivos, se possível, uma vez ao ano, após os 50 anos, ou conforme orientação médica, de acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia – SBU. Homens da raça negra ou com parentes de primeiro grau (pai, irmão, tios) com histórico de Câncer de Próstata devem começar aos 45 anos. O rastreamento deverá ser realizado após ampla discussão de riscos e potenciais benefícios.

O tratamento do câncer pelo SUS na Paraíba é realizado no Hospital Napoleão Laureano e Hospital São Vicente de Paula, em João Pessoa; no Hospital da Fundação Assistencial da Paraíba (FAP) e no Hospital Universitário Alcides Carneiro – HUAC em Campina Grande e, agora, no Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro, na Unidade de Oncologia do Sertão, Hospital do Bem, em Patos.

PROGRAMAÇÃO NOVEMBRO AZUL 2019

06/11 Sousa – PB Oficina de Saúde do Homem, com foco em ações que estimulem a adesão dos Homens aos serviços de saúde, principalmente a atenção primáriaPúblico: Gestores da Atenção Primária dos Municípios
07/11 Patos – PB Oficina de Saúde do Homem, com foco em ações que estimulem a adesão dos Homens aos serviços de saúde, principalmente a atenção primáriaPúblico: Gestores da Atenção Primária dos Municípios
12/11 Campina Grande – PB Oficina de Saúde do Homem, com foco em ações que estimulem a adesão dos Homens aos serviços de saúde, principalmente a atenção primáriaPúblico: Gestores da Atenção Primária dos Municípios
13/11 João Pessoa – PB Oficina de Saúde do Homem, com foco em ações que estimulem a adesão dos Homens aos serviços de saúde, principalmente a atenção primáriaPúblico: Gestores da Atenção Primária dos Municípios
19/11 CEFOR Roda de Conversa sobre a saúde integral do homem e a Sintomatologia do Câncer de Próstata
Durante o mês de Novembro Patos – Hospital do Bem – Durante todo mês haverá ações e consultas com Urologista e coleta de exames PSA, com agendamento no serviço.

Secom PB

 

 

Mais da metade das rodovias da Paraíba está em bom ou ótimo estado, diz CNT

De acordo com a Pesquisa CNT de Rodovias, divulgada nesta terça-feira (22) pela Confederação Nacional do Transporte, mais da metade das rodovias paraibanas têm qualidade boa ou ótima. O estudo aponta que 51,2% da malha rodoviária está em bom ou ótimo estado.

Já os trechos analisados como regulares compreendem 23,2% das rodovias. Já os locais analisados como péssimos correspondem 9,9%. Já os trechos em situação ruim, são 14,7% do quadro geral.

A pesquisa analisa toda a malha federal pavimentada e os principais trechos estaduais também pavimentados. O levantamento apontou problemas em 59% da extensão dos trechos avaliados em todo o Brasil.

O número de trechos críticos identificados ao longo dos 108.863 quilômetros estudados aumentou 75,6%. Subiu de 454 em 2018 para 797 em 2019.

Foto: Beto Silva/TV Paraíba

G1

 

Governo federal libera R$ 11,2 mi para Estado retomar Acauã-Araçagi

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) informou nesta quinta-feira (17) que destinou mais R$ 11,2 milhões para o Governo da Paraíba aplicar nas obras da Vertente Litorânea (Acauã-Araçagi), que estavam paradas por falta de recursos.

O empreendimento deve ampliar o alcance das águas do eixo leste do Projeto de Integração do Rio São Francisco no estado, que atualmente já atende mais de 750 mil pessoas em 34 municípios paraibanos.

Quando a Vertente Litorânea estiver totalmente finalizada, a expectativa é de que mais 600 mil habitantes em outras localidades da Paraíba sejam beneficiados a partir do eixo leste. As obras da Vertente estão organizadas em três lotes – que somam 130 quilômetros de extensão – e incluem a construção de canais, túneis, instalação de sifões e tubulação de aço, dentre outras estruturas de engenharia.

Eixo leste

Com 217 quilômetros, o eixo leste do Projeto São Francisco é composto por seis estações de bombeamento, cinco aquedutos, 12 reservatórios e um túnel. As obras para condução das águas nessa etapa foram concluídas e, em pré-operação desde março de 2017, o trecho vem garantindo o abastecimento de 46 municípios, sendo 12 em Pernambuco e 34 na Paraíba.

Em meados de agosto deste ano, o MDR decidiu suspender o bombeamento no trecho do Projeto após equipamentos de monitoramento emitirem alerta durante a fase final de enchimento da barragem Cacimba Nova, em Custódia (PE). Dessa forma, foram realizados reparos para garantir o funcionamento adequado da barragem.

Após a finalização do estudo geofísico no fim do mês de setembro, a empresa pré-operadora – responsável pelo trecho – tem realizado novos testes na barragem Cacimba Nova, em Sertânia (PE), para avaliar seu funcionamento com o objetivo de garantir a segurança da população e a integridade da estrutura. Paralelamente, está em fase de conclusão o detalhamento da solução final de engenharia que será executada no barramento.

Apesar de a barragem Cacimba Nova estar em monitoramento e testes com vazão reduzida, as águas do Rio São Francisco já seguem pelos canais com previsão de chegar ao último reservatório do eixo leste, o Campos (PE), em novembro.

 

(Foto: Divulgação/Secom-PB)

portalcorreio

 

 

Divulgado resultado definitivo da prova objetiva do concurso para professor do estado da Paraíba

Foi divulgado nesta terça-feira (10) o resultado definitivo da prova objetiva do concurso para professor do estado da Paraíba. O resultado foi publicado, após a interposição dos recursos, no Diário Oficial do Estado (DOE). Também foi publicada a convocação dos candidatos para a prova de títulos e experiência profissional.

São convocados para a próxima etapa, de acordo com a publicação, os candidatos inscritos e aprovados no cargo de professor de educação básica III das regionais de ensino. Eles deverão preencher o formulário de cadastro de títulos e experiência profissional no site da organizadora, a partir desta quarta-feira (11) e até o dia 18 de setembro.

Após fazer esse preenchimento, o candidato deverá imprimir duas vias do comprovante de cadastro, ficar com uma cópia e deve enviar a outra junto com os documentos comprobatórios dos títulos, via Sedex com aviso de recebimento, até o dia 19 de setembro, para o seguinte endereço: Instituto AOCP, caixa postal: 132 – CEP: 87.0001-970 – Maringá-PR.

O resultado final do concurso será divulgado logo após a análise da prova de títulos e experiência profissional. As provas do concurso foram aplicadas no dia 21 de julho, em João Pessoa e em outras 13 cidades da Paraíba. São oferecidas 1 mil vagas para 13 disciplinas nas 14 Gerências Regionais de Ensino em todas as regiões do Estado.

O maior número de oportunidades, 199, segundo o edital, é para a disciplina de matemática, seguido por língua portuguesa, com 195. O vencimento previsto pelo edital é de R$ 2.110.12, para uma carga horária de 30 horas semanais.

G1

 

Capes corta 161 bolsas na Paraíba em setembro; Estado é o 7º com maior perda

A Paraíba foi o sétimo estado do Brasil que teve o maior número de bolsas canceladas no anúncio feito pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal do Nível Superior (Capes) na segunda-feira (2). Foram canceladas 161 bolsas mantidas em Instituições de Ensino Superior (IES) na Paraíba. Em todo o Brasil foram 5.613 bolsas de mestrado, doutorado e pós-doutorado.

De acordo com o levantamento divulgado pela Capes, com as bolsas cortadas na Paraíba, somente neste terceiro corte de 2019, vai economizar por R$ 1.022.000 no restante do ano. Na lista, além de ser o sétimo estado em número de bolsas perdidas, a Paraíba foi o estado do Nordeste que mais perdeu bolsas de incentivo à pesquisa científica no último congelamento anunciado no início de setembro de 2019.

Dez estados do Brasil com maior número de cortes na Capes em setembro

Estado Bolsas cortadas Economia prevista em 2019
São Paulo 1.673 R$ 11,4 milhões
Rio Grande do Sul 725 R$ 4,7 milhões
Rio de Janeiro 684 R$ 4,4 milhões
Minas Gerais 508 R$ 3,7 milhões
Paraná 446 R$ 2,7 milhões
Santa Catarina 242 R$ 1,6 milhão
Paraíba 161 R$ 1 milhão
Bahia 147 R$ 954,6 mil
Ceará 118 R$ 990 mil
Mato Grosso do Sul 107 R$ 714,8 mil

O Ministério da Educação (MEC), responsável pela gestão da Capes, realizou três cortes em 2019: no dia 9 de maio veio o primeiro corte, com 81 bolsas congeladas na Paraíba; no dia 4 de junho foi anunciado o segundo corte, o maior a afetar as pesquisas científicas no estado com 338 bolsas cortadas; e o terceiro e mais recente, no dia 2 de setembro, foram suspensas 161 bolsas de pesquisa na pós-graduação.

Desde que os cortes da Capes tiveram início, a Paraíba já perdeu pelo menos 580 bolsas de mestrado, doutorado e pós-doutorado somando todas as suas instituições de ensino superior.

O presidente da Capes, Anderson Correia, afirmou que os cortes feitos em setembro foram para preservar a parcela principal dos benefícios, assegurando-se o pagamento de todas as bolsas ativas. A Capes possui, ao todo, 211.784 bolsas atividade em todas as áreas de atuação. Desse total, 92.680 são da pós-graduação. Assim, o corte anunciado vai representar o bloqueio de 2,65%.

UFPB e UFCG

Procurados pelo G1, UFPB e UFCG informaram que ainda não é possível determinar o número real de bolsas perdidas no corte feito no início de setembro, tendo em vista que o sistema que permite o acompanhamento de bolsas ofertadas pela Capes estava fechado. A Capes, por sua vez, informou que a lista de bolsas congeladas por instituição ainda não está disponível.

IFPB

A pró-reitora de pesquisa inovação e pós-graduação do IFPB, Silvana Costa, explicou que o instituto ainda não perdeu nenhuma das quatro bolsas mantidas pela Capes na instituições, porém foi informada que não vão ser renovadas ao término das pesquisas, em fevereiro de 2020.

“Em relação a Capes, não tínhamos perdido de início nenhuma por que não estávamos cadastrando naquele momento. No entanto, recebemos comunicado de que não poderão ser cadastradas mais nenhuma. Ou seja, das 4 que temos, nenhuma poderá ser repassada”, explicou.

Ainda de acordo com pró-reitora, o IFPB sofreu com os cortes das bolsas do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Foram perdidas 89 bolsas de ensino médio no valor de R$ 100, que eram acrescidas com mais R$ 100 pelo próprio UFPB totalizando uma bolsa total de R$ 200, e quatro bolsas de graduação de R$ 400.

“Vamos cobrir para não prejudicar os alunos, mas condicionados ao descontingenciamento”, explicou Silvana Costa.

Orçamento bloqueado

As três instituições federais de ensino na Paraíba informaram que o orçamento previsto para 2019 passou por um contingenciamento de 30%, fato que gerou uma previsão de colapso ao final do mês de setembro, caso as quantias previstas não fossem desbloqueadas. Os efeitos do orçamento mais curto estão sendo vistos no cotidiano acadêmico.

A reitoria da UFPB informou no dia 5 de setembro, por meio de ofício encaminhado a pró-reitores, diretores de centro, diretores de órgãos suplementares e gestores prediais da reitoria que o uso do aparelhos de ar-condicionado estavam suspensos devido ao contingenciamento do orçamento. O objetivo é diminuir o valor pago com as contas de energia elétrica.

A previsão é de que um percentual pequeno referente aos 30% bloqueados sejam liberados às instituições como forma de evitar um transtorno maior no funcionamento das instituições.

G1

 

Governo do Estado abre hoje inscrições para a linha de crédito Empreender Cultural

A partir desta sexta-feira (06), estão abertas as inscrições para a linha de crédito Empreender Cultural, das 8h às 17h, pela internet. O governador João Azevêdo anunciou as inscrições, na última segunda-feira (2), durante o programa semanal ‘Fala, governador’, transmitido em cadeia estadual pela Rádio Tabajara.

O Empreender Cultural vai selecionar 78 empreendimentos, com financiamento de até R$ 80 mil, sendo escolhidas seis propostas por Regional de Cultura, além da destinação de uma cota especial de seis projetos para Alagoa Grande, em comemoração ao centenário de Jackson do Pandeiro, garantindo a distribuição regional desses recursos.

Poderão se inscrever pessoas físicas e jurídicas, cuja atuação empresarial esteja relacionada à área da cultura, a exemplo de estúdios de som, grupos de teatro, companhias de dança, produtores de itens artesanais e produtores de games.

As informações sobre a documentação necessária estarão disponíveis na página da Secretaria da Cultura no portal do Governo do Estado. Veja clicando aqui!

Na sexta-feira, o chefe do Executivo estadual visitará os municípios de Riachão do Poço, Sapé e Mari. Em Riachão do Poço, ele fará a entrega do Conjunto ‘Minha Morada’, que recebeu investimentos de R$ 1,7 milhão e ira contemplar 48 famílias. Em Sapé, o governador fará a entrega de pavimentação asfáltica. Já em Mari, será realizada a entrega da reforma e ampliação da Escola Augusto dos Anjos, que recebeu recursos na ordem de R$ 1,1 milhão, e irá assinar 20 contratos do programa Empreender Paraíba.

 

Secom

 

 

 

Deputado Tião Gomes cobra ações do Governo do Estado no município de Lagoa de Dentro

O deputado estadual Tião Gomes (Avante) solicitou durante reunião com o secretário de infraestrutura e recursos hídricos da Paraíba, Deusdete Queiroga, uma série de medidas que contemplam o município de Lagoa de Dentro, no Brejo paraibano. O encontro aconteceu nesta quarta-feira (04) com a participação do vereador Sandro de Galego da Loto (Avante) e do empresário Neto Freire. Os pedidos contemplam as áreas de recursos hídricos, infraestrutura e manutenção de rodovias.

De acordo com o deputado Tião Gomes, a inércia da gestão municipal em buscar soluções para os problemas da população de Lagoa de Dentro prejudica o desenvolvimento da cidade. Por isso, a oposição vem lutando por melhorias para o município e contam com o seu apoio.

Durante a reunião, o vereador Sandro falou em nome dos vereadores Carlos da Piscina e Roberto Raniele, ele protocolou requerimentos assinados pelos três parlamentares solicitando uma ação da “operação tapa buracos” e roço do asfalto da estrada que liga Pedro Régis a Pirpirituba, além de perfuração de poços para abastecer os sítios Arisco, Lagoa do Meio, Feijões, Canto de Pedra e Sítio Jurema.

O deputado também informou que junto com o grupo de oposição lutará para viabilizar, através do Governo do Estado a construção de uma adutora para ampliar a oferta de água no município.

O secretário informou que irá agilizar todas as solicitações apresentadas pelo deputado, através do vereador Sandro de Galego da Loto e Neto Freire.

 

portaldolitoralpb

 

 

Parceria entre PMB e Governo do Estado realiza Programa Cidadão nesta terça-feira

A Prefeitura Municipal de Bananeiras realiza, nesta terça-feira (27), das 8h às 16h, no Espaço Cultural “Oscar de Castro”, o Programa Cidadão – em parceria com o Governo do Estado – que visa oferecer à população atividades e serviços sociais gratuitos, como emissão de Carteira Profissional, CPF, entre outros.

Dentre os serviços disponíveis aos munícipes estará a emissão da Carteira do Trabalho e Previdência Social, Carteira de Identidade (1° e 2° via) e CPF. Para a emissão da Carteira de Identidade teremos um limite de vagas, já os demais documentos serão emitidos o dia todo.

Para a confecção destes documentos, será necessário ter em mãos uma foto 3×4 atualizada e com fundo branco (que também estará sendo ofertada no evento); Certidão de Nascimento ou de Casamento (para RG, CPF e CTPS); Identificação Civil (para CPF e CTPS), Comprovante de residência com CEP (para CPF) e Título de eleitor (se for maior de 18 anos).

O evento conta com apoio do Governo do Estado, através da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano e a Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social de Bananeiras.

A Prefeitura também vai estar ofertando no local, serviços de saúde (teste de glicemia e aferição de pressão) e corte de cabelo.

A gestão Municipal tem se empenhado em buscar parcerias para ofertar ações e serviços à população Bananeirense.

Ascom – PMB

 

Prefeito de Solânea abre clínica veterinária municipal com projeto pioneiro no Estado da Paraíba

O Governo de Solânea é pioneiro na abertura de clínica veterinária com finalidade exclusiva de castração de cães e gatos para controle populacional. A VETCLIN foi aberta ontem (14) e já está funcionando na rua Josafá Soares Pereira, no Conjunto Santa Mônica.

Hoje (15) iniciaram os cadastros para o agendamento de castração dos cães e gatos. Toda a estrutura física e de atendimento da Clínica Veterinária segue os padrões de funcionamento do Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV). “Trouxemos um projeto inovador que vai melhorar tanto o bem estar animal quanto o da população. Estamos gratos a todos os envolvidos que não mediram esforços para concretização da clínica e ficamos felizes por nos tornarmos referência para que os demais municípios implantem a iniciativa”, disse o prefeito de Solânea, Kayser Rocha. Na estrutura física a clínica possui recepção, consultório, sala de medicação pré-anestésica e recuperação, sala de cirurgia com temperatura controlada, sala de esterilização, área de higienização e canil.

Michel Ramom, que é um dos veterinários responsáveis pela clínica, explicou que o cadastro vai priorizar animais de famílias contempladas por projetos sociais do Governo Federal, cães e gatos atendidos em projetos de proteção aos animais de Solânea e animais de rua errantes e semierrantes. “O animal será examinado se tem condições físicas e fisiológicas adequadas ou precisa ser tratado. Para então realizarmos o procedimento de castração” esclareceu. O horário de funcionamento é de segunda a quinta das 08:00 às 12:00 e das 14:00 às 17:00, com exceção da sexta que a clínica funciona até às 12:00.

Benefícios da castração

Segundo a veterinária Rafaela Rodrigues, que também irá atender na clínica municipal, a castração tem inúmeros benefícios: facilita a adoção dos animais, impede a reprodução descontrolada – principalmente de animais de rua errantes e semieerrantes – e a proliferação e desenvolvimento de doenças nos animais, além de doenças transmitidas aos homens. “O projeto vem sendo elaborado e aperfeiçoado desde o começo da gestão de Kayser. Como é pioneiro, tivemos que passar por sucessivas avaliações do CRMV e seguimos todos os critérios para a implantação. É um sonho e um projeto de governo que se concretizam com muito zelo e responsabilidade” contou a Secretária de Desenvolvimento Social e Cidadania do município, Márcia Belísio.

                     

Assessoria de Comunicação