Arquivo da tag: descontos

Famílias de baixa renda podem ganhar descontos de até 65% na conta de energia e inscrições serão feitas nesta sexta

Até essa sexta-feira, 20, a concessionária de energia está realizando a ação ‘Negocie Já com a Energisa’, em João Pessoa. Quem está com as contas atrasadas pode negociar em até 48 vezes a dívida. A ação acontece em frente a integração da Lagoa, Parque Sólon de Lucena, das 9h às 16h30. Para participar, basta o consumidor ir até o local levando um documento oficial de identificação com foto e a última conta de energia da unidade consumidora.

A Energisa também está inscrevendo os clientes com consumo elétrico de até 220 kWh mês, que estão dentro do perfil da Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE) nos descontos de 10% a 65% na tarifa de energia.

A Tarifa Social é destinada a clientes inscritos no CadÚnico; famílias que tenham portador de doença ou deficiência em tratamento contínuo com utilização de aparelhos que consumam energia e renda de até três salários mínimos; e famílias que possuam um membro favorecido pelo Benefício de Prestação Continuada de Assistência Social.

 

clickpb

 

 

Liquida Campina 2019 começa nesta quinta-feira (11) com descontos de até 70%

Envolvendo mais de 800 estabelecimentos comerciais de Campina Grande e outras 21 cidades, começa nesta quinta-feira (11) a edição 2019 da Liquida Campina. E promoção deve oferecer descontos de 10% até 70% e sortear prêmios entre os consumidores.

Promovida pela Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) da cidade, a expectativa é movimentar mais de R$ 70 milhões no comércio até o dia 21 de julho.

Além de Campina Grande, com os distritos de Galante e São José da Mata, participam da campanha as cidades de Areia, Picuí, Sumé, Esperança, Queimadas, Solânea, Monteiro, Serra Redonda, São João do Cariri, Boa Vista, Fagundes, Aroeiras, Alagoa Nova, Cabaceiras, Pocinhos, Lagoa Seca, Monteiro, Soledade, Cuité, Alagoa Grande e Boqueirão.

A cada R$ 50, o consumidor recebe um cupom para concorrer ao sorteio de Smart TVs, motos e um carro 0 km. Os lojistas também concorrem a uma viagem com acompanhante e tudo pago para o Peru, assim como os vendedores vão concorrer a vales-compras no valor de mil reais. O sorteio acontece no dia 1º de agosto, às 15h, na Praça da Bandeira, no Centro de Campina Grande.

Foto: Junot Lacet Filho/Jornal da Paraíba/Arquivo

G1

 

Corte de R$ 578 mi põe fim a descontos em remédios nas farmácias populares

remediosOs pacientes que compram remédios para tratamento de glaucoma, colesterol, renite, osteoporose e mal de Parkinson além de fraldas geriátricas e anticoncepcional, com desconto de 90%, podem perder o benefício a partir de 2016. A previsão é do presidente do Sindicato Patronal do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos de João Pessoa (Sindifarma-JP), Herbert Almeida, que contou que o governo federal deve cortar, em janeiro, o subsídio de preço repassados as farmácias do programa ‘Aqui tem Farmácia Popular’ que vendem estes medicamentos. O governo federal confirmou a expectativa de redução de R$ 578 milhões para o programa.

Segundo Herbert Almeida, a proposta orçamentária do governo federal para 2016 não prevê repasse para o programa. Com isso, os consumidores devem pagar pela totalidade de custo dos medicamentos, já que até o fim deste ano o valor pago era pelos pacientes de apenas 10%.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

“O governo vai cortar o subsídio de medicamentos de co-participação. Atualmente, esse subsídio é de 90%, então o consumidor paga apenas 10% do valor. É uma medida que vai afetar e causar um transtorno enorme a população que tem o benefício de baixo custo para o tratamento de várias patologias e isso é ruim para todos”, afirmou Herbert.

A medida, segundo o presidente da Sindifarma-JP, vai afetar todas as 561 farmácias paraibanas que possuem credenciamento com o programa federal, causando prejuízo financeiro.

Para Herbert, o governo federal mantém a previsão de permanecer com fornecimento gratuito de medicamentos para tratamento da hipertensão, diabetes e asma, mas o que vai ocorrer em janeiro pode ser apenas a ponta de um corte mais profundo que vai superlotar hospitais e prontos socorros pelo Brasil.

“O que estamos percebendo é um descontrole do governo. Temos o receio de que essa medida de corte do subsídio seja apenas a ponta do iceberg e que o governo venha a cortar de vez a distribuição de medicamentos gratuitos para a população. Esse corte de subsídios já vai fazer com que hospitais, unidades de saúde e prontos socorros tenham um quadro de lotação, já que a população mais carente não vai ter condições de pagar pela totalidade dos preços dos medicamentos atingidos pelo corte”, afirmou Herbert.

Procurado pelo  por meio de nota, o Ministério da Saúde confirmou que à Proposta de Lei Orçamentária Anual para 2016 (PLOA 2016) prevê redução de R$ 578 milhões em verbas para o programa ‘Aqui tem Farmácia Popular’, garantindo apenas a gratuidade de medicamentos para tratamento de hipertensão, diabetes e asma.

Segundo o Ministério da Saúde, os medicamentos que devem permanecer com a gratuidade respondem “Por mais de 85% dos pacientes atendidos mensalmente pelo Programa”.

Ainda segundo a Saúde, a confirmação do corte depende da aprovação pelo Congresso, sem alterações, da PLOA 2016.

Por Halan Azevedo

 

Banco do Nordeste renegocia dívidas com descontos de 85% para agricultores da PB

agricultorO Banco do Nordeste anunciou nessa quarta-feira (9) que está renegociando as dívidas com produtores rurais da Paraíba, onde há 12 agências bancárias, que devem atender 24 mil produtores.

Os benefícios incluem liquidação das dívidas com até 85% de desconto ou renegociação do débito a partir da avaliação de cada caso pelas equipes das agências. O prazo final da regularização termina em dezembro, de acordo com a lei 12.844.

Em média, os valores a serem regularizados giram em torno de R$ 12.750 por operação, considerando os juros de atraso. Do número total de agricultores, a maior parte se encontra no interior do estado, distribuídos em 33% no Sertão; 32% no Agreste; 31% na Zona da Mata e 5% na Borborema.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Para pleitear a liquidação ou renegociação, o cliente deve procurar a agência bancária a que está vinculado, verificar o enquadramento da operação e formalizar a adesão. Nos casos de renegociação sem desconto, pode ser concedido um prazo de pagamento de até dez anos, com base na resolução 4.315 do Conselho Monetário Nacional ou por meio da lei 12.844.

As agências que estarão trabalhando de forma intensificada na campanha de renegociação de dívidas são: Campina Grande–Centro, Guarabira, Catolé do Rocha, Alagoa Grande, Solânea, Sumé, Patos, Cajazeiras, Sapé, Sousa, Itaporanga e Pombal.

 Assessoria

Golpe no WhatsApp usa ‘descontos generosos’ para roubar informações

whatsappUsuários do WhatsApp precisam ficar atentos a um novo golpe transmitido através do mensageiro. Criminosos estão disseminando mensagens com descontos falsos para as lojas Zara e H&M. O esquema reproduz o mesmo modelo usado em uma ação que buscava chamar a atenção da vítima oferecendo um desconto de R$ 500 na Starbucks.

A mensagem faz a oferta desde que a vítima aceite realizar uma pesquisa. O usuário que clicar no link é levado para um anúncio, que pede que a mensagem seja compartilhada com dez contatos para que os descontos sejam liberados. Desta forma, a ação acaba se espalhando pela rede.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

O uso das lojas Zara ou H&M varia de acordo com a localização da vítima, segundo Dmitry Bestuzhev, diretor de pesquisa e análise da Kaspersky Lab na América Latina. O objetivo dos criminosos é “obter informações pessoais dos usuários para explorá-las em outras campanhas de spam, phishing ou malware”. Além disso, no final de cada pesquisa os criminosos têm a oportunidade de apresentar às vítimas outros elementos maliciosos.

Ele também salientou que os usuários precisam ter muito cuidado com links e conteúdos compartilhados em redes sociais, já que a maioria das ofertas não são legítimas. “Além disso, é aconselhável não fornecer informações pessoais em troca de prêmios, pois seus dados, reputação e segurança podem estar em risco”, completa.

De acordo com Dmitry, os criminosos sempre optarão por temas universais e marcas conhecidas para atrair a atenção do público.

Esquema distribui mensagens prometendo descontos. Links levam a anúncios falsos, que buscam coletar dados pessoais do usuário (Foto: Divulgação/Kaspersky)Esquema distribui mensagens prometendo descontos. Links levam a anúncios falsos, que buscam coletar dados pessoais do usuário (Foto: Divulgação/Kaspersky)

Tech Tudo

Governo afirma que irá regularizar descontos de professores que deram aulas e pede plano de reposição para os demais

sala-de-aulaO Governo do Estado emitiu uma nota na tarde desta quinta-feira (30) explicando que haverá regularização dos vencimentos descontados dos professores em razão da greve para os casos em que ficar comprovada a realização das aulas. As demais escolas devem apresentar plano de reposição das aulas para então regularizar os valores descontados.

Confira a Nota:

A Secretaria de Estado da Educação esclarece que haverá regularização dos vencimentos descontados dos professores em razão da greve nos casos em que ficar comprovada a realização da aula. Nos demais casos, a Secretaria está orientando que as escolas que suspenderam oficialmente a greve apresentem plano de reposição de aulas para, após análise, terem regularizado os valores descontados.

Ao longo desses quatro anos, o Governo do Estado tem empreendido esforços para garantir uma política de valorização do Magistério, apesar do registro de queda nas receitas e de estar no limite da Lei de Responsabilidade Fiscal no que diz respeito a gastos com pessoal. Assim é que na Paraíba a categoria recebeu os melhores índices de reajuste no Estado.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Atualmente, um professor da rede estadual percebe um salário base de R$ 1.525,00 para uma carga horária de 30 horas/semanais. Como incentivo para o professor que está em sala de aula o Governo do Estado concede uma Bolsa Desempenho que varia de R$ 265,00 a R$ 610,00, de acordo com a qualificação profissional. Portanto, o salário base para o professor que está em sala de aula é de R$ 1.790,00, além do valor adicional pelo tempo de serviço de cada profissional.

Secom PB

Autoescolas da PB estariam coagindo alunos a cometerem irregularidades por descontos

auto escolaA Corregedoria do Departamento Estadual de Trânsito da Paraíba (Detran-PB) deu prosseguimento à investigação da operação ‘Instrução Real’, que envolve a denúncia de que vários Centros de Formação de Condutores na Paraíba, mais conhecidos como ‘autoescolas’, estariam praticando um suposto golpe na identificação biométrica em troca de desconto nas mensalidades.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook
De acordo com Valberto Lira, corregedor do Detran-PB, as autoescolas envolvidas estariam coagindo alunos e professores a realizarem falsos registros de comparecimento as aulas teóricas e práticas, além de atrasarem, de forma proposital, os testes. Segundo o corregedor, alguns alunos que participavam apenas de aulas de carro, também registravam comparecimento nas aulas de moto. Lira informou que professores estariam em cidades diferentes na mesma data e no mesmo horário. “Esses professores não podem dar aulas na Capital e em Campina Grande ao mesmo tempo, estamos investigando isso”, informou.

Valberto Lira, disse que o suposto golpe está sendo investigado através de depoimentos de alunos e professores que estariam envolvidos no caso. “Após a coleta dos materiais que foram levados a pericia, demos inicio a segunda fase da investigação e iremos procurar esclarecer os fatos principais que são as duplicidades de constatação biométrica, com a participação de alguns funcionários e alunos das autoescolas”, afirmou.

Segundo a corregedoria do Detran-PB, dentro de três semanas os resultados das investigação serão divulgados, com a indicação de alunos, professores e donos de autoescolas suspeitos de envolvimento com o suposto golpe.

 

portalcorreio

Ford Fiesta rocam sai de linha e é vendido com descontos e taxa zero

 (FOTO: DIVULGAÇÃO)
(FOTO: DIVULGAÇÃO)

O mês de agosto pode ser a última chance para quem pretende comprar um Ford Fiesta Rocam. Conforme anunciou nesta quinta-feira (7), tanto a versão hatch quanto a versão sedã do modelo de entrada serão descontinuados para dar lugar ao novo Ka, marcado para chegar as concessionárias em setembro. O lançamento será oferecido nas configurações compacto e três volumes, ambos disponíveis com motor 1.0 três cilindros e 1.5.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Enquanto os novos Ka e Ka+ (versão sedã) não chegam, as concessionárias dão vazão aos Fiesta Rocam com descontos e condições especiais de pagamento. Em todas as autorizadas consultadas pela Autoesporte, o veículo foi ofertado com taxa zero, mediante entrada de 50%, com o restante do valor do veículo quitado em até 24 vezes. A versão Sedan 1.6 SE Plus com pintura metálica tinha o maior desconto, de R$ 2.106. O preço foi reduzido de R$ 39.806 para R$ 37.800. Na capital paulista, uma loja tinha o melhor valor para o hatch 1.6 SE Plus com pintura sólida: R$ 34.900. São R$ 1.090 a menos que o valor de tabela.

Hoje, somado ao New Fiesta, o Fiesta Rocam é o quarto automóvel mais vendido do Brasil no acumulado de janeiro a julho, totalizando 75.442 unidades emplacadas. De acordo com a montadora, o objetivo é que o novo Ka+, versão sedã do veículo, se torne seu número um do portfólio entre os três volumes. Já em relação ao hatch, a marca tem a meta ambiciosa de liderar o mercado nacional de compactos 1.0. Por enquanto, a Ford não revela metas objetivas de venda.

Ford Fiesta Rocam 2014 (Foto: Divulgação)
revistaautoesporte

Concessionárias aguardam tabelas, mas já garantem descontos

À espera das novas tabelas de preços, as concessionárias do Rio já estão trabalhando com descontos do IPI. A estratégia principal está sendo fechar as vendas sem emitir a nota fiscal até que os novos valores estejam disponíveis. Isso deve ocorrer até o fim desta semana. No Centro e nas zonas Norte e Sul do Rio, sete lojas visitadas pelo GLOBO estavam praticamente vazias.

— Nas outras reduções de impostos, a procura foi maior. Acredito que até o fim da semana deve aumentar o fluxo, quando tivermos os novos preços fechados — disse o supervisor de vendas da Fiat Roma da Tijuca, Marcelo Machado.

Segundo ele, a nova loja recebe cerca de 25 pessoas por dia e 80 ligações de interessados. Na média, diz Machado, o desconto está sendo de 10% nos carros 1.0 e de 7% nos carros 2.0.

A Itavema, concessionária da Fiat em Botafogo, passou a aplicar os descontos na mesma faixa. O Uno Mille 1.0, que estava sendo vendido a R$ 23.650, passou a R$ 21.360 (9,6% de redução); o Palio Sport 1.6, de R$ 41.310 caiu para R$ 38.410 (7%), e o Bravo 1.8 passou de R$ 66.830 para R$ 62.140 (7%) — todos completos com acessórios.

— O mercado estava precisando deste incentivo, mas a movimentação ainda está fraca. No ano passado, a procura foi bem maior quando houve redução. O primeiro impacto grande deve ser registrado no fim de semana — disse o gerente de Vendas, Fábio André.

Na Ford Besouro, da Praça da República, o desconto será garantido aos que fizerem a compra a partir de hoje, mas as faturas serão emitidas assim que houver uma nova tabela, disse uma funcionária. De acordo com ela, a loja aguarda decisão da diretoria da empresa, que estava reunida para tratar do assunto.

Repasse decepciona consumidor em busca de utilitário

O administrador de empresas Luiz Domingos foi à concessionária Barrafor, da Rua Campos Sales, na Tijuca, para pesquisar quanto custa o carro que pretende comprar para a mulher. O modelo escolhido, Ford Ecosport, está na categoria que receberá desconto menor do imposto.

— Achei que a redução seria maior, mas faz sentido que os carros menores tenham mais incentivos. Para quem vai comprar um carro maior, geralmente, faz pouca diferença um desconto como esse, mas eu estou contando até os centavos — brincou ele.

Domingos, que pretende comprar um carro à vista, disse que os preços estavam na faixa de R$ 59 mil. Com a queda do imposto, achou o modelo que procurava por R$ 55 mil (6,7%).

Na Citroen do Grajaú, vendedores afirmaram que já estão aplicando o desconto, mas ainda aguardam a nova tabela oficial e não deram detalhes dos valores.

Outra que apesar de não ter recebido a tabela já indicava novos valores foi a Simcauto, concessionária da Chevrolet em Botafogo, onde os repasses ao consumidor ficaram em torno de 5%. O Celta 1.0 com ar-condicionado, antes vendido por R$ 25.990, passou para R$ 24.800 (4,5%); o Cobalt 1.4, que custava R$ 47.380 caiu para R$ 45.000 (5%) e o Cruze Sedan LT 1.8, de R$ 71.900 saía por R$ 68.000 (5,4%).

— Em dias normais, segundo funcionários, a loja recebe cerca de 50 pessoas e fecha em torno de cinco vendas. Desde segunda-feira, quando foi anunciado o pacote, se vendemos dois carros foi muito. As pessoas estão cautelosas — disse um vendedor.

Na Distac de Laranjeiras (Volkswagen), funcionários informaram que não estão sendo fechadas vendas hoje. Os vendedores foram orientados a anotar os telefones dos interessados para entrar em contato quando os novos preços estiverem disponíveis. Os carros do showroom ainda exibiam os valores pré-redução do IPI: o Gol Ecomotion 1.0 por R$ 29.770, Saveiro Cross 1.6 a R$ 49.200 e o Tiguan 2.0 por R$ 95.000.

O Globo