Arquivo da tag: enterrado

Enterrado corpo da cantora Eliza Clívia, em Livramento, Paraíba

(Foto: Henrique Epifânio/TV Paraíba)

Foi enterrado às 17h deste domingo (18) o corpo da cantora paraibana Eliza Clívia. O sepultamento aconteceu no Cemitério da Saudade, em Livramento – cidade do Cariri paraibano onde Eliza nasceu.

A cantora paraibana, que é ex-vocalista da banda Cavaleiros do Forró, e o marido dela, o baterista Sérgio Ramos, morreram em um acidente de carro no início da tarde da sexta-feira (16), no Centro de Aracaju, capital sergipana.

Eliza Cliva e o marido morreram em acidente de carro em Aracaju (Foto: Divulgação)

Eliza Cliva e o marido morreram em acidente de carro em Aracaju (Foto: Divulgação)

O corpo de Eliza foi velado no Palhoção do Forró – local onde acontecem os grandes eventos públicos do município -, que ficou lotado com a presença de familiares, amigos e fãs, que compareceram para dar o último adeus.

Velório de Eliza Clívia aconteceu em Livramento, na Paraíba (Foto: Flávio Leite/Prefeitura de Livramento)

Velório de Eliza Clívia aconteceu em Livramento, na Paraíba (Foto: Flávio Leite/Prefeitura de Livramento)

O corpo do marido de Eliza, o baterista Sérgio Ramos, também conhecido como Munição, foi velado na funerária Rosa de Saron, em João Pessoa, e levado, na tarde deste domingo (18), para o Rio Grande do Norte, onde vai ser enterrado no município de Currais Novos.

Corpo do baterista Sérgio Ramos foi levado para o Rio Grande do Norte após velório (Foto: Walter Paparazzo/G1)

Corpo do baterista Sérgio Ramos foi levado para o Rio Grande do Norte após velório (Foto: Walter Paparazzo/G1)

Acidente

Eliza, que iniciou a carreira solo, há quatro meses, estava em Aracaju para divulgar um show, que seria realizado na noite desta sexta-feira, quando o veículo em que estava bateu contra um ônibus. Além do casal, três pessoas da equipe também estavam no veículo. Elas foram socorridas e encaminhadas ao Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), onde duas ainda permanecem internadas.

A câmera de vigilância de um estabelecimento comercial flagrou o momento do acidente e as imagens mostram que o motorista do ônibus ainda tentou frear, mas acabou batendo no carro em que estava a cantora, o marido e os outros integrantes da banda.

Cantora de forró Eliza Clívia morre em acidente de carro

Cantora de forró Eliza Clívia morre em acidente de carro

O coronel Vivaldi Cabral, comandante do policiamento de Aracaju, informou que uma perícia foi realizada no local do acidente e o caso será investigado pela Delegacia Especial de Delitos de Trânsito. A Secretaria de Segurança Pública informou disse que o motorista do ônibus já prestou depoimento sobre o acidente.

Em nota, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Aracaju (Setransp) e a empresa Auto Viação Paraíso, dona do ônibus, lamentaram o ocorrido e afirmaram que estão colaborando com a autoridades de trânsito para apuração das causas do acidente.

Ônibus que bateu no carro em que estava a cantora (Foto: Ana Fontes/TV Sergipe)

Ônibus que bateu no carro em que estava a cantora (Foto: Ana Fontes/TV Sergipe)

Acidente ocorreu no início da tarde no Centro de Aracaju (SE) (Foto: Ana Fontes/TV Sergipe)

Acidente ocorreu no início da tarde no Centro de Aracaju (SE) (Foto: Ana Fontes/TV Sergipe)

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Adolescente que estava desaparecido é achado enterrado em Esperança-PB

casos de policiaUm adolescente de 16 anos foi encontrado morto e enterrado na tarde da segunda-feira (19) em Esperança, no Agreste paraibano. Segundo as primeiras informações da Polícia Civil, o rapaz estava desaparecido desde o dia 18 de novembro e o corpo foi achado por moradores.

Os investigadores do Núcleo de Homicídios da Delegacia de Esperança chegaram até o local, um terreno no bairro José Lopes, após denúncias anônimas. De acordo com a polícia, ainda não foi confirmada a motivação do crime. A mãe da vítima disse apenas que o adolescente havia saído de casa em uma bicicleta e não retornou.

O corpo foi encaminhado para o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol) de Campina Grande e seguia no local até as 6h50 (horário local) desta terça-feira (20). O órgão informou que ainda não é possível constatar as causas da morte devido ao avançado estado de decomposição do corpo.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Corpo de Nelson Mandela é enterrado na África do Sul

Corpo de Mandela é enterrado com honras militares em Qunu, na África do Sul (Foto: Reprodução/TV Globo)
Corpo de Mandela é enterrado com honras militares em Qunu, na África do Sul (Foto: Reprodução/TV Globo)

O corpo do ex-presidente da África do Sul e líder antiapartheid Nelson Mandela foi enterrado neste domingo (15) em seu vilarejo ancestral de Qunu, na África do Sul, após dez dias de homenagens e funerais. Mandela morreu no dia 5 de dezembro aos 95 anos, e foi enterrado ao lado dos restos mortais de três de seus filhos.

O ganhador do Nobel da Paz, que ficou preso durante o Apartheid por 27 anos, antes de emergir para pregar o perdão e a reconciliação no país, foi colocado para descansar na casa de seus ancestrais em Qunu, depois de uma despedida que misturou pompa militar e os ritos tradicionais de seu clã Xhosa abaThembu.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O enterro foi acompanhado por cerca de 450 convidados – familiares de Mandela, integrantes da comunidade de Qunu e amigos pessoais e alguns dignitários.

mapa qunu mandela (Foto: 1)

O presidente sul-africano, Jacob Zuma, ficou de pé no momento em que o caixão foi colocado no túmulo. Helicópteros militares e aviões de combate sobrevoaram a região e disparos de canhão foram realizados, antes de uma cerimônia tradicional privada, que não teve a presença da imprensa.

“A sua foi realmente uma longa caminhada até a liberdade, e agora você conseguiu a liberdade definitiva no seio de seu criador”, disse um capelão militar durante a cerimônia no jazigo da família, onde três dos filhos de Mandela já estão enterrados.

Antes do enterro, foi realizada uma cerimônia de três horas na qual amigos, familiares e líderes mundiais fizeram discursos relembrando a vida e o trabalho de Mandela.

A cerimônia de Estado foi acompanhada por cerca de 4,5 mil pessoas.

Estiveram em Qunu o reverendo americano e ativista dos direitos civis Jesse Jackson, o magnata britânico Richard Branson, o ex-primeiro-ministro francês Lionel Jospin, o político norte-irlandês Gerry Adams, a apresentadora de televisão americana Oprah Winfrey e os atores Forrest Whitaker e Idris Elba, que interpreta Mandela no cinema, além do príncipe Charles.

Diversos discursos foram realizados – todos eles com toques pessoais sobre a personalidade de Mandela e lembranças da vida do líder. “A melhor lição que nos deixou foi: fazer o bem, e também que dentro de cada um de nós está a capacidade de fazer o que queremos na vida”, disse Nandi Mandela, uma das netas Mandela.

“Sentiremos saudades de sua voz severa, de quando estava aborrecido, seu riso, porque tinha um grande senso do humor, e de suas histórias; era um grande contador de histórias”, lembrou.

Zuma expressou seu agradecimento Mandela por ser e representar “o que toda uma nação necessitava em um momento tão crítico”, na luta contra o regime racista do Apartheid.

O atual líder, que antes entoou uma canção política sobre a opressão, assegurou que a África do Sul vai continuar o caminho que Mandela trilhou aplicando as lições que ainda se extraem de “tão extraordinária vida”.

As ruas próximas à tenda onde foi realizada a cerimônia – em uma propriedade da família Mandela – e ao local do enterro foram bloqueadas – mesmo assim, dezenas de pessoas foram até a região para tentar participar, em vão.

Ao fim da cerimônia de Estado, o corpo de Mandela seguiu em um cortejo acompanhado de uma banda militar. A bandeira da África do Sul que envolvia o caixão foi retirada, e caças da Força Aérea sul-africana sobrevoaram o local para homenageá-lo.

Na noite anterior ao enterro, o corpo de Mandela ficou sob a guarda de sua família e dos anciãos de Qunu. Diversos rituais tribais haviam sido anunciados antes do funeral – incluindo o sacrifício de um boi. Não se sabe se eles ocorreram antes das cerimônias deste domingo ou durante o enterro, quando as imagens do local deixaram de ser transmitidas para preservar a intimidade da família.

 

 

G1

Jovem é assassinada e tem corpo enterrada no quintal de casa em Juazeirinho/PB; suspeito é o próprio marido

jovem-assassinadaUm crime bárbaro foi desvendado na manhã deste sábado (08) na cidade de Juazeirinho, sertão do estado, pela Polícia Militar.

O corpo da jovem Michele Tavares, 19 anos, que estava desaparecida há três dias foi encontrado no quintal de sua residência na Rua Pedro Barros, no Bairro da Bela Vista.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Os policiais localizaram o corpo após denúncia do próprio pai da vítima, João Soares, 38, que sentiu falta da sua filha e comunicou a polícia que ao chegarem em sua residência fizeram alguns escavações no quintal da casa e encontram o corpo dentro de uma fossa séptica enrolado em um edredom e já em estado de decomposição.

O principal suspeito do assassinato de Michele é o próprio esposo, Ariomar Santos, conhecido como Mocó que encontra-se foragido. Informações repassadas a polícia dão conta de que Michele e Ariosmar viviam brigando muito.

O pai da vítima emocionado lamentou o fato. “A gente cria uma filha com tanto amor para ver o seu fim desse jeito”.

A perícia esteve no local e encaminhou o corpo para o IML de Campina Grande.

Michele Taveres era mãe de uma criança com Ariosmar.

O clima é de consternação na cidade de Juazeirinho onde Michele residia e na cidade do Junco do Seridó onde ela foi criada e seus pais moram atualmente.

Da Redação ExpressoPB/Fotos: Agita Paraíba

Soldado morto por motorista embriagado é enterrado com honraria militar; Detran vai intensificar Lei Seca na PB

O soldado da Polícia Militar Michel Márcio da Silva Nascimento de 29 anos que morreu após ser atropelado quando estava de serviço neste sábado (2) no bairro de Mangabeira foi enterrado no cemitério Senhor da Boa Sentença, no bairro do Varadouro no final da tarde deste domingo (3) com honraria militar e muita comoção.

Soldado é enterrado com comoção popularFoto: Soldado é enterrado com comoção popular
Créditos: Assessoria da PM

O velório  aconteceu na casa do seu pai que fica no bairro da Ilha do Bispo. O cortejo Fúnebre aconteceu em uma viatura do Corpo de Bombeiro.

Velório do soldado Michel Márcio da SilvaFoto: Velório do soldado Michel Márcio da Silva aconteceu na casa do seu pai na Ilha do Bispo
Créditos: Reprodução/TV Correio

O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, esteve na tarde deste domingo no velório prestando solidariedade a família do soldado. Como também o comandante geral da Policia Militar, coronel Euller Chaves.

Ricardo Coutinho no velório do soldadoFoto: Ricardo Coutinho no velório do soldado
Créditos: Emerson Machado

 

 

O superitendente do Detran-PB, Rodrigo Carvalho, lamentou a morte do PM e afirmou através da rede social, Twitter, que intensificará a fiscalização da Lei Seca.

Amigos fazem fila para se despedir do amigo soldadoFoto: Amigos fazem fila para se despedir do amigo soldado
Créditos: Aguinaldo Mota

 

O acidente 

 

 

 

Na noite deste sábado (2), quatro policiais da Rotam que estavam em serviço foram atropelados no Bairro de Mangabeira, em João Pessoa por um motorista embriagado. O soldado Michel Márcio da Silva Nascimento, 29 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa.

Michel Márcio não resistiu aos ferimentosFoto: Michel Márcio não resistiu aos ferimentos
Créditos: Twitter BPTran

De acordo com aspirante Nayara Cesar (coordenadora do dia do BPTran), os militares estavam fazendo o policiamento no bairro em duas motocicletas, quando Valdivan Soares Diniz embriagado pilotando o veículo Fiat Palio azul de placas MNE 8862-PB saiu de uma rua em alta velocidade.

Ainda de acordo com a aspirante, o condutor não observou a sinalização e colidiu violentamente nos policiais. O soldado Michel, que era lotado 5° BPM, teve várias fraturas pelo corpo e morreu no Trauma da Capital. A vítima também trabalhava como socorrista do Samu.

Os outros policiais feridos seguem internados no Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. Eles não correm risco de morte. O motorista foi submetido ao teste do bafômetro que apontou o teor alcoólico de 0.37. Valdivan, que está detido na 9ª Delegacia Distrital de Mangabeira, na Capital, vai responder por homicídio doloso.

 

 

Por Hyldo Pereira e Priscila Andrade

Portalcorreio

Homem tem cabeça decepada e corpo enterrado em Santa Rita/PB

Cenas de crueldade foram registradas na manhã desta sexta (7), na comunidade Aguilândia, em Marcos Moura, Santa Rita. Um homem de identidade ainda desconhecida foi encontrado enterrado em um terreno próximo à rua Jornal da Paraíba. Após descobrir o corpo foi visto que sua cabeça foi decepada.

Segundo a polícia, o crime teria ocorrido durante a madrugada quando moradores acionam a polícia afirmando de uma tentativa de homicídio. PMs estiveram no local e não encontraram nada.

Há marcas de pauladas e ele poderia ter morrido com golpes de uma garrafa quebrada. A vítima foi arrastada por 400m. A cabeça não foi encontrada.

Moradores disseram desconhecer o nome da vítima, mas afirmaram que o corpo pode ser de um homem que praticava pequenos furtos na comunidade.

A polícia não tem suspeitas dos criminosos.

ExpressoPB
Com Aguinaldo Mota

Corpo de sargento da PM, morto durante troca de tiros com bandidos, é enterrado em Campina

 

Foi enterrado na manhã desta segunda-feira (19), o corpo do sargento Jefferson de Lucena Santos. O militar foi morto durante troca de tiros com bandidos na madrugada deste domingo (18) no bairro do Mutirão, em Campina Grande.

O corpo foi velado durante todo o dia no 2º Batalhão de Polícia e enterrado no Campo Santo Parque da Paz.

Uma multidão acompanhou o cortejo fúnebre. Autoridades policiais participaram do último adeus ao sargento.

Nas redes sociais foram espalhadas várias mensagens de repúdio ao ato de violência que tirou a vida do policial militar, de apenas 29 anos.

Dez pessoas suspeitas de envolvimento com o crime foram detidas. De acordo com investigações da polícia civil, os acusados são integrantes de uma mesma quadrilha e são aliados a uma facção do crime organizado do Rio de Janeiro. Essa quadrilha seria a responsável por comandar o tráfico de drogas no Bairro Mutirão, onde aconteceu o crime.

Renata Nunes
 tambau247

Arcebispo emérito do Rio vai ser enterrado na tarde desta 4ª, na Catedral Metropolitana

Recomeçaram às 6h desta quarta-feira (11), as missas de corpo presente do cardeal dom Eugenio Sales, arcebispo emérito do Rio, na Catedral Metropolitana, no Centro do Rio.

As missas ocorrerão a cada duas horas até as 15h, quando o corpo será enterrado. Dom Eugenio ficará no chão da cripta da Catedral ao lado de outro corpo de seu antecessor, o cardeal dom  Jaime Câmara, morto em 1971.

As portas da igreja não foram fechadas. Durante toda a noite e madrugada, milhares de fiéis, amigos, religiosos e admiradores de dom Eugenio passaram pela Catedral para se despedir. A vigília foi realizada na Capela do Santíssimo Sacramento, que fica atrás do altar. Pontualmente, às 6h os sinos da Catedral tocaram, dando início às missas desta quarta-feira.

A cripta da Catedral Metropolitana já está preparada para receber o corpo do cardeal. No espaço, no subsolo da igreja, apenas bispos e cardeais são sepultados. O túmulo de dom Eugenio fica em frente ao de Monsenhor Ivo Antonio Calliari, responsável pela construção da Catedral do Rio.

Ele é o segundo cardeal a ser enterrado no chão da cripta da Catedral do Rio.  Segundo a Arquidiocese, a cripta tem 25 mil nichos que podem ser adquiridos por qualquer pessoa, mas o chão do local é reservado aos bispos da Igreja.

Segundo o presidente da Comissão Especial Governamental – JMJ 2013, Luiz Pugialli, amigo de dom Eugenio por mais de 20 anos, mais de quatro cardeais do Brasil já confirmaram presença para o sepultamento.

De acordo com a Arquidiocese do Rio, o enterro será realizado na quarta porque o irmão de dom Eugenio e arcebispo emérito de Natal (RN), dom Heitor de Araújo Sales, e o bispo auxiliar de dom Eugenio, bispo dom Karl Joseph Romer, estão vindo do interior da Suíça.

O caixão do cardeal foi levado para a Catedral pelo caminhão do Corpo de Bombeiros, seguido por um comboio. Ao chegar à catedral, ele foi recebido por uma salva de palmas e pela banda da Polícia Militar. Uma pomba, que simboliza a paz, pousou sobre o caixão no momento em que foi solta.

Dom Eugenio morreu às 22h30 desta segunda-feira (9), aos 91 anos, após sofrer um infarto em casa.

Os fiéis já aguardavam do lado de fora desde a manhã. O caixão foi recebido pelo governador Sérgio Cabral, pelo prefeito Eduardo Paes e pela arcebispo do Rio, dom Orani Tempesta, que às 12h30 celebrou missa. Sobre o caixão, foi colocado uma bandeira do Brasil.

Pomba, que simboliza a paz, pousa sobre caixão (Foto: Rodrigo Vianna/G1)Pomba, que simboliza a paz, pousa sobre caixão (Foto: Rodrigo Vianna/G1)

A Polícia Militar executou o Hino Nacional e a Marcha Pontifícia. Por um tapete vermelho estendido na porta da igreja, o caixão foi levado por homens do Corpo de Bombeiros até a porta do templo.

Por volta das 10h30, os fiéis começaram a chegar à Catedral para participar da cerimônia. Segundo a moradora de Vila Isabel Ieda Duque Accioli, dom Eugenio fará muita falta à Igreja. “Ele era um cardeal muito participante. Deu a vida dele pela Igreja. Era muito carismático. Vai fazer falta. Era uma pessoa fechada, mas de muito bom coração”, afirmou a fiel. Já Maria de Fátima Moreira Santo, que vai todos os dias à igreja, nesta terça resolveu ir assistir à missa na Catedral para prestar uma última homenagem ao cardeal.

G1