Arquivo da tag: domingo

Inscrições para o Sisu se encerram às 23h59 deste domingo

As inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) terminam neste domingo às 23h59. A data final de inscrições seria na sexta-feira (24), mas em decorrência das inconsistências na correção das provas do Enem, o Ministério da Educação (MEC) decidiu dar mais tempo aos estudantes, para evitar prejuízos.

O Sisu é a principal maneira de acessar o ensino superior público com a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Para participar da seleção, o candidato não pode ter zerado a redação na edição de 2019 do exame. Neste semestre, são 237.128 vagas em 128 instituições de ensino superior públicas de todo o país. A inscrição é gratuita e deve ser feita na página do participante.

Segundo o Ministério da Educação (MEC), no momento da inscrição o candidato deve escolher até duas opções de cursos ofertados pelas instituições participantes, e o sistema seleciona os mais bem classificados em cada curso, de acordo com as notas no Enem e eventuais ponderações, como pesos atribuídos às notas ou bônus. Caso o desempenho do candidato permita o ingresso nos dois cursos, prevalecerá a primeira opção, com apenas uma chamada para matrícula.

Os resultados das inscrições do Sisu serão divulgados no dia 28 de janeiro. A partir do resultado, a matrícula ou o registro acadêmico nas instituições participantes devem ser feitos até o dia 4 de fevereiro. O lançamento da ocupação das vagas pelas instituições participantes será até 7 de fevereiro, e a manifestação de interesse para constar na lista de espera é até as 23h59 de 4 de fevereiro.

O que é o Sisu 
O Sisu é uma das formas de ingresso na educação superior com a nota do Enem. Trata-se do sistema informatizado do MEC por meio do qual instituições públicas de ensino superior oferecem vagas a participantes do exame. Quem não conseguir uma vaga pelo Sisu, pode tentar uma vaga pelos vestibulares tradicionais.

Há ainda o Programa Universidade para Todos (ProUni), que oferta bolsas integrais e parciais, de 50%, em instituições privadas; o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e o Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies), para financiar o valor da graduação.

 

Agência Brasil

 

 

Portão eletrônico cai e mata mulher neste domingo em João Pessoa

Uma mulher de 54 anos morreu, na manhã deste domingo (19), após um portão eletrônico cair por cima dela e provocar traumatismo craniano. O caso aconteceu no bairro do José Américo, em João Pessoa.

De acordo com apuração da TV Arapuan, a vítima estava realizando serviços de faxina na residência no momento do ocorrido.

Informações dão conta que o portão saiu dos trilhos e acabou caindo sobre a mulher, causando o acidente.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas quando chegou ao local a vítima já estava em óbito.

 

 (Foto: TV Arapuan)
paraiba.com.br

 

 

Campeonato Paraibano começa no próximo domingo e impasse sobre estádios deve terminar nesta quinta

A indefinição sobre os locais dos jogos para o inicio do Campeonato Paraibano que está previsto para começar no próximo domingo, poderá ter uma decisão nesta quinta-feira (16). Pelo menos uma partida deverá ser adiada por conta da não liberação dos estádios. Trata-se do confronto entre Sousa e Perilima, previsto para as 17h, no estádio Marizão. Os demais jogos aguardam até hoje para serem confirmados e liberados por parte da Federação Paraibana de Futebol (FPF) e Ministério Público da Paraíba (MPPB), que aguardam que o Corpo de Bombeiros aprove ou não os Planos de Contingência de Incêndio para o Almeidão, Amigão e Perpetão.

De acordo com Valberto Lira, procurador de justiça do Ministério Público e coordenador da Comissão Permanente de Prevenção e Combate à Violência nos Estádios do Estado da Paraíba, apenas o José Cavalcanti, em Patos, tem condições de receber partidas oficiais com a presença da torcida. Além dele, nenhum estádio está dentro dos moldes que atenda às exigências do Ministério Público e do Corpo de Bombeiros para que a bola role oficialmente para a temporada 2020. Com isso, a presidenta da Federação Paraibana de Futebol (FPF) já adiantou que o estadual pode ter o seu início com portões fechados, embora não seja o desejo da entidade, tampouco dos clubes.

Valberto Lira se mostrou preocupado com a ausência de comprovação dos laudos de liberação das praças esportivas que devem receber as partidas da edição deste ano do estadual. Até mesmo o José Cavalcanti, ainda sem as catracas eletrônicas, pode inspirar inquietação durante o transcorrer da competição. Isso porque esses aparelhos conseguem regular os 5% da renda dos jogos que são destinados ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

O desejo de Michelle Ramalho é que o campeonato comece na data prevista (próximo domingo). Contudo, com a indefinição e lentidão acerca da liberação dos estádios, não está descartado um possível adiamento do estadual, uma vez que a presidenta e os representantes dos clubes não comungam da ideia de dar início à disputa sem a presença do torcedor nas arquibancadas.

“Até onde eu tenho conversado com o Dr. Valberto, está liberada a abertura do campeonato, mas com portões fechados. Tenho me reunido diariamente com os clubes. Não é interessante começar o campeonato com os portões fechados. Estamos acompanhando todo o trâmite, porque é interesse da Federação manter as datas para o domingo”, disse a presidenta em entrevista a imprensa.

Outra possibilidade existente é a da fragmentação da primeira rodada, com algumas mudanças nas datas de alguns jogos. A prioridade, no entanto, é pelo deferimento de todos as praças para que tudo ocorra como o planejado, ou seja, com todos os jogos no próximo domingo, dia 19. A presidenta, inclusive, se mostrou aberta ao diálogo, caso algum time opte pela ideia de dar início à competição mesmo sem a presença de torcedores.

 

pbagora

 

 

Fantástico deste domingo mostra vídeos inéditos da delação de Livânia Farias na Operação Calvário

O programa Fantástico deste domingo (22), vai mostrar os vídeos inéditos da delação premiada da ex-secretária de Administração do Estado da Paraíba, Livânia Farias. O programa é exibido pela TV Globo aos domingos.

Livânia Farias confirmou em delação premiada que entregou mais de R$ 4 milhões ao ex-governador Ricardo Coutinho. A informação foi destaque em reportagem do jornal Estado de São Paulo na última quarta-feira (18).

Ela relatou que tinha uma rotina de entregas de dinheiro em espécia na residência oficial do governador, a Granja Santana, durante a gestão de Ricardo Coutinho.

Livânia Farias prestou colaboração premiada no âmbito do inquérito da Operação Calvário, que teve mais uma fase deflagrada na última terça-feira (17). Foram expedidos 17 mandados de prisão preventiva pelo Tribunal de Justiça da Paraíba. O ex-governador Ricardo Coutinho foi um dos alvos da Operação.

 

clickpb

 

 

Acidente com vítima fatal na madrugada deste domingo em Araruna-PB

Um acidente ocorrido na madrugada deste domingo (15) na cidade de Araruna, Paraíba, deixou uma vítima fatal. A tragédia aconteceu na saída de Araruna para Tacima.

O senhor Josuel de Araújo Gomes, mais conhecido como “Sinhô”, foi atingido por um veículo, não resistiu e faleceu.

Segundo informações de moradores, o motorista do veículo fugiu.

A vítima será sepultada na manhã desta segunda-feira (16). Seu corpo está sendo velado na sua residência, na Rua Projetada, próximo à Casa da Construção.

 

midiapb

 

 

Concurso da Prefeitura de Serraria, PB, acontece neste domingo (8) em dois horários

A prefeitura municipal de Serraria (PB) e a Comissão Organizadora do Concurso Público (Contemax) fazem saber a todos os candidatos que se inscreveram que as provas objetivas serão realizadas neste domingo (8/12) no município de Serraria.

O candidato deve observar os procedimentos a seguir estabelecidos para a verificação de seu local de realização da prova, que será aplicada às 08h, para candidatos de nível médio e nível superior e às 14h, para candidatos de nível fundamental. O Horário é local e as provas terão duração de 3 horas.

O candidato deverá, obrigatoriamente, acessar o endereço eletrônico CLICK AQUI para verificar o seu local de realização da prova, por meio de consulta individual (Cartão de Confirmação de Inscrição – CCI), devendo, para tanto, informar os dados solicitados. O candidato somente poderá realizar a prova no local designado na consulta individual disponível no endereço eletrônico citado acima inserindo no Login: “número do CPF” – sem pontos e/ou traço e Senha: cadastrada no ato da inscrição.

O candidato deverá comparecer ao local com antecedência mínima de uma hora do horário fixado para o início desta, munido de caneta esferográfica de tintas azul ou preta, fabricada em material transparente, do comprovante de inscrição e do documento de identidade original. A Contemax Consultoria recomenda que, o (a) candidato (a) verifique seu local de prova antes do dia de realização, a empresa não se responsabilizará por atrasos ou omissões de responsabilidade do (a) candidato (a).

Será eliminado do concurso o candidato que, durante a realização da prova, for surpreendido portando aparelhos eletrônicos, tais como: máquinas calculadoras, agendas eletrônicas ou similares, telefones celulares, smartphones, tablets, iPod®, gravadores, pendrive, mp3 player ou similar, qualquer receptor ou transmissor de dados e mensagens, bipe, notebook, palmtop, walkman®, máquina fotográfica, controle de alarme de carro etc., bem como relógio de qualquer espécie, brincos, pulseiras, anéis, e ainda qualquer recipiente, tais como garrafa de água e suco, que não seja fabricado com material transparente, óculos escuros, protetor auricular ou quaisquer acessórios de chapelaria, tais como chapéu, boné, gorro etc. e, ainda, lápis, lapiseira/grafite, marca-texto e (ou) borracha.

A Contemax Consultoria recomenda que, no dia de realização da prova, o candidato não leve nenhum dos objetos citados no item anterior, sob pena de eliminação. A Contemax Consultoria não se responsabilizará por perdas ou extravios de objetos ou de equipamentos eletrônicos ocorridos durante a realização da prova, nem por danos neles causados.

As provas objetivas constarão de 40 (quarenta) questões de múltipla escolha conforme Quadro de Provas, com cinco alternativas cada, terão uma única resposta correta e versarão sobre os conteúdos programáticos contidos no Edital Regulador.

CONFIRA A LISTA COMPLETA DOS INSCRITOS CLICK AQUI

Concurso da Prefeitura de Serraria

Vagas: 77

Níveis: fundamental, médio e superior

Salários: R$ 998 a R$ 3.339

Prazo de inscrição: até 31 de outubro

Local de inscrição: site da organizadora, Contemax Consultoria

Taxas de inscrição: R$ 40 (fundamental), R$ 45 (médio e técnico) e R$ 50 (superior)

Provas: 8 de dezembro

Fonte: blogdopedrojunior

 

 

 

Mais de 147 mil candidatos fazem provas do 1º dia do Enem 2019 neste domingo (3), na PB

Um total de 147.181 candidatos da Paraíba devem fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 neste domingo (3), na Paraíba, de acordo com dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). A prova também vai acontecer no próximo domingo (10).

Neste primeiro dia, os candidatos devem responder a 45 questões de linguagens, 45 de ciências humanas e escrever a redação, durante cinco horas e meia de duração do exame.

Já no segundo dia, os candidatos terão cinco horas para responder a 45 questões de ciências da natureza e a 45 de matemática.

Sem horário de verão

Com o fim do horário de verão, a hora local de fechamento dos portões do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), na Paraíba, vai acontecer uma hora mais tarde, ao contrário dos anos anteriores.

A Paraíba segue o horário de Brasília, no Distrito Federal. Os portões de acesso aos locais de prova serão abertos às 12h e fechados às 13h. Após isso nenhum candidato poderá entrar. A prova terá início às 13h30, e o término deve acontecer às 19h.

Não é permitido que nenhum candidato deixe o local antes das duas primeiras horas de prova, segundo o Inep, apenas para ir ao banheiro, desde que acompanhado por fiscais.

O que levar

Para responder ao exame os candidatos só podem utilizar caneta esferográfica de tinta preta fabricada em material transparente. Também é necessário levar um documento oficial de identificação original com foto e, no caso de roubo ou perda, é preciso apresentar um boletim de ocorrência expedido por órgão policial há, no máximo, 90 dias do primeiro domingo de aplicação.

É aconselhável que o cartão de confirmação de inscrição seja levado, assim como lanches e água, com cuidado e atenção para os rótulos.

Canetas pretas de corpo transparente são as indicadas para usar na prova do Enem' — Foto: Elida Oliveira/G1

Canetas pretas de corpo transparente são as indicadas para usar na prova do Enem’ — Foto: Elida Oliveira/G1

 

 

G1

 

 

Nova eleição para conselheiros tutelares em Pilõezinhos, PB, acontece neste domingo (13)

A eleição para conselheiros tutelares de Pilõezinhos, no Agreste da Paraíba, foi remarcada para o próximo domingo (13), segundo a assessoria do município. O pleito, que aconteceu no último domingo (7), foi suspenso após a comissão eleitoral fazer a contagem de votos e encontrar inconsistência entre a quantidade de cédulas nas urnas e a quantidade de assinaturas feitas pelos eleitores.

Os mesmos 15 candidatos da primeira eleição concorrem ao cargo de conselheiro tutelar na cidade. Cinco deles serão eleitos pela população. O local para votação continuará sendo a Escola Municipal Marlene Alves.

O número de urnas disponibilizadas para a eleição também continuará o mesmo, serão três equipamentos para votação.

Segundo a assessoria de Pilõezinhos, a decisão foi tomada nesta terça-feira (8), durante uma reunião entre o Conselho Municipal dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes (CMDCA) e a promotora de Justiça de Guarabira, Danielle Lucena.

G1

 

1400 conselheiros tutelares serão eleitos na Paraíba no próximo domingo

No próximo domingo (06) acontece a eleição unificada para escolha de conselheiros tutelares em todo o país. Na Paraíba, cerca de 1.400 conselheiros deverão ser escolhidos pela população. As promotorias de Justiça estarão de plantão para acompanhar a eleição.

Os eleitos vão assumir, em janeiro de 2020, um mandato de quatro anos, em 276 Conselhos Tutelares dos 223 municípios paraibanos, zelando pelos direitos do público infanto-juvenil e encaminhando à rede de proteção os casos de violações.

Para nove municípios (João Pessoa, Campina Grande, Bayeux, Santa Rita, Cabedelo, Guarabira, Patos, Sousa e Pombal), o Tribunal Regional Eleitoral disponibilizou a logística necessária para que a eleição ocorra com urna eletrônica. A medida atendeu à solicitação, feita no início do ano, pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) para que haja mais transparência, agilidade e segurança ao processo de escolha dos integrantes do órgão que é considerado a ‘porta de entrada’ do sistema de garantia de direitos de crianças e adolescentes.

Conforme explicou a promotora de Justiça Juliana Couto, que coordena o Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça de Defesa da Criança e do Adolescente, todo o processo eleitoral é fiscalizado pelo Ministério Público (que pode, inclusive, impugnar registros de candidatos que não atendam aos requisitos legais). Ela destacou a importância da participação das pessoas e do voto consciente. “Todos nós temos crianças e adolescentes na família. A qualquer momento, eles podem ter seus direitos afrontados. Daí a importância de elegermos pessoas preparadas para ocupar esse espaço de socorro e proteção”, disse.

A eleição

A eleição vai acontecer, em todo o País, das 8h às 17h, mas em algumas cidades, o início da votação pode ser diferente. Na Capital, por exemplo, as urnas serão abertas às 9h. Já os locais de votação deverão ser informados pelos Conselhos Municipais de Direitos das Crianças e dos Adolescentes (CMDCA), que são os órgãos responsáveis pela organização e realização desse processo.

Exigência legal

O ECA estabelece que todo município deve ter, no mínimo, um Conselho Tutelar, integrado por cinco conselheiros. Já o Conanda (Conselho Nacional de Direitos das Crianças e dos Adolescentes) recomenda, através de resolução, que cidades maiores tenham um Conselho Tutelar para cada grupo de 100 mil habitantes.

Qual a função do Conselho Tutelar?

O Conselho Tutelar é essencial ao Sistema de Garantia de Direitos. É o órgão encarregado por lei, escolhido pela sociedade, para garantir a proteção integral de crianças e adolescentes. Através dos Conselhos Tutelares, os pais reivindicam serviços públicos não atendidos nas áreas de saúde, educação e segurança. É o Conselho Tutelar quem aplica medidas protetivas a crianças e adolescentes.

Quem pode votar?

O voto é facultativo e secreto. Podem participar eleitores maiores de 16 anos de idade, que possuam título de eleitor e estejam em dia com a Justiça Eleitoral. Para votar, basta apresentar o título e um documento de identidade com foto.

Como saber onde vou votar?

As pessoas devem se dirigir ao Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de sua cidade ou à Secretaria de Desenvolvimento Social, a fim de se informar sobre os locais de votação.

Critérios para ser candidato (art. 133 do ECA)

– Ter idoneidade moral,
– Ser maior de 21 anos,
– Residir no município em que vai atuar.

*Leis municipais poderão acrescentar outras exigências, como aprovação em prova de conhecimentos e experiência comprovada em instituição que trabalha com o público infanto-juvenil credenciada no CMDCA.

Como denunciar irregularidades?

Os Conselhos Municipais de Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) estarão abertos para acolhimento das denúncias de práticas irregulares. As promotorias de Justiça de todo o Estado também funcionarão no domingo, em regime de plantão, para recebimento e apuração das delações.

Haverá urnas eletrônicas em:

João Pessoa
Campina Grande
Bayeux
Santa Rita
Cabedelo
Guarabira
Patos
Sousa
Pombal
*Nos demais municípios, as urnas serão manuais, com voto impresso.

 

 

clickpb

 

 

 

Municípios paraibanos deverão eleger conselheiros tutelares neste domingo

No próximo domingo (6/10), moradores dos 223 municípios paraibanos deverão ir às urnas para eleger os conselheiros tutelares que vão atuar na defesa e proteção dos direitos de crianças e adolescentes de suas cidades, nos próximos quatro anos. Na Paraíba, nove municípios contarão com o uso de urnas eletrônicas e por isso, os locais de votação poderão sofrer alteração. Para que haja uma ampla participação popular no pleito, o Ministério Público da Paraíba (MPPB) produziu um cartaz (que está sendo distribuído nas cidades pelas promotorias) e um spot sobre as eleições e já obteve o apoio dos sistemas de comunicação Opinião, Arapuan, Paraíba, Tambaú e Correio para veiculação do material em emissoras de rádios.

A eleição unificada vai acontecer em todo o País, conforme estabelece a Lei Federal 12.696, de 2012, que alterou o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Conforme explicou a promotora de Justiça Juliana Couto, que coordena o Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça de Defesa da Criança e do Adolescente, o ECA exige que todo município tenha, no mínimo, um Conselho Tutelar, com cinco conselheiros. Em municípios maiores, o Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda) recomenda a criação de um Conselho Tutelar para cada grupo de 100 mil habitantes. Em João Pessoa, por exemplo, existem sete Conselheiros Tutelares; em Campina Grande, quatro. Eles atuam por regiões.

A promotora destacou a importância de se eleger pessoas qualificadas e compromissadas com a causa da infância e juventude para atuar nesse órgão. “Todos nós temos crianças e adolescentes em nossas casas. A qualquer momento, eles podem ter seus direitos afrontados. Daí a importância de elegermos pessoas preparadas para ocupar esse espaço de socorro e proteção”, argumentou. Ela também esclareceu as principais dúvidas sobre o assunto:

Qual a função do Conselho Tutelar?

O Conselho Tutelar é essencial ao Sistema de Garantia de Direitos. É o órgão encarregado por lei, escolhido pela sociedade, para garantir a proteção integral de crianças e adolescentes. Através dos Conselhos Tutelares, os pais reivindicam serviços públicos não atendidos nas áreas de saúde, educação e segurança. É o Conselho Tutelar quem aplica medidas protetivas em proveito de crianças e adolescentes, quem reivindica ao Poder Público, apontando suas falhas, o cumprimento de seu papel de agente executor de políticas públicas.

Quando ocorrerão as eleições para escolha dos novos Conselheiros Tutelares?

No dia 06 de outubro, em todos os municípios do território nacional, das 8h às 17h. Em João Pessoa, as eleições se iniciam às 9h. Pode existir outro município do Estado, com horário diferenciado.

Quem pode votar?

Todos os eleitores que estejam em situação regular perante a Justiça Eleitoral, até o prazo de fechamento dos cadastros, no âmbito de suas respectivas zonas eleitorais.

Quem pode ser candidato a Conselheiro Tutelar?

De acordo com o artigo 133 do ECA, podem ser candidatos pessoas que apresentem idoneidade moral, idade superior a 21 anos e que residam no município por onde se lance candidato. A lei municipal pode estabelecer outros requisitos para a candidatura.

Como o Ministério Público fiscaliza o processo eleitoral?

O Ministério Público participa da fiscalização de todo o processo eleitoral, por atribuição legal, desde o registro das candidaturas, podendo impugnar aqueles que se lançam candidatos, sem a observância dos requisitos e bem assim, velando pela regularidade do processo, para que os candidatos não incidam na prática de condutas vedadas.

Ocorrendo alguma irregularidade no dia das eleições, como denunciar?

Os Conselhos Municipais de Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), órgão existente em todos os municípios do Estado, estarão abertos para acolhimento das denúncias de práticas irregulares e bem assim, as promotorias de Justiça de todo o Estado funcionarão no dia 06 de outubro em regime de plantão, para recebimento e apuração das delações.

Por que é importante votar?

Todos nós temos em casa ou mantemos relação próxima com alguma criança ou adolescente. A qualquer momento, eles podem ter seus direitos violados por ação ou omissão do Estado ou da própria sociedade. Daí a importância de elegermos pessoas preparadas para ocupar esses espaços de socorro e proteção. Temos que escolher candidatos sem nos influenciar por questões político-partidárias. Procurar pessoas que tenham perfil colaborativo, que tenham experiência no trato com crianças e adolescentes, preparadas e ilibadas. Muitos não conhecem o poder do voto e o seu poder de transformação social. Vamos buscar nessa eleição exercer nossa cidadania plena, colocar no cargo aquelas pessoas que efetivamente possam fazer a diferença, que tenham o compromisso de efetivar os dispositivos legais que garantem a proteção integral a crianças e adolescentes.

O voto é facultativo?

Sim, mas é importante a ampla participação popular para que possamos garantir a legitimidade da atuação desses profissionais no âmbito de seus respectivos municípios.

Quem quiser votar, como fazer?

As pessoas devem se dirigir ao Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de sua cidade ou à Secretaria de Desenvolvimento Social, a fim de se informar sobre os locais de votação.

A votação será em urna eletrônica?

O TRE-PB estabeleceu como critério para disponibilidade de urnas eletrônicas as localidades que concentram grandes colégios eleitorais, como Guarabira, Santa Rita, Cabedelo, Bayeux, Pombal Patos, Sousa, Campina Grande e João Pessoa. Nas demais cidades, serão utilizadas urnas manuais.

Assessoria