Arquivo da tag: engorda

Chocolate amargo engorda menos do que uma barra de cereal. Saiba enganar a fome

balançaSabe quando chega perto da hora do almoço, ou durante o período da tarde, e bate aquela fome? Pois saiba que muitos alimentos podem ajudar a controlar isso, prolongando a sensação de saciedade. E melhor ainda, tudo isso com alimentos saudáveis. Entre as opções de estão a banana, o iogurte e até mesmo os biscoitos com fibras. A chia é outro alimento que está na lista dos que são ideais para segurar a fome.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Mitos e verdades sobre a digestão

Para ajudar nessa tarefa e ainda explicar os benefícios de cada um desses itens, o Tempo de Mulher convocou dois especialistas em nutrição para dar dicas sobre como driblar aquela fominha básica. São eles, a nutricionista funcional, Andrezza Botelho, e o nutricionista Gabriel de Carvalho, presidente de honra do Instituto Brasileiro de Nutrição Funcional. Vamos às dicas?

BANANA

Fácil de carregar na bolsa, ela tem fibras e dá uma sensação de saciedade. Essa fruta contém ainda potássio, ferro e triptofano, que ajudam ainda a dar pique para enfrentar a rotina. Mas não exagere, pois ela é um pouco calórica (cada uma tem, em média, 90 calorias). Por isso, nada de comer três bananas de uma vez, ok?

IOGURTE OU BISCOITOS COM FIBRAS

Esse é outro alimento fácil de levar na bolsa. Um bom iogurte (há tantas opções no mercado) ajuda a tapear a fome. Se preferir, coloque aveia que a sensação de saciedade aumentará. Além disso, uma alternativa para aliviar aquele desejo louco por doces é comer biscoitos integrais. Mas o excesso pode engordar.

CHOCOLATE AMARGO

“Esse tipo de chocolate, quando sem açúcar, é perfeito. Uma barra de 25 gramas, muitas vezes, tem menos calorias do que uma barra de cereal e, obviamente, como ele tem muito menos carboidratos, vai engordar bem menos. Além disso, como tem gordura, vai proporcionar mais saciedade”, afirma Gabriel.O chocolate amargo tem ainda os compostos do cacau – que aumentam a produção de serotonina, responsável pela sensação de felicidade – e que, junto com substâncias como feniletilamina [conhecido como o hormônio da paixão], magnésio e vitamina B6, ajudam na síntese de neurotransmissores [substâncias químicas que têm como função transmitir impulsos nervosos de um neurônio para outro].

CASTANHAS

“Já as castanhas são ricas em gorduras insaturadas [que ajudam a reduzir o colesterol ruim] e fibras, além de retardar o esvaziamento gástrico [a transferência do alimento que está no estômago para o duodeno, que é a primeira parte do intestino delgado*]. Com isso, a pessoa tem uma sensação de saciedade por mais tempo”, diz nutricionista funcional Andrezza Botelho.

*faz parte do sistema digestivo

CENOURA E PEPINO

“Faça palitinho de cenouras e/ou coma pepino sempre que bater aquela fome. Pode ser aquele pepino em conserva também. Tem o gosto salgadinho e ácido que algumas pessoas precisam para tapear a fome”, afirma o nutricionista Gabriel de Carvalho, presidente de honra do Instituto Brasileiro de Nutrição Funcional.

CHIA

“Quando você coloca uma colher de semente de chia e deixa de molho, na água (mínimo 30 minutos), ela começa a formar uma espécie de gel, que é fibra solúvel. Consumir esse gel retarda o esvaziamento gástrico e aumenta a sensação de saciedade”, recomenda a nutricionista funcional Andrezza Botelho.

BATATA DOCE E OVO

A batata doce, rica em carboidratos de baixo índice glicêmico [ou seja, libera açúcar em menor quantidade no sangue] e fibras, garantindo absorção gradual do carboidrato. Com isso, a sensação de saciedade é prolongada.”Ovos cozidos ou mexidos são fontes de proteína que demoram um tempo maior para fazer digestão, se comparados aos carboidratos, e não geram picos de glicêmica (liberação de açúcar no sangue)”, afirma Andrezza Botelho.

 

MSN Saúde e Bem Estar

 

Ricardo Coutinho ‘engorda’ verba da comunicação e abre crédito suplementar de R$ 5,6 milhões

ricardo-coutinhoO governador Ricardo Coutinho (PSB) abriu crédito suplementar no valor de R$ 5.638.000,00 para reforço de dotação orçamentário  para divulgação de programas e ações de governo.

De acordo com o decreto publicado no Diário Oficial desta terça-feira (6), a despesa com o crédito suplementar correrá por conta do excesso de arrecadação da receita do imposto de renda retido na fonte.

O reforço na área de comunicação institucional do governo ocorre às vésperas do microprocesso eleitoral, quando o socialista enfrentará a disputa pela reeleição. Em recentes entrevistas à imprensa, o chefe do executivo estadual garantiu que fará chegar ao povo da Paraíba as ações executadas pelo seu governo.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

De acordo com a Lei Orçamentária Anual (LOA) aprovada pela Assembleia Legislativa, o governador destinou uma verba superior a R$ 50 milhões para gastos com comunicação este ano. O assunto foi alvo de protestos da bancada oposicionista.

A legislação eleitoral prevê que o dinheiro gasto em propaganda em 2014 deve ser a média dos três anos anteriores. Ainda de acordo com as regras, os governadores são impedidos de fazerem propaganda de seus respectivos governos até quatro meses antes da eleição.

suplmento

 

 

BLOGDOGORDINHO

Beber engorda e aumenta risco de câncer, alerta ONG

Uma organização não-governamental lançou um alerta sobre o consumo de álcool e de que forma ele pode arruinar as expectativas das pessoas que, entre suas resoluções de ano-novo, se comprometeram a perder peso em 2013.

Segundo a ONG World Cancer Research Fund (WCRF), as pessoas que iniciam uma dieta muitas vezes se concentram nos alimentos que ingerem e ignoram o fato de que o álcool também tem muitas calorias e pode engordar.

Entre as pessoas que bebem, o álcool representa em média cerca de 200 calorias por dia, ou 10% do total diário de calorias recomendado para as mulheres (2000 kcal) ou 8% do recomendado para os homens (2500 kcal), advertiu a ONG.

“Reduzir o consumo de álcool pode ter um grande impacto na perda de peso e na manutenção de um peso saudável”, disse Kate Mendoza, diretora da WCRF.

Câncer

Em número de calorias, o álcool tem 7 kcal/g e só perde para as gorduras (9 kcal/g), superando proteínas e carboidratos (4 kcal/g) e fibras (2 kcal/g).

Uma taça grande (250 ml) de vinho, por exemplo, tem 178 calorias – o equivalente ao número de calorias consumidas em cerca de meia hora de caminhada acelerada.

Além de levar a uma redução de peso, diminuir ou eliminar o consumo de álcool pode prevenir a ocorrência de câncer.

Pesquisas demonstraram ligação entre as bebidas alcoólicas e casos de câncer de intestino, mama, boca e fígado.

BBC Brasil