Arquivo da tag: desaba

Prédio de cinco andares em construção desaba, em João Pessoa

Um prédio de cinco andares, que estava em construção no bairro da Torre, em João Pessoa, desabou na noite desta quarta-feira (10). De acordo com o Corpo de Bombeiros, carros com até 50 metros de distância do local foram atingidos por pedras.

A obra é o anexo de um hospital particular que fica ao lado da construção. Uma imagem de câmera de segurança registrou o momento do desabamento, quando muita fumaça se espalhou pela rua. Algumas casas foram atingidas por pequenos entulhos do prédio.

A Defesa Civil interditou a área para que uma perícia seja realizada e determine as causas do desabamento. Pessoas que estavam perto do local sentiram um tremor no momento do desabamento. Ninguém ficou ferido.

Foto: Antônio Vieira/TV Cabo Branco

G1

 

Portal de Belém-PB não resiste a ventania e desaba

Não completou o primeiro aniversário um dos portais de entrada do Município de Belém (PB). A obra inaugurada no dia 08 de dezembro de 2016, durante as comemorações de Nossa Senhora da Conceição, padroeira do Município, desabou na manhã desta terça-feira (04).

Ventos fortes foram registrados nas últimas horas em Belém. Ouvintes da Rádio Rua Nova 87,9 FM relataram a queda de duas árvores no Município. Internautas manisfestaram indignação e cobraram uma posição da empresa responsável pela execução da obra.

O portal que caiu ficava em Rua Nova e, apesar de ter caído na pista, não atingiu nenhum veículo e nenhuma pessoa.

A hipótese de remoção do segundo portal, no sentido de Caiçara, ganha força entre os belenenses. Imagens divulgadas nas redes sociais mostram que a estrutura de alumínio já está comprometida.

O Centro Visual para Avisos de Eventos Meteorológicos Severos para o Sul da América do Sul (Alert-AS), fez alertas de ventos costeiros fortes entre as 11h desta segunda-feira (3) e as 23h59 desta terça-feira (4) para as regiões do Litoral, Mata paraibana, Cariri, Brejo, Agreste e Seridó.

 

Rafael San 

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Silo carregado de trigo desaba e mata quatro vacas em moinho de Cabedelo

siloUm silo desabou, na tarde desta quinta-feira (22), em Cabedelo, região metropolitana de João Pessoa.

De acordo com informações da Companhia Docas da Paraíba, o silo estava abastecido com trigo pertencente ao Moinho Tambaú.

Não houve vítimas e nem feridos. No entanto, quatro vacas que pastavam no local foram atingidas por parte da estrutura do silo e soterradas pelo cereal.

Os animais foram aproveitados pelos populares que moram próximos ao moinho.

Recentemente um homem morreu após fazer manutenção em um dos silos.

paraiba.com.br

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Camarote de Wesley Safadão desaba e deixa feridos

camaroteA estrutura do camarote e parte do palco que receberia um show do cantor Wesley Safadão, na noite desta segunda-feira (7), desabaram por volta das 22h30, no Parque de Exposições JK, em Sete Lagoas, na região metropolitana de Belo Horizonte, após forte chuva. Segundo o Corpo de Bombeiros, oito pessoas ficaram feridas.

Após o incidente, o show – que ainda não havia começado – foi cancelado. Bombeiros, equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e da Polícia Militar (PM) atuaram no socorro às vítimas, que foram levadas para o Hospital Municipal de Sete Lagoas. De acordo com o Corpo de Bombeiros, a situação está controlada e uma nova data para o show será agendada com a assessoria do cantor.

De acordo com relatos de leitores de O Tempo, que estavam no local no momento do acidente, o desabamento só não fez mais vítimas porque, no momento em que ocorreu, a entrada do público ainda não havia sido liberada.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

O leitor Renato Costa relatou que o desespero tomou conta das pessoas que estavam no local. “Foi uma loucura, pessoas correndo procurando lugar para ficar. Raio caindo sem parar, estrutura voando… A tragédia ia ser maior se o show tivesse começado”, contou.

O Tempo

Caminhão com entulhos bate em muro, que desaba e mata uma mulher na Paraíba

Reprodução/Catolé News
Reprodução/Catolé News

Um caminhão que retirava entulhos de uma escola pública da cidade de Catolé do Rocha, a 411 km de João Pessoa, colidiu em uma parede e os destroços caíram sobre uma senhora de 46 anos que estava na calçada do local, na manhã desta segunda-feira (3). Ela teve ferimentos graves, foi socorrida, mas não resistiu e morreu.

De acordo com testemunhas, a vítima conversava com outra pessoa na calçada em frente ao Colégio Estadual Obdúlia Dantas, no Centro de Catolé, quando o veículo saiu da escola, carregado com entulhos, e bateu no muro. A parede desabou sobre a senhora, que foi soterrada pelos escombros.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O Corpo de Bombeiros e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência foram acionados, fizeram o resgate e o socorro da vítima e a levaram para o Hospital Regional Doutor Américo Maia de Vasconcelos, mas ela não resistiu aos ferimentos e morreu.

O colégio passa por demolição, supervisionada pela Suplan – Superintendência de Obras do Plano de Desenvolvimento do Estado, e executada pela Projeta Premoldados Engenharia LTDA. O caminhão que bateu no muro pertence à empresa GL Construções e foi locado pela Projeta.

De acordo com a Projeta, todas as providências estão sendo tomadas para garantir assistência à família da vítima, bem como as responsabilidades do acidente. Testemunhas denunciaram que o local não continha nenhuma sinalização ou interdições indicando que o espaço passa por obras, mas a Projeta não se pronunciou sobre essa situação e reforçou que o caminhão locado pertence a outra empresa.

 

portalcorreio

Parte de uma das torres do Moinho Motrisa desaba em Maceió

Parte do Moinho Motrisa desaba em Maceió. (Foto: Carolina Sanches/G1)Parte do Moinho Motrisa desaba em Maceió. (Foto: Carolina Sanches/G1)

Parte de uma das torres do Moinho Motrisa, uma fábrica de alimentos localizada na Avenida Comendador Leão, no bairro do Poço, desabou na tarde desta segunda-feira (7). De acordo com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), pelo menos 20 pessoas ficaram feridas e há suspeita que outras pessoas estejam soterradas. Ainda não se sabe o que provocou o acidente e não há informação sobre mortos. A área foi isolada pelas equipes de resgate devido ao risco de novos desabamentos.

Todo o trigo que estava armazenado na torre ficou espalhado na via. Carros também foram soterrados pelo produto. Equipes de resgate trabalham na remoção dos feridos. Uma casa que fica próximo ao moinho e que foi atingida pelo impacto do acidente também desabou. Não havia ninguém dentro do imóvel.

O Corpo de Bombeiros também foi acionado e encaminhou oito viaturas ao local. Já o Samu mandou nove viaturas e duas motos para prestar socorro aos feridos. Diante da gravidade do acidente, viaturas reservas também foram encaminhadas ao local. “Quem estava a pelo menos 500 metros do local sofreu com o impacto do acidente”, disse o supervisor do Samu, Rodrigo Elisário. O Batalhão de Operações Especiais (Bope) auxilia na busca de vítimas com apoio de um cão farejador.

Localização

  • Fábrica fica no bairro do Poço

Até o momento, foram resgatados dois feridos. Um homem e uma criança que estavam parcialmente soterradas e não tiveram a identidade revelada. O adulto, que estava em situação mais grave, foi encaminhado ao Hospital Geral do Estado (HGE).

Moradores da região que presenciaram o acidente contaram à reportagem que a estrutura do prédio não passava por manutenção regular. O G1 entrou em contato com a empresa, mas devido à urgência em socorrer os feridos, nenhum representante pode se pronunciar.

O coordenador da Defesa Civil de Maceió, Dinário Lemos, afirmou que não havia irregularidades quanto à fiscalização do prédio. “Toda a documentação do moinho estava regularizada, também não recebemos nenhuma reclamação ou denúncia que apontasse o contrário”.

Pelo menos cinco viaturas da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) foram acionadas para controlar o trânsito na região e desviar o tráfego. Duas máquinas retroescavadeiras e um caminhão caçamba trabalham na remoção do produto espalhado na via.

Muito trigo está espalhado no local do desabamento. (Foto: Carolina Sanches/G1)Muito trigo está espalhado no local do desabamento. (Foto: Carolina Sanches/G1)

 

Equipes de resgates estão no local para tentar localizar vidas. (Foto: Carolina Sanches/G1)Equipes de resgate estão no local para tentar resgatar feridos. (Foto: Carolina Sanches/G1)
Muitos populares etsão no local do desabamento. (Foto: Carolina Sanches/G1)Muitos pessoas se aglomeraram no local para acompanhar trabalho de resgate. (Foto: Carolina Sanches/G1)

 

Equipes de resgate estão no local. (Foto: Carolina Sanches/G1)
Equipes de resgate estão no local. (Foto: Carolina Sanches/G1)
Carolina Sanches e Roberta Cólen

Teto de igreja desaba e deixa pelo menos 10 pessoas feridas em João Pessoa

Emerson Machado
Emerson Machado

Pelo menos 10 pessoas ficaram feridas por volta das 21h, desta quinta-feira (18), no Bairro das Indústrias em João Pessoa, após o desabamento do teto de uma igreja. Todas as vítimas foram socorridas para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena.

O episódio foi registrado na Igreja Adventista do Sétimo Dia, que teve o local isolado após o incidente.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Ainda não foi confirmada a causa do desabamento

As vítimas, encaminhadas ao HETSHL, foram socorridas por viaturas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e passam por avaliação médica no atendimento emergencial na unidade de saúde. O serviço de assistência social do hospital garantiu que todos estão em estado regular.

 

 

Por Pollyana Sorrentino

Prédio desaba e trabalhador fica ferido em Campina Grande, na PB

Um prédio desabou na manhã desta sexta-feira (28) no Centro de Campina Grande, no Agreste da Paraíba. De acordo com o 2º Batalhão de Bombeiro Militar (2ºBBM), o prédio comercial tinha dois andares e estava fechado. Um homem que trabalhava em uma construção ao lado do prédio ficou ferido.

O pequeno prédio ficava ao lado de uma construção de outro prédio maior. Segundo a Defesa Civil, uma escavação irregular feita no terreno dessa construção teria provocado o acidente. O local foi isolado, a obra foi embargada, e um laudo apontando as causas do desabamento foi elaborado.

O prédio vizinho pertence a uma construtora, que foi notificada para apresentar esclarecimentos da obra na Secretaria de Obras do município em 72 horas. Segundo o coordenador da Defesa Civil, Hugo Pires, a escavação não respeitava as exigências do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (Crea). “A construtora já se comprometeu em reconstruir o prédio comercial que desabou em função da escavação irregular”, concluiu.

Um operário que trabalhava na construtora ficou ferido, foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para o Hospital de Trauma de Campina Grande.O desabamento aconteceu às 11h40 na rua Vidal de Negreiros. O prédio vizinho, da construtora, também teve a estrutura comprometida.

G1

Telhado de residência desaba e cai e cima de idoso na cidade de Catolé do Rocha

Parte do telhado de uma residência, localizada a Rua Elpídio Soares, no bairro da Várzea, em Catolé do Rocha (PB) desabou durante a noite da quinta-feira (13), quando o morador da casa dormia.

O sinistro aconteceu por volta das 23h30, quando o senhor Antônio Pereira de Sousa, 80 anos, acordou debaixo dos escombros do telhado que desabou em cima da cama.

Segundo informações de testemunhas que ajudaram a socorrer a vítima, a primeira coisa a fazer foi retirar-lo debaixo dos escombros e em seguida acionar o SAMU que compareceu e concluiu o socorro ao idoso, que foi levado para o Hospital Dr. Américo Maia.

Paraíba.com.br

Parte de hospital desaba e idoso fica ferido em Pedras de Fogo

A parte frontal do Hospital Distrital do município de Pedras de Fogo, localizado a 54 KM de João Pessoa, desabou no final da tarde desta segunda-feira (2), com as fortes chuvas. Um idoso ficou ferido.

De acordo com o médico Isacar Davi Gade, o aposentado Ciro Fernando de Sousa, 60 anos, natural da cidade de Juripiranga, estava em frente do hospital esperando um paciente quando a parede caiu.

O homem foi atingido violentamente por tijolos e concretos tendo fraturas expostas no joelho. Um carro foi danificado.

Ciro Fernando recebeu atendimento médico e foi encaminhado por uma ambulância do SAMU para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa.

Segundo o Isacar Davi, uma entrada da unidade hospitalar foi interditada, mas os atendimentos não foram prejudicados.

Hyldo Pereira