Arquivo da tag: detecta

TSE detecta mais de 25 mil pessoas com títulos eleitorais duplicados

Entre 64 milhões de eleitores que já realizaram o cadastramento biométrico, a Justiça Eleitoral detectou mais de 25 mil títulos de eleitor duplicados, informou a Secretaria de Tecnologia do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O cadastramento biométrico começou em 2008 e é um método que permite identificar o eleitor por meio da impressão digital. O objetivo é prevenir fraudes e tornar as eleições mais seguras porque, segundo o TSE, a identificação biométrica impede que um eleitor vote no lugar de outro. De acordo com o tribunal, 44% dos eleitores fizeram o cadastro. A meta é concluir o cadastramento até 2022. No total, há 146,3 milhões de eleitores no país.

Segundo o secretário Giuseppe Dutra Janino, as duplicidades são identificadas ao se comparar as impressões digitais de novos eleitores cadastrados com as de eleitores cujas digitais já fazem parte da base de dados do TSE.

As ocorrências são classificadas em quatro categorias pelo tribunal – desde erro na própria coleta até falsidade ideológica (leia sobre todas as categorias mais abaixo). Em um dos casos detectados, uma única pessoa, de Goiás, portava 52 títulos de eleitor.

“Isso significa que nós estamos descortinando uma fragilidade do processo eleitoral brasileiro. Porque para ter o título de eleitor, essa pessoa precisaria de 52 carteiras de identidade e com isso poderia tirar 25 CPFs. A fraude não se limita ao processo eleitoral”, explicou Janino.

Todas as ocorrências registradas são remetidas ao juiz eleitoral da jurisdição na qual o eleitor é cadastrado para que seja feita a análise das coincidências.

De acordo com cada caso, o juiz pode determinar o cancelamento de uma ou de todas as inscrições eleitorais e, se identificada fraude, solicitar a abertura de processo criminal na Polícia Civil.

Categorias de irregularidades

  • Falsidade ideológica – Uma mesma pessoa se registra junto à Justiça Eleitoral com documentos falsos (CPF, RG etc.), sendo incluída no Cadastro Nacional de Eleitores com nomes e filiações diferentes.
  • Duplo cadastramento – Um eleitor solicita a transferência do título para outro domicílio, porém é cadastrado novamente pela Justiça Eleitoral em vez de ter a inscrição transferida.
  • Falso positivo – O sistema aponta duas pessoas distintas em uma coincidência das impressões digitais de apenas um ou dois dedos. Como o sistema é programado, segundo o TSE, para ter um nível de tolerância extremamente baixo, mesmo que apenas uma dentre as dez digitais de uma eleitor coincida com a de outro, é aberta uma ocorrência.
  • Erro de cadastramento – Em razão de um eventual erro de cadastramento, duas pessoas aparecem com digitais semelhantes. Isso faz com que digitais de um eleitor sejam gravadas no banco de dados como se fossem de outro, de modo a dois eleitores compartilharem as mesmas impressões digitais.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Em 66% dos casos de câncer de mama é a própria mulher que detecta os sinais

mamaUma pesquisa do Instituto Nacional de Câncer (Inca) divulgada nesta quinta-feira (6) aponta que, em 66,2% dos casos de câncer de mama, é a própria mulher quem detecta os primeiros sinais da doença.

O estudo foi feito pelo Núcleo de Pesquisa Epidemiológica da Divisão de Pesquisa Populacional do Inca, que entrevistou 405 mulheres que procuraram atendimento devido a câncer de mama pela primeira vez entre junho de 2013 e outubro de 2014 no Rio de Janeiro.

Os principais sinais notados por essas mulheres foram a presença de um caroço (citado por 89,6% das mulheres) dor na mama (20,9%), alterações na pele da mama (7,1%), alterações no mamilo (2,6%), saída de secreção do mamilo (5,6%) e alteração no formato da mama (3,7%).

Em 30,1% dos casos, a doença foi identificada por uma mamografia ou outro exame de imagem e, em 3,7% dos casos, um profissional de saúde detectou a suspeita. O Inca e o Ministério da Saúde lançaram, nesta quinta-feira, uma campanha do Outubro Rosa, movimento de prevenção ao câncer de mama celebrado este mês, chamada “Câncer de mama: vamos falar sobre isso?”. A ideia é divulgar a informação de que todas as mulheres de 50 a 69 anos façam a mamografia a cada dois anos.

Câncer mais comum entre mulheres
O câncer de mama é o tipo de câncer mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil. Segundo estimativa do Inca, o Brasil deve ter 57.960 novos casos de câncer de mama em 2016. O câncer de mama também pode atingir homens, mas apenas 1% dos casos da doença correspondem a eles.

Em 2013, último ano com dados disponíveis, 14.388 pessoas morreram de câncer de mama no Brasil, sendo 14.206 mulheres e 181 homens.

Diagnóstico
A realização anual da mamografia para mulheres a partir de 40 anos é importante para que o câncer seja diagnosticado precocemente.

O autoexame é muito importante para que a mulher conheça bem o seu corpo e perceba com facilidade qualquer alteração nas mamas e assim procure rapidamente um médico. Vale lembrar que o autoexame não substitui exames como mamografia, ultrassom, ressonância magnética e biopsia, que podem definir o tipo de câncer e a localização dele.

Tratamento
O câncer de mama tem pelo menos quatro tipos mais comuns e alguns outros mais raros. Por isso, o tratamento não deve ser padrão. Cada tipo de tumor tem um tratamento específico, prescrito pelo médico oncologista. Entre os tratamentos estão a quimioterapia e radioterapia, a terapia alvo e a imunoterapia.

Por G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Governo entrega equipamento que detecta entrada de materiais ilícitos em unidades prisionais

body-scanO Governo do Estado, por meio da Secretaria da Administração Penitenciária (Seap), entregou oficialmente, na manhã desta terça-feira (3), o “body scan” (raio-x scanner corporal) às Penitenciárias Romeu Gonçalves de Abrantes (PB 1 e PB2) e Desembargador Flósculo da Nóbrega (Roger), ambas em João Pessoa, e a Penitenciária Regional de Campina Grande Raimundo Asfora (o Serrotão). A instalação do “body scan” tem como objetivo evitar a entrada de materiais ilícitos dentro das três maiores unidades prisionais do Estado, onde foi instalado o equipamento, contribuindo para a manutenção da tranquilidade fora e dentro das penitenciárias.

O secretário de Estado da Administração Penitenciária (Seap), Wagner Dorta, afirmou que a entrega desses equipamentos representa um dia histórico para a Paraíba e ratifica a política do Governo do Estado em humanizar as unidades prisionais paraibanas. “Os investimentos que foram feitos nesses equipamentos vão permitir que o sistema penitenciário do Estado seja ainda mais humanizado e, ao mesmo tempo, que se ofereça mais segurança à população paraibana”, afirmou.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Wagner Dorta destacou ainda que são poucos os estados brasileiros que dispõem dessa tecnologia. “A Paraíba é um dos estados vanguardistas no uso do ‘body scan’, equipamento que vai permitir maior humanização do sistema – vale mais uma vez ressaltar – com todo o rigor que o processo exige. Qualquer pessoa que tente entrar em qualquer unidade prisional onde o ‘body scan’ foi instalado será flagrada. O equipamento emite feixes de raio-x que, literalmente, fotografa a pessoa, respeitando a ética e a dignidade”, prosseguiu.

Estiveram presentes representantes do Poder Judiciário, Ordem dos Advogados do Brasil – Secção Paraíba – e Ministério Público. A juíza da Vara das Execuções Penais da Capital, Hygina Bezerra, ressaltou a importância do funcionamento do “body scan” para a Paraíba. “É uma ação de extrema importância. Isso vai permitir identificar a entrada de drogas e armas, contribuindo para a segurança do Estado. Nós sabemos que algumas ordens de crimes partem de dentro das unidades prisionais. É um equipamento que vai funcionar de maneira isonômica, isto é, todo mundo vai ter de passar por ele, seja advogado, juiz”, pontuou.

Mais dignidade – O secretário da Seap afirmou ainda que as revistas íntimas, queixa antiga de órgãos e dos parentes dos detentos, serão substituídas pelas revistas eletrônicas. “É outro salto importante que o Estado da Paraíba promove, tanto em benefício do detento quanto dos parentes. Todo o constrangimento, que era necessário já que ainda não dispúnhamos desse equipamento, chegou ao fim. Isso era uma reivindicação antiga de órgãos ligados aos Direitos Humanos e outras entidades. Com isso, vamos ter maior controle com relação à segurança das unidades prisionais e, ao mesmo tempo, oferecer mais dignidade à sociedade de maneira geral”, disse.

Wagner Dorta pontuou ainda que o “body scan” é um equipamento usado em todo o mundo e nos maiores aeroportos. “É algo muito inovador para a nossa política de segurança. Queremos, dentro das limitações financeiras do Estado, avançar ainda mais e implantar o “body scan” em outras unidades prisionais. Para isso, já há estudos em andamento”, salientou.

Locação – Os três equipamentos foram locados a um valor mensal de R$ 29,9 mil cada um, totalizando um gasto para o Estado no valor de R$ 89,7 mil mensais. Durante todo o ano, a quantia investida será de R$ 1.076.400. A empresa prestadora do serviço é a VMI Sistemas de Segurança, sediada em Lagoa Santa, Estado de Minas Gerais. “É um custo relativamente alto para o Estado da Paraíba, mas que, sem dúvida alguma, traz retorno. Por isso que já estamos realizando estudos para a aquisição de novos equipamentos”, acrescentou Wagner Dorta.

Radiação – O secretário de Estado da Administração Penitenciária enfatizou que o funcionamento do equipamento atende a critérios técnicos do Conselho Nacional de Energia Nuclear (Cnen). “Em conversa com técnicos, podemos afirmar que uma pessoa que caminha por cinco minutos ao sol recebe mais radiação que alguém que se submeta ao scan. Portanto, tudo está dentro de parâmetros técnicos adotados e não há riscos para quem vai utilizar o equipamento, sejam os visitantes dos detentos, sejam os nossos funcionários”, concluiu.

Secom PB

 

Exame detecta trauma, e goleiro Rafael Cabral é cortado da Seleção

O goleiro Rafael Cabral está fora das Olimpíadas de Londres. O arqueiro foi cortado nesta terça-feira por conta de um problema no cotovelo direito. Ele foi submetido a um exame de ressonância magnética na segunda-feira, e os médicos da seleção brasileira constataram um trauma no local. Gabriel, ex-Cruzeiro e hoje no Milan, entrará na vaga do atleta do Santos e será a outra opção para a posição, junto com Neto, da Fiorentina.

Antes do anúncio oficial, feito pelo médico da Seleção, José Luís Runco, Rafael Cabral caminhou pelo gramado próximo aos quartos dos atletas. Em seguida, ele acompanhou um trabalho na academia realizado pelo goleiro Neto, sob a supervisão do fisioterapeuta Odir de Souza. Coube ao médico do time canarinho e ao diretor de Seleções da CBF, Andrés Sanches, confirmarem a informação.

– Ele sofreu um trauma no cotovelo e, ao examinarmos, ele tinha dor e pouca capacidade de mobilização. Pela posição em que ele atua e em termos de Olimpíadas, nós temos apenas 18 atletas e dois goleiros, não tivemos outra solução. Fizemos uma imagem de ressonância e foi vista uma contusão óssea, um trauma que o osso sofre e que precisa de repouso. Requer repouso e como temos apenas dois atletas, tivemos que tomar uma posição de sentar e conversar com a comissão técnica da necessidade da troca – afirmou Runco.

Rafael Cabral durante a coletiva do corte (Foto: Mowa Press)Visivelmente abatido, Rafael Cabral lamenta o corte dos Jogos de Londres (Foto: Mowa Press)

Com saída do arqueiro do Peixe, Mano relacionou Renan Ribeiro, do Atlético-MG, para ficar de stand by. O jogador vai embarcar para Londres para se juntar ao grupo na noite desta terça-feira. Andrés admitiu a chegada de um novo arqueiro, mas preferiu não confirmar o nome.

– É uma situação que não esperava, não queria. Estamos tristes, mas infelizmente por um problema clínico vamos cortar o Rafael. Será convocado um outro atleta, mas como no Brasil não deu para falar com o clube por conta do horário, nós vamos revelar o nome mais tarde. Será chamado um entre os 35. O Gabriel vai para segundo goleiro e virá um outro para ficar entre os quatro que estão na lista de espera – disse Andrés.

O problema de Rafael Cabral aconteceu na manhã de segunda-feira, no CT do Arsenal. O goleiro sofreu uma pancada no cotovelo direito e acabou deixando a atividade comandada pelo preparador Francisco Cersósimo. Com a saída do titular, Neto, ex-Atlético-PR e atualmente na Fiorentina, vai atuar no time principal.

– Foi em um treinamento de cruzamentos e acabei me chocando com aqueles bonecos que ficam no gramado. Na hora, a dor foi muito grande, mas segui no treinamento – contou Rafael, visivelmente abatido com o corte e que levará de duas a três semanas para retornar aos treinamentos com o Santos.

Boneco utilizado nos treinos da Seleção feminina para os Jogos de Londres (Foto: Mowa Press)Boneco utilizado nos treinos da Seleção feminina é
parecido com o que causou a lesão no goleiro
Rafael Cabral, em St. Albans (Foto: Mowa Press)

Na coletiva, Rafael contou como foi a reação dos familiares com o corte.

– Todos tristes, conversei com a minha família, com os meus pais, com a minha esposa. Falei com eles agora, mesmo sendo tão cedo no Brasil. Meu pai soube do exame por vocês porque eu não tinha comentado nada com ele. Ficou triste, desesperado…- contou.

Rafael Cabral fez o exame em uma clínica particular próxima a St. Albans. O atleta foi acompanhado do médico da seleção brasileira, José Luís Runco. Coincidentemente, antes mesmo da contusão do goleiro do Santos, Gabriel havia ido a Cardiff, no País de Gales, para concluir o credenciamento para ter acesso às áreas olímpicas e participar das atividades do time canarinho.

Vale lembrar que Gabriel está com o grupo desde as atividades no Rio de Janeiro e também viajou para Londres. Mano Menezes optou por levar três atletas para a posição justamente por conta de um possível contratempo, que acabou se concretizando nesta terça-feira.

A seleção brasileira estreia nos Jogos de Londres na próxima quinta-feira, às 15h45m (de Brasília), contra o Egito, em Cardiff, no País de Gales. Sportv transmite o confronto ao vivo, e o GLOBOESPORTE.COM acompanha em Tempo Real.

GLOBOESPORTE.COM