Arquivo da tag: emocionantes

Discursos emocionantes marcam inauguração da primeira Sede do PSB Mulher no interior da PB


FIZERAM HISTÓRIA: Socialistas posaram para foto após discursarem para uma Sede lotada na noite desta quarta-feira, 30, em Taperoá. Da esquerda para a direita: Maria Sileide, Edvangia Maciel, Fátima Moreira (PTN), Valquíria Alencar, Thayse Vilar, Zezinho do Botafogo e Socorro Farias

Já escurecia em Taperoá (PB) na quarta-feira, 30, quando a cidade começou a escrever mais um capítulo da sua história com a criação do espaço exclusivo para o público feminino, a Sede do PSB Mulher, a primeira do interior do Estado. A outra está localizada na capital João Pessoa.

Inúmeras taperoaenses escutaram atentas aos discursos emocionantes da presidente municipal do Partido Socialista Brasileiro, Socorro Farias, da secretária estadual da legenda, Valquíria Alencar, das pré-candidatas socialistas Maria Sileide, Thayse Vilar e Edvangia Maciel Alves, do vereador da cidade de João Pessoa, José Freire da Costa, o popular Zezinho do Botafogo.
A primeira a discorrer sobre os valores da mulher, que se acentuam cada vez mais em todos os setores da sociedade, foi Socorro Farias. A presidente socialista antes de comentar sobre a importância da Sede para as taperoaenses elencou, entre várias, cinco expressões femininas, e a que merece principal destaque do grupo é a que viveu há mais de dois mil anos, o que demonstra o quanto Socorro é católica e devota, claro, a mãe de Jesus Cristo, um dos maiores exemplos de força da humanidade. A mais atual, Margarida Maria Alves, que morreu por causa da sua luta em defesa de trabalhadores rurais, também foi citada pela socialista.
Em seguida, a valorização da mulher continuou através da fala da secretária estadual do PSB, Valquíria Alencar, que não se intimidou em alegar que a cidade precisa ser conduzida por uma Taperoaense. “Nada melhor do que uma mulher na administração pública”, defendeu Valquíria, que acrescentou ainda, que as mulheres entendem muito bem de administrar e aprendem logo cedo com as tarefas domésticas, desde fazer a limpeza até usar o dinheiro de maneira mais consciente.
A vereadora Maria Sileide endossou as afirmações da colega de partido e ao citar ex-primeiras damas, como Maria Tomás de Lima (Mariquinha), esposa do falecido ex-prefeito de Taperoá, Geraldo Noé, mostrou o papel que estas senhoras tiveram no cenário político do município. Sileide, numa retórica cada mais vez primorosa, fez questão de dizer que a Sede é um lugar de respeito, de dignidade e de amor, e que vai servir para tratar de interesses de todas.
Outra socialista que caprichou no discurso foi Edvangia Maciel Alves quando decidiu traçar o perfil das mudanças significativas que estão acontecendo em todo o mundo. Vanja, como é mais conhecida, ressaltou que o tempo de submissão a que as mulheres eram submetidas vai ficando passado, e o que antes parecia praticamente impossível, hoje as decisões de um país, por exemplo, são tomadas por uma companheira.
Sempre coerente em suas posturas, a advogada Thayse Vilar, que chegou acompanhada da prestigiada jornalista Maria Helena Rangel, mais um orgulho taperoaense, mencionou o quanto estava feliz com a abertura do espaço dedicado exclusivamente para as mulheres e do quanto estas tem um desempenho importante na sociedade, mesmo antes de isso ser reconhecido. Thayse se referiu à atuação feminina nas deliberações que executam todos os dias no gerenciamento do lar o que permite experiência suficiente para ocupar qualquer atividade nos diversos setores de trabalho.
Para finalizar a cerimônia de inauguração, foi dada a palavra para o vereador de João Pessoa, Zezinho do Botafogo, que emocionou a plateia ao falar a difícil história de vida da mãe, Maria Lindacy.
Zezinho não conseguiu se conter e o seu choro foi acompanhado por quase todos os presentes ao contar corajosamente para gente que até então não sabia quem ele era, das dificuldades enfrentadas por sua família, como o dia que Maria Lindacy teve que fugir após ficar grávida do patrão, fato bastante repelido pela sociedade de 50 anos atrás.
Nascido no sítio Jatobá da Serra, zona rural de Taperoá, o parlamentar disse que ocorreram mais situações ruins, como ter sido rejeitado pelo pai, deixado pela mãe, que não tinha condições de criá-lo, na cidade de Patos onde foi forçado a trabalhar com cerca de 10 anos de idade, mas para Zezinho certamente o pior foi ver uma de suas irmãs morrer de fome.
A inauguração da Sede PSB Mulher de Taperoá foi encerrada sob forte emoção, com muito valor à mulher, e com a promessa de Zezinho de que vai apoiar o projeto de que melhor para Taperoá é ter uma administradora fiel, ética e compromissada com os crescimentos material e intelectual do município, pois para o legislador pessoense é preciso a abertura da atuação do público feminino e que vai ser fortificada de mãos dadas com homens que respeitam e que dignificam mães, esposas, filhas, irmãs, enfim, a todas as taperoaenses.

ASCOM -Jandro Gomes para o Focando a Notícia