Arquivo da tag: Eficiente

Queimadas se destaca no ranking Folha e é o 18º mais eficiente da Paraíba

queimadasO município de Queimadas é o 18º mais eficiente da Paraíba, segundo Ranking de Eficiência dos Municípios (REM) realizado pela Folha/DataFolha. A administração do prefeito Jacó Maciel (PSD) priorizou os investimentos em saúde, educação e saneamento aplicando mais recursos e gastando menos para executar serviços. “A pesquisa mostra o respeito que a nossa gestão tem com o dinheiro público. Aqui priorizamos áreas essenciais e fazemos muito com menos recursos”, comentou o gestor municipal.

Na área de educação o prefeito aplicou 46% quando a média do Brasil foi de 32%. O investimento garantiu a presença 21% das crianças de 0 a 3 anos na escola. Também houve crescimento entre as crianças de 4 e 5 anos, com 93% de alunos matriculados.

Com Jacó houve mais investimentos da Prefeitura na saúde com a aplicação de 23%. Número superior à média nacional que é de 23%. Na área de saneamento, com base no Ranking de Eficiência, a Prefeitura de Queimadas teve uma média de 0,591 de investimento quando a média nacional foi de 0,567.

A boa aplicação dos recursos na gestão do prefeito Jacó Maciel foi feita com base em uma receita total de R$ 66,5 milhões, sendo o valor de R$ 1.562 por habitante. As transferências públicas em % da receita chegaram a 87%.

Assessoria 

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Eficiente, Avaí faz 2 a 0 no Coelho, que perde invencibilidade na Série B

O Avaí venceu o América-MG por 2 a 0 na noite desta sexta-feira, derrubou a invencibilidade dos mineiros, líderes da Série B, e encostou de vez no G-4. Os gols do Leão da Ilha foram marcados em lances individuais. No primeiro tempo, Julinho emendou uma bicicleta e abriu o placar. No segundo, Diogo Acosta acertou chute de fora da área e decretou a vitória catarinense.

O jogo foi muito disputado desde o início. Os donos da casa procuraram mais o ataque, mas os visitantes iam bem, na proposta de contra-atacar. O Avaí foi premiado com um gol no final do primeiro tempo, o que obrigou o América-MG a buscar o jogo na etapa final. Quando as duas equipes buscaram o gol, o Leão foi mais eficiente.

O time mineiro segue líder com 13 pontos, mesmo com a derrota. O América-RN, que poderia ultrapassar o Coelho, também foi derrotado na rodada, pelo São Caetano por 3 a 2. Com os três pontos o Avaí saltou para o quinto lugar, com 10 pontos, dois a menos que o Criciúma, quarto colocado. O Coelho dorme na liderança. Porém, os mineiros podem sair do primeiro lugar neste sábado caso o Criciúma vença o ASA.

Julinho, Avaí x América-MG (Foto: Petra Mafalda / Agência Estado)Julinho comemora o primeiro gol do Avaí (Foto: Petra Mafalda / Agência Estado)

O Avaí vai até Guaratinguetá, na próxima rodada, encarar o time da casa, no Dario Rodrigues Leite, na sexta-feira, às 21h (de Brasília). Já o América-MG receberá o Bragantino na terça-feira, às 21h, no Independência, em Belo Horizonte.

Pressão em azul e branco

Assim que a bola rolou, o Avaí tomou a iniciativa do jogo. Antes do primeiro minuto já havia finalizado, em um chute de longe de Julinho. O América-MG se conteve nos primeiros minutos, marcando forte no meio-campo, e se mostrou bem armado na defesa. Os catarinenses chegavam tocando a bola até a intermediária, até arriscavam alguns chutes, mas não conseguiam penetrar na área alviverde.

O Leão da Ilha só foi levar algum perigo aos 21 minutos. Pirão fez boa jogada pela esquerda, cortou para o meio e bateu com força. A bola explodiu no zagueiro Everton Luiz. A torcida se levantou pedindo toque de mão do americano, mas o árbitro nada marcou.

A proposta do América-MG no primeiro tempo foi nitidamente contra-atacar. Os meias Rodriguinho e Gilberto aguardavam uma bola roubada para, numa enfiada, encontrar a velocidade de Bruno Meneghel. Em contrapartida, os donos da casa marcavam pressão, mantendo mais a posse de bola.

Já passada meia hora de jogo, o Avaí levou perigo, e o meia Julinho começou a se destacar. Ele arrancou pela esquerda, driblando, e bateu no canto para boa defesa de Neneca. O jogo voltou a esfriar. Os minutos seguintes pareciam só confirmar um inevitável 0 a 0.

Mas, praticamente no último lance, o Avaí teve escanteio pela esquerda. A bola cobrada no primeiro poste foi desviada duas vezes de cabeça e sobrou para Juninho no centro da área. Ele emendou uma bicicleta e fez um golaço: Avaí 1 a 0.

Melhora alviverde e vitória azul

O América-MG voltou do intervalo com duas alterações (o lateral-esquerdo Pará no lugar de Bryan e o atacante Alessandro, no de Bruno Meneghel) e outra postura. O placar desfavorável fez o Coelho procurar o jogo, que ficou franco, pois o Avaí não abandonou o ataque. Tanto que as duas melhores chances nos primeiros minutos foram dos catarinenses.

O time mineiro levava perigo principalmente com as jogadas individuais de Rodriguinho. Mesmo muito marcado, ele encontrava espaços. O Leão da Ilha chegava ao gol adversário pelas laterais do campo. Principalmente depois que o Coelho perdeu o lateral-direito Rodrigo Heffner e teve que improvisar um volante no setor.

Novamente, quando o jogo ficou morno, o Avaí marcou o gol. Aos 33 minutos, Cleber Santana puxou rápido contra-ataque. A bola chegou até Diogo Acosta, que cortou o zagueiro e bateu de fora da área. O chute no canto passou por baixo do corpo do goleiro Neneca e entrou.

A situação americana ficou ainda mais complicada aos 40 minutos quando o zagueiro Gabriel recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. Os minutos finais foram de pressão do América-MG, principalmente em chutes de fora da área. Mas o jogo já estava resolvido.

Globoesporte.com