Arquivo da tag: Diniz

Carro fica esmagado por ônibus na Av. Vereador José Diniz

Veículo esmagado por ônibus no acidente é um táxi preto de placa vermelha (Foto: Letícia Macedo/G1)
Veículo esmagado por ônibus no acidente é um táxi preto de placa vermelha (Foto: Letícia Macedo/G1)

Duas pessoas morreram e oito ficaram feridas em um acidente na Avenida Vereador José Diniz, Zona Sul de São Paulo, na manhã desta quarta-feira (12). Um táxi executivo ficou prensado por um ônibus articulado, que bateu na traseira de outro coletivo. Sete viaturas do Corpo de Bombeiros foram deslocadas para o local. O acidente ocorreu na altura da Rua Joaquim Nabuco, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

As duas pessoas que morreram estavam no carro que foi esmagado, um Corolla preto com placa vermelha. Os bombeiros não descartam a possibilidade de haver uma terceira pessoa no banco traseiro do táxi.

Os oito feridos tiveram ferimentos leves. Quatro deles foram encaminhados para o Pronto-Socorro Bandeirantes e quatro, para o Pronto-Socorro do Servidor Público.

A CET recomenda aos motoristas que busquem caminhos alternativos. Às 10h, a Avenida Vereador José Diniz tinha 2,5 km de lentidão no sentido Centro, da Rua da Fraternidade até a Rua Joaquim Nabuco.

O analista Tadeu Menezes passava pelo local do acidente e filmou o estado em que ficou o carro. Ele enviou o vídeo ao lado para o VC no G1.

Carro fica prensado entre dois ônibus na Avenida Vereador José Diniz nesta quarta-feira (12) (Foto: Aline Raquel Guilherme/VC no G1)
Carro fica prensado entre dois ônibus na Avenida
Vereador José Diniz nesta quarta-feira (12)
(Foto: Aline Raquel Guilherme/VC no G1)

Às 8h10, a faixa da esquerda estava totalmente bloqueada no sentido Centro, segundo a enfermeira Aline Raquel Guilherme, que passou pela região no sentido contrário.

“Estava tudo parado, o pessoal estava descendo dos ônibus e continuando a pé”, disse Aline, que tirou a foto ao lado e a enviou pelo VC no G1.

Por volta das 9h15, os passageiros ainda caminhavam a pé pela via, devido à falta de transporte.

G1

Em entrevista ao FN, diretor da Óticas Diniz convida toda região para inauguração da loja em Solânea

 

O FOCANDO A NOTÍCIA conversou com André Caetano – diretor da mais nova ótica da cidade de Solânea – a Óticas Diniz. Na entrevista, André garante que a loja que será inaugurada na cidade terá a mesma estrutura das demais lojas do país, com atendimento de qualidade e conforto.

Você pode acompanhar a entrevista em áudio clicando aqui, ou na seção entrevista na pagina inicial do site.

A Óticas Diniz será inaugurada na cidade de Solânea na próxima segunda-feira (21) e preparou uma semana inteira de comemorações para seus clientes se estendendo até o dia 26.

A maior rede de Óticas do país – presente em todos os estados com mais de 550 lojas – tem gerado uma grande expectativa na cidade e região.

Redação/Focando a Notícia

Ótica Diniz inaugura sua nova loja no município de Solânea no próximo dia 21

 

A população do município de Solânea e de toda a região terá muito mais facilidade para comprar seus óculos de grau ou de sol a partir do próximo dia 21. É que será inaugurada na cidade uma loja da maior rede de óticas do país, a Ótica Diniz.

Na semana de inauguração a Ótica Diniz vai oferecer aos seus clientes um médico, em horário integral, de segunda a sabado (de 21 a 26), e na compra do óculos completo o exame será gratuito.

Além disso, durante a semana de inauguração haverá a distribuição de mil armações por dia com brindes e preços imbatíveis.

A maior rede de Óticas do país  presente em todos os estados, com mais de 550 lojas.

Ainda terá uma grande caravana na cidade com representantes de todas as lojas no estado da Ótica Diniz.

 Redação/Focando a Notícia

STJ confirma Margareth Diniz como reitora eleita da UFPB

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Ari Pargendler, não tomou conhecimento do pedido de liminar e sentença interposto pela Universidade Federal da Paraíba para suspender os efeitos da realização do segundo turno da consulta para reitor da Universidade federal da Paraíba.

A ausência dessa decisão estava sendo usada como desculpa pela administração para não homologar a consulta para reitor e não reconhecer o resultado dos dois turnos que deram a vitória à professora Margareth Diniz na Consulta que se encerrou no último dia 6 de junho. Com a decisão do STJ acabam as possibilidades de recurso por parte da chapa apoiada pelo atual Reitor Rômulo Polari e integrada pelos professores Lúcia Guerra e Creão Duarte, que alegaram de quebra de autonomia universitária para questionar a realização da Consulta. Margareth Diniz acredita que, com esta decisão, não haverá mais artifícios por parte da administração e dos candidatos inconformados com nossa vitória: “a comunidade universitária merece respeito”.

A decisão do STJ encerra uma batalha que envolveu a realização de dois turnos de consulta à comunidade universitária, duas decisões judiciais no Tribunal Regional Federal da 5ª Região favoráveis à realização do segundo turno na UFPB, uma decisão do Supremo Tribunal Federal (que decidiu não haver quebra da autonomia universitária alegada pela UFPB) e, finalmente, a decisão do STJ. Em todas as instâncias o Reitor Rômulo Polari foi derrotado.

Assessoria

Margareth Diniz vence eleição para reitoria da UFPB com 94,61%

Com 94,61% dos votos, a candidata de oposição, Margareth Diniz venceu a eleição para a reitoria da Universidade Federal da Paraíba(UFPB) realizada na quarta-feira (6). A candidata da situação Lúcia Guerra teve apenas 5, 39%. E foi registrado também 88% de abstenções.

Segundo o site oficial da candidata vencedora, o segundo turno da consulta eleitoral contou com 49.901 votantes. O número alto de professores, funcionários e alunos que deixaram de votar foi resultado do boicote proposto pela chapa de Lúcia Guerra.

A assessoria da Universidade Federal da Paraíba informou que cumpriu a determinação da justiça, de realizar as eleições, mas que não acompanhou a contagem de votos. A dúvida agora é se o Conselho Universitário (Consuni) vai homologar o resultado da eleição e reconhecer a vitória de Margareth Diniz. Isto porque o Consuni determinou que o pleito fosse adiado por conta da greve dos professores da UFPB que dura mais de 20 dias e a universidade recorreu ao Supremo Tribunal Federal para anular o segundo turno.

A vencedora terá em mãos uma das maiores receita do estado, algo em torno de R$ 1 bilhão. A eleição aconteceu na quarta-feira (6), das 8h até as 21h. Ela foi marcada por boicote e manifestações em todo o campus de João Pessoa.

A chapa da candidata Lúcia Guerra, que obteve 35,93% dos votos no 1º turno, se recusou a participar das eleições. “A UFPB já está recorrendo ao STF da decisão do processo julgado na última terça-feira (5)”, disse Lúcia Guerra. Ela fez um apelo a seus eleitores, para que eles não votassem na eleição. No primeiro turno, Margareth Diniz obteve 49,66% dos votos.

Com o resultado, a UFPB será, pela primeira vez, administrada por uma mulher. No primeiro turno, mais de 70% dos alunos não votaram . O mandato da nova reitora será de 2013 até 2016.

Paraíba Já com JP Online