Arquivo da tag: empossado

Ramalho Leite é eleito e empossado novo presidente do IHGP

O historiador e cronista Ramalho Leite foi eleito na manhã deste sábado (30) presidente do Instituto Histórico e Geográfico Paraibano (IHGP), para um mandato de três anos, tendo como vice-presidente o professor e historiador Jean Patrício.

Ramalho obteve 33 votos, dos 37 aptos para votar, dos quais quatro não compareceram.

Ao final da votação, após assembleia extraordinária que aprovou a antecipação, Ramalho tomou posse. Eleito numa votação que teve comparecimento recorde nas últimas duas décadas, candidato único depois de desistência do sócio Guilherme D’ávila Lins.

O novo presidente do IHGP, que também integra os quadros de imortais da Academia Paraibana de Letras, disse que estava cercado de gente nova e também experiente, e esperara que, juntos, poderá melhorar a imagem do Instituto e “fazer com que não seja apenas um depósito da história, mas seja a história viva que nós amamos e apreciamos”.

A mais antiga casa da memória e da cultura da Paraíba, com 114 anos, em seus amplos salões estão guardados valiosos documentos referentes à Colônia, ao Império e a República, com mapas, jornais e revistas antigos fora de circulação, além de livros raros.

 

clickpb

 

 

Padre Moisés é empossado como administrador paroquial em Arara

A Paróquia Nossa Senhora da Piedade, em Arara, já tem novo administrador paroquial. O padre Moisés Rodrigues do Nascimento, da ordem dos Cônegos Regulares Lateranenses, tomou posse canônica na noite desta sexta-feira (19).

O rito aconteceu durante a Celebração Eucarística na Matriz da Piedade, que foi presidida pelo bispo da diocesano de Guarabira, Dom Aldemiro Sena dos Santos, concelebrada pelos padres José Floren (Santuário Memorial Pe. Ibiapina), Ednaldo (Caiçara) e Neto (Solânea), contando com a participação de dezenas de fiéis católicos oriundos de várias comunidades.

A posse canônica teve início com a leitura da Provisão de nomeação seguida do juramento do Pe. Moisés.

Os grupos, movimentos, pastorais e serviços, além das autoridades constituídas, recepcionaram com alegria o novo padre. “Espero corresponder com as expectativas do povo no serviço fraterno em favor do Reino de Deus”, declarou Pe. Moisés.

PASCOM – PASTORAL DA COMUNICAÇÃO
DIOCESE DE GUARABIRA

 

 

Empossado há dois dias, prefeito de Gurinhém pode ter mandato cassado por suposta compra de votos

gurinhemEmpossado há dois dias, o prefeito do município de Gurinhém, Cláudio Freire Madruga, pode ter o mandato cassado pela Justiça Eleitoral e deixar a chefia do Poder Executivo antes mesmo de chegar o carnaval. O novo gestor está sendo acusado de comandar um esquema de compra de votos envolvendo o Sindicato dos Trabalhadores Rurais do município. O advogado do prefeito, José Augusto Nobre Neto, nega as acusações e afirma que a denúncia é fruto de um desespero político da parte derrotada na campanha.

Uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije) foi impetrada pelo ex-gestor Tarcísio Saulo de Paiva, que acusa o atual prefeito de abuso de poder econômico e captação ilícita de sufrágio e pede a cassação e a inelegibilidade de Cláudio Madruga por 8 anos. Madruga venceu as eleições por uma diferença de apenas 19 votos.

De acordo com a ação impetrada na Justiça Eleitoral, o crime teria ocorrido por meio de pagamento de mensalidades atrasadas de filiados ao Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Gurinhém. Constam nos autos do processo que os pagamentos ultrapassaram a quantia de mil reais e quitaram os débitos dos sindicalizados em troca de votos.

“Todos os indícios apontam para uma fraude enorme no referido sindicato, havendo provável conluio entre a chapa eleita, os candidatos a vereador Acácio e Romero e o presidente do sindicato, com o intuito de fraudar a liberdade do voto, por meio de favorecimento financeiro dos filiados e do próprio sindicato”, diz a peça jurídica.

Advogado nega acusações

O advogado José Augusto Nobre Neto, que atua na defesa do prefeito de Gurinhém, Cláudio Freire Madruga, disse que a ação movida pelo ex-prefeito é fruto de desespero de quem perdeu as eleições. Segundo ele, a ação não tem fundamento e está repleta de inverdades. “Essa é uma prática comum na história política  do ex-prefeito e foi assim que fez sua campanha”, comentou o advogado, afirmando que: “Quem tiver esperando por novas eleições em Gurinhém deverá aguardar a chegada de 2020”.

Ele afirmou que o ex-prefeito fez uma campanha repleta de “mentiras e de compra de votos”, porém tenta manchar a vitória do prefeito Cláudio Madruga com acusações levianas. “Infelizmente, para tentar criar factóides, o ex-prefeito, juntamente com Aguinaldo Freire, já condenado pela Justiça Eleitoral por espalhar notícias inverídicas, montaram depoimentos, forjaram declarações e cooptaram aliados seus para tentar macular a história de vida do prefeito Cláudio Madruga e desqualificar sua vitória”, argumentou o advogado.

Segundo ele, basta uma rápida leitura nos autos da ação, para se ter a certeza que o prefeito legitimamente eleito nunca teve contato com nenhuma das pessoas citadas e nunca ofereceu vantagens a ninguém, mesmo porque sua campanha foi feita de forma limpa e legítima. “Confiamos plenamente na Justiça e temos certeza que a demanda será julgada improcedente, reconhecendo a legitimidade dos votos conferidos ao prefeito Cláudio Madruga que tem muito mais que uma ficha limpa, tem uma vida limpa”, afirmou o advogado.

Fonte: Correio Online

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Empossado prefeito, Amazan prega fim do radicalismo político

amazan-sanfonaConhecido do grande público pela desenvoltura em cima dos palcos, o sanfoneiro paraibano Amazan terá um novo desafio a partir de agora. No último domingo (1º), o músico, que também atua como proprietário de uma fábrica de sanfonas em Campina Grande, foi empossado como novo prefeito da cidade de Jardim do Seridó, no Rio Grande do Norte.

No pleito de 2014, Amazan disputou uma cadeira na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, mas não foi eleito. Ele obteve 22.243 votos e ficou na suplência.

Até então, o paraibano ocupava a vice-presidência da Empresa Potiguar de Promoção Turística (Emprotur), cargo para o qual foi nomeado em 2015.

O sanfoneiro paraibano Amazan, tomou posse, no último domingo (1º), como novo prefeito da cidade de Jardim do Seridó, no Rio Grande do Norte.

Em solenidade bastante prestigiada, Amazan agradeceu a confiança do eleitorado e pregou a união de todos em favor do município. Ele pediu o fim do radicalismo político e prometeu uma gestão voltada para o desenvolvimento da cidade.

Na oportunidade, o gestor deu posse ao novo secretariado da Prefeitura.

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Beto do Brasil é empossado prefeito diante de multidão e promete honrar a vontade do povo

 

Uma multidão acompanhou na madrugada da terça-feira (01) a posse do novo prefeito e vice-prefeito de Solânea, respectivamente, Beto do Brasil e Kayser Rocha. A solenidade foi realizada no Cine-teatro do município. Emocionado, Beto – que assume o comando da cidade pela terceira vez – prometeu honrar a vontade do povo.

“O povo de Solânea está me confiando o comando da prefeitura pela terceira vez e eu prometo honrar a vontade da população trabalhando muito em prol desse município”, falou o prefeito empossado.

Beto do Brasil também lembrou as dificuldades que teve que enfrentar até conseguir chegar novamente a ser prefeito. “Fomos muito perseguidos. Tivemos que lutar muito para conseguirmos ser candidato, mas estamos aqui novamente como prefeito para trabalhar pelo povo de Solânea”, afirmou.

Redação/Focando a Notícia