Arquivo da tag: Deficiente

Goleiro se ajoelha para dar entrevista a repórter deficiente na Paraíba

Uma cena ocorrida no fim da partida entre Botafogo-PB e Campinense, pelo Campeonato Paraibano, comoveu as redes sociais devido a sensibilidade do goleiro Coradin, do Campinense, e o exemplo de força de vontade e amor a profissão do repórter da Rede Primeiro Minuto, Rogério Roque.

Em mais uma entrevista de fim de jogo, o goleiro se ajoelhou para ouvir a pergunta de Roque, que é deficiente físico e precisa de ajuda de muletas para se locomover. O fotógrafo Alênio Júnior registrou o momento.

“A atitude do goleiro do Campinense, o Coradin, me surpreendeu pelo fato de facilitar a entrevista. Até porque ele é um goleiro alto, e ele teve essa gentileza de se ajoelhar para poder facilitar a minha entrevista. Agradeço demais a ele por isso, por facilitar o meu trabalho. Eu enfrento esse problema, por questão do meu biotipo. E agradeço também a Alênio, pelo registro. Tudo começou com essa foto que ele fez. Eu não tinha percebido que ele tinha tirado essa foto, mas ganhou repercussão nas redes sociais. Algumas pessoas entraram em contato comigo, me parabenizando, parabenizando a atitude do goleiro e do próprio Alênio também”, comentou Rogério Roque.

O Campinense, time de Coradin, fez uma postagem no Instagram exaltando a atitude do goleiro. “Parabéns ao goleiro pela atitude, ao repórter pelo profissionalismo, e ao fotógrafo por esse belo registro, disse um trecho da mensagem”.

 

 

Gazeta Web

 

 

Deficiente físico é morto com golpes de vaso sanitário em Campina Grande

 (Foto: Ellen Maria/Polícia Civil da Paraíba)
(Foto: Ellen Maria/Polícia Civil da Paraíba)

Um deficiente físico de 50 anos foi morto após ser agredido com um vaso sanitário, no bairro Malvinas, em Campina Grande. A ocorrência foi registrada pelo Centro Integrado de Operações Policias (Ciop) na terça-feira (28). Ainda na terça, a Polícia Civil conseguiu prender o suspeito do crime. Por conta da deficiência, a vítima não teve como se defender das agressões.

Segundo informações repassadas pela Polícia Militar, a vítima estava bebendo na casa do suspeito quando eles tiveram um desentendimento e o agressor teria usado um vaso sanitário para esmagar a cabeça do homem.

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionada e  prestou socorro à vítima, mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu.

O suspeito do crime, de 30 anos, foi identificado e localizado pela Polícia Civil. O homem confessou o crime e disse que no momento das agressões estava embriagado. Segundo a Polícia Civil, ele informou que tinha uma rixa antiga com a vítima e que, além do vaso sanitário, usou pedaços de uma escada e uma pá para espancar o deficiente. Na casa do suspeito foi apreendida a camisa que ele vestia no momento do crime. Ele foi preso e enquadrado no crime de homicídio qualificado.

Outro homicídio registrado em Sumé
Outro homicídio semalhante foi registrado na cidade de Sumé, no Cariri paraibano, na madrugada desta quarta-feira (1º). Segudo informações repassadas pela Polícia Militar, a vítima foi cobrar um dívida à mulher do suspeito, quando os dois discutiram e ele acabou sofrendo agressões físicas.

A vítima ainda chegou a ser socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e foi levada para o Hospital Municipal de Sumé. O homem não resistiu aos ferimentos e morreu. O suspeito de cometer o crime fugiu do local.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Homem é preso suspeito de estuprar sobrinha deficiente mental, na PB

sireneUm agricultor foi preso, no início da tarde deste domingo (27), suspeito de estuprar a sobrinha. Segundo a Polícia Civil, o crime teria acontecido há pelo menos dois anos, na cidade de Pombal, Sertão paraibano, a 371 km de João Pessoa. O suspeito foi preso por força de um mandado judicial, na zona rural do município de São Francisco, situado na mesma região.

A polícia informou que o suspeito, que se recupera de uma tentativa de homicídio, não reagiu à abordagem. Dias atrás, um cunhado dele o esfaqueou durante uma briga. A discussão não teria relação com a violência sexual cometida contra a sobrinha do suspeito. A idade da vítima na época do crime não foi divulgada, mas a polícia informou que ela é deficiente mental.

O agricultor foi levado para a delegacia de Pombal e, em seguida, encaminhado para a Cadeia Pública da cidade.

portalcorreio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Mulher é acusada de matar filho deficiente afogado e tentado se matar em cisterna

CisternaNa manhã deste domingo (04), por volta das 07h, um jovem com necessidades especiais, de 21 anos de idade, morreu afogado dentro de uma cisterna localizada ao lado da casa onde ele morava, no sítio “Canta Galo”, em Massaranduba.

O rapaz, Rodrigo Pereira Brito de Araújo, foi jogado no reservatório pela própria mãe que em seguida se jogou na cisterna.

A filha dela, de 16 anos de idade, conseguiu retirar o irmão já sem vida.

A mulher, Ivonete Pereira da Silva, de 46, foi retirada por um vizinho.

Familiares disseram que ela desde ontem (sábado,03) “só falava em se matar”.
Em fevereiro ela ficou viúva, porém estava vivendo um relacionamento recente que acabou quinze dias atrás.

A partir daí Ivonete  vinha sofrendo de depressão.

Ela foi socorrida pelo SAMU para o Hospital de Trauma, em seguida foi presa pela PM, prestou depoimento na delegacia e vai ser transferida para o Presídio Feminino.

Do Blog de Renato Diniz

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Mãe abandona filha deficiente, sai para beber e formigas atacam a criança

criancaUma jovem de 25 anos está sendo investigada por maus-tratos contra a própria filha, de seis anos. A criança, que tem necessidades especiais, foi abandonada em casa pela mãe e acabou sendo atacada por formigas. De acordo com a Polícia Militar, Priscila Raquel de Moraes deixou a menor no imóvel para beber em um bar. O caso ocorreu na semana passada, em Cláudio, centro-oeste do Estado.

A denúncia recebida pelos militares informava que uma menina estaria chorando há horas dentro de uma casa no bairro Novo Mundo, na rua Colômbia. Estranhando o comportamento da criança, os vizinhos decidiram acionar a PM, que compareceu ao local. Eles conseguiram entrar por uma porta que estava destrancada e encontraram a garotinha deitada na cama, com marcas de vômito pelo lençol e no corpo.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Além disso, havia grande quantidade de formigas espalhadas pelo rosto, boca, ouvidos e nariz da menor. Diante dos fatos, os policiais lavaram o rosto da menina e a levaram para a Santa Casa da cidade.

Eles acionaram o Conselho Tutelar e, durante o registro da ocorrência, ficaram sabendo que a mãe dela estava em um bar da cidade. Priscila confirmou que havia deixado a filha sozinha em casa, mas alegou que havia sido por pouco tempo. Visivelmente embriagada, a mulher foi detida em flagrante por maus-tratos.

A menina permaneceu internada na Santa Casa, por apresentar sintomas como febre, tosse constante e desidratação. Priscila foi liberada ontem (24), de acordo com a Seds (Secretaria de Estado de Defesa Social).

180 Graus

 

Corpo de deficiente físico, desaparecido há 3 meses, é encontrado em matagal

desaparecidoO corpo de um homem, que estaria desaparecido desde o dia 12 de junho deste ano, foi encontrado no final da tarde desta segunda-feira (23), no município de Caiçara, localizado no Brejo da Paraíba.

A polícia investiga se o cadáver é do deficiente físico Josinaldo Cândido Inácio, que era conhecido como ‘Tanta’. No dia em que desapareceu, a vítima tinha ido pescar, no açude Riacho Preto, com um menor de 16 anos e o primo, identificado apenas como ‘Nildo’.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Ao retornar para casa, ‘Nildo’ teria comentado aos familiares e à Polícia que ‘Tanta’ decidiu seguir por outro caminho, com isso, teria desaparecido. Os restos mortais de Josinaldo foram encontrados em um matagal, por moradores da localidade conhecida como Sítio Logradouro. Ainda não se sabe o que teria provocado a morte dele.
Por Pollyana Sorrentino e Jaceline Marques

Polícia Militar prende deficiente visual por abuso sexual a neta de oito anos

plantão policialUm deficiente visual foi preso pela polícia Militar por abusar sexualmente a neta de oito na noite dessa segunda-feira (11), no bairro do Roger, em João Pessoa. De acordo com o sargento Valter, José Félix, 61 anos foi flagrado pela vizinha tentando violentar a criança.

“Uma vizinha entrou na casa do acusado e o viu acariciando a criança, tento beijar e tirar a roupa dela”, contou o sargento, que acrescentou que o idoso só não estuprou a vítima porque foi pego em flagrante pela vizinha.
Segundo a família da criança essa não é a primeira vez que o avô abusa da neta. José Felix chegou a dizer a polícia que agiu por impulso e que estava arrependido. A reportagem da TV Correio ele afirmou que o ato foi “uma fraqueza”.
De acordo com a polícia, a criança foi encaminhada para um hospital da cidade, onde recebeu atendimento médico.
Portalcorreio

“O objetivo não era matá-lo, mas deixá-lo infértil e deficiente”, diz assassino de modelo

“A princípio o objetivo não era matar o modelo, mas deixá-lo deficiente e infértil”. A revelação foi feita por Mateus Alves da Silva, participante da morte do modelo Dalmi Barbosa Filho, durante entrevista exclusiva ao repórter Emerson Machado, TV Correio. Após o assassinato, os executores foram à Praia do Seixas tomar cerveja.

Ana Paula concedeu entrevista, negou ser a mandante do crime e garantiu que não era homossexual.

De acordo com Mateus, a morte do jovem começou a ser planejada em agosto de 2012, quando Ana Paula – que à época mantinha um relacionamento com Dalmi – teve um desentendimento por motivo desconhecido.
Mateus detido na Central de PolíciaFoto: Mateus detido na Central de Polícia
Créditos: Emerson Machado

O acusado disse, durante entrevista de cerca de 10 minutos, que Ana Paula o procurou dizendo que tinha um ‘serviço’ para ele e isso quitaria o débito de R$ 400. Mateus teria contraído a dívida para pagamento de pensão alimentícia e de uma fatura do cartão de crédito. “Eu tenho uma filha fora do casamento e estava sendo pressionando para pagar a pensão da menina. Daí, peguei o dinheiro com ela, paguei a pensão e o restante comprei móveis”, disse.

Quarteto que mataram o modeloFoto: Quarteto que matou o modelo
Créditos: Montagem Portal Correio

Plano do crime

Dados sobre lugares que o jovem frequentava foram levantados e Ana Paula, de acordo com Mateus, começou a planejar o crime.

Segundo Mateus Alves, a ideia inicial de Ana Paula era surrá-lo, deixá-lo infértil e deficiente. “Ela não queria que o modelo morresse, logo no início. Apenas que ele fosse atingido por um tiro na perna e outro nos testículos, para ele não ter mais filho”.

Dois dias antes da morte de Dalmi Barbosa, Ana Paula teria feito uma reunião em um shopping da Capital e mostrado fotos do alvo. “A gente foi a um shopping no bairro dos Bancários e ela nos mostrou uma foto impressa do modelo e outras do Facebook”, comentou o acusado.

Execução

Após os criminosos saírem do shopping, eles foram até Santa Rita pôr em prática o plano. Porém, eles não encontram Dalmi. “Três dias antes da morte de Dalmi, isso uma quarta-feira, fomos lá em Santa Rita, andamos por várias ruas, mas não o encontramos. Na sexta-feira, voltamos em Santa Rita e nada. No sábado, fomos até a academia onde ele malhava e eu entrei no local e visualizei o rapaz”, disse.

Ainda durante a entrevista, Mateus Alves disse que ele e seu comparsa Júlio César ‘Adauto’ lancharam e ficaram por cerca de 40 minutos esperando que o jovem saísse da academia para, em seguida, assassiná-lo.  “Durante 40 minutos, eu e Adauto ficamos em uma lanchonete esperando pelo rapaz. Quando a gente o avistou, interceptamos e anunciamos o assalto. Em seguida, Adauto deu três tiros nele e saímos em alta velocidade”.

Após o assassinato, Mateus e Adauto deixaram o carro utilizado no crime que pertence a Ana Paula e foram para a praia dos Seixas, na Capital. “Eu e Adauto fomos tomar uma cerveja nos Seixas e ficamos por lá até tarde”.
Adauto é suspeito de ter atirado no modelo

Foto: Adauto é suspeito de ter atirado no modelo
Créditos: Emerson Machado

Hyldo Pereira

Portalcorreio

Homem que maltratava idosa e uma deficiente mental é preso no interior da Paraíba

Atendendo a um pedido do Ministério Público do Estado da Paraíba (MPPB), Ivanildo Pereira de Sousa, 53 anos, está cumprindo prisão preventiva na Cadeia Pública do Município de São João do Cariri (cidade do interior paraibano, de 4.344 habitantes e localizada a 216 quilômetros da capital, João Pessoa). Ivanildo é acusado de crimes de maus-tratos, abandono, exploração e apropriação indébita contra uma família composta por uma idosa, uma portadora de deficiência mental e um menor de idade.

O pedido de prisão preventiva partiu do promotor de Justiça José Bezerra Diniz, da Promotoria de São João do Cariri, depois que foi constatado que Ivanildo, na condição de procurador de duas das três vítimas, praticou vários ilícitos penais. “Ele, há mais de sete anos, gerenciava os recursos dessas pessoas indefesas e mantinha em seu poder as senhas bancárias das duas e outros dados. Ele ficava com todo o dinheiro, enquanto as duas e o menor viviam em condição de miséria”, relata o promotor José Diniz.

De acordo com as investigações, o acusado ficava de posse do benefício previdenciário de uma das vítimas e da aposentadoria de outra, cujos valores mensais somados ultrapassavam os R$ 5 mil. “Ele também contraiu empréstimos bancários em nome de uma das vítimas, chegando ao valor de R$ 23.700,00”, aponta José Diniz, adiantando que está encaminhando uma ação de cancelamento de empréstimo junto aos bancos. “E o acusado também terá que ressarcir todo o recurso que foi desviado dessa família”.

Enquanto o acusado ficava com os recursos, as três vítimas estavam vivendo sem alimentação adequada, vestuário, medicamentos e morando numa residência sem nenhuma estrutura e com aparência de abandono. “Ele submeteu essas pessoas a tratamento desumano e vil, deixando-as em estado de abandono”, lamenta o promotor de Justiça, informando que outra pessoa da comunidade, considerada idônea, já está responsável como nova procuradora da idosa e da portadora de deficiência mental.

As vítimas exploradas por Ivanildo Pereira de Sousa são a viúva aposentada Amélia Maria da Conceição Sousa, de 85 anos e com as duas pernas amputadas; sua filha Maria Rosemary de Sousa, de 36 anos e com deficiência mental; e o menor adolescente C.P.S.L., de 16 anos.

Assessoria do MPPB

Bandido finge ser deficiente físico e grupo assalta agência bancária em João Pessoa

Quatro homens assaltaram na manhã desta segunda-feira (17) uma agência bancária do Banco Itaú, no Centro, em João Pessoa, capital da Paraíba. Um dos bandidos fingiu ser deficiente físico para realizar o assalto.

Os assaltantes chegaram em duas motos e armados com pistolas 340. De acordo com o coronel Paulo Almeida do 1º Batalhão da Polícia Militar, os homens levaram dinheiro e um revólver do agente que fazia segurança do banco. O coronel afirmou que a tarde os técnicos da agência farão uma auditoria para saber qual o valor furtado.

Ainda segundo o coronel a ação dos bandidos foi facilitada devido a agência bancária não ter porta giratória, comum nos bancos.

“A agência não tinha porta giratória, se tivesse com certeza a ação teria sido dificultada, pois algum dos assaltantes teria sido barrado. Posso classificar a ação como uma ousadia dos bandidos”, disse o coronel Paulo Almeida.

A polícia militar faz diligência no local, mas até o momento nenhum dos homens foi capturado.

Greve

Os bancários de toda Paraíba entram em greve por tempo indeterminado a partir desta terça-feira (18). Por conta disso, as agências estão lotadas e foram abastecidas para não faltar dinheiro nos caixas eletrônicos.

Os bancários ficaram frustrados por não terem fechado um acordo com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). Eles pretendiam ter um aumento salarial de 0,7%.

portalcorreio