Arquivo da tag: episódio

Vice do PMDB de Bananeiras envia nota sobre episódio do seu julgamento

boletimO candidato a vice-prefeito pela Coligação ‘Por Bananeiras, Tudo’ Ernandes Fernandes (PSL) enviou nota a redação do PBAgora no qual esclarece que o caso porte de armas era uma de caça, conhecida como tipo soca-soca, a famosa bate bucha e destaca que não portava na época do caso nenhuma arma de calibre 12, nem que houve divulgação do fato com conotação política. Confira a nota na integra:

NOTA AO POVO

Em 2012, quando tinha 19 anos, eu, juntamente com meu irmão, saia para fachiar (caçar a noite com lanterna e espingarda), prática comum em toda zona rural, quando me deparei com uma viatura policial, fomos abordados e estávamos portando duas espingardas tipo soca-soca, a famosa bate bucha. Destaco que em praticamente toda casa de agricultor existe esse tipo de espingarda, além de ser algo bastante comum em toda nossa zona rural. A abordagem foi tranquila, me expliquei na delegacia, as armas foram apreendidas e eu retornei à minha casa.

Portanto, NUNCA houve arma de calibre 12, NUNCA existiu esta conotação política no episódio, NUNCA fiz nada em minha vida que me fizesse baixar a cabeça ou ter vergonha de meus atos. Peço aos autores dessa matéria, que de tão vaidosos que são, não conseguiram se conter e até seus nomes colocaram nela, que já houve tanta mentira nos últimos 12 anos, tantas e tantas vezes o povo foi enganado, chega. Chegou a hora de respeitar o povo.

Povo, que tenho a vaidade de pertencer. Sou agricultor com muito orgulho e todos que me conhecem sabem que venho de uma família tradicional na agricultura, uma família de princípios e respeito em toda região.

Todos que me conhecem sabem da minha índole e do meu caráter enquanto pessoa e cidadão. Este último ato leviano deles é reflexo do desesperado que os consomem em perceber dia-a-dia o crescimento avassalador da manifestação livre e verdadeira do povo a nossa candidatura, eles estão com medo do resultado que as urnas irão gritar no dia dois de outubro.

O Povo está vencendo! Agora é 15

Ernandes Fernades Candidato a Vice-Prefeito

Entenda o caso:

Candidato a vice do PMDB de Bananeiras aguarda julgamento

pbagora

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Mídia nacional repercute episódio de ‘alerta gay’ para ‘Praia do Futuro’ em João Pessoa

avisado-02No vaivém de boatos nas redes sociais, cliente, cinema, imprensa, produtora e público têm falado idiomas diferentes no suposto episódio de homofobia que estourou nesta quarta-feira, em João Pessoa (PB). Na falta de dados concretos, a verdade parece ser o que menos importa num dos assuntos mais comentados da semana.

O bate-boca começou quando administrador Iarlley Araujo, 34, publicou uma foto no Facebook que mostrava o termo “Avisado”, carimbado em seu ingresso do filme Praia do Futuro. Na imagem, vê-se que a sessão do filme acontecia numa das salas da rede Cinépolis.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Selecionada para o festival de Berlim deste ano, a fita traz cenas de sexo entre os personagens de Wagner Moura e do alemão Clemens Schick.

“Fui a este mesmo cinema três vezes esse mês e nunca carimbaram minha entrada. Agora só fizeram isso depois de me perguntarem se ‘eu tinha certeza de que queria ver aquele filme’, por causa das cenas homossexuais”, reclamou Iarlley à BBC Brasil.

Ele sugere que o carimbo seria uma garantia para o cinema no caso de clientes consevadores pedirem o dinheiro de volta após assistir ao conteúdo do filme.

“Por isso postei a foto do ingresso, achei uma afronta”, continuou o administrador. “É como se dissessem ‘olha, você vai ver um filme de viado, tudo bem?”.

Em nota, o cinema nega o bafafá.

“A utilização do carimbo ‘AVISADO’ faz parte da política da Cinépolis para notificar o usuário da obrigação de apresentação da carteira de estudante para comprovar o direito à meia-entrada em suas sessões.”

Nas redes sociais, usuários se confrontam – de um lado, os que defendem o cinema e dizem já ter recebido ingressos carimbados e, de outro, os juram nunca terem visto tal marca, mesmo em bilhetes de meia-entrada.

A rede de cinemas ainda diz que “não tem o objetivo de notificar o espectador sobre o conteúdo e cenas contidas nos filmes”.

Troca-troca

Entre uma versão e outra, na tarde desta quinta-feira, o jornal carioca O Globo publicou uma notícia com o seguinte título: “Cinema alerta público sobre filme com sexo gay com Wagner Moura”.

O texto endossava a versão de Iarlley e sugeria que “um funcionário não identificado” teria confirmado a história.

Foi quando os produtores do filme decidiram embarcar na polêmica.

No Facebook, eles postaram uma imagem que afirmava: “Sim, há cenas de sexo gay em Praia do Futuro, elas são maravilhosas, o filme está em cartaz nos cinemas”.

Depois de 3,6 mil curtidas e mil compartilhamentos, a produção publicou nova foto, dessa vez com o diretor do filme e uma faixa com a hashtag #homofobianaoéanossapraia.

Foi o ponto de partida para que dezenas de anônimos começassem a postar fotografias com a mesma frase.

Tumblrs

TumblrDepois da polêmica, internautas criaram sites parodiando o carimbo

Outros usuários também decidiram embarcar na boataria. Dois deles tiveram a mesma ideia: criar Tumblrs (sites constituídos basicamente por fotos e legendas) ironizando o ”carimbo gay”.

Autor do CliqueTá Avisado, o publicitário mineiro Eduardo Noronha, 27, ganhou quase mil seguidores em menos de 24 horas.

Na página, ele publica fotos de outros filmes e seus respectivos ”avisos”.

Ao lado do cartaz de Esqueceram de Mim, filme dos anos 1990 com o ator Macaulay Culkin, está o alerta: “O senhor está ciente de que este filme possui cenas de abandono de menor?”.

Ironizando o caso, o tumblr “Tá avisado” ganhou quase mil seguidores em 24h

Junto à imagem de Harry Potter, lê-se: “O senhor está ciente de que não tem mais idade para usar fantasia?”.

“A ideia é ironizar o aviso prévio. Mas eu acho a versão do cinema pertinente. Provavelmente é verdade, mas ainda assim não vou apagar a página porque a discussão continua importante.”

Criador do CliqueTem que Avisar, que funciona nos mesmos moldes, o servidor público carioca Victor Ribeiro, 22, diz usar a página como “protesto”.

“No calor da discussão vale a pena optar por uma ferramenta efêmera como o Tumblr”, diz.

“Mesmo que a história não seja verdade, as imagens fazem as pessoas se questionarem e rirem um pouco da situação.”

BBC Brasil

Estudiosos veem na exumação de Jango a chance para esclarecer um episódio obscuro de nossa história

Jango (direita) durante encontro em Brasília com o presidente dos Estados Unidos, John Kennedy, em 1962 (Foto: Flickr Kemon01)
Jango (direita) durante encontro em Brasília com o presidente dos Estados Unidos, John Kennedy, em 1962 (Foto: Flickr Kemon01)

Em 2006, o ex-agente do serviço de inteligência do governo uruguaio Mario Neira Barreiro revelou que havia espionado o ex-presidente João Goulart em seu exílio no Uruguai e que tinha participado de um complô para trocar os remédios de Jango por uma substância mortal.  O relato foi passado a João Vicente Goulart, filho do ex-presidente. Um ano depois, a família de João Goulart solicitou ao Ministério Público Federal (MPF) o pedido de novas investigações.

É para esclarecer essa controvérsia sobre a morte de Jango que peritos estrangeiros e da Polícia Federal vão examinar os restos mortais do ex-presidente, que estava enterrado em São Borja, na fronteira oeste do Rio Grande do Sul. Jango morreu em 6 de dezembro de 1976 em sua fazenda em Mercedes, na Argentina. Ele sofria de problemas cardíacos e teria tido um infarto. No entanto, a causa nunca foi confirmada e nenhuma autópsia foi realizada na época.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“As circunstâncias que ele foi enterrado são muito complexas e cheias de mistérios. Na época, a ordem dos militares foi de não abrir o caixão e enterrar rapidamente. Eu coloco sob suspeita esse comportamento da ditadura de não ter feito exame para diagnosticar o motivo da morte”, diz o cineasta Silvio Tendler que lançou o filme “Jango”, ainda ditadura militar, em 1984.

Para Tendler, todo esse processo de descoberta da verdade é um marco na história do País. Segundo ele, muitas coisas ainda são obscuras e precisam de uma explicação.

Em suas pesquisas para a elaboração do documentário, o cineasta entrevistou a família e funcionários de Jango no período em que ele esteve exilado. Segundo ele, o ex-presidente estava sendo ameaçado de morte diariamente.

“Um dos funcionários de Jango da fazenda em Mercedes, na Argentina me relatou que, cada vez que Jango dava partida na ignição do carro para sair, todos na casa saiam de perto e se abaixavam com medo de uma bomba explodir”.

Um dos vários biógrafos de Jango, o historiador Jorge Ferreira lembra que João Goulart foi o único ex-presidente do País a morrer no exílio e sem reconhecimento.

“A homenagem é a reafirmação do processo democrático no Brasil”, afirma Ferreira.

“Sua história tem que ser respeitada e valorizada. Goulart tinha como características fundamentais o nacionalismo, o estatismo, o desenvolvimentismo, a intervenção do estado na economia e nas relações entre patrões e assalariados, a manutenção e a ampliação dos benefícios sociais aos trabalhadores, a reforma agrária e a liderança política partidária de grande expressão. Creio que muitas dessas tradições inventadas pelos trabalhistas ainda estão presentes entre as esquerdas brasileiras”, analisa o historiador.

Fonte:
Portal Brasil

Depois de virar chacota nacional Samuka tenta explicar episódio do ‘Prediocoptero’

samukaApós virar alvo de uma verdadeira chacota na mídia nacional ao declarar que estava com imagens aéreas da manifestação em João Pessoa, adquiridas através de um suposto helicóptero, o apresentador do Correio Verdade, Samuka Duarte, do Sistema Correio de Comunicação (afiliada da Record) resolveu ‘por mais lenha na fogueira’ e explicar que tudo se tratou de uma brincadeira.

O apresentador recrutou a produção e, no momento do programa, explicou que a ‘outra emissora’, no caso, a TV Tambaú, foi quem não teria entendido a brincadeira e feito ‘piada’ com a ‘piada’.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Para piorar, Samuka parabenizou o câmera  pelo trabalho e terminou de complicar mais ainda o ‘moído’ ao dizer que ‘a Correio foi a primeira televisão a ir para o prédio filmar’.

Pelo sim e pelo não, a guerra da audiência na Paraíba, principalmente entre os programas policiais pega fogo a cada veiculação do Ibope.

Enquanto uns recriminam o apresentador por ter se utilizado da farsa e exposto o Sistema Correio ao ridículo em rede nacional, outros telespectadores mais fanáticos se mostram solidário com o popular apresentador, que adota o estilo povão.

ENTENDA

A afiliada a TV Record na Paraíba cometeu uma gafe na última quinta-feira (20/06), enquanto cobria os protestos em João Pessoa.

O apresentador do telejornal “Correio Verdade”, da TV Correio/Record, disse que tinha imagens aéreas do local da manifestação e que a afiliada era a única no estado com essas tomadas.

Porém, o apresentador Fábio Araújo, da TV Tambaú/SBT, desmentiu e mostrou um câmera da TV Correio em cima de um prédio – o edifício Santa Rita, no centro da capital paraibana.

A ‘gafe’ do apresentador Samuca Duarte repercutiu nacionalmente, especialmente nos sites, blogs, colunas e programas de rádio e TV especializados em mídia.

A TV Correio foi motivo de chacota, especialmente nos programas “Morning Show”, da Rede TV! e “CQC”, da TV Bandeirantes, que elegeu a reportagem jocosa da emissora paraibana em primeiro lugar no quadro “Top Five”.

Márcia Dias

PB Agora