Arquivo da tag: declaram

Mais de 44 mil contribuintes na PB declaram o Imposto de Renda

imposto-de-rendaA Receita Federal divulgou um boletim na tarde desta segunda-feira (20) informando que já foram recebidas mais de 44 mil declarações do Imposto de Renda (IR) na Paraíba. O número representa 15,44% do total previsto, que é de 290 mil declarações até as 23h59 de 28 de abril de 2017.

O programa da Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda Pessoa Física foi liberado no dia 02 de março, completando 18 dias de liberação nesta segunda. Até as 17h, hora que o boletim foi emitido, 44.878 declarações de paraibanos já foram enviadas para os computadores da Receita Federal.

Os contribuintes que tiverem dúvidas na hora de realizar a declaração do IR, podem recorrer ao documento que a Receita elaborou onde responde a maioria das dúvidas do Imposto de Renda 2017.

Quem deve declarar
Devem declarar a renda pessoas que obtiveram rendimentos tributáveis igual ou maior que R$ 28.559,70 – o que refere-se a um salário mensal de R$ 2.196,90, contando com o 13º -; ou recebeu rendimentos isentos de tributos maiores a partir de R$ 40 mil (aplicação em poupança, por exemplo); investiu na bolsa de valores; ganhou dinheiro com alienação de bens ou direitos; obteve receita bruta de R$ 142.798,50 referente à atividade rural ou pretende compensar prejuízos de anos anteriores;

Quem teve, em 31 de dezembro, propriedade em seu nome de valor total ou superior a R$ 300 mil; passou a morar no Brasil em qualquer mês de 2016 e; quem optou por isenção do imposto de renda sobre ganho de capital na venda de imóveis residenciais onde o dinheiro foi aplicado na compra de outros imóveis no país num prazo de até 180 dias do fechamento do contrato de venda.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Mais de mil cidades declaram feriado no Dia da Consciência Negra

racismoNo Brasil, o Dia da Consciência Negra é comemorado no dia 20 de novembro, data da morte de Zumbi dos Palmares.A data foi incluída em 2003 no calendário escolar nacional. Contudo, somente a Lei 12.519 de 2011 instituiu oficialmente o Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra.

A data é feriado em mais de mil cidades brasileiras. A lista completa de 1.047 cidades brasileiras onde dia 20 de novembro é feriado oficial, com a respectiva lei que regulamenta a data, pode ser conferida em levantamento realizado pela Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir).

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A lista abaixo poderá ser atualizada a partir da publicação ou revogação dos decretos que determinam o feriado.

Acre: no Acre, o 20 de novembro não é feriado oficial em nenhum município.

Alagoas: de acordo com a Lei Estadual n° 5.724 de 1995, todos os municípios do estado de Alagoas têm feriado no Dia da Consciência Negra.

Amazonas: desde 2010, por força de uma lei estadual, o dia 20 de novembro passou a ser considerado feriado em todos os municípios do Amazonas. A capital Manaus também tem uma lei municipal que decreta 20 de novembro feriado do Dia da Consciência Negra.

Amapá: a Lei Estadual Nº 1169, de 2007, garantiu feriado oficial em 20 de novembro em todas as cidades do estado do Amapá.

Bahia: apenas três municípios baianos têm o Dia da Consciência Negra no calendário oficial de comemorações: Alagoinhas, Camaçari e Serrinha. Em todos eles, o feriado foi determinado por lei municipal.

Ceará: no estado do Ceará, o Dia da Consciência Negra não é feriado em nenhum município.

Distrito Federal: O DF não tem feriado para comemorar o Dia da Consciência Negra.

Espírito Santo: as cidades de Cariacica e Guarapari têm feriado oficial no dia 20 de novembro, por determinação de leis municipais.

Goiás: quatro cidades goianas celebram oficialmente o Dia da Consciência Negra em 20 de novembro: a capital Goiânia, Aparecida de Goiânia, Flores de Goiás e Santa Rita do Araguaia.

Maranhão: apenas o município de Pedreiras terá feriado no dia 20 de novembro, garantido por uma lei municipal de 2008.

Minas Gerais: 11 cidades mineiras têm feriado do Dia da Consciência Negra em 20 de novembro: Além de Paraiba, Belo Horizonte, Betim, Guarani, Ibiá, Jacutinga, Juiz De Fora, Montes Claros, Santos Dumont, Sapucai-Mirim e Uberaba.

Mato Grosso do Sul: só a cidade de Corumbá tem feriado oficial em 20 de novembro, por força de lei municipal de 2008.

Mato Grosso: uma lei de 2002 determina feriado do Dia da Consciência Negra em 20 de novembro em todos os municípios do estado.

Paraíba: o 20 de novembro é oficialmente feriado apenas na capital, João Pessoa.

Pará: não é feriado em 20 de novembro em nenhuma cidade do estado.

Paraná: só a cidade de Guarapuava tem feriado oficial no 20 de novembro. O feriado foi determinado por lei municipal de 2009.

Pernambuco: não é feriado em 20 de novembro em nenhuma cidade do estado.

Piauí: não é feriado em 20 de novembro em nenhuma cidade do estado.

Rio de Janeiro: lei estadual de 2002 garante o feriado do Dia da Consciência Negra em todos os municípios cariocas.

Rio Grande do Norte: não é feriado em 20 de novembro em nenhuma cidade do estado.

Rio Grande do Sul: desde 1987, uma lei estadual determina que o 20 de novembro é feriado em todos os municípios gaúchos.

Rondônia: não é feriado, em 20 de novembro, em nenhuma cidade do estado.

Roraima: em nenhuma cidade do estado será feriado no dia 20 de novembro.

Santa Catarina: Florianópolis

São Paulo: não há uma lei estadual que detemine o feriado de 20 de novembro no estado. Entretato, a data está no calendário oficial de 101 cidades por leis municipais, incluindo a capital São Paulo. São eles: Aguai, Aguas Da Prata, Aguas De Sao Pedro, Altinópolis, Americana, Americo Brasiliense, Amparo, Aparecida, Araçatuba, Aracoiaba da Serra, Araraquara, Araras, Atibaia, Bananal, Barretos, Barueri, Bofete, Borborema, Buritama, Cabreuva, Cajeira, Cajobi, Campinas, Campos do Jordão, Canas, Capivari, Caraguatatuba, Carapicuíba, Charqueada, Chavantes, Cordeirópolis, Cruz das Almas, Diadema, Embu, Embu Das Artes,Estância De Atibaia, Florida Paulista, Franca, Franco Da Rocha, Francisco Morato, Franco da Rocha, Getulina, Guaira, Guarujá, Guarulhos, Hortolândia, Ilhabela, Itanhaem, Itapecerica da Serra, Itapeva, Itapevi, Itararé, Itatiba, Itu, Ituverava, Jaguariuna, Jambeiro, Jandira, Jarinu, Jaú, Jundiaí, Juquitiba, Lajes,Leme, Limeira, Mauá, Mococa, Olímpia, Paraiso, Paulo de Faria, Pedreira, Pedro de Toledo, Pereira Barreto, Peruíbe, Piracicaba, Pirapora do Bom Jesus, Porto Feliz, Ribeirão Pires, Ribeirão Preto, Rincão, Rio Claro,  Rio Grande Da Serra,  Salesópolis, Salto, Santa Albertina, Santa Isabel, Santa Rosa de Viterbo, Santo André , Santos, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, São João Da Boa Vista, São Manuel, São Paulo, São Roque, São Vicente, Sete Barras, Sorocaba, Sumaré e Suzano.

Sergipe: não é feriado em nenhuma cidade do estado.

Tocantins: só o município de Porto Nacional tem, por lei municipal, feriado no 20 de novembro.

Não viu seu estado ou município na lista? Nos ajude a atualizá-la. Entre em contato por e-mail:  ascom@palmares.gov.br ou na nossa página no Facebook: Fundação Cultural Palmares.

Fonte:

Palmares Fundação Cultural

Veja candidatos que declaram mais e menos bens na Paraíba

O patrimônio pessoal dos 42 candidatos que disputam às prefeituras das 10 principais cidades da Paraíba apresenta uma enorme diferença. Levantamento do [B]G1[/B] com base nas declarações de bens que foram entregues à Justiça Eleitoral mostra que 10 candidatos milionários estão na disputa, mas por outro lado 11 candidatos que disseram não ter bens também registraram candidaturas…

O [B]G1 [/B]analisou a declaração de bens feita pelos candidatos das seguintes cidades: João Pessoa, Campina Grande, Bayeux, [LINK=http://g1.globo.com/pb/paraiba/cidade/cabedelo.html]Cabedelo[/LINK], Santa Rita , Guarabira, Patos, Sousa, Cajazeiras e [LINK=http://g1.globo.com/pb/paraiba/cidade/monteiro.html]Monteiro[/LINK].

Os candidatos mais ricos estão em João Pessoa e [LINK=http://g1.globo.com/pb/paraiba/cidade/campina-grande.html]Campina Grande[/LINK]. De 14 candidatos que disputam a prefeitura nas duas cidades, cinco declararam ter bens que ultrapassam a casa dos milhões. Na capital aparecem nessa situação José Maranhão (PMDB), R$ 6, 897, e Cícero Lucena (PSDB), R$ 1.242. Já em Campina Grande os ‘milionários’ são Artur Almeida (PTB), com R$ 1,162 milhão; Guilherme Almeida (PSC), com R$ 1,099 milhão; e Tatiana Medeiros (PMDB) R$ 1,088 milhão.

Além de ser o mais rico candidato da Paraíba, [LINK=http://g1.globo.com/politica/noticia/2012/07/patrimonio-pessoal-de-candidatos-das-capitais-soma-r-3792-milhoes.html]José Maranhão aparece entre os dez[/LINK] com mais bens do Brasil. Entre os candidatos das principais cidades, o segundo mais provido de bens é Vanildo Caetano (PSC) que disputa a prefeitura de Bayeux e declarou à Justiça Eleitoral que dispõe de R$ 6 milhões.

Também tem mais de um milhão os candidatos Zenóbio Toscano (PDSB), de [LINK=http://g1.globo.com/pb/paraiba/cidade/guarabira.html]Guarabira[/LINK], com R$ 3.305; Chica Motta (PMDB), de [LINK=http://g1.globo.com/pb/paraiba/cidade/patos-pb.html]Patos[/LINK], com R$ 1.988; Lindolfo Pires (DEM), de [LINK=http://g1.globo.com/pb/paraiba/cidade/sousa.html]Sousa[/LINK], com R$ 1.412; e Raimundo Mendonça (PRP), de Beyeux com R$ 1.825.

[B]Maioria dos sem bens é do PSOL [/B]
Dos 11 candidatos que declararam não ter nenhum bem seis são do PSOL. Carlos Gildemar , de [LINK=http://g1.globo.com/pb/paraiba/cidade/cajazeiras-pb.html]Cajazeiras[/LINK]; Renan Palmeira, de [LINK=http://g1.globo.com/pb/paraiba/cidade/joao-pessoa.html]João Pessoa[/LINK]; José Silva, de Santa Rita; Silvano Morais, de Patos; José Cândido, de Sousa; e Rodrigo Alves, de Bayeux, aparecem nesta situação. O único concorrente do partido que declarou bens foi Sizenando Leal que disputa em Campina Grande.

G1PB