Arquivo da tag: escola

Justiça autoriza que escola particular de ensino infantil e fundamental volte às aulas presenciais em João Pessoa

A Justiça da Paraíba autorizou, em caráter liminar de urgência, que uma escola particular de ensino infantil e fundamental volte às aulas presenciais em João Pessoa. A autorização, da juíza Aylzia Fabiana Borges Carrilho foi concedida à Maple Bear João Pessoa na quarta-feira (28). A decisão é contrária ao decreto mais recente publicado pela Prefeitura de João Pessoa, que só autoriza a volta presencial para o ensino médio e superior.

O G1 tentou entrar em contato com o procurador-geral do município, mas as ligações não foram atendidas até às 12h15. A assessoria da Secretaria de Estado da Educação informou que é contra o retorno das aulas em qualquer unidade de ensino, seja pública ou privada, e independente de ser ensino infantil ou superior.

De acordo com a decisão, a juíza considerou que a escola apresentou provas de que durante a pandemia, não só fez estudos sobre os danos causados às crianças e aos adolescentes com o fechamento prolongado das unidades, como também uma análise de biossegurança feita por entidade credenciada, onde demonstrou que estava habilitada para retomar as atividades presenciais.

A juíza autorizou a volta das atividades nesta unidade, desde que a escola assegure a liberdade de escolha para professores, colaboradores e alunos que não vão ter condições de voltar às atividades por fazerem parte do grupo de risco ou por conviverem com pessoas deste grupo, bem como quem opte pelo ensino à distância por não se sentirem seguras para estar em coletividade.

O advogado da escola, Maurício Lucena Brito, explicou que entrou com o pedido na Justiça com base em todos os estudos feitos pela unidade, seguindo protocolos adotados por outras unidades da mesma franquia em outras cidades, que já foram autorizadas a voltar.

“A escola entendeu que a escola estava preparada para a retomada com segurança e autorizou a volta tanto para a educação infantil quanto para o ensino fundamental, mas esta é uma decisão específica apenas para esta escola. Houve essa autorização, mas a decisão da data de retorno cabe à coordenação da escola”, disse o advogado. A direção da escola foi procurada, mas não respondeu sobre a data de retorno.

A direção da escola informou que o retorno vai ser gradativo, de acordo com o plano de retomada da unidade, e começa a partir desta quinta-feira (29).

G1

 

Programa Dinheiro Direto na Escola libera R$ 525 milhões para educação

A educação brasileira deverá receber um incentivo de R$ 525 milhões nos próximos meses. O valor já havia sido anunciado em setembro, mas agora foram definidas as regras de distribuição entre as várias regiões e tipos de ensino do país.

As novas dez resoluções foram definidas pelo Conselho Deliberativo do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia vinculada ao Ministério da Educação.

As medidas definem as estratégias para contornar a evasão escolar, os critérios de transferência de recursos emergenciais, para uma eventual retomada das aulas presenciais durante a pandemia de coronavírus, o incentivo para acesso à educação de pessoas portadoras de necessidades especiais, e ainda o sistema integrado para estudantes de ensino médio entre outros.

Para o coordenador de pedagogia da Universidade Presbiteriana Mackenzie, Ítalo Francisco Curcio, as resoluções dão um norte para o investimento do dinheiro, mas dada a situação histórica da desigualdade educacional agravada pela pandemia, é sempre preciso buscar mais recursos.

“Essa racionalização é muito importante e se faz com diretrizes. Agora, existe uma escassez de recursos? Existe, e sempre existirá porque a nossa educação carece de elementos primários que precisam ser aplicados”, explica.

Segundo o economista e gestor da Rio Claro Investimentos, Carlos Faria, é evidente que os recursos deverão ser diferentes para cada programa, estado ou escola.

“Para que tenhamos um ambiente propício para esses investimentos é necessário que o governo consiga entender muito bem quais são as necessidades de cada escola e de cada estado. O governo não pode simplesmente destinar o mesmo montante a todos os estados. Existem locais que tem uma infraestrutura precária em algumas escolas. Esses estados são mais críticos, ainda mais nesse cenário de retorno às aulas durante a pandemia”, avaliou.

O Ministério da Educação ainda irá publicar uma nota técnica com a memória de cálculo dos valores destinados à cada escola. O FNDE divulgará a relação das instituições que receberão os recursos e seus respectivos valores logo que ocorrer a efetivação do repasse.

Fonte: Brasil 61

 

 

Prefeito de Dona Inês e candidato à reeleição utiliza cadeiras de Escola Municipal para realizar evento político

No último domingo (04/10/2020), o prefeito do Município de Dona Inês, o senhor João Idalino, realizou um evento de campanha na Comunidade Quilombola Cruz da Menina, fazendo uso das cadeiras escolares no referido evento, junto com a candidata a vereadora Bianca Cristina, num claro de abuso de seu poder como prefeito.

Nas imagens divulgadas pelo próprio prefeito e por correligionários políticos seus em suas redes sociais, o prefeito, seu candidato a vice-prefeito Sérgio Almeida, a candidata a vereadora Bianca Cristina, e os demais presentes aparecem fazendo uso das cadeiras da escola municipal da Comunidade Quilombola Cruz da Menina, num claro desrespeito às leis eleitorais e aos bens públicos.

O ato praticado se configura em abuso de poder político e prática de condutas vedadas pela lei eleitoral que ensejam penas de multa, cessação do diploma e inelegibilidade por 08 (oito) anos.

Vale lembrar que o prefeito se encontra condenado e cassado desde 20/04/2020 pelo Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba, porém permanece no cargo por força de uma liminar.

 

Assessoria

 

 

Pré candidato a prefeito, Ramom Moreira propõe escola municipal integral e destaca avanços na educação de Bananeiras

O vereador Ramom Moreira, que é pré candidato a prefeito de Bananeiras pelo Democratas, felicitou os estudantes, neste 11 de agosto, durante a sessão da Câmara de Vereadores, que ocorreu nesta terça, 11/08.

O vereador também parabenizou a gestão municipal pelo reordenamento implementado nas escolas, em especial das localizadas na zona rural, o que possibilitou o ingresso de 340 novos alunos na rede escolar municipal. “É um dado que precisa ser comemorado! Há um ano atrás o debate político era sobre o fechamento de escolas, que foi tratado de forma equivocada pela oposição. Hoje estamos comemorando o ingresso desses novos alunos, na educação infantil, que tornaram as escolas rurais em creches e possibilitaram a redução de 70% das turmas multiseriadas em nosso município”, afirmou o parlamentar.

Ramom disse que “Bananeiras deve comemorar essa ação administrativa, implantada pelo prefeito Douglas na área da educação, e os frutos serão colhidos nos próximos 10 anos, fortalecendo a educação, cultura e o contexto social do nosso município”, destacou o pré candidato a prefeito.

O Vereador disse que no futuro será preciso criar um centro especializado para atender as crianças com necessidades especiais e implementar a escola municipal integral, onde os alunos receberiam o ensino regular durante um turno e desenvolveriam atividades lúdicas, musicais e de reforço escolar no turno seguinte. “É hora de olhar para o futuro, garantindo e fortalecendo as ações do presente. Bananeiras merece sempre o melhor”, ressaltou Ramom.

As sessões da Câmara ocorrem todas as terças feiras, as 19:00 horas, e são transmitidas, ao vivo, pelas redes sociais.

 

Assessoria

 

 

Aprovado projeto do deputado Tião Gomes que denomina escola estadual de Guarabira em homenagem a Zenóbio Toscano

O plenário da Assembleia Legislativa aprovou, durante sessão remota desta quarta-feira (08), projeto de lei, de autoria do deputado Tião Gomes (Avante), denominando de Escola Estadual de Ensino Fundamental Zenóbio Toscano a atual Escola Estadual de Ensino Fundamental John Kennedy, situada na cidade de Guarabira.

A homenagem faz referência ao ex-deputado e ex-prefeito de Guarabira, falecido no dia 14 de junho deste ano. Um político influente, cauteloso, ético no tratar com a coisa pública e admirável por seus correligionários e opositores.

Além desses cargos públicos, o engenheiro Zenóbio Toscano foi Secretário de Estado da Infraestrutura por duas vezes, nos governos de Ronaldo Cunha Lima e Cassio Cunha Lima, e ainda presidente da PBGÁS.

Pai da advogada Vanina, do engenheiro Thiago, médica Daniela e da advogada e Deputada Estadual Camila Toscano que aqui, na Casa de Epitácio Pessoa, tão bem representa o legado do seu pai e o ensinamento da sua mãe, a ex-deputada Léa Toscano.

“Por tudo o que esse político fez pelo Estado da Paraíba, em especial para o Brejo Paraibano, e em particular, para o município de Guarabira, se justifica denominar de Escola Estadual de Ensino Fundamental Zenóbio Toscano a atual Escola Estadual de Ensino Fundamental John Kennedy, situada Avenida John Kennedy, no Bairro Novo, em Guarabira, que atende a 1.700 alunos do ensino regular, Educação de Jovens e Adultos, e Atendimento Educacional Especializado. Uma homenagem justa a esse grande político paraibano”, pontuou Tião Gomes.

 

portaldolitoralpb

 

 

Em busca da boa escola fundamental

UM BOM COMEÇO SERIA IMPLANTAR UM SÉRIO E ABRANGENTE PROGRAMA DE OFICINAS PARA AUXILIAR NA PREPARAÇÃO  DE  PROFESSORES, QUANTO AOS DOMÍNIOS DOS CONTEÚDOS QUE DEVERIAM SER LECIONADOS E BEM AVALIADOS.

Estamos completando os primeiros vinte anos do terceiro milênio, em conformidade com o calendário vigente, onde o Brasil foi descoberto na precisa metade do segundo milênio, na manhã de 22 de abril de 1.500.

Infelizmente, a busca pela boa escola fundamental não era uma atividade praticada pelo governo português que passaria a colonizar o Brasil, a partir do ano de 1.534, como resultado da criação das Capitanias Hereditárias.

Em 1822, ano da independência do Brasil, depois de 322 anos como colônia portuguesa, a busca pela boa escola fundamental ainda não havia começado, pois o analfabetismo era tal que em cada dez brasileiros somente um sabia ler, escrever e quase nada contar.

Durante as fases imperiais brasileiras e durante muitos anos republicanos, os filhos das poucas pessoas abastadas estudavam nas famosas Universidades existentes em Portugal.

Países que lentamente se desenvolvem, como é o caso do Brasil, precisam urgentemente se livrar do complexo de inferioridade, que os leva a facilmente acreditar que, ações de empreendedorismos e inventividades, são para os americanos e chineses.

Pessoas geniais podem nascer em qualquer lugar do mundo, com talentos, dons e vocações para se tornarem os maiores e melhores cientistas e produtores de proteção vacinal contra todas as doenças que possam gerar epidemias com imensos prejuízos sócio-econômicos e humanitários.

Para que isso aconteça é necessário que exista a base chamada de boa Escola Fundamental, que todo município brasileiro tem obrigação constitucional de gratuitamente fornecer, para as crianças e adolescentes, em nove anos de boas escolaridades previstas.

UM BOM COMEÇO SERIA IMPLANTAR UM SÉRIO E ABRANGENTE PROGRAMA DE OFICINAS PARA AUXILIAR NA PREPARAÇÃO  DE  PROFESSORES, QUANTO AOS DOMÍNIOS DOS CONTEÚDOS QUE  DEVERIAM SER LECIONADOS E BEM AVALIADOS.

 

 

Lideranças e alunos de Bananeiras acionam o deputado Tião Gomes em defesa da Escola Normal

A pedido do pré-candidato a prefeito de Bananeiras Matheus Bezerra e dos vereadores Marcelo, Nicodemos, Nicinho e Gilson, o deputado Tião Gomes entra na luta em defesa da permanência de um patrimônio histórico Educacional do Brejo Paraibano que é Escola Normal Estadual Professor Pedro Augusto mais conhecida por “Escola Normal”, situada em Bananeiras.

Fazem várias décadas que essa instituição é responsável por levar o curso de magistério a milhares de alunos(as) dos mais variados municípios da região do brejo paraibano.

A oposição e a sociedade de Bananeiras e do brejo, juntamente com o deputado Tião Gomes reivindicam o direito da conclusão do curso em relação aos alunos já matriculados nos horários que não traga prejuízo aos mesmos, bem como solicitam a reforma e ampliação da estrutura física, pois na não há biblioteca e sala de informática devido a falta de salas, pois o prédio físico não tem condições de receber toda a demanda.

O deputado marcará audiência com o secretário de educação do estado da Paraíba, para batalhar por essa justa causa educacional de Bananeiras e região.

 

portaldolitoralpb

 

 

Mulher é encontrada morta a tiros em escola abandonada, em João Pessoa

Uma mulher, ainda não identificada, foi encontrada morta a tiros, dentro de uma escola abandonada no bairro das Trincheiras, em João Pessoa, neste sábado (4). A polícia acredita que o crime tenha acontecido durante a madrugada.

As informações são de que o prédio da escola é ocupado por diversas famílias sem teto, mas ainda não há confirmação de que a mulher morava no local.

A polícia está investigando o caso e trabalha com a hipótese de que o crime esteja relacionado ao tráfico de drogas.

 

clickpb

 

 

Divulgado pagamento dos Prêmios Mestres da Educação e Escola de Valor

Foi divulgado, nesta segunda-feira (16), o resultado dos Prêmios Mestres da Educação e Escola de Valor 2019, que vão bonificar 3.880 profissionais da área da educação pelas experiências administrativas e práticas pedagógicas exitosas durante o ano. O pagamento dos prêmios acontece na próxima sexta-feira (20) e, no total, serão investidos R$ 10,3 milhões. Também serão pagos R$ 2,7 milhões referentes aos prêmios de 1.559 servidores que ficaram pendentes em anos anteriores (2015, 2016 e 2017).

O Prêmio Mestres da Educação desse ano representa um investimento de R$ 4,2 milhões e vai contemplar 1.227 docentes. Já o Prêmio Escola de Valor vai bonificar 2.653 servidores de 61 escolas da rede estadual de ensino, com um investimento de R$ 6,1 milhões.

Os Prêmios Mestres da Educação e Escola de Valor consistem no fomento, seleção, valorização e premiação das experiências administrativas e práticas pedagógicas exitosas, resultantes de ações integradas e executadas por profissionais de educação em exercício e lotados nas escolas públicas estaduais de Educação Básica, e que apresentem sucesso no enfrentamento dos desafios no processo de ensino e de aprendizagem.

Educação integral

Durante o programa ‘Fala Governador’, João Azevêdo comentou que em 2020 a Paraíba terá mais 76 Escolas Cidadãs Integrais, sendo 13 delas Cidadãs Integrais Técnicas, passando a ter 53% das escolas nesse modelo integral. “O Estado será primeiro lugar no país em percentual de escolas com oferta de educação integral. Teremos 229 escolas nesse modelo em 151 cidades, serão 73 mil vagas em 44 cursos que estarão à disposição da população. Esse modelo de educação é um caminho sem volta pela melhoria e pelos resultados que estamos tendo”, observou.

 

portalcorreio

 

 

Jovem de 20 anos é encontrado morto perto de escola em Alagoa Grande, na Paraíba

O Núcleo de Homicídios da 8ª Delegacia Seccional de Polícia Civil em Guarabira, no Agreste Paraibano, irá investigar o assassinato de um jovem de 20 anos, ocorrido no município de Alagoa Grande, na Paraíba.

O corpo de Yuri, apelidado de “Revoltado”, nas redes sociais, foi encontrado na manhã desta sexta-feira (6), nas imediações de uma escola estadual que fica no Alto do Cruzeiro. As lesões observadas no corpo indicam que o jovem foi atingido por vários golpes de faca.

“Aparentemente foi morto por esfaqueamento, mas não posso dar certeza sem saber do perito. Estamos obtendo informações para a confirmação”, explicou o delegado Norival Portela ao repórter Pedro Júnior

Ainda de acordo com o delegado, o jovem não era natural da cidade e as pessoas com quem ele morava afirmaram não possuir qualquer contato com a família dele. “Muito cedo para identificar a motivação do crime. Estamos investigando para poder esclarecer o fato e todas as suas circunstâncias”, relatou Portela.

Até às 14h, a polícia ainda não tinha informações de quem teria assassinado o jovem. Uma perícia foi feita para descobrir como aconteceu o crime.

blogdopedrojunior