Arquivo da tag: duas

Duas mulheres e uma criança são vítimas de sequestro ao saírem de igreja, em João Pessoa

Momentos de tensão foram vividos por uma família na noite desse domingo (14), na saída de uma igreja localizada no bairro da Torre, em João Pessoa.

Três pessoas, sendo duas mulheres e uma criança de três anos foram abordados ao saírem da igreja e feitas reféns.

Os bandidos entraram no carro com as vítimas e o marido de uma das mulheres ao perceber a ação criminosa seguiu o carro pelas ruas do bairro.

Ao notarem que estavam sendo seguidos os homens desistiram da ação e abandonaram o veículo.

A Polícia Militar fez diligências na área e conseguiu encontrar um dos suspeitos, os outros dois continuam foragidos.

PB Agora

 

 

Duas mulheres são amarradas, estupradas e roubadas na PB-325, no Sertão da PB, diz polícia

Duas mulheres foram estupradas e roubadas na noite desta quinta-feira (27), na PB-325, próximo à cidade de Riacho dos Cavalos, no Sertão paraibano. De acordo com o delegado Seccional da Polícia Civil de Catolé do Rocha, Sylvio Rabello, após o crime, as vítimas foram encontradas às margens da rodovia por policiais da PM que passavam no local.

Segundo o delegado, o caso aconteceu por volta das 21h. Policiais militares seguiam da cidade de Jericó para Catolé do Rocha, na mesma região, quando encontraram as duas mulheres desesperadas e pedindo socorro na rodovia, próximo ao trevo que dá acesso a cidade de Riacho dos Cavalos.

De acordo com relato das mulheres à polícia, elas seguiam na rodovia em uma motocicleta quando diminuíram a velocidade para passar por uma lombada próxima ao trevo. Foi quando as vítimas foram surpreendidas e abordadas por dois homens armados.

Ainda conforme relato das mulheres, elas foram rendidas pelos suspeitos e amarradas às margens da rodovia. Em seguida, os homens teriam estuprado as vítimas e, após o crime, fugiram do local levando a motocicleta e R$ 1 mil em dinheiro.

Após serem encontradas pela polícia, as mulheres foram socorridas e levadas para o Hospital Regional de Catolé do Rocha. As vítimas receberam atendimento médico e depois foram conduzidas à Delegacia de Polícia Civil para registrar o caso, onde foram encaminhadas para exames de corpo de delito.

Na manhã desta sexta-feira (28), o delegado informou que policias militares realizavam rondas pelas região em busca dos suspeitos e que a Polícia Civil investiga o caso. Mas, até as 9h30, nenhum dos suspeitos do crime havia sido localizado.

G1

 

Duas mulheres são presas com cerca de 50 quilos de maconha

Duas mulheres foram presas e flagrante na tarde deste sábado (15) acusadas de tráfico. Com elas, a Polícia Militar apreendeu cerca de 50 quilos de maconha. De acordo com a polícia, elas vinham com a droga da cidade de Caruarú, no Pernambuco com destino à João Pessoa quando foram interceptadas.

As suspeitas, de 38 e 28 anos, estavam em um carro e foram interceptadas quando passavam no Distrito de Galante, em Campina Grande, onde os policiais realizavam uma blitz.

A droga estava separada em quatro sacos, dentro do porta-malas do veículo. Uma das presas, a de 38 anos, já cumpre pena por tráfico de drogas e usa uma tornozeleira eletrônica.  A maconha ainda seria ‘tratada’ para a venda, segunda as presas, que não revelaram qual bairro iriam fazer a entrega.

De acordo com o comandante da 3ª Companhia do Policiamento de Trânsito do BPTran, capitão Ralisson Andrade, as duas atuavam no tráfico como transportadoras de drogas, conforme as informações que foram levantadas a partir do momento da prisão da dupla. “Elas são paraibanas e estariam atuando nesse transporte de drogas. Elas usavam GPS para escolher rotas alternativas, com o objetivo de evitar vias movimentadas nas cidades e tentar não passar por fiscalizações, mas foram surpreendidas com uma blitz da 3ª CPTran, que abordou o veículo e encontrou as drogas no carro”, disse.

Além das drogas, os policiais encontraram com as acusadas um caderno de anotações com todas as despesas financeiras da viagem, desde combustível até a alimentação. Elas foram apresentadas com todo o material apreendido a Central de Polícia Civil, em Campina Grande.

paraiba.com.br

 

 

Duas crianças morrem afogadas em ‘barreiro’ no quintal da casa de avó, no Cariri da PB

Duas crianças de 2 anos de idade morreram afogadas em um pequeno barreiro na zona rural de Juazeirinho, no Cariri paraibano. O caso ocorreu no fim da tarde desta segunda-feira (8), no sítio Mendonça. A família já encontrou os corpos das crianças boiando.

A informação foi confirmada pelo diretor do Hospital Geral de Juazeirinho, Edman Gonçalves. Depois de encontrar as meninas, a família ainda levou elas para o hospital desacordadas. No hospital foram feitas técnicas de reanimação, mas as crianças já chegaram mortas.

Ainda de acordo com diretor, familiares contaram que as crianças estavam brincando na casa da avó, quando os parentes perceberam um silêncio. Eles seguiram as marcas dos passos deixadas pelas crianças no chão e já encontraram as meninas boiando.

O diretor também destacou que o barreiro era pequeno, mas que havia chovido na região nos últimos dias. Até 18h50 desta segunda-feira, os corpos estavam no Hospital de Juazeirinho, aguardando chegada do Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol) de Campina Grande, onde vai passar por exames.

G1

 

Duas semanas após sorteio, vencedor da Mega-Sena retira prêmio de R$ 78,9 milhões

Cerca de duas semanas após o sorteio do concurso 2.131 da Mega-Sena, o vencedor retirou nesta quinta-feira (21) o prêmio de R$ 78.938.208,62, segundo informou a Caixa Econômica Federal. A aposta havia sido feita em uma agência lotérica de Gravataí, na Região Metropolitana de Porto Alegre.

O sorteio foi realizado no último dia 6, em Itupeva (SP). A proprietária da lotérica onde o jogo foi feito, Edinea Braga, de 45 anos, disse ao G1 que não foi o primeiro prêmio milionário da Mega-Sena a ser conquistado após a aposta ser feita no estabelecimento. Porém, foi o maior valor já registrado.

“Trabalhamos com loterias há mais de 20 anos, é muito satisfatório”, disse.

Segundo a Caixa Econômica Federal, desde 1996, 37 gaúchos já ganharam na Mega-Sena.

Especulações na cidade

Ganhador do prêmio de R$ 78 milhões da Mega-Sena ainda não foi retirar o dinheiro

Ganhador do prêmio de R$ 78 milhões da Mega-Sena ainda não foi retirar o dinheiro

A demora do vencedor em retirar o prêmio deixou moradores de Gravataí curiosos. Um dia antes da retirada, alguns cogitaram que o bilhete premiado pudesse ter sido perdido.

“Provavelmente essa pessoa perdeu ou botou fora achando que não tinha ganhado e agora deve estar se escabelando porque não consegue encontrar o cartãozinho”, diverte-se o pipoqueiro Luis Fernando.

A prospectora de vendas Camila Alves disse não ter acreditado quando ouviu de um homem que ele tinha ganhado o dinheiro. “Liguei para um senhor, e ele disse que ganhou. Achei que era mentira. Eu ri da cara dele, porque porque eu faço empréstimo consignado e se ele tivesse ganhado, não iria querer empréstimo”, contou, rindo.

G1

 

Renovação de CNH vai exigir duas balizas e curso

“São 10 horas que podem salvar vidas”. Foi assim que o diretor do Departamento Nacional de Trânsito (Detran) e presidente do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), Maurício José Alves Pereira, definiu o curso que será obrigatório para a renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) a partir do dia 5 de junho. As aulas, garantiu ele, serão gratuitas e oferecidas pelo Departamentos Estadual de Trânsito (Detran) de cada unidade da federação.

“Temos toda uma preocupação em evitar custos para a nossa população”. A Resolução 726 do Contran, publicada no último dia 6 de março, prevê a obrigatoriedade da realização de um curso de reciclagem de 10 horas de duração como pré-requisito para a renovação da CNH.

“É extremamente necessário. Estamos vivendo um momento em que as próprias leis, as próprias regulamentações do trânsito são muito cíclicas, muito mutáveis, então é preciso esse aperfeiçoamento por parte do condutor”.

Sobre as diversas notícias que surgiram nos últimos dias anunciando que o curso custaria de R$ 600 a R$ 800, Maurício afirmou tratar-se de fake news. “Devemos editar uma portaria normatizando para que os Detrans possam oferecer o curso gratuitamente”.

Ele afirmou que serão disponibilizadas ferramentas para a realização das aulas pela internet, no esquema de Educação a Distância (EAD), além da possibilidade de aulas presenciais. Com isso, mesmo pessoas que têm pouco tempo disponível, podem realizar o curso sem sair de casa. “Quem trabalha o dia todo tem o fim de semana, tem a noite”, comentou.

A recomendação é que os motoristas que precisem renovar a CNH após a vigência da portaria procurem o Detran com antecedência para se inscrever no curso, embora Maurício afirme que nenhum cidadão será prejudicado pela falta de vagas. “Existe uma janela de 30 dias após o vencimento da CNH, mas é sempre bom ter uma antecedência”, aconselhou.

Motocicletas

Quem optar por tirar a CNH para a condução de motos (Categoria A) ou ciclomotores (Categoria ACC), as ‘cinquentinhas’, terá que fazer aulas e exames em vias públicas a partir de junho deste ano.

Atualmente, os candidatos a primeira habilitação para pilotar motos fazem as aulas em circuito fechado, com duração de 20 horas/aula. Com as mudanças propostas, serão 10 horas/aula em circuito fechado e a mesma carga horária com prática em vias públicas. Já os candidatos a conduzir ciclomotores, que também faziam 10 horas/aula em circuito fechado, passarão a ter 4 horas/aula nessa modalidade e 6 horas/aula nas ruas.

Com relação ao exame dos condutores de motocicletas, as provas práticas também serão em duas etapas. Assim que o candidato concluir as aulas de circuito fechado, fará uma prova neste modelo. Na sequência, quando terminar as aulas feitas nas ruas, passará por outra prova prática no mesmo ambiente.]

Bárbara Wanderley /Correio da Paraíba

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Polícia prende homem suspeito de roubar veículo com arma de fogo duas vezes em nove dias

Com ele, a PM apreendeu um revólver calibre 32, utilizado no crime, e recuperou o carro (Foto: Reprodução)

A Polícia Militar prendeu mais uma vez, na manhã deste sábado (17), em Campina Grande, um homem que já havia sido preso há nove dias, juntamente com um jovem e uma motocicleta sem placa, e que havia sido apreendido quando adolescente por pelo menos duas vezes. Agora, ele foi preso novamente depois de um roubo de veículo, utilizando uma arma de fogo.

Após a informação de um roubo a mão armada, em que um carro Uno havia sido levado nas proximidades do bairro Centenário, policiais do 2º Batalhão intensificaram as rondas e encontraram o veículo em cerca de 10 minutos. O carro estava sendo conduzido pelo suspeito do roubo, que tem 18 anos, e que fugiu ao perceber a chegada da PM. Após perseguição, os policiais conseguiram interceptar o fugitivo no bairro de Bodocongó, nas proximidades da Universidade Federal de Campina Grande.

Com ele, a PM apreendeu um revólver calibre 32, utilizado no crime, e recuperou o carro. O suspeito, o carro e a arma foram levados para o Distrito Integrado de Segurança Pública (Disp), no Parque do Povo.

Reincidência – Há nove dias, no último dia 8 de fevereiro, este mesmo suspeito havia sido preso pela PM no bairro Monte Santo, com um adolescente, e uma moto do tipo cinquentinha, sem placa, possivelmente produto de roubo ou furto. Ele foi colocado em liberdade após audiência de custódia, conforme foi constatado pelos policiais durante a prisão deste sábado, no Disp.

Também em 2016, segundo os registros de ocorrências do Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop), este suspeito foi apreendido com um revólver calibre 22, após fugir de uma abordagem no Catolé. Ele também foi apreendido, naquele mesmo ano, com uma moto cinquentinha roubada, no bairro da Bela Vista.

Clickpb

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Duas cidades da PB ficam sem atendimentos do Samu

A cidade do Conde, que fica na Região Metropolitana de João Pessoa, está temporariamente sem o atendimento do Serviço Móvel de Urgência (Samu), desde essa segunda-feira (5), quando a unidade que atende a cidade apresentou defeito. Outro município que enfrenta problemas com o serviço é Riacho de Santo Antônio, no Cariri.

De acordo com a assessoria da Prefeitura do Conde, a unidade do Samu que atende a cidade é uma responsabilidade da Prefeitura de João Pessoa, sendo dever da gestão do Conde apenas o pagamento dos funcionários e alojamento da unidade.

Na última segunda-feira (5), a unidade apresentou um problema técnico e precisou ser deslocada para João Pessoa, porém, até esta quarta-feira (7) o problema não havia sido solucionado e os moradores seguem sem alternativas par atendimento de urgência.

Ainda segundo a assessoria da Prefeitura do Conde, a Secretaria de Saúde do Município conta com uma ambulância que pode ser utilizada em caso de atendimentos de urgência. A reportagem do Portal Correio tentou entrar em contato com a Coordenação do Samu de João Pessoa, mas não houve resposta.

Cidade no Cariri também sofre

A situação na cidade de Riacho de Santo Antônio, que fica no Cariri paraibano, também não é nada confortável. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência está suspenso há quase três anos. Porém, de acordo com a Secretaria de Saúde do Município, uma outra ambulância é utilizada para atender os atendimentos de urgência.

Apesar disso, o caso foi denunciado ao Ministério Público Estadual que recomendou a Prefeitura que os serviços sejam regularizados junto ao Samu Regional.

 

Luís Eduardo Andrade

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Duas agências bancárias são violadas e explodidas por bandidos na Paraíba

Duas agências bancárias foram violadas por bandidos na madrugada desta terça-feira (11), em João Pessoa e no município de São Miguel de Taipu, no Brejo do estado.

Na capital, o crime aconteceu por volta das 4h30, na rua Afonso Pena, no bairro do Bessa. De acordo com a perícia da Polícia Civil, os bandidos usaram um maçarico para invadir o local e arrombar um caixa eletrônico.

Os policiais não têm informações dos suspeitos de cometerem o crime, nem da quantia levada.

No brejo, uma quadrilha explodiu uma agência responsável pelo pagamento dos servidores públicos da Paraíba.

T5 

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Mais duas crianças atacadas em creche são transferidas para Belo Horizonte

(Foto: Natália Jael/Inter TV Grande Minas)

Mais duas crianças feridas no ataque à creche em Janaúba, um menino de cinco e uma menina de quatro anos, foram transferidas para o hospital João XXIII, em Belo Horizonte, na madrugada deste sábado (7).

De acordo com a assessoria da unidade de saúde, os dois transferidos estão em estado grave. Outras oito crianças estão internadas no hospital, elas também estão em estado grave. Há também duas mulheres, que segundo a assessoria, estão em estado gravíssimo.

Ainda na capital, outras três crianças estão internadas no Hospital Odilon Behrens. Novos boletins serão divulgados neste sábado.

Até a publicação desta reportagem, sete crianças e uma professora morreram após o vigia Damião Soares dos Santos atear fogo nele próprio atacar crianças e professoras dentro da creche Gente Inocente em Janaúba, na Região Norte de Minas Gerais nesta quinta-feira (5). O vigia também morreu.

Outras vítimas feridas estão internadas em Montes Claros e Janúba.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br