Arquivo da tag: escola

Mulher é encontrada morta a tiros em escola abandonada, em João Pessoa

Uma mulher, ainda não identificada, foi encontrada morta a tiros, dentro de uma escola abandonada no bairro das Trincheiras, em João Pessoa, neste sábado (4). A polícia acredita que o crime tenha acontecido durante a madrugada.

As informações são de que o prédio da escola é ocupado por diversas famílias sem teto, mas ainda não há confirmação de que a mulher morava no local.

A polícia está investigando o caso e trabalha com a hipótese de que o crime esteja relacionado ao tráfico de drogas.

 

clickpb

 

 

Divulgado pagamento dos Prêmios Mestres da Educação e Escola de Valor

Foi divulgado, nesta segunda-feira (16), o resultado dos Prêmios Mestres da Educação e Escola de Valor 2019, que vão bonificar 3.880 profissionais da área da educação pelas experiências administrativas e práticas pedagógicas exitosas durante o ano. O pagamento dos prêmios acontece na próxima sexta-feira (20) e, no total, serão investidos R$ 10,3 milhões. Também serão pagos R$ 2,7 milhões referentes aos prêmios de 1.559 servidores que ficaram pendentes em anos anteriores (2015, 2016 e 2017).

O Prêmio Mestres da Educação desse ano representa um investimento de R$ 4,2 milhões e vai contemplar 1.227 docentes. Já o Prêmio Escola de Valor vai bonificar 2.653 servidores de 61 escolas da rede estadual de ensino, com um investimento de R$ 6,1 milhões.

Os Prêmios Mestres da Educação e Escola de Valor consistem no fomento, seleção, valorização e premiação das experiências administrativas e práticas pedagógicas exitosas, resultantes de ações integradas e executadas por profissionais de educação em exercício e lotados nas escolas públicas estaduais de Educação Básica, e que apresentem sucesso no enfrentamento dos desafios no processo de ensino e de aprendizagem.

Educação integral

Durante o programa ‘Fala Governador’, João Azevêdo comentou que em 2020 a Paraíba terá mais 76 Escolas Cidadãs Integrais, sendo 13 delas Cidadãs Integrais Técnicas, passando a ter 53% das escolas nesse modelo integral. “O Estado será primeiro lugar no país em percentual de escolas com oferta de educação integral. Teremos 229 escolas nesse modelo em 151 cidades, serão 73 mil vagas em 44 cursos que estarão à disposição da população. Esse modelo de educação é um caminho sem volta pela melhoria e pelos resultados que estamos tendo”, observou.

 

portalcorreio

 

 

Jovem de 20 anos é encontrado morto perto de escola em Alagoa Grande, na Paraíba

O Núcleo de Homicídios da 8ª Delegacia Seccional de Polícia Civil em Guarabira, no Agreste Paraibano, irá investigar o assassinato de um jovem de 20 anos, ocorrido no município de Alagoa Grande, na Paraíba.

O corpo de Yuri, apelidado de “Revoltado”, nas redes sociais, foi encontrado na manhã desta sexta-feira (6), nas imediações de uma escola estadual que fica no Alto do Cruzeiro. As lesões observadas no corpo indicam que o jovem foi atingido por vários golpes de faca.

“Aparentemente foi morto por esfaqueamento, mas não posso dar certeza sem saber do perito. Estamos obtendo informações para a confirmação”, explicou o delegado Norival Portela ao repórter Pedro Júnior

Ainda de acordo com o delegado, o jovem não era natural da cidade e as pessoas com quem ele morava afirmaram não possuir qualquer contato com a família dele. “Muito cedo para identificar a motivação do crime. Estamos investigando para poder esclarecer o fato e todas as suas circunstâncias”, relatou Portela.

Até às 14h, a polícia ainda não tinha informações de quem teria assassinado o jovem. Uma perícia foi feita para descobrir como aconteceu o crime.

blogdopedrojunior

 

 

Quadrilha invade escola para roubar e provoca incêndio em Santa Rita

Na noite desta segunda-feira (25), bandidos invadiram uma escola pública para roubar objetos e provocaram um incêndio, no bairro Marcos Moura, em Santa Rita, na Paraíba. De acordo com funcionários da escola, os bandidos invadiram a escola e roubaram aparelhos de TV e computadores da sala dos professores.

Durante a ação, um aparelho de ar-condicionado explodiu iniciando um incêndio na escola. O Corpo de Bombeiros foi acionado.

Os suspeitos conseguiram fugir. Alguns materiais foram encontrados próximo a escola.

Dois adolescentes foram apreendidos suspeitos de participarem da ação, porém foram liberados por falta de provas.

Ninguém ficou ferido.

A escola não funcionará nesta terça-feira (26).

 

clickpb

 

 

Diretor e funcionária de escola pública são roubados no local de trabalho, em Cacimba de Dentro

O diretor e uma funcionária de uma escola pública no município de Cacimba de Dentro, na Paraíba, foram vítimas de um roubo na noite desta quinta-feira (21). O caso aconteceu por volta das 21h45, dentro da unidade de ensino, localizada na rua Olegário da Silva.

De acordo com o relato do diretor à Polícia Militar, o assaltante portando uma arma de fogo, invadiu a Escola Integral Senador Humberto Lucena e anunciou o roubo. Ele subtraiu do diretor a quantia de R$ 750,00 e uma carteira contendo documentos e cartões de créditos, além de um aparelho celular Moto G6 da funcionária pública.

Segundo informações, o indivíduo aparentemente menor de idade deixou o local a pé, tomando destino ignorado. Uma Guarnição da Polícia Militar realizou rondas no intuito de localizar o autor do delito porém, sem êxito.

Redação e Créditos | Blog do Pedro Júnior

 

 

Adolescente de 14 anos é detido suspeito de atirar em estudante dentro de escola

Um adolescente de 14 anos foi apreendido no final da manhã desta terça-feira (19), suspeito de ter atirado na cabeça do estudante de 14 anos baleado dentro de um banheiro em uma escola pública de João Pessoa. De acordo com o delegado de Homicídios, Carlos Othon, que acompanha o caso, o adolescente confessou que levou arma para a escola para mostrar aos amigos e que acabou atirando acidentalmente na cabeça do colega.

Conforme o delegado, em depoimento à polícia o adolescente de 14 anos disse que estuda na mesma sala da vítima baleada na cabeça. Ele teria levado a arma para mostrar aos colegas quando, dentro de um banheiro da instituição, a arma disparou acidentalmente e atingiu o outro adolescente de 14 anos.

Segundo Carlos Othon, a polícia já estava investigando o caso desde a segunda-feira (18). À princípio, a polícia acreditava que o tiro que atingiu a cabeça do estudante havia partido de fora da escola. Mas, após as primeiras investigações, a polícia conseguiu localizar o adolescente de 14 anos e a arma.

“Após diligências, nós conseguimos apreender hoje pela manhã o adolescente suspeito de atirar no estudante. Após investigações, chegamos ao endereço dele, ele confessou o fato. Depois fomos em outro endereço e localizaram a arma de onde partiu o tiro e as munições”, explicou Carlos Othon.

De acordo com o delegado, a arma que o adolescente de 14 anos levou para a escola era de um homem que mora próximo à casa do adolescente. O homem também foi detido e conduzido à Central de Polícia Civil para prestar esclarecimentos do caso.

“O dono da arma também foi preso em flagrante. Foi ele quem forneceu a arma ao adolescente, após ir a uma festa no domingo e, para não ser pego com o objeto, teria deixado com o adolescente que, no dia seguinte, levou para a escola”, relatou Carlos Othon.

Os pais do adolescente também foram conduzidos à Central de Polícia Civil para serem ouvidos. “Será feito todo o procedimento necessário para que seja definido se essa história que o adolescente conta é verídica. Dependendo da conclusão, ele poderá responder por ato infracional análogo ao crime de tentativa de homicídio culposo, quando não há intenção de matar”, salientou o delegado.

Estudante foi baleado na segunda-feira

O estudante de 14 anos ficou ferido após ser baleado dentro de uma escola municipal, no bairro do Cristo Redentor, em João Pessoa. O caso aconteceu na manhã da segunda-feira (18) e, segundo a Polícia Militar, o aluno estava no banheiro no momento que foi atingido.

Conforme informou a Secretaria de Educação Municipal, a princípio a hipótese era de que havia sido uma bala perdida, vinda de fora da escola. Ainda segundo a Secretaria, buscas foram realizadas nas proximidades da unidade de ensino. O caso aconteceu na Escola Municipal Santa Ângela.

O estudante foi atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. De acordo com a assessoria da unidade de saúde, o adolescente recebeu alta no início da noite da segunda-feira (18).

G1

 

Pai desabafa após estudante ser baleado dentro de escola, na PB: ‘se fosse na rua, era outra coisa’

“Se fosse na rua era outra coisa, mas dentro da escola ele tomou um tiro?”, desabafou o pai do adolescente de 14 anos baleado dentro de uma escola em João Pessoa, nesta segunda-feira (18). O homem, que preferiu não ser identificado, acredita que a bala que atingiu o filho não partiu de fora da unidade escolar. “Quem atirou no meu menino tava lá dentro da escola mesmo”, acrescentou.

O adolescente foi atingido por um tiro no rosto quando estava dentro do banheiro de uma escola municipal, que fica localizada no bairro do Cristo. O estudante foi atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), encaminhado para o Hospital de Emergência e Trauma e recebeu alta ainda no final da tarde desta segunda-feira (18).

Conforme informou a Secretaria de Educação Municipal, a hipótese é que a bala tenha partido de uma casa que fica ao lado da escola e que está desocupada no momento. O diretor de Gestão Curricular da Secretaria, Gilberto Cruz, explicou que no banheiro onde estava o estudante tem um “cobogó que dá acesso à casa”.

Estudante de 14 anos é baleado dentro de escola recebe alta, em João Pessoa

Estudante de 14 anos é baleado dentro de escola recebe alta, em João Pessoa

O diretor também acrescentou que o adolescente é um “bom aluno, tem um bom histórico, dentro e fora da escola, boas notas”, e acredita que ninguém atirou nele de forma intencional.

De acordo com o delegado da Polícia Civil, Carlos Othon, o caso está sob investigação e só será possível afirmar de onde partiu o disparo após conclusão da perícia criminal.

Pai desabafa após filho ser baleado dentro de escola, em João Pessoa: ‘se fosse na rua era outra coisa’. — Foto: Reprodução/TV Cabo Branco

Pai desabafa após filho ser baleado dentro de escola, em João Pessoa: ‘se fosse na rua era outra coisa’. — Foto: Reprodução/TV Cabo Branco

 

G1

 

 

Adolescente baleado no rosto em escola municipal recebe alta

Um estudante de 14 anos vítima de um disparo de arma de fogo no rosto, na manhã desta segunda-feira (18), recebeu alta no fim da tarde. O crime ocorreu no bairro do Cristo, em João Pessoa.

Ele foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para o Hospital de Trauma de João Pessoa.

De acordo com o boletim médico divulgado pela unidade hospitalar, o adolescente passou por procedimentos médicos de emergência e ficou sob observação. No fim da tarde, ele recebeu alta médica.

 

clickpb

 

 

Adolescente é baleado no rosto dentro de escola em JP

Um estudante de 14 anos foi baleado na região do rosto dentro de uma escola municipal localizada no bairro Cristo Redentor, na Zona Oeste de João Pessoa, na manhã desta segunda-feira (18).

Segundo a polícia, o garoto sofreu o tiro após sair de um banheiro da instituição de ensino. Até a publicação desta matéria, os policiais não haviam apurado quem seria suspeito do crime e qual poderia ter sido a motivação.

A vítima foi socorrida para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena. De acordo com a assessoria de imprensa da instituição de saúde, o adolescente deu entrada consciente na unidade e apresentando quadro clínico estável.

A redação do Portal Correio tentou falar com a direção da escola, mas não foi possível se estabelecer contato.

 

Portal Correio

 

 

Estudantes de escola pública de Campina Grande são internados vítimas de envenenamento

Três estudantes de 17, 18 e 20 anos da Escola Estadual Nenzinha Cunha Lima, instalada no bairro do José Pinheiro, Zona Leste de Campina Grande, deram entrada na tarde desta quinta-feira (14) no Hospital de Emergência e Trauma após terem supostamente ingerido perfume na tentativa de tirarem a própria vida.

A informação foi confirmada ao Blog do Márcio Rangel pelo comandante regional do Corpo de Bombeiros de Campina Grande, tenente-coronel Jean Benício.

Em contato com o Hospital de Trauma, constatamos os jovens deram entrada na unidade por intoxicação acidental e intoxicação exógena, que é quando acontece por contato com substâncias nocivas à saúde. Segundo a unidade hospitalar, os jovens ingeriram perfume.

O estado de saúde delas não foi divulgado.

Blog do Márcio Rangel