Arquivo da tag: Dnit

Radares podem voltar a multar em até duas semanas, diz Dnit

O superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes na Paraíba (DNIT), Rainer Branco, garantiu nesta terça-feira (6), em entrevista ao programa Correio Debate, da rádio 98 FM, que os radares eletrônicos, conhecidos como ‘pardais’, podem voltar a aplicar multas aos infratores de velocidade em até duas semanas.

“Em toda a Região Metropolitana de João Pessoa os radares não estão autuando, apesar de estarem funcionando. O Dnit vai comunicar e informar a população quando eles voltarem a multar. Só faltam alguns dispositivos técnicos ser ajustados para isso acontecer, e, em até duas semanas, tudo volta ao normal”, explicou o superintendente do Dnit, Rainer Branco.

Desde março, o Governo Federal, através do Ministério da Infraestrutura, informou que a instalação de novos sensores foi suspensa para que fosse feita uma análise rigorosa do plano de instalação, que foi realizado no governo anterior. Segundo o presidente Jair Bolsonaro (PSL), a suspeita é de que os equipamentos cumpriam muito mais a função arrecadatória do que educativa.

No Sertão do estado, conforme Rainer Branco informou, os radares que estavam instalados antes da determinação do presidente continuam multando os infratores normalmente.

Obra em trecho da BR-230 vai demorar cinco meses

Em relação a um trecho da BR-230, entre Campina Grande e João Pessoa, que desabou no dia 13 de junho por conta das chuvas, o Dnit informou que já decretou emergência e disse que em menos de cinco meses a obra será concluída.

“As obras não começaram de forma intensa por causa das condições climáticas, mas aguardamos o momento mais propício, e, em cerca de cinco meses, a obra vai ser finalizada”, garantiu Reiner Branco.

O superintendente ainda negou que a causa do desabamento tenha sido a obra mal feita naquela região. “Aquele trecho tem uma particularidade, que é ter muita água na superfície. Quando se tem um excesso pluviométrico, cria-se uma maior pressão, o que acaba provocando esse evento. Não é problema de construção”, finalizou.

 

portalcorreio

 

 

Radares eletrônicos multarão após liberação do Ministério da Infraestrutura e do Imetro, diz chefe do Dnit

Em entrevista ao Portal ClickPB, o chefe de serviços de Operação do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Ítalo Filizola explicou que a retomada das multas feitas pelas barreiras e radares eletrônicos da BR-230, que liga João Pessoa a Cabedelo, só será retomada após liberação do Ministério da Infraestutura e aprovação do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Imetro).   A empresa responsável pelas instalações é a Fiscal Automação e Tecnologia e Automação.

Dos 15 radares que ligam João Pessoa a Cabedelo, seis equipamentos foram instalados, mas ainda estão sendo ajustados. Um total de quatro ainda faltam ser colocados e, existe a estimativa de que mais cinco sejam inseridos nesse trecho, segundo o Dnit.

“Eles registram, mas só multam depois da aferição do Imetro e da autorização do início da validação das imagens, que só será feito após a aprovação do Ministério da Infraestrutura”, explicou Ítalo.

No Sertão, 35 equipamentos que operam nas rodovias ere as cidades de Patos e Cajazeiras, já estão em operação e multando os condutores que ultrapassem o limite de velocidade.

Em todo o estado, a previsão é que 181 equipamentos devam ser instalados. O prazo segundo o DNIT é que até julho estejam em funcionamento completo. “No cronograma aprovado junto a empresa responsável temos a previsão de que até julho tudo deva estar instalado, mas pode haver ampliação desse prazo devido alguns atrasos no processo de instalação e liberação”, explicou.

Segundo ele, “ainda não existe um prazo específico para que isso seja implementado, mas iremos avisar por meio de comunicado toda a população. Embora os equipamentos estejam sendo instalados a responsabilidade pela autorização dos registros de multas depende da liberação do Ministério”, salientou.

(Foto: Walla Santos)

clickpb

 

 

DNIT publica edital para obra de implantação da terceira faixa da BR-230

raimundoliraO Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT) publicou, nesta sexta-feira (12), o edital de licitação para a contratação da obra de implantação da terceira faixa na BR-230, entre a cidade de Cabedelo e o Viaduto do Oitizeiro, na entrada de João Pessoa (PB), trecho que é conhecido como “Estrada de Cabedelo”.

A informação foi confirmada pelo diretor geral do DNIT, Valter Casimiro Silveira, ao senador Raimundo Lira (PMDB).

A terceira faixa da Estrada de Cabedelo, considerada uma obra de extrema importância não apenas para a capital, João Pessoa, mas para todo o estado, por ser um corredor de escoamento do Porto de Cabedelo, será viabilizada graças a uma Emenda de Bancada, que tem a participação dos parlamentares da bancada paraibana no Congresso Nacional.

A outra informação do DNIT diz respeito a uma luta que o Senador Raimundo Lira abraçou desde o início de seu mandato: a duplicação da BR 230, trecho compreendido entre as cidades de Campina Grande e Cajazeiras. Segundo Lira, a informação do DNIT dá conta de que o Ministério dos Transportes aguarda, tão somente, a Licença Ambiental, para licitar a obra, pois todos as outras etapas anteriores já foram concluídas.

o senador Raimundo Lira, na condição de relator do Orçamento do Ministério dos Transportes, conseguiu viabilizar a aprovação, no Orçamento Geral da União – OGU, de uma dotação orçamentária no valor de R$ 165 milhões, para o início da duplicação.

Raimundo Lira confirmou que o Estudo de Impacto Ambiental já foi feito e que a obra será licitada logo após a publicação da Licença Ambiental, e que, quando tiver a sua execução iniciada, começará pelo primeiro trecho, considerado o de maior movimentação de veículos, que compreende Campina Grande e a Comunidade Farinha (Praça do Meio do Mundo).

“Sem dúvidas, duas importantes notícias para a Paraíba e para os paraibanos. Vamos continuar atentos e dando nossa contribuição para que estas obras se tornem realidade”, destacou Lira, que tem dedicado uma atenção especial para estas duas intervenções rodoviárias.

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Prefeitura de Mari cuidará de prédio onde funciona rádio comunitária; termo de preservação foi assinado junto com DNIT

O DNIT ( Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) e a prefeitura municipal de Mari celebraram o termo de preservação do patrimônio histórico da antiga rede ferroviária na cidade, conforme indica o documento aqui publicado. Assim sendo, a prefeitura de Mari, através do departamento de cultura do município deverá administrar os prédios que fazem parte do rol de preservação histórica da antiga rede ferroviária. “Para nós é um imenso prazer cuidar de um patrimônio tão importante para nossa cidade, que tanto nos serviu em outrora”, disse o prefeito Marcos Martins. Para Assis Firmino, diretor de cultura do município, “os bens da antiga rede ferroviária devem ser preservados e nós teremos o maior cuidado para isso, vamos zelar pelos bens que nos foram confiados pelo governo federal, através da autarquia federal DNIT”.

  Codecom – prefeitura de Mari

Dnit e 10 órgãos abrem inscrições para 5,4 mil vagas na segunda-feira

Pelo menos 11 órgãos abrem inscrições nesta segunda-feira (12) para 5.420 vagas e cadastro de reserva em cargos de todos os níveis de escolaridade. Só no governo da Paraína são 3.180 vagas de nível médio. Os salários chegam a R$ 7.815,81 no Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

Os órgãos que abrem inscrições são os seguintes: Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Fundação Biblioteca Nacional, Fundação Parque Zoológico de São Paulo, Governo da Paraíba, Prefeitura de Barão de Melgaço (MT), Prefeitura de Campo Grande, Prefeitura de Miracema (RJ), Prefeitura de Ubatuba (SP), Prefeitura de Quixaba (PE), Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) e Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS).

Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit)
O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) abriu concurso público para 1.200 vagas em cargos de nível médio e superior. Os salários vão de R$ 2.507,30 a R$ 7.815,81. As vagas são para todo o país (veja aqui o edital).

Os cargos de nível superior são de analista em infraestrutura de transportes – área ambiental (25 vagas), geoprocessamento (7) e engenharia civil (147); analista administrativo – contábil (35), tecnologia da informação (10) e administrativa (65).

Os cargos de nível médio são de técnico de suporte em infraestrutura de transportes – estradas (604), laboratório (74), topografia (89); técnico administrativo – administrativa (144).

Os cargos de analista em infraestrutura de transportes nas áreas ambiental e geoprocessamento e de analista administrativo na área administrativa exigem nível superior em qualquer área. Os cargos de técnico de suporte em infraestrutura de transportes – estradas e técnico administrativo – administrativa exigem apenas nível médio. Já os cargos de técnico de suporte em infraestrutura de transportes – laboratório e topografia exigem curso técnico nas respectivas áreas.

Os salários são de R$ 7.815,81 para analista em infraestrutura de transportes, de R$ 5.408,21 para analista administrativo, de R$ 3.545,88 para técnico de suporte em infraestrutura de transportes e de R$ 2.507,30 para técnico administrativo.

As vagas distribuídas por cargo/área de especialização/superintendências regionais/sede/DF ou Instituto de Pesquisas Rodoviárias – IPR/RJ, conforme anexo I do edital, são independentes e não se comunicam para efeito da aprovação e de classificação.

As inscrições devem ser feitas pelo site www.esaf.fazenda.gov.br das 10h do dia 12 de novembro até as 23h59 do dia 30 de novembro. A taxa varia de R$ 50,00 a R$ 100,00.

O concurso terá prova objetiva 1 (comum a todas as áreas), prova objetiva 2 (por área de especialização – conhecimentos específicos) e prova 3 – discursiva.

As provas objetivas serão aplicadas nas cidades de Aracaju, Belém, Belo Horizonte, Boa Vista, Brasília, Campo Grande, Cuiabá, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, Goiânia, João Pessoa, Macapá, Maceió, Manaus, Natal, Palmas, Porto Alegre, Porto Velho, Recife, Rio Branco, Rio de Janeiro, Salvador, São Luís, São Paulo, Teresina e Vitória, na data provável de 20 de janeiro de 2013.

Serão convocados para realização da prova discursiva todos os candidatos aprovados nas provas objetivas.

Fundação Biblioteca Nacional
A Fundação Biblioteca Nacional abriu concurso para 44 vagas para cargos de nível médio de escolaridade. O salário chega a R$ 2.322,02 com gratificação de desempenho de atividade. São 27 vagas de assistente administrativo, 1 de assistente administrativo I, 1 de assistente administrativo II, 4 de assistente administrativo III, 2 de assistente técnico administrativo e 9 de auxiliar de documentação II. As vagas são para o Rio de Janeiro (veja aqui o edital).

As atribuições do cargo de assistente administrativo são executar tarefas de apoio técnico-administrativo, auxiliando os analistas em suas atividades; supervisionar as atividades dos assistentes e auxiliares sob sua responsabilidade; executar tarefas administrativas e de escritório, que compreendam redação de expedientes de rotina, organização de arquivos e fichários, compilação e registros de dados, controle e movimentação de informações cadastrais, fundos fixos, prazos, comprovantes contábeis e outros da mesma natureza. Ler boletins internos e publicações oficiais ou não, selecionando e efetuando registros de dados, recortando, sob orientação, matérias que sejam de interesse, e executar outras tarefas da mesma natureza e requisito, a critério do supervisor imediato; executar tarefas de apoio técnico-administrativo em todas as áreas da administração geral e, eventualmente, supervisionar as atividades de sua área de atuação; executar tarefas de apoio técnico-administrativo, auxiliando os analistas em suas atividades e supervisionar as atividades dos assistentes e auxiliares sob sua responsabilidade.

As atividades do assistente técnico administrativo são supervisionar e executar tarefas de natureza administrativa nas áreas de pessoal, material, contabilidade e finanças, examinando e propondo soluções cabíveis, redigindo documentos diversos e orientando assistentes e auxiliares administrativos na execução de suas tarefas.

As atribuições do auxiliar de documentação são executar tarefas auxiliares e de apoio aos técnicos e assistentes nas atividades de documentação dos acervos institucionais.

As inscrições devem ser feitas das 14h de 12 de novembro até as 23h59 de 10 de dezembro no endereço eletrônico www.fgv.br/fgvprojetos/concursos/fbn12. A taxa de inscrição será de R$ 56. Será permitido ao candidato realizar mais de uma inscrição no concurso público, desde que não haja coincidência nos turnos de aplicação das provas.

O concurso público terá prova escrita objetiva e prova escrita discursiva, que serão realizadas exclusivamente no município do Rio de Janeiro.

A prova escrita objetiva será realizada no Rio de Janeiro no dia 27 de janeiro de 2013. Para o cargo de assistente administrativo, a prova escrita objetiva será no turno da manhã, das 8h às 12h. Para os cargos de assistente administrativo I, assistente administrativo II, assistente administrativo III, assistente técnico administrativo e auxiliar de documentação, a prova escrita objetiva será no turno da tarde, das 15h às 19h.

As provas objetivas terão língua portuguesa, noções de informática, noções de administração pública e conhecimentos específicos. A prova escrita discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, consistirá em uma redação, sobre tema atual.

Somente será corrigida a prova discursiva do candidato classificado até o quantitativo de corte especificado no edital, respeitados os empates na última posição, desde que aprovado na prova objetiva: assistente administrativo até 5 vezes o número de vagas ofertadas; assistente administrativo I até 15 vezes o número de vagas ofertadas; assistente administrativo II até 15 vezes o número de vagas ofertadas; assistente administrativo III até 10 vezes o número de vagas ofertadas; assistente técnico administrativo até 15 vezes o número de vagas ofertadas; e auxiliar de documentação até 8 vezes o número de vagas ofertadas.

A Fundação Biblioteca Nacional é constituída pela Biblioteca Nacional, com sua biblioteca subordinada, a Euclides da Cunha, do Rio de Janeiro, e pelo Instituto Nacional do Livro, com sua Biblioteca Demonstrativa, de Brasília.

Fundação Parque Zoológico de São Paulo
A Fundação Parque Zoológico de São Paulo e sua unidade Zoo Safari, situadas na Zona Sul de São Paulo, abriram concurso público para 28 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. Os salários vão de R$ 859 a R$ 3.368 (veja aqui o edital).

Os cargos de nível fundamental são de jardineiro e oficial pedreiro. Os cargos de nível médio são de auxiliar administrativo, auxiliar de contabilidade e auxiliar de pessoal.

Os cargos de nível técnico são de desenhista copista e secretária português.

Os cargos de nível superior são de arquiteto e assistente de pessoal.

As inscrições devem ser feitas das 10h do dia 12 de novembro até as 18h do dia 6 de dezembro pelo site www.cetroconcursos.org.br. As taxas vão de R$ 30 a R$ 50.

As provas serão realizadas na cidade de São Paulo, na data prevista de 13 de janeiro de 2013.

Governo da Paraíba
O governo da Paraíba divulgou edital de concurso público para 3.180 vagas de técnico administrativo. O salário é de R$ 720. As vagas são para todo o estado (veja aqui o edital).

Para participar da seleção, os candidatos devem ter nível médio ou nível técnico completo. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

Entre as funções do cargo estão: realizar atividades de nível intermediário que envolva o suporte técnico e administrativo às unidades organizacionais do Poder Executivo Estadual, com atuação nas áreas de controle processual, documentação, informação, gestão de pessoas, material, patrimônio, orçamento e finanças, compreendendo o levantamento de dados, a elaboração de relatórios estatísticos, planos, programas e projetos, a elaboração, revisão, produção, expedição e arquivamento de documentos e correspondências, e atendimento ao público interno e externo na sua unidade de lotação.

Os candidatos podem ser inscrever no período de 12 a 26 de novembro pelo site www.funcab.org. A taxa é de R$ 60.

Também é possível se inscrever presencialmente no posto de atendimento instalado no Lyceu Paraibano, localizado na Avenida Getúlio Vargas, 450, de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h às 17h.

Todos os candidatos serão avaliados por meio de prova objetiva. O exame cobrará as disciplinas de língua portuguesa, matemática, informática e conhecimentos gerais.

A prova objetiva será no dia 16 de dezembro. O horário e os locais ainda serão divulgados.

O concurso terá 6 meses de validade e poderá ser prorrogado, uma vez, pelo mesmo período.

Prefeitura de Campo Grande
A Prefeitura de Campo Grande abriu concurso público para 100 vagas em cargos de nível fundamental. O salário é de R$ 642,96. As vagas são para a Agência Municipal de Prestação de Serviços à Saúde de Campo Grande (veja aqui o edital).

São 80 vagas para agente comunitário de saúde e 20 para agente de combate às endemias. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

Os candidatos podem se inscrever no período de 12 de novembro a 10 de dezembro pelo endereço eletrônico www.fadems.org.br. A taxa é de R$ 40.

A inscrição para o cargo de agente comunitário de saúde será realizada por área de residência, de acordo com os mapas das áreas disponíveis no edital.

O concurso é composto de prova escrita, teste de aptidão física e curso introdutório (somente para agente de combate às endemias).

A prova escrita está prevista para o dia 20 de janeiro de 2013 e terá 4 horas de duração.

A validade do concurso será de 2 anos, podendo ser prorrogado por igual período.

Prefeitura de Barão de Melgaço (MT)
A Prefeitura de Barão de Melgaço (MT) divulgou edital de concurso público para 40 vagas em cargos de nível fundamental, médio e superior. Os salários vão de R$ 622 a R$ 4.800 (veja aqui o edital).

Os postos de nível fundamental são para agente de segurança, encanador, merendeira, motorista, operador de máquinas e piloteiro de barco.

As vagas de nível médio são para auxiliar administrativo, fiscal de tributos, operador de ETA/poços artesianos e técnico de enfermagem.

Os cargos de nível superior são para analista controle interno, analista gestão em saúde, assistente social, contador, dentista, enfermeiro e médico.

Os candidatos podem se inscrever entre os dias 12 e 23 de novembro pelo site www.sydcon.com.br. A taxa é de R$ 25 para nível fundamental, R$ 40 para nível médio e R$ 70 para nível superior.

A prova objetiva está prevista para o dia 9 de dezembro. Para os cargos de nível superior haverá prova de títulos.

O prazo de validade do concurso será de 2 anos, podendo ser prorrogado por igual período.

Prefeitura de Miracema (RJ)
A Prefeitura de Miracema (RJ) divulgou edital de concurso público para 119 vagas em cargos de nível fundamental, médio e superior. Os salários variam de R$ 622 a R$ 1.636,14 (veja aqui o edital).

Os cargos de nível superior são para psicólogo, pedagogo, professor III nas disciplinas de artes, ciências, educação física, geografia, história, inglês, matemática e português, arquivista, médico cardiologista, clínico geral, ginecologista, ortopedista, pediatra e professor músico instrutor.
As vagas de nível médio são para técnico de estradas, técnico de tributação, técnico desenhista de projetos, técnico em contabilidade, professor I – 1º ao 5º ano, professor II – educação infantil e secretário escolar, técnico em enfermagem e técnico em radiologia.

Os postos de nível fundamental são para auxiliar de biblioteca, auxiliar de comunicação, auxiliar de contabilidade, auxiliar de material, auxiliar de saúde, ajudante de obras e serviços, bombeiro hidráulico, calceteiro, carpinteiro, gari, marceneiro, pintor, servente escolar, vigia e cantineiro escolar.

As inscrições podem ser feitas no período de 12 a 25 de novembro pelo endereço eletrônico www.idecan.org.br. A taxa é de R$ 35 para nível fundamental, R$ 50 para nível médio e R$ 65 para nível superior.

Os candidatos podem se inscrever presencialmente na central de atendimento na Biblioteca Municipal, localizada na Praça do Estudante, s/nº, de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h. No primeiro dia, as inscrições podem ser feitas a partir das 14h.

A prova objetiva está prevista para o dia 16 de dezembro e terá 3 horas de duração.

A validade do concurso será de 2 anos e poderá ser prorrogado uma vez, por igual período.

Prefeitura de Ubatuba (SP)
A Prefeitura de Ubatuba, no litoral de São Paulo abriu concurso para 373 vagas em cargos de nível fundamental, médio e superior. Os salários vão de R$ 692,61 a R$ 6.586,18 (veja aqui o edital).

Os cargos de nível superior são de analista de sistema, arquiteto, assistente social, contador, enfermeiro, engenheiro civil, farmacêutico, médico cardiologista, médico clínico geral, médico dermatologista, médico ginecologista e obstetra, médico oftalmologista, médico ortopedista, médico pediatra, médico urologista, médico veterinário, procurador municipal, professor de educação básica II (ciências), professor de educação básica II (história), programador de computador, publicitário e técnico desportivo.

As vagas de nível médio são de agente administrativo, agente administrativo do Programa da Saúde da Família, agente de controle de endemias, fiscal de obras, fiscal de postura, fiscal de saúde pública, fiscal de tributos, fotógrafo, técnico de contabilidade e técnico de informática.

Os postos de nível fundamental são de ajudante geral, auxiliar de consultório dentário do programa da saúde da família, auxiliar de serviços gerais, eletricista, encanador, motorista, operador de máquina, pedreiro, pintor e telefonista.

As inscrições podem ser feitas de 12 de novembro a 11 de dezembro pelo site www.vunesp.com.br. A taxa varia de R$ 35 a R$ 75. A prova objetiva será aplicada no dia 17 de fevereiro, às 9h.

Outro concurso
Há ainda em andamento um processo seletivo que oferece 46 vagas para professor adjunto de ensino básico I. Para participar da seleção, os candidatos devem ter licenciatura plena em pedagogia, normal superior ou curso secundário de magistério. A carga horária mensal de 155 horas, com valor da hora/aula de R$ 9,08.

Nesse caso, as inscrições podem ser feitas até 3 de dezembro pelo site www.vunesp.com.br. A taxa varia de R$ 35 a R$ 75. A prova objetiva será aplicada no dia 17 de fevereiro, a partir das 9h. Ainda haverá prova de títulos.

Prefeitura de Quixaba (PE)
A Prefeitura de Quixaba (PE) divulgou edital de concurso público para 128 vagas em cargos de nível alfabetizado, fundamental incompleto e completo, médio e superior. Os salários variam de R$ 622 a R$ 5.500 (veja aqui o edital).

Os cargos de nível superior são para médico, médico ESF, médico ginecologista, psicólogo, odontólogo, odontólogo ESF, enfermeiro, enfermeiro ESF, farmacêutico, fisioterapeuta, assistente social, nutricionista, professor ii nas disciplinas de língua portuguesa, matemática, ciências biológicas, geografia, história, inglês e educação física, professor de música e professor de séries iniciais.

As vagas de nível médio são para monitor, técnico em enfermagem, auxiliar de saúde bucal, auxiliar de enfermagem, supervisor de obras, fiscal de obras, agente administrativo, agente comunitário de saúde ESF II e agente de endemias.

Os postos de nível fundamental completo e incompleto são para pedreiro, guarda municipal, auxiliar de serviços gerais, motorista categoria B e D, operador de máquina e eletricista.

Os postos de nível alfabetizado são para agente de limpeza urbana

Os candidatos podem se inscrever no período de 12 de novembro a 13 de dezembro pelo site www.conpass.com.br. A taxa vai de R$ 50 a R$ 100.

Também é possível se inscrever presencialmente no posto de inscrição instalado no Centro de Inclusão Digital, localizado na Rua Cícero Cabral s/nº. É preciso comprar o manual do candidato, que custa R4 6.

As provas escritas estão previstas para o dia 27 de janeiro de 2013. O horário e os locais ainda serão divulgados.

O concurso terá validade de 2 anos e poderá ser prorrogado por igual período.

Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG)
O Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) abriu concurso para 46 vagas de analista judiciário, que exige nível superior. O salário é de R$ 6.611,39 (veja aqui o edital).

Os cargos são de analista judiciário – área administrativa, que exige curso de graduação de nível superior em qualquer área de formação; analista judiciário – área judiciária, que exige curso de graduação de nível superior em direito; analista judiciário – área apoio especializado – especialidade medicina, que exige curso de graduação de nível superior em medicina, com especialização em clínica médica, psiquiatria e medicina do trabalho, e registro no Conselho Regional de Medicina (CRM); analista judiciário – área apoio especializado – especialidade odontologia, que exige curso de graduação de nível superior em odontologia e registro no Conselho Regional de Odontologia (CRO); analista judiciário – área apoio especializado – especialidade análise de sistemas, que exige curso de graduação de nível superior na área de informática, engenharia elétrica com ênfase em telecomunicações ou engenharia de telecomunicações, além de experiência mínima de 3 anos em banco de dados ou rede de computadores; e analista judiciário – área apoio especializado – especialidade estatística, que exige curso de graduação de nível superior em estatística e registro no Conselho Regional de Estatística (Conre).

A inscrição deverá ser efetuada somente pelo site http://www.consulplan.net, solicitada no período entre 0h do dia 12 de novembro e 23h59 do dia 4 de dezembro. O valor da taxa de inscrição será de R$ 72.

As provas objetivas e a prova discursiva e, inclusive, a perícia médica para os candidatos que tiverem a inscrição deferida para concorrerem na condição de pessoas com deficiência serão realizadas na cidade de Belo Horizonte.

As provas objetivas e discursiva terão a duração de 5 horas e serão aplicadas na data provável de 14 de abril de 2013, no turno da tarde, das 13h às 18h.

Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS)
A Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) abriu concurso público para preencher 162 vagas de professores auxiliar, assistente e adjunto. Os salários variam de R$ 1.711,80 a R$ 7.627,02 (veja aqui o edital).

Segundo a UFMS, a vagas são para as áreas de nutrição, ciências biológicas, ciência e tecnologia de alimentos, fisioterapia, física, matemática, engenharia de produção, engenharia elétrica, engenharia sanitária, engenharia civil, arquitetura e urbanismo, geografia, química, administração, filosofia, economia, jornalismo, música, pedagogia, computação, medicina, medicina veterinária, zootecnia, educação física, direito, psicologia, engenharia florestal, agronomia, saúde coletiva, farmácia, enfermagem, letras, ciências sociais e história.

As inscrições poderão ser feitas entre às 9h de 12 de novembro e às 23h59 (horário de MS) de 18 de novembro pelo site da organizadora. As taxas são de R$ 53,45 (auxiliar – 20 horas), R$ 101,40 (auxiliar – dedicação exclusiva), R$ 64,75 (assistente – 20 horas), R$ 151,15 (assistente – dedicação exclusiva), R$ 81,85 (adjunto – 20 horas) e R$ 238,35 (adjunto – dedicação exclusiva).

O concurso terá três fases: prova escrita (eliminatória e classificatória, com peso 30), prova didática (eliminatória e classificatória, com peso 40) e prova de títulos (classificatória, com peso 1).

As provas serão realizadas em Campo Grande entre 14 a 19 de dezembro de 2012.

G1

Dnit vai instalar 55 novos radares nas rodovias federais na Paraíba até 2015

 

A Superintendência do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) na Paraíba estuda a instalação de 55 novos aparelhos de fiscalização nas rodovias federais que cortam o estado.

De acordo com a Supervisão de Operações do Dnit na Paraíba, serão 81 equipamentos de fiscalização nas rodovias federais até o final de 2015. Funcionam nas BR-230 e BR-101 da Paraíba, 24 equipamentos, entre radares de velocidade e barreiras eletrônicas.Investimento para instalação dos novos radares gira em torno de R$ 49 milhões.

Conforme o Dnit, a instalação dos equipamentos de fiscalização eletrônica só será realizada após a elaboração de um estudo técnico criterioso, conforme determina a Resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Leva-se em consideração, na elaboração do estudo, o número de veículos em circulação, velocidade praticada no local, geometria da via, quantidade ou potencial de acidentes, medidas de engenharia adotadas para prevenção de acidentes, entre outras.

Segundo o Dnit-PB, a instalação destas barreiras eletrônicas deve proporcionar maior segurança aos usuários da rodovia nos trecho urbanos da BR-230, reduzindo significativamente o número de acidentes, feridos e óbitos. Dados coletados pelo Dnit junto à Polícia Rodoviária Federal (PRF) demonstram que, comparando períodos iguais, antes e após a instalação dos equipamentos, o índice de severidade dos acidentes reduziu em 45,29%, o número de acidentes reduziu 44,10%, o de feridos 54,74% e o de mortos 25%.

Os trechos das rodovias que cortam as cidades de João Pessoa, Campina Grande, Mamanguape, Caldas Brandão, Lagoa Seca, Queimadas, Ingá, Santa Luzia, Patos, Pombal, Sousa e Cajazeiras estão passando pelo estudo técnico e podem receber mais de um equipamento de fiscalização eletrônica. De acordo com o Dnit, a relação com os 55 novos locais, não significa necessariamente onde serão instalados os equipamentos. Se o estudo técnico não demonstrar a necessidade, ou apontar outra solução de engenharia, será analisado outro local.

G1PB

CPI do Cachoeira: Dnit-PB vai ser investigado por suposto envolvimento com a Delta

Vem da capital federal a informação que a Controladoria-Geral da União (CGU) vai abrir processos administrativos para investigar a atuação na Paraíba da construtora Delta, cuja empresa teria celebrado contratos para realizar obras em rodovias paraibanas.

A investigação é sobre suposto envolvimento com o empresário Carlinhos Cachoeira, preso na Operação Monte Carlo. A indicação para o Dnit é política e nas últimas décadas chefiaram o órgão no Estado nomes referendados pelo deputado federal Wellington Roberto (PR) e o ex-senador Wilson Santiago (PMDB).

A CGU vai apurar irregularidades da construtora em obras em nove estados brasileiros. A Paraíba está entre eles. São falhas como pagamento de serviços fora do segmento contrato e pagamento de serviços inexistentes.

São contratos firmados entre a Delta\Dnit. São os de números 130002\05 (BR-110), 130010\06 (BR-361) e 130011\06 (BR-110), rodovias que fazem divisas com a Paraíba, onde foram gastos R$ 5,4 bilhões.

Na linha de investigação da CGU vai estar: divergência entre o quantitativo informado na medição e o verificado “in loco”; discrepância entre as localizações do areal e do acampamento informados e as efetivamente verificadas “in loco”; fiscal designado um mês após a assinatura do contrato; ausência de relatórios fotográficos nos processos de medições apresentados; veículos disponibilizados, conforme previsão contratual, não localizado e outros contratos formalizados para execução de obras.

Marcone Ferreira

Paraíba.com.br