Arquivo da tag: escapam

PM mobiliza 15 viaturas, frustra explosão a banco na Paraíba, mas bandidos escapam

policiaUma explosão de banco foi frustrada pela polícia na madrugada deste sábado (6) em Itaporoca, a 69 km de João Pessoa, no Litoral Norte da Paraíba. Apesar de ter ocorrido apreensões de materiais ilícitos, ninguém foi preso.

Conforme repassado pelo capitão Alberto Filho, foram mobilizadas 15 viaturas que conseguiram apreender quatro explosivos, uma submetralhadora, uma barra de ferro para abrir os caixas, grampos para impedir a perseguição durante fuga, capuzes e dois veículos que seriam utilizados no crime.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Segundo a Polícia Militar, os bandidos foram interceptados na estrada que liga Curral Velho a Itapororoca, durante as atividades da operação ‘Patrulha Bancária’ – realizada diariamente pela 2ª Companhia Independente, com viaturas intensificando as rondas em possíveis rotas de acesso dos praticantes deste tipo de crime.

De acordo com o comandante da 2ª Companhia Independente, capitão Alberto Filho, uma das viaturas envolvidas na operação flagrou duas motos, com dois ocupantes cada, espalhando grampos pelo local.

Houve perseguição, troca de tiros e os bandidos se acidentaram, mas conseguiram escapar por matagais e até o fim da tarde deste sábado (6) ainda não haviam sido presos.

 

portalcorreio

Vereadores de São Bento escapam da cassação

O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba analisou na sessão desta terça-feira (10) o agravo regimental interposto em face de decisão monocrática que negou o pedido de cassação de três vereadores do município de São Bento por suposto crime de infidelidade partidária. José Garcia dos Santos, Bruno Lopes de Araújo e Lucinete Carneiro dos Santos deixaram o PMDB para ingressar no PSD em 6 outubro de 2011.

O trio é aliado do deputado estadual Gervásio Maia (PMDB) e temia retaliações caso permanecesse na legenda, cujo comando ficou nas mãos do prefeito Jaci Severino de Souza (PMDB), mais conhecido como Galego, adversário de Gervásio.

A saída dos vereadores de São Bento do PMDB foi o estopim de uma intensa crise entre o deputado estadual Gervásio Filho e o presidente estadual do partido, Antônio Souza. O parlamentar alega que havia um acordo segundo o qual os aliados poderiam deixar a sigla sem responder a processo.

O PMDB alegou que os três vereadores, embora tenham migrado para uma nova sigla, não participaram do processo de criação do partido, o que justificaria a justa causa. Outra alegação do partido era de que nenhum dos três conseguiu o número mínimo para serem eleitos e que para ocuparem as vagas no parlamento de São Bento precisaram dos votos da legenda.

Entendendo que a criação e novo partido é uma das exceções que impedem a ocorrência de infidelidade partidária, o relator do processo, o desembargador João Batista Barbosa entendeu que não haveria necessidade dos vereadores terem participado da criação do novo partido para fazer parte do processo. Para ele, o que vale é o prazo estipulado pelo Tribunal Superior Eleitoral que é de 30 dias para a filiação em partidos que estão se formando. Assim, ele votou pela rejeição do agravo. Os demais seguiram o relator.

A decisão de hoje pode ser repetida em casos semelhantes, como os dos deputados Doda de Tião (PPL), além de Wilson Braga e Trocolli Junior, ambos filiados ao PSD.

Parlamento PB