Arquivo da tag: domingo

Bolsonaro vai pedir uso da Força Nacional em protesto no domingo

O presidente Jair Bolsonaro quer jogar pesado contra os manifestantes que prometem sair às ruas de Brasília no próximo domingo para um ato contra o governo. Ele vai pedir ao Distrito Federal a permissão para usar a Força Nacional no protesto, previsto para ocorrer na Esplanada dos Ministérios. Ontem, o chefe do Executivo foi ao gabinete do secretário de Segurança Pública do DF, Anderson Torres, para externar a preocupação com o movimento, e a pasta do governador Ibaneis Rocha (MDB) vai bater o martelo após reuniões hoje.Continua depois da publicidade

O GDF já avalia um esquema de segurança para as manifestações deste fim de semana. Dois encontros, hoje, definirão a estratégia. “Isso ainda está sendo alinhado aqui. Haverá duas reuniões amanhã (hoje). Aí, sim, deve ser fechado um plano para o fim de semana”, afirmou ao Correio uma fonte da secretaria.

No Planalto, uma fonte comentou que relatórios produzidos pelo Gabinete de Segurança Institucional (GSI) apontam que as manifestações de domingo podem resultar em depredações semelhantes às que ocorreram no governo Michel Temer, quando houve protesto contra a reforma da Previdência. Dessa forma, o Ministério da Justiça e Segurança Pública já está de sobreaviso, e vai deixar as tropas de prontidão para deslocamento.

A intenção, de acordo com informações repassadas ao ministério, é proteger o patrimônio e evitar o corpo a corpo contra os manifestantes. O plano de segurança, contudo, será definido pelo GDF, ao qual cabe a segurança da Esplanada. De qualquer forma, o alto escalão de Bolsonaro teme que a Polícia Militar tenha dificuldades em conter atos mais radicais. Por isso, defende a necessidade de reforço para a corporação.

“Querem tumulto”

Ontem, durante a live da semana, Bolsonaro antecipou que “os governadores, que têm compromisso com a democracia de verdade, com a Constituição, com as leis, com o bem-estar da população, estão se preparando para reagir, caso o pessoal ultrapasse o limite da racionalidade”. O presidente ainda disse que os manifestantes “querem tumulto, confronto” e os classificou como uma nova versão dos black blocs, que, em 2013, promoveram ações virulentas em São Paulo ao protestar contra o aumento da tarifa do transporte público.

“Eu não estou torcendo para ter quebra-quebra, não. Mas a história nos diz que esses marginais de preto, que vão com soco inglês, com punhal, barra de ferro, coquetel molotov, geralmente apedrejam, queimam bancos, estações de trem e outras coisas. Não é porque eles estão com faixa de democracia que estão defendendo a democracia. Para mim, é terrorismo. Acusam os outros do que eles são”, criticou.

Bolsonaro também pediu que os seus apoiadores evitem promover atos pró-governo no domingo, para que não haja nenhum tipo de confronto. Além disso, classificou o grupo contrário à sua gestão, que acabou recebendo a alcunha de “antifas” — devido ao apelo contra o fascismo durante as manifestações — como um bando de “idiotas”, “viciados” e que “não servem para nada”.

“A maioria é estudante. Se você pegar e aplicar a prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) neles, acho que ninguém tira 5. Não sabem interpretar um texto, não sabem nada. São uns idiotas que não servem para nada”, disparou. “Não compareçam a esse movimento, que esse pessoal não tem nada a oferecer para nós. Muitos são viciados. Eles querem o tumulto. É um pedido meu. Os antifas, novo nome dos black blocs, querem roubar sua liberdade.”

Manifestações em várias cidades
Manifestações estão sendo chamadas em outras cidades por grupos ligados a torcidas de futebol, agora engrossados pela Frente Povo sem Medo, organização que reúne movimentos sociais, centrais sindicais e partidos de esquerda. Em São Paulo, os atos estão agendados para o início da tarde, na Avenida Paulista. O governo estadual proibiu atos rivais (contra e a favor de Bolsonaro) simultâneos na capital. Há manifestações já agendadas também no Rio de Janeiro, em Salvador, em Belo Horizonte e em outras cidades. Além de o presidente Jair Bolsonaro ter usado termos duros para se referir a integrantes de grupos autointitulados antifascistas que passaram a promover atos contra o governo, o vice-presidente Hamilton Mourão também classificou os participantes desses protestos como “baderneiros”.

 

Correio Brasiliense

 

 

Acidente entre carro e moto deixa vítima fatal entre Bananeiras e Solânea

Um grave acidente ocorrido na tarde deste domingo (31) deixou uma vítima fatal na PB-105 que dá acesso aos municípios de Bananeiras a Solânea.

O acidente envolveu um carro oficial da Prefeitura Municipal de Arara e uma moto Honda Biz. Ainda não se sabe os motivos do acidente, mas com a força do impacto o motoqueiro não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Até o fechamento dessa matéria a vítima ainda não tinha sido identificada.

Redação FN com Rota da Notícia

 

 

João Azevêdo realiza live neste domingo, às 18h, para anunciar plano de retomada da economia na Paraíba

O plano de retomada da economia pelo Governo da Paraíba será anunciado neste domingo (31), às 18h, através de uma live nas redes sociais do governador João Azevêdo (Cidadania). Foi o próprio gestor que publicou nas redes sociais a notícia.

As medidas serão tomadas após o período de isolamento mais rígido que se inicia nesta segunda-feira (1º) e vai até o dia 14 de junho , cujo objetivo é reduzir a velocidade de propagação da doença.

A política de isolamento social mais rígida se estende aos municípios de João Pessoa, Alhandra, Bayeux, Caaporã, Cabedelo, Conde, Santa Rita e Pitimbu para o enfrentamento mais eficaz da pandemia, com o controle da circulação de pessoas e veículos nos espaços e vias públicas.

O documento dispõe sobre medidas gerais de contenção à proliferação da COVID-19 e estabelece uma política de isolamento social mais rígida em toda a região metropolitana de João Pessoa.

“O objetivando reduzir a velocidade de propagação da doença”, afirma o governador, no decreto.

Segundo o decreto, “as pessoas comprovadamente infectadas ou com suspeita de contágio pelo vírus deverão permanecer em confinamento obrigatório em casa, na unidade hospitalar ou em outro lugar determinado pela autoridade de saúde. Quem desobedecer estará cometendo uma infração e arcará com a devida responsabilidade, podendo responder até na esfera criminal.

Decreto

PB Agora

 

 

Major reformado do 4° BPM morre atropelado neste domingo em Guarabira

Acabou de chagar à nossa redação a informação de que o Major reformado da PM Francisco Evangelista da Silva, 66 anos de idade, residente no bairro do nordeste, em Guarabira, morreu atropelado por um caminhão pipa, que presta serviço à empresa Guaraves, na tarde deste domingo (17). O acidente aconteceu por volta das 16:30h, nas imediações do IFPB, na saída de Guarabira para Araçagi, no Agreste paraibano.

Ainda não se tem muitos detalhes do que teria acontecido, mas de acordo com a versão dada pelo motorista do caminhão, identificado como Pedro Sérgio Firmino Muniz, o Major Evangelista, como era mais conhecido, teria se jogado debaixo do caminhão, como uma ação suicida. Outra informação ainda dá conta de que testemunhas teriam presenciado o fato.

De acordo com alguns colegas da PM e ligados ao Major Evangelista, há algum tempo ele enfrentava problemas de saúde, inclusive apresentando sintomas de depressão.

O motorista do caminhão disse que ainda chegou a visualizar o Major se dirigindo à rodovia, ainda diminuiu a velocidade, mas não conseguiu evitar o atropelamento. Ele permaneceu no local aguardando a chegada das autoridades policiais.

Uma investigação deverá apontar se realmente tratou-se de suicídio ou acidente.

O Major Evangelista trabalhou durante muitos anos no 4º BPM, sediado em Guarabira, era casado e deixou pelo menos três filhos, um deles também faz parte dos quatros da PM.

 

 

 

 folhadobrejo

 

 

Policiais do 4º BPM prendem neste domingo dois suspeitos de violência doméstica

Policiais do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) registraram, neste domingo (26), dois casos de violência doméstica e, em ambos, os suspeitos foram presos. O primeiro caso aconteceu no Loteamento Pouso das Garças, em Guarabira, e a vítima compareceu pessoalmente à sede do Batalhão para informar que tinha sido agredida pelo próprio companheiro. De imediato, os policiais foram até o endereço informado por ela e, após rondas, conseguiram prender o suspeito. Os envolvidos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil para serem tomadas as providências legais.

O outro caso de violência doméstica aconteceu na Rua Nova, em Belém, quando a vítima ligou para a Polícia Militar informando que teria se deslocado a um bar para buscar o companheiro, mas no local teria se desentendido com ele, que a agrediu fisicamente. Rapidamente os policiais chegaram ao local e constataram que a mulher havia sofrido lesões leves no braço, perna direita e cabeça, e que o suspeito havia se evadido do local. Após algumas rondas, ele foi localizado e preso, em seguida, conduzido para a delegacia.

 

Assessoria 4º BPM

 

 

Papa no Domingo de Ramos: “A vida mede-se pelo amor”

“O drama que estamos atravessando impele-nos a levar a sério o que é sério, a não nos perdermos em coisas de pouco valor; a redescobrir que a vida não serve, se não se serve. Palavras do Papa Francisco na homilia da missa neste Domingo de Ramos, celebrada na Basílica de São Pedro.

Em meio à pandemia, não só a Praça São Pedro vazia, mas também a Basílica Vaticana, onde o Papa Francisco presidiu à celebração eucarística neste Domingo de Ramos.

Com o Pontífice, o mestre das cerimônias litúrgicas, monsenhor Guido Marini, poucos diáconos, um único cardeal, alguns leigos e religiosas. Também o coral foi em número reduzido.

As oliveiras e os ramos perto do altar central lembravam a entrada triunfante de Jesus em Jerusalém.

Na sua pregação, o convite do Papa foi para se deixar guiar pela Palavra de Deus na Semana Santa, que, quase como um refrão, mostra Jesus como servo: na Quinta-feira Santa, é o servo que lava os pés aos discípulos; na Sexta-feira Santa, é apresentado como o servo sofredor e vitorioso (cf. Is 52, 13).

“Deus salvou-nos, servindo-nos. Geralmente pensamos que somos nós que servimos a Deus. Mas não; foi Ele que nos serviu gratuitamente, porque nos amou primeiro. É difícil amar, sem ser amado; e é ainda mais difícil servir, se não nos deixamos servir por Deus”, proclamou Francisco.

O Senhor, explicou o Papa, nos serviu dando a sua vida por nós, a ponto de experimentar as situações mais dolorosas para quem ama: a traição e o abandono.

Jesus sofreu a traição do discípulo que O vendeu e do discípulo que O renegou. Foi traído pela multidão, pela instituição religiosa e pela instituição política.

Quando sofremos traições – prosseguiu o papa – a vida parece deixar de ter sentido. Isso porque nascemos para ser amados e para amar.

– Olhemos dentro nós mesmos: se formos sinceros para conosco, veremos as nossas infidelidades. Tanta falsidade, hipocrisia e fingimento! Tantas boas intenções traídas! Tantas promessas quebradas! Tantos propósitos esmorecidos! O Senhor conhece melhor do que nós o nosso coração; sabe como somos fracos e inconstantes – discorreu o santo padre.

Foto: Ascom

Foto: Ascom

Papa lembrou então que “O que Ele faz para nos servir é tomar sobre Si as nossas infidelidades, removendo as nossas traições. Assim, nós, em vez de desanimarmos com medo de não ser capazes, podemos levantar o olhar para o Crucificado e seguir em frente.

– Meu Deus, meu Deus, por que Me abandonaste?

Sobre o abandono de Jesus, nada é mais impressionante do que as palavras pronunciadas por Ele na cruz: Meu Deus, meu Deus, por que Me abandonaste? No abismo da solidão, pela primeira vez Jesus O designa pelo nome genérico de «Deus». Na realidade, trata-se das palavras de um Salmo (cf. 22, 2), que dizem como Jesus levou à oração inclusive a extrema desolação – explicou Francisco.

O porquê de tudo isto, mais uma vez encontramos na palavra serviço. Jesus morreu por nós, para nos servir. Lembremo-nos de que não estamos sós:

“Hoje, no drama da pandemia, perante tantas certezas que se desmoronam, diante de tantas expectativas traídas, no sentido de abandono que nos aperta o coração, Jesus diz a cada um: Coragem! Abra o coração ao meu amor – exortou Francisco.

Estamos no mundo para amar a Ele e aos outros, disse ainda o Papa: “O resto passa, isto permanece. O drama que estamos atravessando impele-nos a levar a sério o que é sério, a não nos perdermos em coisas de pouco valor; a redescobrir que a vida não serve, se não se serve. Porque a vida mede-se pelo amor”.

A exortação do Pontífice, nestes dias da Semana Santa, em casa, é permanecer diante do Crucificado. Diante de Deus, pedir a graça de viver para servir. “Procuremos contatar quem sofre, quem está sozinho e necessitado. Não pensemos só naquilo que nos falta, mas no bem que podemos fazer.”

A senda do serviço, concluiu Francisco, é o caminho vencedor, que nos salvou e salva a vida. E essas palavras foram dedicadas aos jovens, que hoje celebram a 35 Jornada Mundial da Juventude:

“Queridos amigos, olhem para os verdadeiros heróis que vêm à luz nestes dias: não são aqueles que têm fama, dinheiro e sucesso, mas aqueles que se oferecem para servir os outros. Sintam-se chamados a arriscar a vida. Porque a maior alegria é dizer sim ao amor, sem se nem mas… Como fez Jesus por nós.”

 

Ascom

 

 

Novas alíquotas da Previdência Social entram em vigor neste domingo

As novas alíquotas aprovadas na reforma da Previdência entram em vigor hoje (1º) e começam a ser aplicadas sobre o salário de março, pago geralmente em abril.

No Regime Geral de Previdência Social (RGPS), as novas alíquotas valerão para contribuintes empregados, inclusive para empregados domésticos, e para trabalhadores avulsos. Não haverá mudança, contudo, para os trabalhadores autônomos (contribuintes individuais), como prestadores de serviços a empresas e para os segurados facultativos.

Segundo a Secretaria de Previdência, as alíquotas progressivas incidirão sobre cada faixa de remuneração, de forma semelhante ao cálculo do Imposto de Renda.

Como a incidência da contribuição será por faixas de renda, é preciso fazer um cálculo para saber qual será a alíquota efetiva. Quem recebe um salário mínimo por mês, por exemplo, terá alíquota de 7,5%. Já um trabalhador que ganha o teto do Regime Geral, também conhecido como o teto do INSS – atualmente R$ 6.101,06 –, pagará uma alíquota efetiva total de 11,69%, resultado da soma das diferentes alíquotas que incidirão sobre cada faixa da remuneração.

O governo disponibiliza na internet uma calculadora da alíquota efetiva, que mostra quanto era descontado do salário antes da reforma e quanto será deduzido com a entrada em vigor das novas regras.

Confira as novas alíquotas na tabela abaixo:

tabela1
Novas alíquotas de contribuição – Ministério da Previdência

Sem mudanças

De acordo com a Secretaria de Previdência, contribuintes individuais e facultativos continuarão pagando as alíquotas atualmente existentes, cuja alíquota-base é de 20%, para salários de contribuição superiores ao salário mínimo.

Para salários de contribuição igual ao valor do salário mínimo, deverá ser observado:

I – para o contribuinte individual que trabalhe por conta própria, sem relação de trabalho com empresa ou equiparado e o segurado facultativo, o recolhimento poderá ser mediante aplicação de alíquota de 11% sobre o valor do salário mínimo;

II – para o microempreendedor individual e para o segurado facultativo sem renda própria que se dedique exclusivamente ao trabalho doméstico no âmbito de sua residência, desde que pertencente a família de baixa renda inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), o recolhimento deverá ser feito mediante a aplicação de alíquota de 5% sobre o valor do salário mínimo;

III – o contribuinte individual que presta serviço a empresa ou equiparado terá retido pela empresa o percentual de 11% sobre o valor recebido pelo serviço prestado e estará obrigado a complementar, diretamente, a contribuição até o valor mínimo mensal do salário de contribuição, quando as remunerações recebidas no mês, por serviços prestados a empresas, forem inferiores ao salário mínimo.

A Secretaria destaca que o segurado, inclusive aquele com deficiência, que contribua mediante aplicação das alíquotas de 11% ou 5% e pretenda contar o respectivo tempo de contribuição para fins da aposentadoria por tempo de contribuição transitória ou para contagem recíproca do tempo correspondente em outro regime, deverá complementar a contribuição mensal sobre a diferença entre o percentual pago e o de 20%, com os devidos acréscimos legais.

Individuais e facultativos

O contribuinte individual é aquele que trabalha por conta própria (de forma autônoma) ou que presta serviços de natureza eventual a empresas, sem vínculo empregatício. São considerados contribuintes individuais, dentre outros, os sacerdotes, os diretores que recebem remuneração decorrente de atividade em empresa urbana ou rural, os síndicos remunerados, os motoristas de táxi e de aplicativos, os vendedores ambulantes, as diaristas, os pintores, os eletricistas e os associados de cooperativas de trabalho.

O contribuinte facultativo é a pessoa com mais de 16 anos que não possui renda própria, mas decide contribuir para a Previdência Social. São donas de casa, síndicos de condomínio não-remunerados, desempregados, presidiários não-remunerados e estudantes bolsistas, por exemplo.

Servidores da União

As novas alíquotas valerão também para os servidores públicos vinculados ao Regime Próprio da Previdência Social (RPPS) da União. No RPPS da União, contudo, as alíquotas progressivas não se limitarão ao teto do RGPS, pois haverá novas alíquotas incidindo também sobre as faixas salariais que ultrapassem o teto.

Confira as alíquotas:

tabela2
Alíquota de contribuição da Previdência Social – Ministério da Previdência

 

wscom

 

 

Tarifa do transporte intermunicipal fica 5% mais cara a partir deste domingo

A partir deste domingo (9) utilizar o transporte intermunicipal ficará mais caro na Paraíba. O reajuste nas tarifas foi aprovado pelo Conselho Executivo e publicado pelo Departamento de Estradas de Rodagem na edição deste sábado (8) do Diário Oficial do Estado.

O reajuste médio autorizado foi 5% no valor das tarifas praticadas nas linhas intermunicipais de características rodoviárias e nas linhas intermunicipais de características urbanas e na travessia hidroviária Cabedelo/Costinha, todas integrantes do Sistema de Transporte Coletivo Intermunicipal de Passageiros do Estado da Paraíba.

Conforme a publicação e as empresas que operam o Sistema de Transporte Coletivo Intermunicipal apresentaram estudo sobre a necessidade de reajuste no valor das passagens por ônibus. O argumento é de que há necessidade de renovação e ampliação da frota, a melhoria da qualidade dos serviços prestados e a garantia da segurança e do conforto dos usuários.

MaisPB

 

 

Festa da Luz em Guarabira, PB, tem shows de louvor neste domingo (2)

A última noite da Festa da Luz em Guarabira, no Brejo da Paraíba, tem shows de louvor neste domingo (2), no Parque de Eventos Poeta Ronaldo Cunha Lima. Entre as atrações está a banda cristã Rosa de Saron.

A sexta edição do evento que celebra a padroeira de Guarabira, a Nossa Senhora da Luz, tem shows a partir das 22h, com a apresentação da banda Rosa de Saron, no palco principal do parque de eventos, o palco ‘Luz’.

Em seguida se apresenta a cantora católica Celione David. A Festa da Luz 2020 se encerra com show do cantor paraibano Elson Júnior.

Foto: Rodolfo Magalhães

G1

 

Inscrições para o Sisu se encerram às 23h59 deste domingo

As inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) terminam neste domingo às 23h59. A data final de inscrições seria na sexta-feira (24), mas em decorrência das inconsistências na correção das provas do Enem, o Ministério da Educação (MEC) decidiu dar mais tempo aos estudantes, para evitar prejuízos.

O Sisu é a principal maneira de acessar o ensino superior público com a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Para participar da seleção, o candidato não pode ter zerado a redação na edição de 2019 do exame. Neste semestre, são 237.128 vagas em 128 instituições de ensino superior públicas de todo o país. A inscrição é gratuita e deve ser feita na página do participante.

Segundo o Ministério da Educação (MEC), no momento da inscrição o candidato deve escolher até duas opções de cursos ofertados pelas instituições participantes, e o sistema seleciona os mais bem classificados em cada curso, de acordo com as notas no Enem e eventuais ponderações, como pesos atribuídos às notas ou bônus. Caso o desempenho do candidato permita o ingresso nos dois cursos, prevalecerá a primeira opção, com apenas uma chamada para matrícula.

Os resultados das inscrições do Sisu serão divulgados no dia 28 de janeiro. A partir do resultado, a matrícula ou o registro acadêmico nas instituições participantes devem ser feitos até o dia 4 de fevereiro. O lançamento da ocupação das vagas pelas instituições participantes será até 7 de fevereiro, e a manifestação de interesse para constar na lista de espera é até as 23h59 de 4 de fevereiro.

O que é o Sisu 
O Sisu é uma das formas de ingresso na educação superior com a nota do Enem. Trata-se do sistema informatizado do MEC por meio do qual instituições públicas de ensino superior oferecem vagas a participantes do exame. Quem não conseguir uma vaga pelo Sisu, pode tentar uma vaga pelos vestibulares tradicionais.

Há ainda o Programa Universidade para Todos (ProUni), que oferta bolsas integrais e parciais, de 50%, em instituições privadas; o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e o Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies), para financiar o valor da graduação.

 

Agência Brasil