Arquivo da tag: Diretório

Em carta, João Azevêdo e lideranças avisam que não irão aceitar dissolução do Diretório do PSB na Paraíba

Em carta por e-mail enviada à Direção Nacional do PSB e subscrita por assessores, auxiliares, deputados, prefeitos e outras lideranças, o governador João Azevedo avisou que não aceita a dissolução do Diretório Estadual da forma como foi feito.

Em contato com a imprensa paraibana, na noite desta segunda-feira (09), logo após a reunião, João disse que considerou uma “tentativa de constrangimento” a decisão tomada pela executiva nacional de seu partido que nomeou Ricardo Coutinho como presidente da comissão provisória e ele como seu vice, sem sequer ser consultado.

“É uma decisão democrática demais essa! Colocaram meu nome sem sequer me consultar. E depois, caso eu não aceite, o presidente diz que é problema meu?”, reagiu.

Leia carta:

Prezado Carlos Siqueira

Presidente Nacional do PSB

Comunicados que fomos para participar da reunião da Executiva Nacional de nosso partido, para tratar especificamente da dissolução do Diretório da Paraíba e da consequente crise que esse ato gerou, vimos por meio desta relatar o seguinte:

1. O PSB paraibano venceu as últimas eleições majoritárias ainda no primeiro turno elegendo, também, 08 deputados estaduais, 01 deputado federal, 01 senador e o governador;

2. Hoje temos no Estado quadro com 19.705 filiados, além de 58 prefeitos e 399 vereadores;

3. Obtivemos a maioria em 209 dos 223 municípios, com 58,18% dos votos;

4. No dia 20 de maio de 2019, em reunião da Executiva Estadual do PSB, foi passado o comando político para o ex-governador Ricardo Coutinho em comum acordo com o presidente Edvaldo Rosas, quando o mesmo ainda ofereceu a presidência a Ricardo para que este conduzisse as articulações para as eleições municipais do próximo ano. Ricardo de imediato recusou e disse que o partido estava no rumo certo;

5. O governador João Azevedo, em reunião com Ricardo Coutinho, definiram que junto com o presidente Edvaldo Rosas, os dois ficassem à frente do projeto para as eleições de 2020;

6. Edvaldo Rosas solicitou uma senha da FILIAWEB ao TRE em nome de Ricardo Coutinho para o mesmo acompanhar, nomear comissões provisórias, filiar e tomar outras deliberações;

7. Em reunião entre o presidente Edvaldo Rosas e o ex-governador Ricardo Coutinho foi debatido em comum acordo sobre os candidatos a prefeitos em mais de 210 cidades do Estado da Paraíba;

8. Edvaldo Rosas também avaliou todas as comissões provisórias e diretórios junto com Ricardo Coutinho, Fábio Maia, Ronaldo Benicio e Ronaldo Barbosa (presidente do PSB de João Pessoa);

9. No dia 30 de julho de 2019, o presidente Edvaldo Rosas é nomeado como Secretário Estadual do Governo do Estado da Paraíba pelo governador do PSB João Azevedo;

10. Já no dia seguinte,31, a deputada Maria Aparecida Ramos (PSB), concedeu entrevista afirmando que Edvaldo Rosas tinha que entregar o cargo de presidente do partido, argumentando não ser compatível presidir nossa legenda e ser secretário de Governo. Na mesma sintonia, a Deputada Estela Bezerra defendeu o afastamento também do presidente Edvaldo Rosa e apresenta seu nome para presidir, ou mesmo Ricardo Coutinho, a deputada Maria Aparecida Ramos ou o deputado Rubens Germano;

11. No dia 14 de agosto fomos avisados que membros do Diretório estadual e suplentes estavam sendo procurados pela diretoriana Amanda Araújo Rodrigues, juntamente com a deputada Estela Bezerra, o ex-governador Ricardo Coutinho, a deputada Maria Aparecida Ramos e o Deputado federal Gervásio Maia, para assinarem uma lista coletiva de renúncia, justificando para isso que o partido precisava se reestruturar no Estado;

12. No mesmo dia 14 o presidente Edvaldo Rosas entra em contato com presidente Nacional Carlos Siqueira sobre estas informações e o mesmo nega que tenha tal conhecimento;

13. No dia 16 de agosto o governador João Azevedo dialoga por telefone, por volta das 16h30, sobre esta situação com o presidente Carlos Siqueira e o mesmo agenda uma reunião com ex-governador Ricardo Coutinho para equacionar essa crise;

14. Pouco tempo depois, precisamente às 17h20, o presidente Carlos Siqueira anuncia pela imprensa paraibana a AUTODISSOLUÇÃO do diretório, pegando todos nós de surpresa.

15. Solicitada a relação dos membros que teriam assinado esta Auto-dissolução, até o presente momento não nos foi apresentada.

16.Gostaríamos de informar ainda à Direção Nacional, que várias lideranças estaduais, entre prefeitos, vereadores e deputados, têm nos procurado manifestando a tendência de deixar nossa legenda diante do clima de turbulência e insegurança, tanto jurídica quanto política, tendo em vista as eleições municipais do próximo ano.

GOVERNO E GESTÃO

1. Os oito primeiros meses da administração representam a continuação do projeto socialista no Estado, sem excluir nenhum programa ou política pública adotada da gestão anterior;

2. O atual governador João Azevedo manteve cerca de 90% dos membros do governo de Ricardo Coutinho;

3. A força desse projeto esteve sempre pautada em um trabalho coletivo, liderado pelo ex-governador Ricardo Coutinho, mas sempre alicerçado no compromisso e dedicação de abnegadas companheiras e companheiros;

4. A direção estadual do PSB, eleita de forma democrática e congressual para um mandato que iria até outubro de 2020, sempre teve suas decisões tomadas de forma consensual, em uma dimensão da unidade partidária construída com base na vontade de fazer o melhor para os paraibanos e de uma gestão modelo para o país.

Diante do exposto, nós não entendemos os motivos e não aceitamos a dissolução do Diretório Estadual, principalmente da forma que foi feita, recolhendo assinaturas na calada da noite e sob argumento de que seria para reestruturar o partido no Estado. Argumento este que objetivou, inclusive, a assinatura de vários diretorianos, que depois se sentiram enganados e pediram para retirar suas assinaturas.

Uma vez eleito, o Diretório precisa completar seu mandato normalmente. Entendemos como medida anti-democrática destituir um Diretório legitimamente eleito e substituí-lo por uma Comissão Provisória, mesmo esta sendo paritária e sob a tese da busca da unidade, já que esta mesma unidade sempre tivemos no partido durante toda a nossa trajetória. Portanto, não há interesse na participação em Comissão Provisória.

DEMOCRACIA, SEMPRE!

RETROCESSO, JAMAIS!

1- Governador João Azevêdo

2- Presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino

3- Líder do Governo no Legislativo, Deputado Ricardo Barbosa

4- Deputada Pollyanna Dutra

5- Deputado Hervasio Bezerra

6- Prefeito Chico Mendes

7- Secretário de Estado, Edvaldo Rosas

8- Ronaldo Benício, Sec de Organização do PSB

9- Christiane Valeria de Lucena, membro do Diretório

10- Prefeito Ricardo Pereira

11- Prefeita Maria Eunice Pessoa

12- Prefeito Fábio Tyrone

13- Prefeito Benício Araujo

14- Denise Alburquerque, Secretaria de Estado

15- Prefeito Murilo Nunes

16- Ivanilda Gentle, Secretaria estadual da Negritude do PSB

17- Joselio da Silva, Secretário estadual do Movimento Popular Socialista

18- Valquíria Alencar, Secretária estadual das Mulheres do PSB

19- Ednaldo Alves, Secretário de Comunicação do PSB

20- Deusdete Queiroga, Secretário de Estado

21- Danilson Ferreira, membro do Diretório.

22- Luciano Canuto, membro do Diretório

23- Vereadora Luciene Martinho, membro do Diretório

24- Flávio Moreira, Secretario Geral do PSB

25- Gerlano Linhares, membro do Diretório.

Paraíba, 9 de setembro de 2019

 

pbagora

 

 

Diretório do PT formaliza candidatura de Lula para presidente

O diretório nacional do PTdecidiu nesta segunda-feira, 23, em Curitiba, formalizar a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à Presidência e dar início à pré-campanha eleitoral mesmo com o petista preso. De acordo com o PT, que considera a condenação e prisão do ex-presidente injustas, “a liberdade de Lula tornou-se questão central para a retomada do processo democrático no Brasil”.

Na resolução aprovada nesta segunda-feira, o PT reafirma que Lula é a única alternativa do partido para a disputa presidencial e pela primeira vez determina de maneira formal providências para o registro da candidatura do líder maior do partido.

Entre as providências aprovadas pela cúpula do PT nesta segunda-feira estão: “Convocar para 28 de julho o Encontro Nacional do PT que indicará formalmente Lula candidato a presidente; registrar a candidatura na Justiça Eleitoral em 15 de agosto, conforme determina a legislação; apresentar ao País, nas próximas semanas, as diretrizes do programa de governo Lula”.

Os petistas querem também deflagrar a pré-campanha Lula presidente com ações de comunicação nas ruas, nas redes sociais e na imprensa. A ideia é articular a pré-campanha de Lula com os lançamento das chapas estaduais, para governador, senadores, deputados estaduais e federais.

Por outro lado, o PT também decidiu reforçar os laços com os demais partidos de esquerda por meio da Frente Nacional em Defesa da Democracia, dos Direitos e da Soberania, que inclui PSOL, PDT, PSBe PCdoB, além de movimentos sociais e figuras do meio artístico e intelectual, com o objetivo de se contrapor ao avanço da extrema direita e da violência política exemplificada, segundo o PT, pelo assassinato da vereadora do Rio Marielle Franco e o ataque a tiros à caravana de Lula no Paraná.

O PT lembra que Lula continua liderando as pesquisas eleitorais mesmo preso. Mais cedo a direção petista recebeu uma carta do ex-presidente na qual ele se diz feliz com o resultado das pesquisas e questiona aliados que defendem uma atitude mais discreta do petista até que o Supremo Tribunal Federal julgue a ação que questiona a prisão em segunda instância impetrada pelo PCdoB. “A Suprema Corte não tem que me absolver porque vou ficar bonzinho. Tem que votar porque sou inocente”, diz o ex-presidente.

Exame

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Diretório Estadual do DEM foi o que mais investiu nas campanhas municipais da PB

partidosO DEM, comandado na Paraíba pelo secretário de Governo do Estado, Efraim Moraes, foi o diretório estadual que mais investiu nas campanhas municipais deste ano na Paraíba, de acordo com os dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O partido distribuiu R$1.050.325,30 para diretórios municipais e candidatos a prefeito e vereador.

A maior despesa do DEM foi com Jarques Lúcio. Foram destinados R$190 mil para o então candidato, eleito para comandar a prefeitura de São Bento. Outros candidatos a prefeito pelo partido receberam doações que variam de R$ 15 mil a R$ 60 mil. O partido elegeu 17 prefeitos em todo o estado.

O maior partido do estado, o PMDB, ficou em segundo no ranking de despesas: R$1.035.915,61. Os candidatos Veneziano Vital do Rêgo, de Campina Grande, e Nabor Wanderley, de Patos, foram os maiores recebedores do partido, com R$ 100 mil cada um. Ambos saíram derrotados nas eleições de outubro.

Embora tenha perdido expressão com os últimos acontecimentos políticos do país, o PT foi o terceiro a investir nas campanhas dos seus candidatos, contudo, só elegeu um prefeito em todo o estado: Olivânio Dantas, em Picuí. A campanha do candidato Charliton Machado ficou com a maior parte dos recursos: R$ 299 mil.

O PSDB, que também está entre os grandes partidos da Paraíba, só reservou R$164.530,58 para as eleições municipais e gastou $162.830,58. O curioso é que a metade dos recursos foi destinada a campanha do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, que não é do partido, mas do PSD. Candidatos – e eleitos – pelo partido, Romero Rodrigues (Campina Grande), Emerson Panta (Santa Rita) e Dinaldinho Wanderley (Patos) não receberam recursos do Diretório Estadual do PSDB.

O partido que abriga o prefeito de João Pessoa, o PSD, só destinou R$123.137,70 para as campanhas. Cartaxo ficou com o equivalente a 77% dos recursos (R$ 95.200,00). Já o PSB só registrou, segundo dados do DivulgaCand disponíveis na tarde desta sexta-feira (18), R$ 400 de receita e nenhuma despesa.

blogdogordinho

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Diretório decide e Manoel Jr. confirma desistência; PMDB vai indicar nome para vice de Cartaxo

manoel-juniorO deputado federal Manoel Júnior (PMDB) anunciou, nesta sexta-feira (22), que não é mais pré-candidato a prefeito de João Pessoa para apoiar a reeleição do atual administrador municipal Luciano Cartaxo (PSD).

Em decisão unânime do diretório municipal, os pemedebistas optaram por formar legenda com o PSD e não com o PSB, apontando o partido do governador Ricardo Coutinho se posicionou contra ascendência do vice-presidente Michel Temer (PMDB).

Manoel alegou que estava enfrentando grande resistência dentro do partido e dificuldades financeiras para manter a candidatura própria. Revelou ainda, que não será o vice de Cartaxo, mas pretende indicar o nome.

O deputado federal e presidente municipal do PMDB, Manoel Júnior, destacou que aguarda a convenção partidária para a legenda para homologar a decisão de apoiar o PSD do prefeito Luciano Cartaxo em João Pessoa.

“Posso falar em nome do PMDB de João Pessoa”, afirmou destacando que a decisão não contou com a opinião dos diretórios de cidades como Campina Grande, Guarabira e Patos que contavam com a aliança com o PSB.

Manoel Júnior afirmou que respeita a decisão destes diretórios. “Em Campina Grande quem é responsável pelo PMDB é o deputado federal, Veneziano Vital do Rego; em Guaraiba é Roberto e Raniery Paulino”, afirmou lembrando que os próprios correligionários o pediram para manter a candidatura.

“Todos os meus companheiros sabem disso, não foi um momento que eu criei, eu tentei de todas as formas viabilizar o processo eleitoral, não fiquei parado, mas o partido nacional e estadualmente não teve condições para que pudéssemos estar com a candidatura”, disse.

Yves Feitosa / Marília Domingues / Adelton Alves

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Diretório do PMDB de Solânea confirma candidatura própria para as eleições de 2016

Jefferson da Jussara e Walter Júnior
Jefferson da Jussara e Walter Júnior

O diretório municipal do PMDB de Solânea, reunido, na tarde do último sábado (08), decidiu que terá candidatura própria para prefeito de Solânea no pleito de 2016. De acordo com a pauta do encontro, ‘as eleições de 2016’, o partido, que tem forte tradição política no município, além de disputar a sucessão municipal, defenderá junto a população, um projeto político-administrativo com propostas de implantação de políticas públicas que tirem Solânea do atraso.

De acordo com o empresário Walter Júnior, presidente do diretório municipal, “o PMDB pela sua história política na cidade, e por possuir hoje quadros políticos importantes, não pode ficar de fora da disputa eleitoral. Entretanto, é necessário que o partido apresente um projeto administrativo consciente, pois a cidade vem passando por grandes dificuldades pela ausência da gestão atual”.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

O empresário também destacou a importância da criação de uma frente de oposições na cidade. “O PMDB reconhece o valor dos outros grupos de oposição na cidade, e, por isso, compreende que é necessário a união desses grupos com o objetivo de fortalecimento de um novo projeto administrativo para Solânea”, disse ele.

Participaram também da reunião, o empresário Jefferson da Jussara, vice-presidente do diretório do PMDB, e outras lideranças políticas da cidade.

grupo

Assessoria

Juventude do PMDB elege Diretório e Comissão Executiva durante Convenção Estadual em João Pessoa

pmdbO PMDB Jovem da Paraíba realizou sua Convenção Estadual, neste domingo (26) e, através do voto direto e secreto, elegeu o Diretório Estadual; os delegados à Convenção Nacional e seus suplentes; a Comissão de Ética e Disciplina e suplentes; a Executiva Estadual e Conselho Fiscal, com os respectivos suplentes. Os trabalhos foram iniciados pontualmente às 9h, prestigiados pelo presidente do partido na Paraíba, senador José Maranhão, pelo deputado federal Veneziano Vital do Rêgo, pelo ex-governador Roberto Paulino, pelo deputado estadual Raniery Paulino e pelo tesoureiro estadual do PMDB, Antonio Souza da Silva, o aniversariante do dia.

Prefeitos, vereadores e representantes da Juventude peemedebista de toda a Paraíba participaram do evento, que aconteceu na sede do Diretório Estadual, em João Pessoa.

O jornalista Dihêgo Cavalcanti do Amaranto, que presidia a Comissão Provisória da Juventude do PMDB, foi eleito presidente da Executiva Estadual para o biênio 2015/2016. Os outros dirigentes eleitos são Pâmela Vital do Rêgo Freire, 1ª vice-presidente; Leônidas Bezerra Cavalcanti Targino Maranhão, 2º vice-presidente; José Ronaldo Martins de Andrade Filho, secretário-geral; Anderson Phelipe Fernandes Cordeiro, 1º secretário; Raphael José do Nascimento Fonseca, tesoureiro-geral; Icaro Teixeira Rocha, 1º tesoureiro; Rafael AQslan da Silva Santos, 1º vogal; Adriano Martins de Lima, 2º vogal; Jean Patrício da Silva, 3º vogal; Hugo Pires Muner, 4º vogal; Márcio Glauco Medeiros Fernandes de Oliveira, 1º suplente; Thiago Pontes Machado, 2º suplente; Weslley Bruno Nascimento Silva, 3º suplente; e Waleska Maria Sales Bezerra, 4º suplente.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

O Conselho Fiscal da Juventude do PMDB da Paraíba ficou constituído por Arquimedes Mariano Pereira, Roberta Bezerra Marques e Pedro Fernandes de Araújo Neto, tendo como suplentes, pela ordem, Uellder Magno Leite Albino, Marcela Herculano Morais e Martinho Cícero Correia Barbosa.

Assessoria

Diretório do PSB de Mari emite nota de repúdio contra atentado ao prefeito Marcos Martins

marcosNOTA DE REPÚDIO – “O prefeito de Mari, Marcos Aurélio Martins Paiva, sofreu um atentado, na noite da última sexta-feira (17), por volta das 21h, durante a realização de um arrastão político na cidade, no Bairro Vermelho. A agressão, uma pedrada que provocou um corte profundo na cabeça do chefe do executivo municipal, surpreendeu e preocupou os cidadãos de Marienses, que até então não tinham registrado incidentes desta magnitude no período eleitoral. Várias Residências de Mari já tinham sido vítimas de atos de Violência desde o último dia 05, a exemplo da residência do Senhor José Martins pai do Prefeito, e até a filha do Prefeito de apenas 11 meses de idade foi citada em palanque pelo ex-prefeito Antônio Gomes.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook
O prefeito, correligionários, amigos e eleitores estavam reunidos no Bairro Vermelho informando a população de Mari as obras realizadas pelo Governador Ricardo Coutinho, quando durante o discurso alguém, ainda não identificado, jogou uma pedra atingindo o prefeito na cabeça.
Após o atentado, o prefeito foi socorrido e levado à policlínica do Município, onde recebeu os primeiros socorros médicos, sendo necessário suturar o corte ocasionado pela pedrada. Marcos Martins sempre pregou a paz e o diálogo com a população e acredita que esse atentado demonstra o desespero de seus adversários. “Atribuo essa violência a uma oposição despreparada e inconsequente que busca agir desta forma para tentar me coagir e intimidar a população de Mari a não votar no Governador Ricardo Coutinho”, disse Marcos.
Logo após receber cuidados médicos, o prefeito se dirigiu a delegacia da Cidade de Sapé e fez um boletim de ocorrência e exame de corpo de delito. A polícia, desde então, iniciou as diligências para identificar e prender o agressor.
Diretório Municipal do PSB Mari – PB”

(Nota de responsabilidade do diretório municipal do PSB – Mari-PB)

Em reunião do Diretório Nacional, PPS decide que vai marchar com Cássio em caso de rompimento com RC

nonato bandeiraEm reunião do Diretório Nacional do PPS, realizada nesta sexta-feira em Brasília, que contou com a participação do presidenciável Eduardo Campos(PSB), a Paraíba recebeu aval para celebrar aliança em apoio à candidatura do senador Cassio Cunha Lima (PSDB) ao Governo do Estado. A informação é do presidente estadual do partido, vice-prefeito de João Pessoa Nonato Bandeira, que é membro do Diretório e participou do evento.

Nonato Bandeira disse que, a exemplo dos representantes de cada unidade da federação, fez um relato da situação atual do partido e a conjuntura política no Estado. Informou sobre as pré-candidaturas existentes, a chapa proporcional em formação e a tendência atual do PPS, além do esforço que está fazendo junto com a direção atual para reconstruir a legenda depois das disputas acirradas que ocorreram no ano passado.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“Eu relatei para os companheiros do Diretório que conversamos com o presidente do PSB, até por recomendação do presidente Roberto Freire em levar para o partido a possibilidade em se reproduzir a aliança nacional nos Estados, mas de acordo com a grande maioria dos diretorianos e pré-candidatos proporcionais já consultados na Paraíba, a preferência recai sobre o apoio de uma possível chapa Cassio governador e Luciano Agra como vice, caso os partidos de ambos confirmem o que as pesquisas apontam a a mídia vem noticiando”, disse Bandeira.

Segundo o vice-prefeito de João Pessoa, o próprio presidente Roberto Freire afirmou que casos como o de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Paraíba são Estados onde o PPS deverá marchar com o PSDB, não só pela decisão atual de seus filiados, mas também por manter alianças históricas com os tucanos.

Ascom

Diretório municipal de Casserengue tem contas desaprovadas e repasse de fundo partidário suspenso

TREPB-300x179O Diretório Municipal do Partido Socialista Brasileiro (PSB) de Casserengue, localizado no Brejo paraibano, teve sua prestação de contas do exercício financeiro de 2012 desaprovadas pela justiça eleitoral. A decisão do juiz titular da 48ª Zona Eleitoral, Osenival dos Santos da Costa, foi publicada no Diário da Justiça Eletrônico do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB).

Ainda conforme a mesma decisão, de acordo com o § 3º do art. 37 da Lei nº 9.096/1995, em função da referida desaprovação das contas foi determinado pelo juiz de primeiro grau, a suspensão com perdas de novas cotas do Fundo Partidário do PSB do município de Casserengue, pelo prazo de 06 meses.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A punição da justiça eleitoral para o Diretório socialista da localidade entrou em vigor a partir da publicação desta decisão no Diário da Justiça Eletrônico do TRE-PB.

Fonte: Adaucélia Palitot – PolíticaPB

PMDB nacional confirma reunião com diretório regional da Paraíba para o dia 8 de maio

 

Valdir_Raupp(Brasília) – O presidente do PMDB Nacional do PMDB, senador Valdir Raupp (RO), confirmou para o dia 8 de maio próximo, às 14h30, a reunião com os membros do diretório regional da Paraíba destinada a debater às eleições de 2014.

A reunião foi decidida de comum acordo entre o senador Raupp, o presidente do PMDB paraibano, José Maranhão, o senador Vital do Rêgo e o pré-candidato a Governador pelo partido, Veneziano Vital do Rêgo.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

As reuniões com os diretórios regionais do PMDB de todo o país objetivam estimular o lançamento de candidaturas próprias a governador, senador e chapa completa para deputados estaduais e federais.  A rodada de reuniões começou com o estado do Espírito Santo e sequenciou esta semana com os diretorianos do estado do Acre.

“Concluirei essa rodada de reuniões com os peemedebistas até o final de junho”, disse o presidente do partido, senador Valdir Raupp, ao ressaltar que o PMDB sairá cada vez mais fortalecido das urnas, em 2014.

 

 

 

Assessoria de imprensa do PMDB