Arquivo da tag: Dona

Dona de bar aciona polícia após receber nota de R$ 70 de cliente, em Guarabira

guarabiraA dona de um bar acionou a polícia após receber uma nota falsa de R$ 70 como pagamento de um almoço consumido por um cliente. O caso aconteceu na quarta-feira (13), no município de Guarabira, Brejo paraibano, a 103 km de João Pessoa.

De acordo com a Polícia Militar, um homem chegou ao bar, por volta das 13h, e pediu um almoço.

Após a refeição, o rapaz teria se dirigido a dona do estabelecimento e feito o pagamento do almoço, recebendo o troco e indo embora.

Momentos após o pagamento, a dona do bar, ao ir depositar o dinheiro na caixa registradora, percebeu que a nota era falsa e procurou a polícia.

“Ela nos procurou no batalhão e informou o caso. Conseguimos encontrar o rapaz que havia feito o pagamento com a nota falsa e o encaminhamos para a delegacia. Lá, foi verificado que o rapaz sofria de problemas mentais e a dona do estabelecimento resolveu não registrar o caso”, contou a PM.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Ainda na delegacia, foi verificada que a nota havia sido impressa em uma impressora comum, mas o rapaz não soube dizer quem teria feito o procedimento e lhe dado a nota falsa.

 

 

portalcorreio

“Não há mais o que frear no crédito”, diz dona da Magazine Luiza

luizaPara Luiza Helena Trajano, presidente da rede Magazine Luiza, não há mais o que se frear no crédito, principalmente no varejo. A afirmação foi feita nesta quinta-feira (4), um dia após o Comitê de Política Monetária (Copom) aumentar a taxa básica de juros, a Selic na noite quarta-feira.

Em um cenário de baixa atividade econômica, alta das importações, redução do consumo das famílias, a empresária mantém o otimismo. “A inadimplência do varejo está sob controle. Estamos com níveis de cinco anos atrás. Não há mais o que frear”, afirma a empresária que é conhecida por seu conhecimento sobre os números do setor no qual atua.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Trajano passa a exercer, em 2015, o cargo de presidente do Instituto para Desenvolvimento de Varejo (IDV), e espera que o próximo ano seja de bastante trabalho no setor.

“Acredito que precisamos unificar forças e lutar por temas como a diminuição do ‘custo Brasil’ e a morte súbita dos empresários que saem do Simples”, diz. Ela não revela, no entanto, se é esse o assunto que tem debatido com a presidente Dilma Rousseff em suas últimas reuniões.

Luiza Trajano afirma que todo o varejo começou bem o mês de dezembro, impulsionado pela Black Friday. “Houve uma contenção do consumidor, talvez pelas eleições, mas agora ele voltou a comprar.”

IG

Dona de casa tenta fugir de possível assalto e é morta com tiro em João Pessoa

Plantão de PolíciaUma dona de casa, mãe de quatro filhos, foi assassinada com disparo de arma de fogo após tentar fugir de um possível assalto no bairro do Cristo redentor, Zona Oeste de João Pessoa, na noite desta quarta-feira (3), por volta das 18h30.

Segundo oficiais da Cavalaria da Polícia Militar da Capital, a vítima estava na frente da casa onde residia, na Rua José Francisco da Silveira, nas proximidades da caixa d’água do bairro. Ela teria percebido uma dupla suspeita se aproximando e, temendo sofrer algum tipo de violência, tentou se refugiar dentro da residência.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Nesse momento, os bandidos procederam com uma série de disparos através do portão da casa, quando a vítima já se encontrava do lado de dentro. Um dos tiros a acertou na região do abdômen, levando-a à morte ainda no local. Uma unidade do Serviço de Atendimento Médico de Urgência ainda foi deslocada, mas a equipe médica nada pôde fazer para reverter o quadro.

Segundo a polícia, a dupla suspeita teria fugido em um veículo Palio de cor branca, o que, segundo constataram os agentes, significa que os criminosos estavam recebendo cobertura.

Uma irmã da mulher assassinada entrou em contato com a polícia no local e demonstrou não compreender o caso, visto que a vítima seria uma pessoa de bem e sem qualquer envolvimento com o mundo do crime.

 

portalcorreio

Prefeito de Dona Inês ‘rebate com veemência’ acusações de venda de apoio político feita pelo PSB

antonio-justinoO prefeito de Dona Inês, Antônio Justino, divulgou nota no início da manhã desta sexta-feira (25), rebatendo com veemência acusações feitas pela coligação do PSB que teria vendido seu apoio político para trabalhar na campanha do senador Cássio Cunha Lima (PSDB).

Segundo Justino, o candidato do PSDB se comprometeu em construir a rodovia PB-103. O prefeito ainda reclama do governador Ricardo Coutinho (PSB) a entrega de uma ambulância do Samu, prometida pelo governador no dia 26 de junho.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Confira abaixo a nota na íntegra:

Citado na fala do Coordenador de Campanha da Coligação “A força do Trabalho”, Célio Alves, durante coletiva à imprensa nesta quinta-feira, 24 de julho, como tendo negociado seu apoio ao projeto político do Senador, Cássio Cunha Lima, para as eleições deste ano, o Prefeito do Município de Dona Inês, Antônio Justino, vem por meio desta nota esclarecer alguns pontos e levantar algumas questões.

“Rebato com veemências as acusações fantasiosas e a armação perpetrada pelo ex-secretário, Sales Dantas e pelo Coordenador de campanha do Governador, Célio Alves. Não recebi qualquer valor para aderir à candidatura do Senador Cássio Cunha Lima. Na verdade o candidato a Governador do PSDB assumiu o compromisso com o Prefeito, vice- Prefeito e Vereadores do município que, caso eleito, construirá a Rodovia PB-103, no trecho que liga a cidade de Dona Inês ao Taboleiro de Bananeiras; promessa do atual Governo, esquecida durante todo esse período de gestão.

Também afirmo que não faço política de “cambalacho”, e nem da política balcão de negócio.

Portanto espero receber a ambulância prometida por Ricardo Coutinho, cuja assinatura do termo de uso aconteceu no dia 26 de Junho desse ano, divulgada em todas as Redes Sociais e que até agora não houve a entrega. Não quero acreditar que isso seja represália pelo posicionamento que tomei, fundamentado nos princípio democráticos da liberdade e independência.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

 

Ressalto ainda que no dia 27 de Junho recebi a ligação telefônica do Governador, através do Celular do Líder do Governo, Hervázio Bezerra, determinando que eu deveria retirar o apoio da candidatura da Deputada Estadual Eva Gouveia. Sendo assim espero que isso não seja condicionante para recebe a ambulância, uma vez que se trata de dinheiro público, dinheiro do povo. Informo também que as obras do pacto social estão paralisadas por falta de repasse de recursos por parte do Governo do Estado.

 

Passamos a acompanhar a candidatura de Cássio Cunha Lima por não concordarmos com a maneira mesquinha, prepotente, arrogante e perseguidora implantada no Governo do Estado a partir de 2011, como se vislumbra hoje através dessas denúncias fantasiosas.

 

Ademais o PSB e o esquema do Governador, impôs a candidatura a Deputada Estadual de uma adversária ferrenha do nosso grupo político no município, fazendo com que todo o grupo repelisse de forma veemente, não querendo mais votar no Governo do estado. Ressaltando que esta candidata a deputada imposta pelo governo do estado, é a ex-vereadora que foi adversária e trabalhou contra nossa gestão de 2009 até 2012. Portanto não tinha como atender ao Governador e votar nessa Deputada.

 

Desta forma solicito e peço urgência ao Ministério Público Eleitoral, para que tome as providencias a respeito dessas denúncias fantasiosas e a respeito também das distribuições das ambulâncias aos municípios, sendo condicionada ao apoio ao Governador. Esperamos que o Governo seja republicano e entregue a ambulância ao nosso povo.”

 

Antônio Justino

Prefeito de Dona Inês-PB

Dona Inês-PB, 24 de Julho, 2014

Paraiba.com com Assessoria

Prefeito de Dona Inês anuncia apoio à candidatura de Cássio

antonio-justinoO prefeito Antonio Justino (PSB), do município de Dona Inês, no Curimataú paraibano, anunciou o seu apoio à candidatura do senador tucano Cássio Cunha Lima.

A informação foi dada na manhã desta sexta-feira (11), na Rádio Talismã FM e confirmada pela assessoria de comunicação do prefeito.

Ainda segundo a assessoria, Antonio Justino deverá se pronunciar oficialmente sobre o assunto e dizer quais os motivos que o levaram a tomar a decisão.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

por Juka Martins

Dona Inês: Assaltantes aterrorizam família, e estupram dona de casa de 44 anos

casa-brancaO crime aconteceu na madrugada do ultimo sábado (28), mas só veio a público na tarde desta segunda-feira (05), após uma matéria exibida no programa Correio Verdade, na TV correio, afiliada da Rede Record na Paraíba.

De acordo com as vítimas, três bandidos armados arrombaram a residencia onde moram, localizada no Sitio Bola, zona rural de Dona Inês, Curimataú Paraibano, renderam a família de cinco pessoas, e estupraram uma dona de casa de 44 anos.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Eles amarraram, amordaçaram e espancaram o agricultor de 37 anos, e os três filhos de 7, 9, e 12 anos de idade.

Após roubar vários objetos das vítimas, inclusive a feira da família, um dos bandidos arrastou a dona de casa de 44 anos, para fora da residência e a estuprou.

A família está assustada, e não consegue mais dormir na casa onde há mais de 10 anos, criavam os filhos. Ainda de acordo com relatos da dona de casa, os filhos estão assustados e não querem ir à escola.

Por segurança não vamos divulgar os nomes das vítimas.

A Polícia Militar efetuou rondas para tentar capturar os acusados, mas até o fechamento desta matéria ninguém foi preso.

 

por Jaceline Marques

Cachorro vai à missa todos os dias mesmo após morte de sua dona

Todos os dias, o cão Tommy vai à missa. Ele não perde uma sequer e já é conhecido por quem frequenta a igreja de Santa Maria Assunta, na vila de San Donaci, na Itália. Até o padre virou amigo do pastor alemão, que passa o tempo todo quietinho, ao lado do altar, e não late.

O hábito foi criado quando sua dona, Maria Marguerita Lochi, estava viva. Há dois meses, ela morreu e o funeral foi na mesma igreja. O cachorro não se acostumou com sua ausência, segue fiel à italiana e sempre a espera pacientemente.

Reprodução
Cão Tommy participa de missa em igreja na Itália
Cão Tommy participa de missa em igreja na Itália

HISTÓRIA DE FILME

O caso é bem parecido com a de Hachiko, personagem do filme “Sempre ao seu lado”, dirigido por Lasse Hallström. Baseado em uma história real, o cachorro é foi encontrado em uma estação de trem por Parker (Richard Gere), com quem criou profundos laços de amizade.

Folha

Morre Dona Canô, aos 105 anos, diz filho em Santo Amaro, na Bahia

Dona Canô comemorou 105 anos no mês de setembro de 2012 (Foto: Egi Santana/G1)

Claudionor Viana Teles Veloso, mais conhecida como Dona Canô, morreu aos 105 anos, nesta terça-feira (25), em sua casa, localizada na cidade de Santo Amaro da Purificação, no Recôncavo Baiano, afirmou o filho Rodrigo Veloso ao G1 às 9h20 (10h20 no horário de Brasília).

A idosa esteve internada por seis dias, recebendo alta do Hospital São Rafael, em Salvador, na sexta-feira (21). Ela tinha sofrido um ataque isquêmico cerebral, que gera redução do fluxo de sangue nas artérias do cérebro, segundo informou o boletim médico.

De acordo com informações de Edson Nascimento, amigo da família, Dona Canô pediu um vestido novo e branco para deixar o hospital. Foi com ele que ela foi vestida para a casa, acompanhada da filha Mabel. Maria Bethânia acompanhou a transferência da mãe em outro carro.

A matriarca teve oito filhos, entre eles os cantores Caetano Veloso e Maria Bethânia. Em outubro de 2011, Dona Canô perdeu a filha adotiva Eunice Veloso, aos 83 anos, que morreu com insuficiência respiratória. O filho famoso, o compositor Caetano, completou 70 anos em agosto deste ano. Em dezembro, a matriarca da família assistiu ao show da nova turnê da filha Maria Bethânia, no Teatro Castro Alves.

No dia 16 de setembro de 2012, Dona Canô completou 105 anos e, como tradicionalmente faz, reuniu amigos e a família em missa e comemoração em casa, na cidade de Santo Amaro. Estiveram na festa os filhos Caetano Veloso e Maria Bethânia e a amiga Regina Casé. Quem celebrou a missa foi o padre Reginaldo Manzotti.

Saúde
Segundo a família, Dona Canô nunca apresentou problemas graves de saúde. Em 5 de novembro deste ano, ela foi internada no Hospital São Rafael, após apresentar sintomas de gripe com febre. Ela permaneceu internada até o dia 9, quando recebeu alta.

Já em 2011, Dona Canô foi hospitalizada no dia 7 de julho com dores abdominais e falta de ar. Em julho de 2007, a idosa ficou sete dias internada no Hospital São Rafael por causa de problemas respiratórios. Na ocasião, ela foi encaminhada de helicóptero do município de Santo Amaro até Salvador. No dia 2 de agosto ela voltou a ser hospitalizada por dores na coluna.

Biografia
Nascida em 16 de setembro de 1907, Claudionor Viana Teles Veloso construiu sua história no Recôncavo Baiano, no município de Santo Amaro da Purificação. Os filhos biológicos são Clara, Roberto, Caetano, Bethânia, Rodrigo e Mabel. Dona Canô adotou as filhas Irene e Nicinha. Era viúva de “Seu Zeca”, que morreu em 1983, com 82 anos.

Conhecida por sua personalidade forte e receptividade, Dona Canô participava sempre da tradicional Festa de Reis em Santo Amaro, que reune milhares de pessoas em toda região. A celebração de seus aniversários também se tornou um marco, atraindo muitas pessoas para a festa.

Dona Canô sempre aparecia vestida toda de branco em seus aniversários. Quando completou o centenário, a missa foi celebrada pelo então arcebispo primaz do Brasil, cardeal Dom Geraldo Majella. De Dom Geraldo, Dona Canôrecebeu a imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida.

Depois das comemorações em Santo Amaro, Dona Canô foi para um hotel festejar os 100 anos. Ela foi recebida pela família e pelos amigos mais próximos. O então ministro da Cultura, Gilberto Gil, entregou à Dona Canô uma carta do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Em julho de 2011, Lula visitou pessoalmente Dona Canôem Santo Amaro.

Atrás da aparência frágil, com um corpo miúdo e fala mansa, Dona Canô escondia a longevidade de poucos e a saúde considerada “de ferro”. Ela repetiu em diversas oportunidades que era dona de uma fama que sempre disse não entender o motivo, referindo-se ao intenso interesse da imprensa sobre ela e sua vida em Santo Amaro da Purificação.

Autêntica e mãe de dois grandes nomes da Música Popular Brasileira, Dona Canô se tornou um símbolo não só de Santo Amaro, como do Recôncavo Baiano. Sempre lutou para melhorar a cidade e acolheu os moradores como uma mãe.

O sobrado de número 179, no centro de Santo Amaro, se tornou um dos pontos turísticos do município. A casa onde residiu Dona Canô e a família Veloso sempre esteve com as portas abertas para baianos e turistas.

No casarão antigo, as paredes são cobertas de fotografias e histórias dela e de toda família. Fotografias com o ex-presidente da república Luiz Inácio Lula da Silva e o ex-senador Antônio Carlos Magalhães ganham destaque na parede da sala.

Nas entrevistas que dava para a imprensa, Dona Canô costumava destacar a felicidade que sentia ao poder ter vivido o suficiente para acompanhar o crescimento dos filhos e netos, tendo até conhecido os bisnetos. Sua lucidez a acompanhou até os últimos dias de vida.

Ativa, era sempre Dona Canô quem cuidava das contas de casa e decidia o cardápio na cozinha. Também sempre foi muito conhecida pela vaidade. Foi uma mulher marcada pela religiosidade. Em casa, guardava há anos várias imagens religiosas. A maioria foi dada por amigos e até por desconhecidos. Foi com a ajuda da matriarca que a festa de Nossa Senhora da Purificação transformou-se em um evento famoso na Bahia.

Uma das principais comemorações de aniversário foram os 100 anos de Dona Canô em 1997. O dia foi de flores, presentes e visitas de amigos e dos filhos. Na igreja de Nossa Senhora da Purificação, foi realizada uma missa em homenagem à matriarca. A imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida foi levada de São Paulo especialmente para a ocasião. A matriarca dos Veloso ficou pouco tempo na igreja, porque se emocionoubastante. Maria Bethânia cantou Romaria em homenagem à mãe e assim que terminou a música, abraçou Dona Canô.

Sobre a história construída nos 105 anos de vida em Santo Amaro, Dona Canô disse em entrevista este ano que não conseguia esquecer de quando passeava com os amigos nas usinas de açúcar da cidade. “A cidade cresceu, as coisas ficaram longe, os bondes eram importantes”, contou ao G1 no mês de setembro.

Homenagens
Cantada por Daniela Mercury, a composição de Caetano Veloso que leva no título o nome da mãe “Dona Canô” descreve a relação que a matriarca tinha com seus familiares e amigos.

A vida de Dona Canô também inspirou o historiador Antônio Guerreiro de Freitas, que publicou em 2009 a biografia “Canô Velloso, lembranças do saber viver”, escrita também por Arthur Assis Gonçalves da Silva, que faleceu antes do término da obra.

Dona Canô também está no nome do teatro fundado há nove anos em Santo Amaro com a sua contribuição. A filha Mabel Velloso lançou o livro “O Sal é o Dom – Receita de Mãe Canô” reunindo receitas feitas pela mãe.

G1

DONA INÊS-PB: Idosa está desaparecida há mais de 40 horas

Uma idosa de aproximadamente 83 anos de idade, residente na cidade de Dona Inês, no curimataú paraibano, está desaparecida desde às 13h00 do último sábado (10). A anciã identificada como, Lourdes Justino, foi vista pela última vez em uma estrada vicinal, na localidade conhecida como Cruz da Menina, próximo a capelinha da Cruz da menina.
Um morador da localidade disse que a senhora chegou à comunidade quilombola, Cruz da Menina, com o desejo de fazer orações na capelinha. Uma pessoa responsável por abrir a capelinha teria ido ao local de orações, e após abrir a capelinha, a senhora teria desistido das orações e retornado com sentido a cidade, e depois de caminhar cerca de 300 metros, desapareceu.
Desde a tarde do sábado que familiares e amigos realizam buscas na região na tentativa de localizar a aposentada. A polícia militar também está intensificando as buscas que devem durar até que a idosa seja localizada.
A família desconfia do companheiro da dona Lourdes, Enoque Matias da Costa, de pouco mais de 50 anos de idade. Para a família a falta de preocupação do companheiro da idosa, causa estranheza. Para garantir a integridade física do homem, a polícia conduziu Enoque pra a companhia de polícia em Araruna-PB. O Capitão Silva Ferreira disse não acreditar que o homem possa ter responsabilidade sobre o sumiço da aposentada.
FATO CURISOSO
Na mesma localidade outras duas pessoas já desapareceram. Há alguns anos um homem passou cerca de 11 dias desaparecido e foi encontrado, após várias buscas, já sem vida, assassinado a golpes de faca peixeira. Ninguém foi responsabilizo pelo crime.
Um criança de apenas 7 anos de idade, também desapareceu da localidade cruz da menina. O desaparecimento ocorreu há cerca de sete anos. Até hoje a criança não foi encontrada.

Por Júnior Campos

Dona Inês-PB: Homem é preso por tentativa de homicídio; a vítima foi sua cunhada

Luiz do Carmo de Oliveira, de 34 anos de idade, residente em Oiticica, em Dona Inês-PB, foi levado para a delegacia de polícia civil do município após ser preso pela polícia militar do destacamento local.

O agricultor está sendo acusado de ter atentado contra vida da cunhada, a agricultora Raimunda Costa da Silva, de aproximadamente 40 anos de idade, residente na mesma localidade. O crime ocorreu por volta das 14h30 da terça-feira (23).

De acordo com o acusado a discussão foi motivada por questões familiar. A vítima seria responsável pelos cuidados da mãe do acusado e o tratamento da vítima para com a sogra não estaria agradando o acusado que foi tomar satisfação na tarde de hoje com a cunhada. O seu irmão, José do Carmo de Oliveira, esposo da vítima teria participado da discussão e o acusado armado com uma espingarda do tipo soca-soca, teria apontado a arma para seu irmão a fim de alveja-lo, foi nessa hora que a vítima se atravessou na frente e recebeu o tiro.

Raimunda foi alvejada na barriga e socorrida para o hospital por populares. A vítima foi medicada e passa bem.

O acusado se evadiu do local abandonando a arma que foi apreendida pela PM.

O Sargento Edivolnaldo, comandante do destacamento local, contou que após ser comunicado, saiu em diligências com o Cabo F. Santos e conseguiu alcançar o acusado na localidade de Cachoeirinha, município de Tacima-PB.

O acusado foi levado para a delegacia onde foi ouvido pela autoridade competente e deve responder pelo crime de tentativa de homicídio. O agricultor ficará preso na cadeia pública de Belém-PB a disposição da justiça.

Por Júnior Campos