Arquivo da tag: enteada

Em Alagoa Grande, padrasto é preso suspeito de estupro contra enteada de 11 anos

Um homem de 46 anos de idade foi preso por policiais da 2ª Companhia do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) e policiais civis suspeito de estupro de vulnerável praticado contra a própria enteada, uma menina de 11 anos. A prisão aconteceu nesta terça-feira (10), na cidade de Alagoa Grande, depois que a mãe da menina denunciou o caso ao Conselho Tutelar.

Os abusos vinham sendo praticados há aproximadamente um ano, de acordo com o relato da mãe, que tão logo tomou conhecimento, através da própria filha, denunciou o caso. A guarnição comandada pelo cabo Porfírio, juntamente com conselheiros tutelares e policiais civis, conseguiu localizar e prender o acusado, que foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil.

Em Araçagi, a guarnição do Destacamento local foi acionada pelo delegado plantonista para conduzir um acusado para uma audiência de custódia por tentativa de homicídio e, logo após a audiência, foi constatado que contra ele havia um mandado de prisão expedido pela Justiça. Diante do fato, o acusado foi conduzido novamente para a delegacia.

Em Guarabira, no Bairro São José, os policiais militares prenderam um homem após receberem informações de que ele teria agredido a própria esposa. No local, a guarnição observou que a vítima estava com a face machucada e ela confirmou ter sido provocada pela agressão física do seu marido. Ela também relatou que ele faz uso de medicamento controlado, prescrito pelo médico do Caps, mas tem se recusado a tomá-lo. O suspeito e a vítima foram conduzidos à delegacia.

 

Assessoria 4º BPM

 

 

Polícia procura homem suspeito de estuprar enteada de 7 anos em Desterro, no Sertão da Paraíba

Um homem suspeito de estuprar a enteada, de 7 anos, está sendo procurando pela polícia no município de Desterro, no Sertão da Paraíba. A denúncia chegou à Polícia Militar na sexta-feira (6) através do Conselho Tutelar da cidade, que foi informado de forma anônima sobre o crime.

Ainda de acordo com a PM, a mãe da menina disse que soube do abuso através do outro filho, que também é uma criança, e flagrou o crime. Ela contou ainda que era comum deixar os filhos sob os cuidados do companheiro para ir à igreja.

Foram feitas buscas pelo suspeito em Desterro e municípios próximos como Livramento, onde ele trabalha. Mas até o momento ele não foi localizado. A vítima passou por exames médicos para comprovar o abuso.

G1

 

Suspeito de matar ex-esposa e esfaquear enteada de 13 anos no Sertão da PB se apresenta à polícia

Um homem de 39 anos apontado como principal suspeito de matar a ex-esposa e ainda esfaquear a enteada de 13 anos foi preso na noite desta quinta-feira (29), em Patos, no Sertão paraibano. Segundo a Polícia Civil, ele se apresentou com um advogado e confessou o crime.

A informação foi confirmada pelo delegado Manoel Martins Fernandes. Porém, quem ficou responsável por acompanhar o caso foi o delegado George Martins. O G1 tentou entrar em contato com ele, mas ligações não foram atendidas.

De acordo com o delegado George, o suspeito se apresentou ainda durante a tarde com um advogado e confessou que cometeu o crime. O delegado não quis entrar em detalhes sobre o depoimento em que o suspeito conta porque cometeu o crime.

O caso ocorreu na madrugada da última quarta-feira (28), na cidade de Condado, também no Sertão. De acordo com a investigação, o autor do crime arrombou a porta da casa e esfaqueou a mulher identificada como Juberlúcia de Oliveira e a filha dela, de 13 anos. A mulher morreu ainda no local, e a filha – que levou quatro facadas e teve os pulsos quebrados – foi internada em estado grave. Na casa ainda havia um menino de 5 anos, também filho da vítima, que viu tudo.

A Polícia Civil chegou ao nome do suspeito depois de encontrar o celular dele e documentos em um matagal próximo a casa. Segundo a Polícia Civil, na cena de crime foi possível ver o rastro de sangue do suspeito entre a casa e o matagal. Dentro da casa, o delegado que acompanhou a perícia no local do crime disse que a cena era macabra e que havia tanto sangue misturado que não era possível saber de quem ao certo era.

G1

 

Padrasto é suspeito de estuprar enteada de 12 anos em Patos

Um homem é suspeito de abusar sexualmente de sua enteada, de 12 anos na cidade de Patos, na Paraíba. A menina deu entrada, nesta quinta-feira (8), no Hospital infantil de Patos, após ter sido violentada sexualmente.

O delegado Wender Borges informou que foi acionado pelo médico da unidade de saúde.  A mãe da menina ainda relatou que flagrou o ato e a criança confirmou que foi abusada pelo padrasto.

A unidade de saúde emitiu um laudo confirmando o abuso sexual.

O delegado também informou que segue a investigação e que vai ouvir à vítima e testemunhas.

 

clickpb

 

 

Vigilante de escola é preso suspeito de estuprar enteada de dez anos na PB

Reprodução
Imagem ilustrativa

Um vigilante de uma escola pública de Patos, município do Sertão paraibano, a 315 quilômetros de João Pessoa, foi preso na noite dessa quarta-feira (4) suspeito de estuprar a enteada, uma menina de dez anos de idade. O crime vinha sendo praticado na casa da família, no município de São José do Bonfim, também no Sertão, a 336 km da Capital, onde a menina era abusada desde os nove anos.

De acordo com o delegado Demétrius Lima, que investiga o caso, a polícia começou a apurar os abusos a partir de uma denúncia do Conselho Tutelar e os estupros foram confirmados por laudos médicos e depoimentos da vítima.

Porém, o suspeito havia sumido de casa quando soube que estava sendo investigado, mas foi encontrado por policiais quando estava entrando na escola onde trabalha.

Levado para prestar depoimento, o suspeito negou que havia abusado da enteada, mas foi preso e encaminhado para o Presídio Romero Nóbrega, em Patos, para cumprir prisão preventiva.

Este é o segundo caso registrado só nesta semana na Paraíba. Nessa terça, um homem foi preso suspeito de estuprar e engravidar a enteada de 14 anos, em Cajazeiras, também no Sertão.

Portal Correio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Homem é suspeito de manter enteada em cárcere privado no interior da Paraíba

Reprodução
Imagem ilustrativa

Um homem está sendo procurado pela polícia suspeito de manter a enteada, de 15 anos, em cárcere privado, na cidade de Itabaiana, Agreste paraibano, a 89 km de João Pessoa. A adolescente foi resgatada nessa segunda-feira (11) e apresentava sinais de violência física e psicológica.

De acordo com o Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop) da Polícia Militar, o caso foi denunciado pela mãe da vítima. Ao perceber a chegada da polícia à residência, o suspeito fugiu pela porta dos fundos. Na casa, os militares encontraram apenas a adolescente, que chorava muito e estava com ferimentos no rosto.

Viaturas fizeram rondas na cidade, mas não conseguiram encontrar o suspeito. Tanto a vítima, quanto a mãe dela foram levadas a uma delegacia para prestar depoimento. O Conselho Tutelar foi acionado para dar assistência à adolescente e a Polícia Civil vai investigar o paradeiro do suspeito.

Portal Correio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Condenado a 14 anos de prisão homem que estuprava enteada para ‘tirar o estresse’, na PB

A Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) condenou de maneira definitiva, nesta quarta-feira (9), após analisar recursos, um homem acusado de ter estuprado por cinco vezes a própria enteada, que tinha nove anos. Os crimes ocorreram entre os anos de 2015 e 2016, na região do município de Sousa, Sertão paraibano, a 440 quilômetros de João Pessoa. Quando foi preso, o réu afirmou que abusava da menina para “tirar o estresse”.

De acordo com o processo, em 2015, o réu constrangeu a enteada à prática de atos sexuais diversos e ainda ameaçou de matá-la, caso ela contasse os fatos para alguma pessoa. Os crimes só foram descobertos em janeiro de 2016 quando o irmão menor da vítima descobriu os abusos e denunciou o padrasto.

Na primeira decisão judicial, o réu foi condenado à pena de 11 anos e 8 meses de reclusão, a ser cumprida, inicialmente, no regime fechado pela prática de um único crime de estupro de vulnerável.

Nos recursos analisados nesta quarta, o Ministério Público da Paraíba (MPPB) solicitou reforma da decisão e aumento da pena. Já o réu solicitou absolvição ao pedir que a Justiça desacreditasse a denúncia porque o exame sexológico não confirmou estupro. O relator dos recursos, juiz Carlos Antônio Sarmento, não acolheu a tese de inocência da defesa.

“O conjunto probatório é farto e aponta para uma única direção: O réu realmente praticou as lamentáveis condutas criminosas descritas nos autos e agiu com vontade livre e consciente de constranger sexualmente a vítima a praticar atos libidinosos diversos da conjunção carnal, amoldando-se à figura típica prevista no art. 217 – A do Código Penal”, disse o juiz.

Com a decisão, o réu vai permanecer preso e cumprir a pena estabelecida no julgamento desta quarta-feira.

Portal Correio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Homem é preso acusado de abusar de enteada em Belém-PB

sireneUm homem de 38 anos foi preso em flagrante pela Polícia Militar na cidade de Belém acusado de violentar sexualmente da enteada de apenas 10 anos de idade.

Segundo relato da polícia uma guarnição comandada pelos sargentos Dos Santos, Dinarte e o soldado Mendonça, ao efetuar rondas no Loteamento Nova Belém, próximo a Pedra do Cordeiro, deparou-se com um elemento saindo ás pressas do mato, o qual disse que foi apenas fazer necessidades fisiológicas, contudo a guarnição verificou o local, encontrando uma criança de dez anos, sentada e chorando, sendo que próximo a menina, havia vestígios de sêmen humano. Assim, a guarnição perseguiu o acusado, dando-lhe voz de prisão.

O acusado que é padrasto da criança foi apresentado a autoridade policial judiciária da cidade de Belém-PB, bem como a criança, com a participação do Conselho Tutelar da cidade, com a presença também de Psicólogos e Assistentes Sociais, objetivando a adoção das medidas legais pertinentes. Em conversas preliminares, surgiu a suspeita de que a irmã da vítima, de 11 anos de idade, também sofria abuso sexual do acusado.

Focando a Notícia com informações de João Moura o Caçador de Notícias

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Padrasto é preso por estuprar enteada em Pirpirituba

casos de policiaUm homem de 41 anos foi preso, nessa segunda-feira (24), suspeito de estuprar a enteada de 13 anos na cidade de Pirpirituba, no Agreste da Paraíba, a cerca de 120 km de João Pessoa. Segundo informações da Polícia Civil, o padrasto da vítima tinha sido denunciado por manter relações sexuais com a enteada há meses.

Após ser preso, ele foi autuado por estupro de vulnerável.

Segundo o delegado seccional de Guarabira, Ricardo Sena, a adolescente passou por exames de corpo de delito e o laudo confirmou que a enteada havia sido estuprada pelo padrasto poucas horas antes da prisão. A prisão do suspeito aconteceu a partir de uma denúncia repassada pelo Conselho Tutelar da cidade.

Ainda de acordo com a polícia, o padrasto confessou o crime e disse que foi provocado pela enteada adolescente. O preso deve ser encaminhado para uma audiência de custódia nesta terça-feira (25).

MaisPB com G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Pedreiro é preso suspeito de estuprar enteada de 11 anos; vítima o denunciou à polícia

POLICIAUm pedreiro de 30 anos foi preso nesta quinta-feira (2), em São José de Piranhas, no Sertão da Paraíba, a 503 km de João Pessoa, suspeito de estuprar a própria enteada, de 11 anos, que o denunciou, na companhia da mãe, à delegada Cristiana Roberta, na delegacia da Mulher do município vizinho de Cajazeiras.

Segundo o delegado Braz Morrone, do Grupo Tático Especial da Polícia Civil de Cajazeiras, a delegada da Mulher solicitou a prisão do suspeito e o GTE fez buscas e executou a detenção.

“O pedreiro foi localizado trabalhando em uma obra, negou tudo ao ser interrogado e se mostrou surpreso pelo motivo da prisão”, disse Braz, que revelou que as investigações indicaram que os abusos sexuais ocorriam há pelo menos três anos.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

“A menina começou a apresentar comportamentos estranhos, agressivos, na escola e em casa. Ela foi levada para tratamento com psicólogo. Foi aí que ela se abriu e revelou os abusos”, afirmou o delegado. Conforme explicou, a mãe da garota, que já tem dois filhos com o suspeito, disse que não sabia de nada e já estranhava pedidos recorrentes da vítima para se mudar para Cajazeiras. O objetivo seria fugir do padrasto.

A criança foi submetida a exames que comprovaram os abusos sofridos. O suspeito detido foi encaminhado para a delegacia de Polícia Civil de Cajazeiras. Nesta sexta-feira (3), ele fará exame de corpo de delito e será conduzido para a cadeia de São José de Piranhas, onde aguardará o andamento do processo judicial.

 

 

 

portalcorreio