Arquivo da tag: doação

Viveiros para doação gratuita de mudas na UEPB incentiva arborização urbana

A UEPB, em Campina Grande-PB, Lagoa Seca-PB e em Catolé do Rocha-PB, doa mudas para arborização urbana e restauração, produzidas em seus Viveiros e Hortos Florestais.

O Coordenador do Viveiro da UEPB em Campina Grande-PB, o Biólogo Délcio de Castro, ressalta que pessoas físicas ou jurídicas (prefeituras, empresas, escolas e outros estabelecimentos particulares) podem solicitar e receber as mudas arbóreas nativas gratuitamente.

São cultivadas nesses três viveiros plantas como ipê amarelo, rosa, branco e roxo, ipê de jardim, aroeira, craibeira, jasmim, flamboyant mirim, palmeira mexicana, pata-de-vaca, madeira nova, entre outras espécies.

Idealizado pelo professor e biólogo Ivan Coelho Dantas, o programa Adote uma Árvore já cultivou e distribuiu de 2007 a 2019 mais de 300 mil mudas, contribuindo assim para diminuir o déficit de árvores da cidade de Campina Grande e regiões circunvizinhas, bem como colaborar com o meio ambiente paraibano.

O Horto Florestal da UEPB em Campina Grande está situado no Campus I, às marges do Açude de Bodocongó, no Bairro Bodocongó.

O Horto do Centro de Ciências Agrárias e Ambientais, campus II da UEPB, em Lagoa Seca está localizada no seguinte endereço: Sítio Imbaúba, sn, Zona Rural de Lagoa Seca-PB, CEP: 58.117-000; Tel: (83)3366-1297;
Email: ccaa@uepb.edu.br

 

Por Thiago Marreiro

 

 

Prefeitura de Bayeux firma parceria com ONG de Araruna para doação de mudas

Uma cidade mais ecológica. A Prefeitura de Bayeux, através da Secretaria de Meio Ambiente firmou uma parceria com a Associação de Formação e Incentivo para o Nordeste karente (AFINK), para implantar o projeto “Muda”, que disponibilizará mudas de plantas nativas para ações de educação ambiental na cidade.

Cerca de 600 mudas foram disponibilizadas pela AFINK. Nessa terça-feira (23), uma equipe do grupamento de defesa ambiental foi até a cidade de Araruna, buscar as mudas que irão ser utilizadas nas ações ambientais em Bayeux. “Além de plantar essas mudas, é importante que todos se envolvam na preservação do meio ambiente, pois esse cuidado é necessário para o futuro”, relatou o comandante da Guarda Ubiratan Nascimento.

Segundo a Secretaria de Meio Ambiente, Fabiana Donato, a parceria entre a Secretaria de Meio Ambiente e a ONG AFINK  é de grande importância para a implantação de um trabalho de educação ambiental em Bayeux. “Essa é uma pequena contribuição ao meio ambiente que a AFINK está nos proporcionando. Firmamos mais um ano de parceria e esperamos a colaboração de toda sociedade bayeuxense no plantio destas mudas […] Plantar uma árvore é mais que um gesto, é a garantia de um futuro melhor”, contou.

Secom PMB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

AMA – Amigos do Autista de Campina Grande recebe doação do Rotary e inaugura Loja AMA nesta quinta  

amaO Instituto Brenda Pinheiro – IBP, através do Projeto AMA – Amigos do Autista, terá uma programação especial nesta quinta-feira (06), ainda marcando a passagem do Dia Internacional de Conscientização do Autismo, transcorrido no último domingo, dia 02 de abril. A programação será desenvolvida na sede da entidade, na Rua José do Ó, 169, no bairro do Alto Branco, em Campina Grande.

Às 12hs, haverá um almoço promovido pelo Rotary Clube Campina Grande – Distrito 4500, oportunidade em que os membros do Rotary estarão entregando à AMA, como doação, instrumentos musicais que farão parte da Sala de Música da entidade. Esta doação marcará o início de uma relação entre o Rotary e a AMA, que será fortalecida com outras ações a serem efetivadas posteriormente.

À noite, a partir das 19h, acontecerá a inauguração da Loja AMA, que passará a funcionar, a partir desta quinta, nas dependências do próprio IBP – AMA, na rua José do Ó, 169, no bairro do alto Branco, em horário comercial. Na loja estarão disponíveis para a venda diversos artigos, a exemplo de camisetas, camisas de proteção, tapa-olho, travesseiros, bolsas femininas, squeezes, canecas, dentre outros itens.

Segundo Vânia Pinheiro, presidente da AMA, são itens que podem ser adquiridos para uso próprio ou para presentear. “São itens de excelente qualidade e muito bom gosto, além de terem um significado social muito forte, pois fazem parte de uma causa nobre”, disse Vânia, confirmando que o dinheiro arrecadado com a venda dos itens da Loja AMA será revertido para a confecção de material didático usado no tratamento das crianças.

Vânia disse que as pessoas que não puderem comparecer à inauguração da Loja AMA poderão visitar a loja posteriormente, no horário de funcionamento, ou adquirir os itens na Loja AMA Virtual, que começará a funcionar em breve, através das redes sociais da AMA e do site da instituição.

Ela também confirmou que no próximo dia 04 de maio a AMA fará um outro evento, para apresentar a proposta de participação mensal de doadores, visando ampliar o projeto social da AMA, que garante tratamento a crianças autistas de famílias carentes de Campina Grande.

Maiores informações:

Instituto Brenda Pinheiro – IBP / Projeto AMA – Amigos do Autista

Rua José do Ó, 169

Bairro: Alto Branco

Campina Grande – PB

Telefone da AMA: (83) 3066-3001

Telefone de Vânia Pinheiro: (83) 99971-6577 / (83) 98717-3239

Ass.Com Comunicação & Marketing

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Hemocentro faz campanha para doação de sangue

HemocentroCom o intuito de manter o estoque de bolsas de sangue, o Hemocentro da Paraíba vai lançar a campanha de Carnaval nesta segunda-feira (6), às 9h, em sua sede, na avenida Pedro II, nº 1119, em João Pessoa. Com o tema “Chegou Carnaval! Bora Doar? Seja solidário. Doe sangue!”, a campanha contará com atividades lúdicas de incentivo à doação de sangue, e acolhimento especial.

A campanha contará com uma programação diferenciada e apresentações de integrantes das agremiações do Carnaval Tradição da capital durante este mês. O foco das ações será buscar sensibilizar e incentivar as pessoas para não deixar a doação para depois do Carnaval.

“Nesta época do ano, a demanda costuma crescer devido ao aumento do número de acidentes, mas a quantidade de doadores cai em quase pela metade. A campanha de Carnaval do Hemocentro quer reverter este quadro e conseguir aumentar o estoque de sangue”, frisa a coordenadora do Núcleo de Ações Estratégicas do Hemocentro Coordenador, Divane Cabral.

Na abertura da campanha no dia 6, a animação ficará por conta da Orquestra de Frevo Paraíso Tropical que vai se apresentar no Hemocentro Coordenador a partir das 9h. A palhaça Bom Te Ver também participará da animação no primeiro dia de campanha.

Na quinta-feira (9), a Ala Ursa coordenada por DalZapata vai participar da campanha. Já na segunda-feira (13), caberá à Escola de Samba Malandros do Morro, do bairro da Torre, levar alegria para os doadores de sangue.

As coletas externas programadas para complementar as atividades acontecerão no dia 17, na Faculdade de Enfermagem e de Medicina (Facene/Faneme), no dia 18 no município de Baía de Traição/Rio Tinto e no dia 21 no Hospital de Emergência e Trauma da capital..

REQUISITOS PARA DOAÇÃO – Para doar sangue é preciso ter entre 16 e 69 anos, pesar mais de 50 kg, estar bem de saúde e portar um documento de identidade oficial com foto. Jovens com 16 e 17 anos só podem doar sangue com autorização dos pais ou responsáveis legais. Não é necessário estar em jejum, apenas devem-se evitar alimentos gordurosos nas quatro horas que antecedem a doação e bebidas alcoólicas 12 horas antes.

EXPEDIENTE ESPECIAL – O Hemocentro funciona de segunda-feira a sexta-feira, das 7h às 17h30, aos sábados, as atividades vão das 7 às 17h. Na semana do Carnaval, o horário de funcionamento será diferenciado. Funcionará 24 horas por dia para liberação de bolsas de sangue para os hospitais, e as doações poderão ser feitas no sábado de Carnaval (25), das 7h às 17h, e na segunda-feira (27) das 7h às 13h. No feriado de terça-feira (28) não haverá expediente, e na quarta-feira (1ª de março) o atendimento volta das 12h até as 17h30.

Secom-PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Falta um mês: Focando a Notícia reforça campanha Natal da Esperança

natalA um mês para a data em que se comemora o nascimento de Cristo, a campanha Natal da Esperança, promovida pelo Focando a Notícia é reforçada.

Para participar é muito simples. Basta ir a qualquer instituição de caridade de qualquer cidade do país, fazer uma doação em alimento, roupa, produto de limpeza, ou qualquer outro item, tirar uma foto ou gravar um vídeo e mandar para o site para que outras pessoas possam ser incentivadas a doar também.

A campanha já conta com o apoio da Comunidade Cidade Alta, de Bananeiras, que realizará um torneio de futsal e os produtos arrecadados serão doados dentro a campanha Natal da Esperança.

Quem também reforça essa corrente de solidariedade é a Rádio Solânea FM que abriu suas portas para receber doação e depois entregar a uma entidade de caridade.

O diretor administrativo do Focando a Notícia, Luis Carlos Almeida, lembra a importância de doar. “É aquilo que a gente tem falado desde o lançamento da campanha. Não importa a quantidade que você pode doar, o importante é que você doe, porque tudo faz a diferença na vida de quem precisa. Essa doação pode ser feita em qualquer cidade do Brasil. Basta você escolher uma instituição de caridade perto de você, doar e mandar pra gente a foto ou vídeo para que a gente possa incentivar outras pessoas a doar”, falou.

Focando a Notícia lança campanha Natal da Esperança

doacaoFaltam apenas dois meses para o natal e este ano o Focando a Notícia quer se unir a você para levar esperança aos lares de caridade que necessitam de doações para continuar mantendo suas obras de amor e dedicação ao próximo. É a campanha Natal da Esperança. Para participar dessa corrente de solidariedade é muito simples. Basta ir até uma instituição de caridade da sua cidade, levar sua doação – que pode ser alimentos, roupas, produtos de limpeza, entre outros – e depois mandar a sua foto ou vídeo da ação para que sejam publicados no focandoanoticia.com.br.

Essas fotos ou vídeos devem ser enviados para o e-mail jornalismo@focandoanoticia.com.br, ou pelas redes sociais do site. No twitter e instagram o endereço é @focandoanoticia e no facebook Focando a Noticia. Você também pode postar essas imagens em suas próprias redes sociais com a hastag #NataldaEsperança.

O diretor administrativo do Focando a Notícia, Luís Carlos Almeida, explicou como surgiu a ideia do Natal da Esperança. “Ajudar ao próximo e garantir para o maior número de pessoas possível que o natal de todas elas seja de mesa farta em seus lares, assim como será, com toda certeza, nas casas de todos que se juntarem a nós e praticarem esse ato de caridade e amor ao próximo. Foi somente com esse objetivo que pensamos em lançar essa campanha no Focando a Notícia, que é uma empresa de credibilidade e que tem consciência de sua responsabilidade social”, falou.

Luís Carlos lembra que toda e qualquer doação será bem-vinda nesses locais. “Aqui em Solânea, por exemplo, temos o Abrigo de Idosos que vive de doações. Mas eu tenho certeza que em todas as cidades da Paraíba existem exemplos como esse espalhados e que também precisam. Por isso, a ideia é que as pessoas façam essa doação no local que elas escolherem. Pode ser abrigo de idosos, hospitais, orfanatos, qualquer lugar. E se na sua cidade não tiver nada parecido, você pode escolher uma família de uma comunidade carente que precise dessa doação”, explicou.

Porque as fotos e os vídeos

A editora do Focando a Notícia, Nice Almeida, esclareceu que a ideia de postar as fotos e os vídeos das doações na página é uma forma de incentivar o maior número de pessoas a terem a mesma atitude daqueles que serão expostos durante a campanha Natal da Esperança. “Às vezes a pessoa tem vontade de doar, mas fica acanhado, ou não se sente incentivado. Foi pensando nisso que tivemos a ideia de lançar um espaço onde aqueles que doarem terão suas fotos ou vídeos publicados no Focando a Notícia, porque temos certeza que ao ver essas imagens todos se sentirão incentivados a doar também”, argumentou.

Nice Almeida lembra que a doação pode ser feita em qualquer quantidade. “Tem gente que acredita que não pode doar muito e, por isso, acaba desistindo de fazer a doação. Eu gostaria de lembrar que para quem vive nesses lares de caridade uma simples lata de leite, um pacote de fraldas, um lençol, uma toalha qualquer item que seja fará toda a diferença”, declarou.

Doe em grupos

A doação pode ser feita de forma individual e também em grupos durante a campanha Natal da Esperança. “Quem quiser doar de forma individual pode doar em qualquer quantidade. Mas, se a pessoa quiser se unir aos vizinhos, aos familiares, aos amigos ou até mesmo com sua comunidade para arrecadar donativos em maiores quantidades pode fazer também. Essa pessoa reunirá esses donativos, junto com seu grupo, e fará a doação de todos, podendo mandar a foto ou vídeo do grupo todo”, informou Luís Carlos Almeida.

Hemocentro inicia Campanha de Doação Feminina alusiva ao Outubro Rosa

hemocentroO Hemocentro da Paraíba inicia nesta segunda-feira (3), às 9h, a Campanha de Doação Feminina alusiva ao Outubro Rosa, com o objetivo de aumentar o percentual de mulheres doadoras, e esclarecer sobre os mitos da doação entre as mulheres. O evento acontecerá até o dia 31 de outubro.

Na abertura da campanha, as mulheres presentes contarão com atividades de ginástica laboral, dinâmicas de grupos, além de sorteio de brindes e participação da palhaça Bom Te Ver.

O Hemocentro recebe em média 200 doadores e desse total somente 23% são do sexo feminino, cujo percentual está abaixo da meta proposta pelo Ministério da Saúde a todos os Hemocentros, que é de 30%.

“O Outubro Rosa é uma importante campanha mundial, que dá visibilidade à luta contra o câncer de mama, chamando atenção para a seriedade dos cuidados preventivos, por isso o Hemocentro se mobiliza para aderir a essa campanha, lembrando também da importância da saúde das mulheres para a doação de sangue”. Destacou Sandra Sobreira, diretora Geral do Hemocentro.

Coleta externa – Durante o mês de outubro, o Hemocentro da Paraíba promoverá várias coletas externas nas quais as mulheres poderão comparecer para fazer suas doações e ajudar a salvar vidas. No entanto, as doações externas estarão abertas para receber homens e mulheres.

“A mulher, assim como o homem, pode doar, apenas a gestação e o primeiro ano da amamentação impedem a doação em mulheres. O intervalo para cada doação é de dois meses para o homem e três meses para a mulher”, explicou a chefe do Núcleo de Ações Estratégicas do Hemocentro, Divane Cabral, adiantando que as ações serão intensificadas para este público, sensibilizando e incentivando as mulheres  para serem doadoras.

Secom-PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

DEM recebe a maior doação de campanha e injeta recursos em candidaturas municipais

demNa Paraíba, o DEM é o partido com a maior doação de campanha até o momento. De acordo com dados extraídos do Divulgacand, o Diretório Estadual da legenda recebeu da direção nacional a importância de R$ 1 milhão. O recurso foi destinado a algumas campanhas municipais, incluindo candidatos a prefeito, vereador e vice-prefeito.

A maior doação foi para o candidato a prefeito de São Bento, Jarques Lucio da Silva, que recebeu R$ 100 mil da direção estadual do DEM.

A direção estadual do PSB recebeu a segunda maior doação, um total de R$ 400 mil, frutos de doações de pessoas físicas. Desse total, apenas R$ 8.310 foram gastos. A maior parte para pagamentos de serviços de gráfica.

Da direção nacional do PT, o diretório estadual recebeu R$299.485,16. Esse recurso foi destinado as campanhas municipais do partido. Os candidatos a prefeito de João Pessoa e Patos receberam as maiores transferências: R$ 179 mil para Charliton Machado e R$ 20 mil para Lenildo Moraes.

Já o PSD, do candidato a reeleição de João Pessoa Luciano Cartaxo, registrou até o momento a quantia de R$ 100 mil, originados da direção nacional do partido. Do total, R$ 95 mil  foi para a campanha de Cartaxo.

Dois grandes partidos do estado, o PMDB e o PSDB, registraram baixos valores. O primeiro um total de R$71.703,30, doados pela direção nacional do PMDB, enquanto o PSDB registrou apenas R$ 10 mil.

blogdogordinho

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Odebrecht indica doação de R$ 100 milhões ao PT

foto: Abr
foto: Abr

Em tentativa de delação premiada, executivos da Odebrecht disseram que a empresa pagou R$ 100 milhões em propinas ao PT, intermediadas pelo ex-ministro da Fazenda Guido Mantega (foto), revela o jornal O Globo.

A maior parte dos pagamentos foi feita em troca de benefícios obtidos com projetos como a desoneração da folha de pagamentos e a redução de Imposto de Renda sobre o lucro de empresas brasileiras no exterior.

*fonte: oglobo

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Doação de leite materno em Guarabira ajuda mães de outras cidades da PB

Leite-maternoO banco de leite materno do Hospital Regional de Guarabira, no Agreste paraibano, está com um estoque maior do que a quantidade consumida na região. Um projeto implantado na unidade hospitalar tem ajudado mães de outras regiões do estado a receber o leite doado por moradoras do município. Segundo a idealizadora do projeto, a enfermeira Josefa do Nascimento, atualmente o hospital tem no banco uma média de 90 litros por mês, mas consome apenas cinco litros.

Zefinha, como Josefa é conhecida entre os funcionários, é enfermeira da unidade hospitalar há 14 anos. Atualmente ela trabalha no alojamento conjunto, com as mães que acabaram de ter filhos. Em janeiro deste ano o hospital estava sem reserva de leite humano, então ela e outros funcionários resolveram dialogar com as mães sobre a importância da doação. Um mês depois o hospital começou a construir o estoque.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

“Quando identificamos mães com bastante leite, a gente vai e explica pra elas sobre a importância do aleitamento materno, que supre todas as necessidades dos bebês. Após isso, fazemos a coleta e transferimos para o banco”, diz.

De acordo com a diretora do banco de leite humano de Guarabira, Daniele Meireles, como a oferta de leite é maior do que a procura no município, a cidade repassa a diferença para outras regiões do estado. “Toda nossa transferência tem que passar pelo Centro de Referência, em João Pessoa. Os outros hospitais fazem o contato conosco e conversamos com o centro para viabilizar a transferência e suprir a necessidade dos outros hospitais”, explica.

Segundo o diretor geral do Hospital Regional de Guarabira, Cleonaldo Freire, para que o banco funcione da forma como foi pensado, é preciso criar uma sintonia entre o hospital e as mães. “É feito um trabalho de coleta externa para que a mulher se sinta acolhida. É feito um trabalho de humanização tanto no hospital quanto após ela receber alta”, diz.

As coletas do leite acontecem no hospital e também através de solicitação, quando a equipe do banco vai até a casa da doadora. Após coletado, o leite passa por um processo de pasteurização, quando é esterilizado para eliminação de microorganismos nocivos à saúde dos bebês. “Com este processo feito, a gente sabe que o leite está 100% pronto e pode distribuir para as crianças que estão nos hospitais”, explica o técnico de laboratório George de Mesquita.

Com G1 Paraíba