Arquivo da tag: Deputado

Deputado da Paraíba quer que governadores ‘tragam votos’ pra aprovar reforma da Previdência

O deputado federal paraibano, Aguinaldo Ribeiro, defende que os governadores levem votos para possibilitar a aprovação da reforma da previdência. Ele, que é líder da maioria na Câmara Federal, está reunido com o presidente Rodrigo Maia, o relator da reforma da Previdência, Samuel Moreira (PSDB-SP), com o secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, e outros líderes de partidos.
Eles discutem os termos finais do relatório que deverá apresentar nesta semana. Integrantes da base do governo – PSL e Novo – não participam do encontro.

De acordo com Aguinaldo Ribeiro, a reunião foi marcada para avançar na discussão do parecer para que, quando ele for apresentado formalmente, haja maior anuência dos congressistas, o que pode agilizar a votação da proposta na comissão especial.

“Acredito que o relator já tenha avançado bastante com relação ao tema e nós temos condições de conversar com ele para garantir a maioria dos 308 votos”, afirmou o líder do PSDB, Carlos Sampaio (SP).

Segundo os líderes, a apresentação formal do relatório deve ficar apenas para terça-feira, após a reunião dos governadores, marcada para o mesmo dia em Brasília. “A apresentação só deve ser feita depois da conversa com os governadores. Foi isso que os governadores pediram à comissão e ao relator Samuel Moreira”, afirmou o vice-presidente da comissão especial da reforma, deputado Sílvio Costa Filho (PRB-PE), que também participou do encontro.

A maior parte dos governadores é favorável à manutenção dos Estados e municípios na reforma da Previdência, mas alguns deputados defendem a retirada dos entes federativos por considerarem que, ao votar favoravelmente à reforma, podem se desgastar com suas bases locais.

Aguinaldo, no entanto, cobrou maior compromisso dos governadores com a proposta do governo federal. “É uma incoerência o governador sinalizar o apoio à reforma e sua base votar contra. Isso é inexplicável do ponto de vista da coerência. O que estamos esperando é que os governadores possam, da mesma forma que estão externando apoio à reforma, possam traduzir isso em votos”, disse.

Já o líder do PL (ex-PR), Wellington Roberto (PB), argumentou que as assembleias legislativas devem ficar com o papel de aprovar regras para as previdências estaduais junto aos governos de casa Estado. “Todo mundo tem de ter o ônus e o bônus. Vamos aguardar”, disse.

Dentre os pontos de maior divergência estão as regras de transição para servidores públicos e pensionistas do INSS e a capitalização. Aguinaldo destacou ainda que outros pontos que devem ser discutidos pelos parlamentares até não representam impacto fiscal na economia prevista, mas tem repercussão nas bases dos deputados e por isso são alvo de questionamentos.

Segundo Aguinaldo, o momento de votação da reforma da Previdência pelo plenário da Câmara será definido pelo governo. “É o governo que tem que dizer que tem o número de votos e viabilizar a votação. O que define esse momento é a quantidade de votos”, disse. O deputado, no entanto, afirmou que a contagem do apoio será feita de forma mais efetiva após a apresentação do relatório.

 

clickpb

 

 

Deputado Chió condena licenciamento recorde de novos agrotóxicos e propõe leis de proteção ao meio ambiente 

Em demonstração prática do quanto cada brasileiro consome de agroquímicos, por ano, através de alimentos, o deputado Estadual Chió (REDE) realizou duro pronunciamento na Assembleia Legislativa, sobre a atual política de liberação de agrotóxicos no país, propondo leis para disciplinar a aplicação em território paraibano.

“O brasileiro ingere, por ano, 7,3 litros de agroquímicos através dos alimentos. O Brasil é o maior consumidor de agrotóxico do mundo. Diversos problemas de saúde, sejam neurológicos, motores e mentais, estão diretamente associados ao consumo de agrotóxicos, além de vários tipos de câncer”, explicou o Chió.

O parlamentar criticou a liberação em larga escala de agroquímicos no país, sobretudo, pelo impacto ambiental. “Em menos de seis meses de gestão, o Ministério da Agricultura e o Governo Federal já liberaram 166 tipos de agroquímicos. Um movimento oposto ao que acontece em todo o mundo, quando países buscam eliminar completamente o uso deste recurso”, ponderou Chió.

Meio Ambiente   

O parlamentar alertou o fato de que os agrotóxicos representam a segunda maior causa de contaminação de rios no Brasil. “Além de alcançar nossos lençois subterrâneos, a aplicação desenfreada de agroquímicos é responsável pela matança de diversas espécies da nossa fauna e flora, pela infertilização do solo e intoxicação do ar”, completou Chió.

Contribuição Parlamentar

Na tribuna, o deputado relacionou Projetos de Lei pela preservação do meio ambiente e controle do uso de agroquímicos em território paraibano. “Estamos propondo uma proibição à pulverização aérea de agrotóxicos e químicos em geral em todo o estado. Estamos propondo também, a obrigação da procedência legal da madeira nativa utilizada em obras, serviços e aquisições da administração pública Estadual, além da proibição da distribuição gratuita de sacos plásticos descartáveis em supermercados, entre outros projetos”, destacou o parlamentar.

Fonte: Ascom Deputado Estadual Chió (REDE) 

 

 

Deputado Chió reivindica instalação de câmeras de segurança no Brejo, Curimataú e Seridó

O deputado Estadual Chió (REDE) reivindicou a ampliação do Sistema de Monitoramento de Segurança do Estado, com a instalação de câmeras de segurança nas regiões do Brejo, Curimataú e Seridó.

De acordo com o parlamentar, recentemente o governador João Azevedo (PSB) anunciou a instalação de 1.500 câmeras de segurança, através de um Sistema de Monitoramento com Centros Integrados de Comando e Controle (CICC), junto a Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros, nas cidades de João Pessoa, Campina Grande e Patos.

“Através de requerimento, solicitei ao Estado que essas câmeras de segurança chegassem também ao Brejo, Curimataú e Seridó. Que o monitorando eletrônico e todo esse trabalho de inteligência contemplasse de Picuí a Juarez Távora, de Lagoa Seca a Bananeiras, tanto nas entradas, saídas, e dentro dos Municípios”, solicitou Chió.

O deputado destacou ainda, a necessidade de um monitoramento eletrônico na PB 079, PB 105 e BR 104. “O governo anunciou tecnologia de última geração para monitoramento em longo alcance. Esse recurso contra o crime precisa chegar o mais rápido possível a toda Paraíba”, completou o deputado.

Fonte: Ascom Dep. Estadual Chió (REDE)

 

 

Deputado Tião Gomes apresenta Voto de Aplauso na ALPB pelos 173 do município de Areia

O deputado estadual Tião Gomes (Avante), apresentou Moção de Aplausos à cidade de Areia, no Brejo paraibano, pelo aniversário de 173 anos de emancipação política, que serão comemorados neste sábado, 18 de maio.

Principal município do Brejo Paraibano, Areia surgiu como povoado em 1625. É a cidade natal do pintor Pedro Américo, do escritor José Américo de Almeida e do Padre Azevedo, inventor da máquina de escrever. Fica a 120 quilômetros da Capital, João Pessoa. Com cerca de 30 mil habitantes é uma pacata cidade do interior e possui vários prédios tombados pelo patrimônio histórico.

Foi na cidade de Areia onde Tião Gomes começou a vida política. Mudou-se para lá aos 18 anos de idade e cursou Engenharia Agrônoma na Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Em 1982, foi eleito prefeito do município, e em 1990 elegeu-se deputado estadual pela primeira vez. Desde então, o deputado que já está em seu oitavo mandato vem sendo majoritário na cidade e luta para atender os pleitos da população areiense.

Em sua justificativa, Tião Gomes lembrou um pouco da história do município, ao destacar que em 1648, a expedição em busca de recursos minerais de Elias Herckmans, então governador holandês da Paraíba, percorreu a mando de João Maurício de Nassau a região onde hoje se assenta a cidade de Areia. Depois de certo tempo, em meados do século XVII, desbravadores portugueses percorreram a região, dentre eles Pedro Bruxaxá, que teria se fixado no local à margem do cruzamento de estradas que eram caminho obrigatório de boiadeiros e comboieiros dos sertões com destino à cidade de Mamanguape e à Capital. Dada a amizade que fez com os nativos, ali construiu um curral e uma hospedaria conhecida como “Pouso do Bruxaxá”. A região foi por muitos anos denominada “Sertão de Bruxaxá”.

Com o tempo, entretanto, devido a um riacho que possuía bancos de areia muito brancas, o povoado passou a ser chamado de Brejo d’Areia, já que o lugarejo fica na Microrregião do Brejo Paraibano, região da Paraíba não muito longe do litoral, que recebe os úmidos ventos alísios vindos do Atlântico e possui uma cobertura vegetal de floresta atlântica, hoje em dia reduzida a manchas. Por isso, também chamada de Zona da Mata. O povoado foi elevado à categoria de vila em 30 de agosto de 1818 e, em 18 de maio de 1846, tornou-se cidade.

Com o desenvolvimento da lavoura canavieira na Região do Brejo, no século XIX, a cidade de Areia tornou-se o maior município da região, mas tal proeminência econômica começou desde o século anterior, XVIII, com a precedente lavoura do algodão. A campanha abolicionista no município teve a liderança de Manuel da Silva e Rodolfo Pires, e a cidade libertou o último escravo pouco antes da Abolição da Escravatura em todo o país, no dia 3 de maio de 1888.

Areia participou ativamente das Revoluções do século XIX, tais como a Revolução Pernambucana, em 1817, a Confederação do Equador, em 1824 e a revolta do Quebra-Quilos, em 1873. Areia foi a principal civilização do Alto Brejo paraibano durante o século XIX, final do século XVIII e início do século XX a tal ponto de ter tido o primeiro teatro e a primeira faculdade do Estado, isso atesta um padrão interessante na história de Areia. Hoje, Areia se destaca pelo turismo e pela produção de cachaça, registrando mais de 100 engenhos situados na cidade, umas das fontes da economia do município, sendo também muito rica na produção cultural.

“Por esses e outros motivos, e em nome do povo paraibano e especialmente da população da minha querida Areia, berço de José Américo, justifico meu voto de aplauso”, disse Tião Gomes.

 

 

portaldolitoralpb

 

 

Deputado Chió lança circuito de corridas “Amo Viver,” em Picuí

O Deputado Estadual Chió (REDE) lança no próximo sábado (18), na cidade de Picuí o circuito de corridas Amo Viver, uma ação parlamentar do seu mandato, que percorrerá, só em 2019, dez cidades.

É objetivo do projeto elevar a autoestima dos paraibanos, potencializando a conscientização sobre o combate às drogas. Além de focar na prevenção em saúde, alertando sobre os riscos do sedentarismo, o circuito quer mostrar na prática, como a atividade física regular é uma importante alternativa para curar os males da mente, seja depressão ou ansiedade.

“Em todas as cidades, em todas as edições teremos o testemunho de pessoas que, através da corrida, livraram-se de vícios, depressões e ansiedades. O que mais desejamos com o circuito é deixar um legado nas cidades, para que as pessoas coloquem a corrida em suas rotinas, com o poder público incentivando sempre”, explicou Chió.

Em Picuí a corrida será noturna e acontece no próximo sábado, 18 de Maio, a partir das 19h, em um percurso de cinco quilômetros. As cidades de Baraúna, Barra de Santa Rosa, Solânea, Pilões, Areia, Alagoa Grande, Esperança, Arara, e Alagoa Nova, também receberão o circuito em 2019.

Função social  

As inscrições são efetivadas com a doação de 2 kg de alimentos, para moradores da cidade. Para visitantes, o valor de R$ 25 reais será revertido para instituições sociais das regiões do Brejo, Curimataú e Seridó. Em Picuí, os alimentos arrecadados serão doados ao Banco de Alimentos do Município e o valor social levantado será doado à ONG Baraúna, que há 14 anos incentiva o desenvolvimento de crianças e adolescentes no Curimataú, e no momento, passa por sérias dificuldades.

Premiação

Além de medalhas e troféus, todas as pessoas que disputam cada etapa do circuito concorrem ao sorteio de duas passagens para correr na São Silvestre, em São Paulo, no final do ano. O regulamento completo está disponível no site www.voxpodium.com.br/regulamento, outras informações podem ser acompanhadas através do perfil oficial do circuito no Instagram: @circuito_amo_viver.

Fonte: Ascom Dep. Estadual Chió (REDE)    

 

 

“Prejuízos devastadores à ciência, economia e soberania nacional”, alertou o deputado Chió, sobre cortes na educação

Ao participar das manifestações de rua nesta quarta-feira, 15 de Maio, e de uma audiência pública, em João Pessoa, contra os cortes na educação, o deputado Estadual Chió (REDE) defendeu o envolvimento de todos os setores da sociedade, pela garantia do funcionamento das universidades públicas.

“O que está acontecendo é devastador. Além de afetar diretamente os estudantes, os professores, a pesquisa e a extensão, os prejuízos são imensos para a soberania nacional e para a economia de cidades que se desenvolveram com a chegada e o funcionamento das universidades, como por exemplo, Bananeiras, Cuité, Picuí, Pombal, Patos, entre outras”, alertou Chió (REDE).

De acordo com o parlamentar, as ruas deram um recado e a Assembleia Legislativa, através da Mesa Diretora se mobilizou e já viabiliza uma agenda com toda bancada Federal, para que as vozes de estudantes e professores das universidades e institutos federais paraibanos, ecoem em Brasília.

“Educação, assim como gestão pública, não é para qualquer um. Os impactos dessa visão equivocada de gestão, junto à educação, são incalculáveis. O Brasil precisa aumentar os investimentos públicos para que as instituições de ensino possam receber cada vez mais alunos advindos, em sua maioria, de famílias que dependem do salário mínimo para viver”, completou Chió.

Frente Parlamentar

Nesta semana, o deputado Chió (REDE), que é vice-presidente da Comissão de Educação, Cultura e Desportos da Assembleia Legislativa aprovou o Requerimento Nº 1.467/2019 para a constituição de uma Frente Parlamentar pelo Fortalecimento da UEPB, com o objetivo de discutir, propor e acompanhar ações relacionadas ao fortalecimento da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB).

 

Fonte: Ascom Dep. Estadual Chió (REDE) 

 

 

Deputado alerta autoridades sobre suposto golpe de ONG no interior da PB

O deputado Buba Germano fez um sério alerta, esta semana, às autoridades de fiscalização e vigilância da Paraíba. De acordo com o parlamentar, uma Organização Não Governamental (ONG) estaria se infiltrando em cidades do interior do estado sob o argumento de realizar consultas oftalmológicas e vender óculos, tudo abaixo do preço de mercado. Além do deputado, várias pessoas estão denunciando a ONG Boia Visão, nos meios de comunicação das cidades por onde ela está passando.

Conforme Buba Germano, a organização ficou por vários dias no município de Picuí com profissionais realizando consultas em “um barraco”. Ele acrescentou, ainda, que a Receita Municipal apreendeu vários óculos porque o produto estava sem nota fiscal.

“Existe uma ONG que está por aí nos municípios paraibanos convencendo os secretários de saúde para fazer oftalmologia como ação social, mas é uma ação comercial. Estão fazendo as consultas e ao lado deles está um barraco com ótica do estado de Goiás em uma atividade comercial para vender os óculos. Chamo atenção porque a Receita Municipal apreendeu os óculos porque não tem nota fiscal e é uma concorrência desleal. É um alerta para as autoridades que tratam disso”, discursou Buba na Assembleia Legislativa.

Cidadãos denunciam

Nas redes sociais e em emissoras de rádio de várias regiões, populares estão denunciando a ONG. Em uma das denúncias, o cidadão informa que a organização não tem registro para oferecer tratamento de saúde ocular, o que coloca em risco as pessoas atendidas.

O outro lado

O representante da ONG, que se identificou como André, gravou um vídeo que circula nas redes sociais negando que a organização esteja dando calote nos pacientes. Na gravação, ele tranquiliza as pessoas que já foram atendidas e diz que tudo não passa de insatisfação da concorrência. A resposta dele, no entanto, é pontualmente se referindo ao município de Itabaiana, por onde também já passou.

“Estou aqui para esclarecer esses comentários a respeito do nosso atendimento em parceria com a prefeitura, em Itabaiana. Não viemos dar calote em ninguém. Viemos fazer trabalho honesto pensando em beneficiar pessoas mais carentes. Nosso problema não foi denúncia que somos ladrão, pagamos o imposto do serviço prestado. Todo mundo que fez os óculos, vai dar tudo certo, vocês vão receber de maneira combinada”, explicou.

Redação FN

 

 

Deputado Chió (REDE) repudia cortes em universidades e desmonte do “Mais Médicos”

O deputado Estadual Chió (REDE) não economizou o tom do discurso ao utilizar a tribuna da Assembleia Legislativa da Paraíba, durante o pequeno expediente, nesta terça-feira, 07 de Maio, repudiando os severos cortes nas universidades públicas, especialmente, no tocante ao que atinge à Universidade Federal da Paraíba.

“Só no Ensino Superior são R$ 2,2 bilhões de cortes e o pretexto do Governo Federal é que esses recursos serão destinados à Educação Básica. No entanto, só na Educação Básica são mais R$ 2,4 bilhões de cortes. O momento é de luta, de mobilização. A Assembleia Legislativa deve juntar-se e apoiar os movimentos estudantis, as Universidades e Institutos Federais, que já sofrem com péssimas condições e não resistirão aos novos cortes “, reivindicou Chió (REDE).

Contra cidadania à Bolsonaro

Chió desaprovou qualquer possibilidade da Assembleia Legislativa aprovar título de cidadania paraibana ao presidente Jair Bolsonaro (PSL), diante da tramitação de um projeto de lei na Casa. “Cidadania se concede a quem contribui, a quem soma para o desenvolvimento e qualidade de vida dos paraibanos. Não se pode conceder cidadania a quem corta da educação e da saúde dos paraibanos, a quem não se importa em deixar o nosso povo sem conhecimento e doente”, completou Chió.

O deputado reivindicou ainda, o desmonte do programa Mais Médicos no estado. “Só em João Pessoa são menos 48 médicos. Quem mais sofre com ausência desses profissionais são os mais humildes, os mais pobres. O que temos testemunhado todos os dias são questões ideológicas se sobrepondo a questões humanitárias e isso é absurdo”, concluiu Chió.

Fonte: Ascom Dep. Chió (REDE)

 

 

Deputado Chió (REDE) defende medidas para conclusão de Biblioteca em Picuí

No Dia Internacional do Livro, celebrado neste 23 de Abril, o deputado Estadual Chió (REDE) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa defendendo medidas para a conclusão da Biblioteca de Picuí, no Curimataú do estado.

“Coloco o nosso mandato como ponte de diálogo entre a Prefeitura e o Governo do Estado, para que burocracia nenhuma impeça os estudantes e o povo de Picuí de receberem conhecimento. Todo o Curimataú anseia pela inauguração dessa obra”, reivindicou Chió.

Na oportunidade, o parlamentar antecipou a realização de um Sessão Especial sobre Educação, já na próxima terça-feira (30), na Assembleia Legislativa, por iniciativa do seu gabinete. Além de vice-presidente da Comissão de Educação, Cultura e Desportos da Casa, a educação é uma das bandeiras de luta do mandato parlamentar de Chió.

“Próximo domingo, dia 28, é o Dia Internacional da Educação. Reitero a necessidade de incluirmos a pauta da educação como prioridade de nação, de Estado. Estou propondo uma Sessão Especial na Casa para discutir novas alternativas para a educação paraibana. São várias as cidades que tem apostado na educação como prioridade, essas experiências precisam ser compartilhadas”, antecipou Chió.

O parlamentar defendeu a implantação da Educação Emocional nas Escolas Estaduais, além do fortalecimento de atividades que beneficiem diretamente a Primeira Infância, com ações mais enérgicas voltadas ao desenvolvimento de crianças.

Fonte: Ascom Deputado Estadual Chió (REDE)

 

 

 

Deputado novato, Chió descarta se licenciar da ALPB

“Eu fui eleito para assumir a minha vaga aqui na Assembleia”. A declaração é do deputado estadual Chió, do Rede, ao descartar, durante entrevista á reportagem do PB Agora, nesta segunda-feira (15), a possibilidade de se licenciar do mandato para abrir vaga para suplentes de sua coligação na Casa.

Chió disse que está conversando com os suplentes, tanto Rafaela Camaraense, quanto com Raoni Mendes, mas não há acordo para fazer um rodízio com os suplentes.

“A gente conversa sempre. Na política quem não pensa no futuro não é político”, disse.

Em uma entrevista de quase três minutos, o parlamentar fala de sua prioridades e da decisão de permanecer no parlamento.

ASSISTA

PB Agora