Arquivo da tag: escalação

Cuca não garante a escalação de Ronaldinho diante do Arsenal-ARG

Cuca não garante escalação de Ronaldinho (Foto: Bruno Cantini / Site Oficial do Atlético-MG)
Cuca não garante escalação de Ronaldinho
(Foto: Bruno Cantini / Site Oficial do Atlético-MG)

O técnico Cuca fez questão de mostrar que tem dúvidas quanto à escalação de Ronaldinho Gaúcho no duelo diante do Arsenal, da Argentina, na próxima terça-feira, às 21h45m (de Brasília), pela Taça Libertadores. Para qualquer treinador, R10 seria titular absoluto, mas, para Cuca, o jogador ainda terá que mostrar, nos próximos treinamentos, uma condição ideal para atuar fora de casa.

Ao que tudo indica, Cuca não está totalmente satisfeito com a participação de Ronaldinho Gaúcho nos treinamentos na Cidade do Galo. A movimentação do craque alvinegro nas atividades, nem de longe, condiz com a postura que teve diante do São Paulo, na estreia pela competição continental, quando, no Independência, deu até carrinho para tirar bola dos rivais.

Cuca cobrou da equipe a mesma postura que o time tem encarado os adversários em Belo Horizonte. Ele fez questão de afirmar que deverá manter time titular, mesmo longe de seus domínios, mas que Ronaldo precisa demonstrar uma condição melhor.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

– Penso em jogar da mesma forma, com a manutenção da equipe, provavelmente, com Ronaldo no lugar do Luan. Isso se o Ronaldo estiver em condições ideais de jogo. Se não estiver, joga o Luan. Vamos ver, em jogo fora de casa, a resposta que eles nos dão. Comprometimento. Vamos ter essa manutenção e confiar que eles vão fazer um bom jogo.

Sem dar muitos detalhes, o treinador explicou o motivo de ter condicionado a escalação do craque alvinegro.

– No treinamento, olho e sinto algumas situações. Vamos deixar mais para frente para decidir.

O time ainda fará três treinamentos até o duelo contra o Arsenal. No sábado, o grupo alvinegro treinará no período da tarde. No domingo, pela manhã, e na segunda-feira, já em Bueno Aires, o fará o reconhecimento do gramado do estádio Julio Humberto Grondona, local da partida.

 

 

Globoesporte.com

Love defende escalação do Fla com 3 atacantes: ‘Time fica mais expressivo’

 

Vagner Love no treino do Flamengo (Foto: Márcia Feitosa / Vipcomm)Vagner Love repete Ronaldinho e fala de tática, o
que já irritou Joel (Foto: Márcia Feitosa / Vipcomm)

Na estreia do Flamengo no Campeonato Brasileiro, Joel Santana armou o time com três volantes – Rômulo, Luiz Antonio e Kleberson – e apenas um armador: Darío Bottinelli. No segundo tempo, com a vitória parcial do Sport por 1 a 0, o técnico decidiu mexer na equipe e lançou Deivid na vaga do meia argentino. A equipe ganhou mais força ofensiva e chegou ao empate com um gol de Vagner Love. O Artilheiro do Amor aprovou o desempenho com a formação com ele, Ronaldinho Gaúcho e o camisa 9, e defende que ela seja mantida.

– Com o Deivid, o time melhorou, jogou mais para frente. Ter mais um jogador ali no ataque ajuda bastante. Quando tem mais um ali, as tabelas saem mais, o time ficou mais ofensivo, tivemos oportunidades, ele até deu um passe para mim. Depois, com uma tabela e passe do Kleberson, eu consegui fazer o gol. Quando o Deivid entra, ou outro jogador, o time fica mais expressivo, isso é bom para o Flamengo – analisou Love.

O Artilheiro do Amor não foi o primeiro a comentar a postura tática rubro-negra e a troca de um homem de meio-campo por um atacante. O tema gerou polêmica na rodada de abertura do Brasileirão. Terminado o primeiro tempo da partida, Ronaldinho analisou a equipe em entrevista a emissoras de rádio e disse que a proposta definida era jogar no contra-ataque, mas faltava acertar o último passe. Depois do jogo, Joel foi questionado sobre a opinião do capitão da equipe e deu uma resposta dura.

– Não quero saber de fofoca. Quem tem que comentar a opção tática sou eu. O esquema foi escolhido, nós concordamos. Viemos jogar da maneira que treinamos. Treinamos das duas maneiras. Começamos o jogo de um jeito e terminamos de outro. No segundo tempo, jogamos melhor e poderíamos ter vencido. Não tem essa de que o Ronaldo falou. Quem fala de tática de jogo sou eu, mais ninguém – disse Joel (veja no vídeo ao lado).

O diretor de futebol do clube, Zinho, entrou no circuito, conversou com o treinador e com o capitão e deu o assunto por encerrado.

– Não estão brigados – afirmou o dirigente.

Neste sábado, contra o Inter, no Engenhão, o time terá mudanças importantes no meio-campo. Airton e Ibson serão titulares ao lado de Luiz Antonio e Kleberson. A tendência é que Deivid fique no banco. Depois de uma semana de treinos táticos, Love espera que o desempenho contra os colorados seja melhor.

– Contra o Sport foi o primeiro jogo, não dá para falar muita coisa. Conseguimos um ponto fora, sempre é importante. Estamos procurando o melhor entrosamento, conversando entre a gente e com a comissão técnica. As coisas vão começar a se acertar. No segundo jogo, teremos um melhor desempenho. Treinamos bastante, trabalhamos, mas ainda falta algo, pois perdemos ritmo de jogo, é isso que falta. Vamos entrar no clima do Campeonato Brasileiro. Vamos dar o que falar e chegar longe no campeonato.

Apesar de reconhecer a força da equipe gaúcha, o Artilheiro do Amor diz que só a vitória pode tratada como um bom resultado.

– Temos que fazer nosso dever de casa, que é somar os três pontos. O empate não é um bom resultado, temos que vencer em casa e somar pontos fora.

Flamengo e Inter se enfrentam neste sábado às 18h30m (de Brasília).

 

Globoesporte.com