Arquivo da tag: disposição

Abel Braga coloca cargo à disposição no Cruzeiro, e Adilson Batista é nome forte para assumir

O técnico Abel Braga deixou o cargo à disposição da diretoria do Cruzeiro após a derrota por 1 a 0 para o CSA, nessa quinta-feira, no Mineirão. A saída do treinador é tratada como iminente dentro do clube, e um pronunciamento oficial deve ser realizado nesta sexta-feira. O nome de Adilson Batista, demitido do Ceará na última quarta-feira, é o nome forte nos bastidores do clube mineiro.

A informação sobre a entrega do cargo foi confirmada pela diretoria de comunicação do clube mineiro na madrugada desta sexta-feira. O clube programa uma coletiva de imprensa para esta sexta-feira. Abel Braga ficou pressionado após a derrota no Mineirão e a manutenção do Cruzeiro na zona do rebaixamento. Pelo Cruzeiro, Abel tem 14 partidas, com três vitórias, três derrotas e oito empates. O contrato do treinador é até o final de 2020.

Adílson Batista foi demitido do Ceará após a derrota para o Flamengo — Foto: Jorge R Jorge/BP Filmes

Adílson Batista foi demitido do Ceará após a derrota para o Flamengo — Foto: Jorge R Jorge/BP Filmes

Adilson Batista, ex-jogador do Cruzeiro e técnico do clube entre 2008 e 2010, levando o time à final da Libertadores de 2009, é o nome mais forte nos bastidores da Raposa para assumir o time nas últimas três rodadas do Campeonato Brasileiro. O Cruzeiro ainda enfrenta Vasco, segunda, em São Januário, às 20h (de Brasília). Depois, visita o Grêmio, em Porto Alegre, e encerra sua participação diante do Palmeiras, em casa.

Se tiver o nome confirmado, Adilson Batista terá a missão de impedir o rebaixamento inédito do Cruzeiro. O time tem 36 pontos e está na 17ª colocação do Campeonato Brasileiro, a um ponto do Ceará, primeiro fora do Z-4. A Raposa não vence há seis partidas na competição.

Silêncio após derrota

A aguardada entrevista coletiva de Abel não aconteceu após a derrota. O treinador sequer apareceu na sala de coletiva. Quem apareceu para falar com os jornalistas foi o diretor de comunicação do Cruzeiro, Valdir Barbosa. Naquele momento da coletiva, ainda não havia ocorrido a entrega do cargo. Mas Abel já estava bastante abalado pelo momento.

– Não, não houve essa conversa. O Abel está bastante tenso e preferiu não se pronunciar hoje. Como vocês (jornalistas) estão percebendo, e têm até reclamado, que as entrevistas estão bastante cansativas… O Abel perdeu, como ele disse, “como eu vou explicar? vou dizer o quê num momento como esse?”. Então, ele prefere que amanhã possa fazer uma declaração de uma forma mais tranquila, já com a cabeça um pouco mais fria. Então, é melhor que a gente trabalhe assim.

Diretoria calada

Sobre a presença de membros da diretoria no vestiário do Cruzeiro após a derrota para o CSA, Valdir Barbosa disse que Wagner Pires de Sá e Zezé Perrella estiveram com os jogadores, no Mineirão, antes do jogo.

– O presidente Wagner Pires de Sá estava no estádio, o gestor de futebol Zezé Perrella também estava no estádio. Eles foram ao vestiário antes do jogo, e após o jogo não. Eles sempre vão. Talvez até por essa questão desse tumulto que está tendo no estádio. Não sei se hoje atingiu o hall principal também, mas sempre atinge. A segurança está um pouco duvidosa aqui no Mineirão, haja visto os problemas que aconteceram no clássico, com invasão de camarote, invasão do setor de imprensa, invasão do hall principal. Eles não foram (ao vestiário após o jogo), apenas mantiveram contato por telefone, dando ciência daquilo que está acontecendo. Estão extremamente preocupados. Amanhã, a partir das 9h está todo mundo outra vez de pé, já cada um em seus postos na sede e também na Toca, e qualquer decisão que houver será num sentido mais tranquilo, com a cabeça mais fria.

Questionado a respeito das últimas decisões informadas pelo clube (desde segunda-feira os jogadores não dão entrevista coletiva, e nesta quinta-feira Abel Braga não apareceu para falar com os jornalistas), sobre quem manda no clube e dá aval para essas medidas, e se o torcedor cruzeirense não está sendo desrespeitado, se a diretoria não pensa no lado do torcedor, Valdir Barbosa rebateu:

– Nós pensamos sim, e quem decide é a diretoria, junto com a comissão técnica. E o torcedor não está sendo desrespeitado. Se você acompanha as redes sociais, você viu que o torcedor não se revoltou porque os jogadores não estavam dando entrevista. Eles querem é futebol. A palavra do jogador é importante, mas o mais importante é vencer os jogos. E isso nós não estamos conseguindo fazer.

Globo Esporte

 

 

Presidente eleito terá 24,6 mil cargos à disposição no governo

O presidente eleito terá à disposição 24,6 mil cargos que poderão ser preenchidos por pessoas indicadas pelo governo, conforme levantamento do Ministério do Planejamento que será entregue à equipe de transição. Metade desse número é de cargos que podem ser ocupados por quem não é servidor público. O salário máximo é de R$ 16,2 mil mensais para essa categoria.

Os cargos são importante moeda de troca para que o governo forme alianças no Congresso para aprovar propostas. Parlamentares costumam receber o sinal verde para indicar afilhados políticos para ocupar determinadas funções na administração pública federal, em troca do apoio ao governo.

Dentro das vagas que podem ser distribuídas a quem não é servidor público, há cargos considerados de baixo escalão, como o de superintendentes estaduais de órgãos federais. E nas faixas salariais mais altas, estão as vagas ocupadas por assessores especiais e chefes de departamentos.

Os cargos de direção nas agências reguladoras (que também podem ser ocupados por quem não é funcionário público) têm a maior remuneração, de até R$ 16,7 mil. O governo tem um projeto de lei em tramitação no Congresso Nacional para estabelecer critérios de preenchimento de cargos nas agências, mas o texto ainda não foi votado. Os parlamentares, porém, já trataram de mudar o texto para tentar restabelecer a possibilidade de indicações políticas nos cargos de direção e nos conselhos de empresas estatais.

Ao todo, a administração pública federal tem 99.416 cargos, funções ou gratificações, distribuídos entre 36 tipologias, 48% deles nas Instituições Federais de Ensino Superior (Ifes). Cada tipo de cargo ou função tem regras específicas, o que dificulta a redistribuição de forma isonômica entre os órgãos e gera distorções de remuneração entre as equipes.

Dentro das medidas que o governo atual vai sugerir à próxima gestão, a mais urgente é a edição de um decreto para estabelecer critérios para a ocupação de cargos e funções públicas. A proposta já foi elaborada pelo Ministério do Planejamento e encaminhada à Casa Civil. A equipe econômica sugere ainda o envio de um projeto de lei para revisar a estrutura atual de cargos, funções e gratificações, mas reconhece o risco político de a medida não ser aprovada ou ter o texto modificado pelo Congresso.

Aposentadorias

O governo também traçou quadro dramático sobre o perfil dos servidores e a evolução das aposentadorias. O diagnóstico mostra que cerca de 108 mil funcionários públicos federais (17% do total) já têm condições para se aposentar, mas permanecem em exercício graças ao pagamento do abono de permanência, um incentivo para que continuem trabalhando. A qualquer momento, no entanto, o governo pode perder essa mão de obra.

Os órgãos com maior contingente de servidores próximos a se aposentarem são Fundação Oswaldo Cruz, Agência Brasileira de Museus, Fundação Nacional de Artes e Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), INSS, Funai, Ministérios da Agricultura e da Saúde.

A idade média dos servidores é de 46 anos, o que traz risco de aumento de aposentadorias nos próximos anos. Em 2017, foram concedidos 22.458 benefícios, maior número desde 1998. Nas projeções do governo, há carreiras – como cargos de nível intermediário da Previdência Social e Trabalho – que podem ter seu contingente reduzido a um terço até 2022, caso todos os servidores que reúnem as condições optem pela aposentadoria e não haja nenhum tipo de reposição no período.

O governo também vai sugerir uma proposta para reestruturar as carreiras do funcionalismo, restringindo o salário inicial hoje mais elevado do que na iniciativa privada e ampliando o número de degraus para progressão na carreira.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Maranhão coloca nome à disposição para disputa em 2018

MaranhãoApós reunião realizada na manhã desta segunda-feira (27), o PMDB definiu  por candidatura própria da legenda para o governo em 2018 e o nome a ser trabalhado para a disputa é o do senador José Maranhão, presidente estadual do partido. Maranhão já colocou seu nome para concorrer a eleição.

Em entrevista logo  depois do encontro, Maranhão lembrou da candidatura de 2014 quando ele conseguiu se eleger senador mesmo em um momento em que as circunstâncias políticas pareciam desfavoráveis.

“Sou um homem de luta. Não estou reivindicando isso como uma obsessão mas  coloco meu nome para a disputa  da mesma forma da eleição passada quando tive que aceitar uma candidatura a senador em circunstância difíceis”, afirmou.

Já em relação ao aliança com o prefeito de Luciano Cartaxo (PSD), Zé Maranhão disse que o PMDB levará o apoio com o gestor até onde for possível.

maispb

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Acusado de matar avó já está à disposição da justiça de Solânea

presoO jovem Alisson Daivid, acusado de matar a própria avó no município de Solânea, já está à disposição da justiça. A informação foi repassado ao Focando a Notícia pelo delegado seccional, Diógenes Fernandes, que revelou que o acusado foi preso durante uma ação da Polícia Militar, em João Pessoa.

Os policiais constataram que havia um pedido de prisão contra Alisson e acionaram a Central de Polícia da Capital e de imediato policiais da seccional foram conduzir o acusado até a cidade de Solânea.

“Graças a um pedido de prisão feita por nós na época do caso, onde pelas diligências apuradas após o fato, suspeitamos do neto da idosa e acionamos a justiça solicitando a prisão do mesmo. Desde o pedido da prisão ficamos sabendo que o acusado não retornou mais à cidade de Solânea, mas com esse pedido a PM da Grande João Pessoa pode identificar o acusado e nos informar da prisão do mesmo e fomos ainda na noite dessa segunda-feira em busca do acusado para deixá-lo à disposição da justiça local”, relatou o delegado.

A idosa foi encontra morta na terça-feira do dia 03 de outubro de 2016. Segundo relatos, vizinhos ouviram gritos, mas ninguém chamou a polícia.

Na terça, eles sentiram falta da idosa e arrombaram a casa. Ao entrarem no imóvel, a encontraram morta com um lenço amarrado no pescoço e marcas de perfuração.

Focando a Notícia

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

Couto alega veto do PT a reeleição de deputado e coloca nome à disposição para o Senado

luizcoutoO deputado federal Luiz Couto (PT) já está no seu quarto mandado de deputado federal e já manifestou algumas vezes o interesse de não disputar mais cargos eletivos. Para o mesmo cargo no Congresso Federal, ele já deixou claro que não concorrerá novamente, mas colocou o seu nome à disposição do partido para eleição de senador em 2018.

Segundo o deputado petista, o PT tem uma resolução que limita os deputados federais a terem no máximo quatro mandados. O parlamentar, que já venceu por quatro vezes a Câmara, estaria impedido de disputa para o mesmo cargo.

“Temos uma resolução do partido que depois do quarto mandados não se pode mais disputar o mesmo cargo, a não ser que o partido queira”, disse.

Couto afirmou, que caso o PT lhe dê “as condições necessárias”, ele entrará nas eleições de 2018 para senador. “Acho que venho desempenhando um bom trabalho. Se o partido me der as condições necessárias e me chamar poderei colocar meu nome para o Senado”, declarou.

blogdogordinho

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Alimentos podem melhorar o humor e a disposição

alimentosEstudos têm comprovado que o bom humor pode ser alcançado pela composição dos alimentos que você come no seu dia a dia. Isso acontece porque eles possuem a habilidade de alterar a produção e liberação de neurotransmissores, mensageiros químicos que carregam informações de uma célula nervosa para outra.

Os alimentos ricos em proteínas podem ajudar a deixar você mais alerta. Quando digeridos se quebram em aminoácidos. Um aminoácido, conhecido como tirosina, pode aumentar a produção de dopamina e adrenalina que são neurotransmissores capazes de aumentar a energia e o estado de alerta.

Os carboidratos aumentam os níveis de insulina que auxiliam na “limpeza” de aminoácidos do sangue, menos do triptofano.

Este aminoácido, uma vez no cérebro, aumenta a produção de serotonina que é um neurotransmissor capaz de reduzir a sensação de dor, diminuir o apetite, produzir sensação de calma e até induzir ao sono.

Já a falta de ácido fólico pode causar o mau humor. Alguns estudiosos contam que selênio possa ter alguma função neurológica desconhecida, mas seu mecanismo de ação ainda é um mistério. Sabe-se que indivíduos que sofrem de carência de selênio são mais irritados, ansiosos e depressivos, e a suplementação normaliza o humor. Alimentos ricos em selênio são as oleaginosas (castanhas, nozes, amêndoas), atum, semente de girassol, cereais integrais.

Fonte: Minha Vida

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Após boatos de rompimento, Kilson Dantas coloca nome a disposição para vice de Douglas

Foto: Bello Soares
Foto: Bello Soares

Após boatos de que iria romper com o prefeito de Bananeiras, Douglas Lucena, o vereador Kilson Dantas (PSB) não só desmentiu a informação como também colocou seu nome a disposição para concorrer a vaga de vice-prefeito nas eleições deste ano.

A afirmativa foi feita pelo próprio parlamentar durante a sessão desta terça-feira (02) na Câmara Municipal. Kilson usou a tribuna para desmentir notícias publicadas recentemente em que o mesmo teria desistido de concorrer a uma vaga na câmara municipal por falta de apoio do prefeito.

“Venho aqui desmentir uma noticia publicada pela banda podre da imprensa divulgando que eu teria desistido da minha candidatura para vereador por falta de apoio. Quero aqui dizer que vou sim concorrer novamente a uma cadeira esta Casa, como também deixo meu nome a disposição para vice do prefeito Douglas, caso o grupo aceite. O meu ou qualquer nome que surgir será definido é claro com o consentimento do grupo”, comentou o vereador.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Focando a Notícia

Ministro do Trabalho entrega no dia 18 carta em que põe cargo à disposição

manoel diasO ministro do Trabalho, Manoel Dias, disse há pouco que na próxima terça-feira (18) entregará à presidenta Dilma Rousseff uma carta em que coloca o cargo à disposição.

A medida, segundo ele, já estava prevista para que a presidenta “fique à vontade” para fazer as mudanças que entender necessárias à próxima gestão.

Ontem (11), a ministra da Cultura, Marta Suplicy, deixou o governo. Ela enviou à Casa Civil uma carta de demissão em que faz sugestões a repeito da política econômica do governo.

“No dia 18 entrego a carta que coloca o cargo à disposição um gesto para deixá-la bem à vontade. Todos estamos ciente que termina um governo, começa um novo e, como a própria presidenta pregou durante a campanha, governo novo, ideias novas”, ressaltou o ministro à Agência Brasil.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Manoel Dias disse esperar que o próximo governo seja “dinâmico e que dê prosseguimento às políticas empreendidas nos últimos anos”.

“Sou um homem de partido e estou lá [no ministério] em nome do PDT e em decorrência do apoio do partido ao governo da presidenta Dilma Rousseff. O partido vai conversar com a presidenta, o cargo é dela, que tem a disponibilidade a qualquer momento [de fazer mudanças].”

 Agência Brasil

Chicão se coloca à disposição para estrear no Fla-Flu: ‘Eu estou bem’

Um treinamento com o grupo no Ninho do Urubu, a apresentação oficial e a camisa 3 nas mãos. O zagueiro Chicão, finalmente, consolidou sua transferência para o Flamengo e poderá fazer a sua estreia no clássico diante do Fluminense, domingo, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro. O jogador assinou contrato até o fim de 2014 e foi regularizado na Confederação Brasileira de Futebol (CBF) na noite desta sexta.

O técnico Mano Menezes chegou a utilizar Chicão em um time com 13 jogadores de linha, que contava com os titulares. O jogador de 32 anos está confiante no que pode apresentar no Flamengo. Seu último jogo pelo Corinthians foi contra o Bahia, no dia 7 de julho, pelo Campeonato Brasileiro.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

– Fui muito bem recebido, conheço bastante gente do grupo, minha relação é muito boa com o Mano, com os atletas. O objetivo é conquistar meu espaço primeiro e conquistar títulos. Não quero só passar pelo Flamengo – afirmou Chicão.

Chicão apresentação Flamengo (Foto: Thales soares)Chicão veste a camisa do Flamengo de jogo pela primeira vez (Foto: Thales Soares)

Apesar da expectativa pela estreia já em um clássico, Chicão disse que Mano ainda não teve qualquer conversa com ele relacionada ao sistema de jogo. Segundo o jogador, ele está em boas condições físicas para atuar os 90 minutos.

– Eu estava trabalhando lá, estava treinando, estava à disposição. E agora aqui vou procurar meu espaço e procurar jogar. Eu estou bem fisicamente, entrosamento é na base da conversa. A expectativa é a melhor possível. Saindo a documentação, vou estar à disposição. É bacana estrear num clássico, mexe com o torcedor. Disputei muitos clássicos em São Paulo. Sei que mexe – comentou Chicão.

No Flamengo, o jogador encontrou uma série de ex-companheiros de Corinthians. O fato ajuda Chicão a se entrosar ainda com mais facilidade no grupo.

– A gente tem que conversar bastante. Fiz algumas partidas com o Wallace em São Paulo. Faz tempo que não jogo com o André Santos, com o Felipe. Mas vamos procurar entrosamento. Vamos procurar brigar o máximo pelo topo na tabela. Neste momento, é difícil falar em Libertadores, Sul-Americana – disse Chicão.

No jogo contra o Fluminense, o zagueiro terá de cara um confronto com o atacante Fred, titular da seleção brasileira na conquista da Copa das Confederações. Chicão evitou esquentar o duelo.

– Já marquei o Fred, tem qualidade, é um jogador de Seleção, vou respeitar e procurar marcá-lo – afirmou Chicão.

O Flamengo ocupa apenas a 13ª colocação no Campeonato Brasileiro, com 14 pontos. Chicão está acostumado a ficar na parte de cima da tabela e garante ter consciência de sua responsabilidade.

– Meu objetivo é vencer sempre, esse é mais um desafio na minha vida. Cheguei ao Corinthians desconhecido, conquistando espaço, chego aqui de maneira diferente. Quero conquistar o torcedor. Todo jogador que chega ao Flamengo chega com responsabilidade, comigo não é diferente. Tem uma garotada boa aí, vou procurar ajudar, conversar, incentivar, passar tranquilidade. O que me motiva é estar numa grande equipe. Isso já é uma motivação muito grande – afirmou Chicão.

 

Globoesporte.com