Arquivo da tag: data

Eleição da AGI tem data alterada para o próximo dia 23


Atendendo ao recurso da associada Angelita Lucas da Silva, candidata a presidente da chapa Uma Nova AGI, e após consulta consensual com a também candidata a presidente Jaciara Almeida Oliveira, da chapa Ética e União, o dia da eleição da AGI – Associação Guarabirense de Imprensa, foi adiado para o dia 23 de dezembro do corrente ano.

A candidata alegou no recurso, dois eventos que estarão tomando a atenção dos guarabirenses e da imprensa: uma romaria ao memorial Frei Damião no período da tarde e um bingo de grande porte no bairro novo desta cidade. A candidata alegou ainda, o tempo ser pouco para realizar a sua campanha.
Após entendimento com as candidatas concorrentes, e assinado um acordo mútuo para a fixação da nova data, ficou determinado adiar a eleição para o próximo dia 23, sem possibilidade de novo adiamento.
A eleição da Associação Guarabirense já se configura como uma eleição ímpar em sua história, tendo como candidatas duas mulheres, ao destino da entidade.
Tendo sido convidado pelas duas candidatas concorrentes ao pleito, o atual presidente, Gentil Filho, preferiu se manter neutro, não participando de nenhuma chapa, para dedicar-se junto à Comissão Eleitoral desta eleição histórica da AGI.
Gentil Filho adiantou que já está providenciando as cédulas de votação e que ela trará um diferencial das demais eleições realizadas na entidade até hoje. A cédula vai configurar a composição das duas chapas concorrentes, com os nomes dos 44 sócios inscritos.

O local da eleição será na ACEG – Associação Comercial e Empresarial de Guarabira na praça Lima e Moura, antigo Sebrae.[bb]

Fonte: Brejo.com
Focando a Notícia

Escolha do novo líder do PMDB tem data marcada e paraibano tem chances de assumir o posto

Foto: assessoria

O líder do PMDB na Câmara Federal, Henrique Alves (RN), já acertou com os cinco candidatos à sua sucessão a data para a escolha do novo líder, será no dia 30 de janeiro. Estão concorrendo a vaga Danilo Fortes (CE), Marcelo Castro (PI), Eduardo Cunha (RJ), Osmar Terra (RS) e o paraibano Manoel Junior (PB), que a eleição do novo líder será em 30 de janeiro.

Manoel Júnior revelou que as ‘costuras’ em torno de seu nome já vêm sendo feitas há algum tempo e que ainda não havia divulgado a decisão para não atrapalhar os preparativos. O deputado declarou que a liderança do partido na Câmara também deve favorecer o Estado.

Essa semana, em meio a confusão formada dentro do PMDB da Paraíba por conta da disputa pela presidência, o deputado esteve reunido com Valdir Raupp – presidente nacional da sigla – e o vice-presidente da República Michel Temer.

O encontro pode ter servido também para fechar o nome de Manoel Júnior como líder da bancada na Câmara.

Fonte: políticapb com informações da coluna de Ilimar Franco do jornal O Globo

Cartórios abrem no feriado, data final para retirar 1ª via do título

Os cartórios eleitorais de todo o País ficarão abertos nesta sexta-feira para atender ao público que necessita adequar a documentação relativa à situação eleitoral. Também na sexta, encerra-se o prazo para a retirada da primeira via e do documento que comprova a transferência do título eleitoral nos cartórios em que os eleitores solicitaram tais demandas, de acordo com o calendário definido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Com relação à reimpressão da 2ª via do título, o prazo final acontece no próximo dia 27, para os eleitores que estiverem em seu domicílio eleitoral. No dia da votação, os eleitores poderão votar apresentando RG ou documento oficial com foto em todas as cidades, desde que saibam sua zona e seção eleitoral que constam no título. A informação relativa à zona e seção eleitoral pode ser conferida no site do TSE.

Urnas preparadas  Nesta quinta-feira, em cerimônia que terá o acompanhamento de representantes de partidos políticos, da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e do Ministério Público e do público interessado, as urnas serão lacradas, a fim de garantir a segurança do processo no primeiro turno das eleições municipais.

Terra

Tião comemora dia do brega; data homenageia Waldick Soriano

Autor da lei que comemora o dia estadual do brega, o deputado estadual Tião Gomes (PSL) está comemorando nesta terça-feira (04) o primeiro aniversário da data, que foi sancionada ainda no ano passado pelo governador Ricardo Coutinho (PSB).

Para Gomes, o verdadeiro ‘bregueiro’ é um homem apaixonado pela vida e que não dispensa a combinação brega e cachaça e por isso a data de hoje deve não só ser lembrada, mas também comemorada, já que também faz parte da cultura do Brejo.

“Brega é aquilo que você sente, mas muitas vezes esconde, brega é cultura, brega é musica, brega é filosofia de vida e não pode cair no esquecimento nunca”, destacou.

Tião Gomes ainda lembrou que não é apenas ele o único parlamentar que aprecia o brega e ressaltou que na Assembléia Legislativa da Paraíba existe uma verdadeira ‘bancada’ do brega.

“A maioria dos meus colegas amam a música! O brega é uma musica que todos gostam. Sempre tive vontade que o Brega fosse mais divulgado, pois é a musica mais nordestina que existe e graças a Deus hoje estamos podendo comemorar o primeiro aniversário do dia do Brega”, relatou.

Sem medo de comentários preconceituosos, o deputado que foi o idealizador do 1º Festival da Cachaça e da Rapadura, mais conhecido como Bregareia, salientou que o brega não pode morrer.

“É preciso se ter mais respeito pelo brega para que ele não venha a cair no esquecimento. Amo o Brega, uma das coisas que eu mais gosto no mundo é o Brega!”, comemorou.

Para Gomes a combinação envolvendo o brega e o aguardente é indispensável para uma vida saudável.

“A cachaça é primordial, onde se tem brega tem que ter uma cachacinha para a aquecer os ânimos e o amor… quando se ouve um brega você fica mais apaixonado, vive mais feliz e todo bregueiro é feliz!”, filosofou.

A lei tomou o pomposo nome de Lei nº 9.619 e seu teor é o seguinte:

“O GOVERNADOR DO ESTADO DA PARAÍBA: Faço saber que o Poder Legislativo decreta e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º Fica instituído o dia 04 de setembro como o Dia Estadual da Música Brega, em homenagem ao dia do falecimento do cantor e compositor Eurípedes Waldick Soriano, o Rei do Brega. Art. 2º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação. PALÁCIO DO GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA, em João Pessoa, 27 de dezembro de 2011; 123º da Proclamação da República”.

pbagora

Pesquisa: Polyana diz que resultado é ‘fraudulento’ e que empresa lhe ofereceu resultado favorável; DataVox nega

O resultado da pesquisa de opinião pública de intenção de votos, divulgada nesta sexta-feira (10), pelo instituto Data Vox, em Pombal provocou opiniões diferentes das duas candidatas a prefeita.

De acordo com o resultado, Mayene-Van (PMDB) lidera a intenção de votos com 47,6%, contra 43,6% de Polyana.

Procurada pela nossa reportagem para comentar os números, a petista desqualificou o resultado, que chamou de “fraudulento”.

De acordo com Polyana, o dono da DataVox teria lhe procurado “perguntando se queria a pesquisa, pois quem dizia o resultado era ela”.

Ela também afirmou que a Fundação Eulália Queiroga é ligado a pessoas da família da candidata Mayene, e é um “elefante branco”.

“Em 2008, eles divulgaram uma pesquisa, onde eu estava perdendo e eu ganhei a eleição”, declarou a prefeita, que disputa a reeleição.

OUTRO LADO:

O advogado Antônio César Ugulino, que também é representante legal da coligação da candidata Mayene, negou haver ligação dela com a Fundação “Eulália Queiroga”, e que soubesse detalhes da pesquisa.

“Nós ficamos de que essa pesquisa seria divulgada através das redes sociais”, declarou.

Ele disse que é normal o descrédito da prefeita, “em virtude de ter dado um resultado desfavorável a ela”.

Por telefone, um dos diretores da empresa DataVoz, Bruno Agra, participou do programa “Liberdade Notícias”, e também rebateu as acusações de Polyana, principalmente de que havia sido fraudada e que teria sido oferecida a ela, para dar um resultado diferente.

“Nunca mantive contato com a prefeita, e a pesquisa mostra um resultado do momento, podendo sofrer alteração até o dia da eleição”, declarou Bruno.

Naldo Silva – Liberdade 96 FM

Reajuste dos combustíveis está sem definição de data e percentual, diz presidenta da Petrobras

A presidenta da Petrobras, Graça Foster, disse hoje (21) que, embora seja necessário reajustar os preços dos combustíveis diante dos investimentos previstos para os próximos cinco anos, não há ainda a definição de uma data para que isso aconteça nem sobre o percentual do aumento.

“Não temos nenhuma indicação de percentual de aumento de gasolina nem nenhuma data especifica para que isso aconteça. Para uma empresa que investe o que a Petrobras vai investir nos próximos cinco anos, evidentemente, é preciso que haja um reajuste de preços. Estamos estudando o percentual. Interessa à Petrobras que o consumidor brasileiro continue tendo condições de consumir volumes crescentes para que a gente tenha melhores resultados”, disse, após participar de um encontro entre mulheres líderes de vários países, durante a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, Rio+20.

Ela também ressaltou que o reajuste seria importante para corrigir a defasagem do preço dos combustíveis em relação ao mercado internacional.

Na próxima segunda-feira (25), será detalhado o Plano de Negócios da Petrobras, com informações sobre os investimentos nos próximos anos.

Ainda durante o evento, Graça Foster negou que já tenha definido algum nome para assumir a Diretoria Internacional da empresa. Ela disse que estão sendo analisados nomes de “excelentes técnicos” para ocupar o posto e que não há prazo para o anúncio do novo diretor.

Agência Brasil

Confirmada data da convenção que vai homologar nome de Tatiana Medeiros como candidata à prefeita de CG

 

O PMDB confirmou para o próximo dia 29, às 14h, no ginásio do Clube Campestre, a data da convenção que irá homologar o nome de Tatiana Medeiros para disputar a Pefeitura de Campina Grande.

A pré-candidata Tatiana Medeiros (PMDB), em nome do partido, aproveita para convidar militantes, simpatizantes e aliados a se unirem em prol da oficialização da indicação do seu nome e de um projeto de governo que teve inicio com o prefeito Veneziano Vital do Rêgo.

Estarão presentes à convenção dirigentes do PMDB e de pelos menos seis outros partidos que já anunciaram seu apoio à pré-candidatura de Tatiana Medeiros, entre eles, o PMN, PR, PPL, PHS, PTC e PRB.

A convenção homologará o nome da ex-secretária de Saúde e pré-candidata Tatiana Medeiros à prefeita de Campina Grande no pleito municipal deste ano e do seu companheiro de chapa a vice na majoritária do PMDB, que só será anunciado no dia da realização do evento.

Assessoria de Imprensa para o Focando a Notícia

Greve já atinge 51 escolas de ensino superior, sem data para nova negociação

A greve dos professores das universidades federais já completou mais de 20 dias com adesão de profissionais de 51 instituições. Mas ainda não há previsão para um fim da paralisação, já que, desde que a greve foi decretada, não houve nenhuma reunião de negociação entre a categoria e o Ministério do Planejamento. Na terça-feira (5), o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, reuniu-se com o comando de greve e informou que uma nova reunião será feita na próxima semana, mas o encontro ainda não foi marcado, segundo o Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes).

Após a Marcha Unificada dos Servidores Públicos que reuniu diversas categorias em Brasília no início da semana, membros dos sindicatos se encontram com o secretário executivo adjunto do Ministério do Planejamento, Valter Silva. Mas, segundo Aloisio Porto, do Comando de Greve do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior ( Andes), não foi feita nenhuma nova proposta. “O MEC chamou a gente para conversar, mas por causa da pressão. Eles ainda não têm uma proposta concreta”, disse o líder sindical.

A principal reivindicação dos docentes é a revisão do plano de carreira. Em acordo firmado no ano passado, o governo prometeu um reajuste de 4%, a incorporação de parte das gratificações e a revisão do plano para 2013. Os dois primeiros pontos já foram atendidos, mas não houve avanço na revisão da carreira. O Ministério da Educação considera a greve precipitada, já que, na avaliação de Mercadante, há tempo suficiente de reformular a carreira antes que seja fechado o Projeto de Lei Orçamentária para 2013, o que ocorrerá até 31 de agosto.

agenciabrasil.ebc.com.br

Data Vox: Maranhão e Agra empatam; Estela tem 9,8% e bate Cartaxo em João Pessoa

O ex-governador José Maranhão (PMDB) continua liderando a disputa pela prefeitura de João Pessoa, de acordo com pesquisa divulgada pelo Instituto Data Vox e registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número 00010/2012.  De acordo com os dados repassados pelo Data Vox, o contratante foi a Oftalmoclinica Saulo Freire Ltda.
No primeiro cenário estimulado, com o refeito Luciano Agra como opção do PSB, Maranhão tem apenas 0,3% de vantagem sobre o prefeito socialista. O ex-governador obteve 23,4% da intenção de votos contra 23,1

%, o que revela empate mais do que técnico entre os dois. Neste cenário, o senador Cícero Lucena (PSDB) aparece com 17,9% da intenção de votos.

O empate de Maranhão e Agra se repete na espontânea, onde cada um teve 4,8% das citações espontâneas dos entrevistados.
O interessante é que, conforme revela a pesquisa, num eventual confronto direto entre Maranhão e Agra no segundo turno é o prefeito que leva a melhor, aparecendo com 36,8% contra 30,5% do ex-governador peemedebista.
Num segundo cenário estimulado – por enquanto o que está definido – com Estelizabel Bezerra (PSB) no lugar de Agra, Maranhão vai a 24,1%, ficando o senador Cícero Lucena, do PSDB, como segundo colocado com 18,5%. Já Estelizabel aparece com 9,8%, ficando com a terceira colocação e batendo o deputado Luciano Cartaxo (9%), candidato que tirou da socialista o apoio do PT.
Neste cenário, o deputado Toinho do Sopão (3,6%), o jornalista Nonato Bandeira (2,8%) e a professora Lourdes Sarmento (1,5%) compõem a disputa.
O número de indecisos é de 16,5% e do brancos/nulos 14,2%, percentuais bem maiores do que os que parecem quando Luciano Agra está como opção no lugar de Estela.
O Instituto Data Vox, que tem sede em Campina Grande, ouviu 809 eleitores em João Pessoa, entre os dias 19 e 20 de maio.
Cícero mantém liderança no índice ´REJEIÇÃO´
O senador Cícero Lucena (PSDB) continua campeão nas pesquisas eleitorais em João Pessoa. Mas no item Rejeição. 18,4% dos entrevistados disseram que não votariam em Cícero em hipótese alguma. Maranhão é o segundo colocado entre os mais rejeitados. Ele tem 17,3% de rejeição, seguindo de Toinho do Sopão (10,9% ), Estelizabel Bezerra (8,4%), Lourdes Sarmento (5,7%) e Luciano Agra (3,2%). O deputado Luciano Cartaxo e o jornalista Nonato Bandeira são os que registram menor índice de rejeição. Ambos tem apenas 3,1% de rejeição.

Luis Torres

Nilda Gondim presta homenagem ao jurista Vital do Rêgo na data em que ele completaria 77 anos

 

Se vivo estivesse, o ex-deputado federal e estadual, jurista e professor Antônio Vital do Rêgo teria comemorado no dia 21 de maio de 2012 (segunda-feira) o aniversário de 77 anos de idade. Em homenagem à sua memória, a deputada federal Nilda Gondim (PMDB-PB) fez um relato, em Brasília, da história de vida pessoal e política do homem com o qual construiu a família integrada pelo senador Vital do Rêgo Filho, pelo prefeito de Campina grande, Veneziano Vital do Rêgo, e pela médica Rachel Gondim.

“Vital do Rêgo deixou o exemplo de honradez, espírito de justiça e amor ao próximo”, comentou a deputada, acrescentando que o “Tribuno”, como era chamado por muitos, foi uma referência de pessoa humana, de homem público e um notável jurista. “Até hoje, por onde ando, as pessoas me lembram da figura humana, caridosa, sábia e eloquente que era Vital”, ressaltou.

História – Filho do major Veneziano Vital do Rêgo (deputado estadual por dois mandatos em Pernambuco, de 1950 a 1958, assumindo em um deles a presidência da Assembleia Legislativa) e de dona Vicentina Figueiredo Vital do Rêgo (autora do Hino do tradicional Colégio Estadual da Prata, de Campina Grande), Antônio Vital do Rêgo era natural de Campina Grande/PB, onde nasceu no dia 21 de maio de 1935 (mesmo ano em que seu tio Argemiro de Figueiredo foi eleito governador da Paraíba – cargo que exerceu até 1940). Logo cedo demonstrou vocação inquestionável para a vida pública, ingressando como líder no movimento estudantil ainda nos anos 1950, na condição de aluno da Faculdade de Direito do Recife/PE, onde estudou durante o período de 1954 a 1958.

Formado em Direito, Vital do Rêgo disputou as eleições proporcionais de 1958 e elegeu-se deputado estadual na Paraíba para a legislatura 1959/1963. Logo em seguida ao primeiro mandato eletivo, foi eleito deputado federal, em 1962, para a legislatura 1963/1967, sendo o quarto candidato mais votado, com 19.945 votos. Naquela eleição, o primeiro mais votado (Francisco Teotônio Neto) teve 25.393 votos, o segundo (Humberto Coutinho de Lucena) teve 23.193 e o terceiro (Milton Bezerra Cabral) teve 20.063.

Nas eleições de 1966 foi reeleito deputado federal para a legislatura 1967/1971. Durante o exercício do mandato, no entanto, foi vítima de um dos maiores e mais condenáveis atos de violência cometido contra um cidadão brasileiro: o seu mandato parlamentar e os seus direitos políticos foram cassados sumariamente por ordem dos “comandantes” da ditadura militar que se instalou no País durante 21 anos, de 31 de março de 1964 até a retomada da democracia, a partir de 1985.

Motivada por suas posições em defesa da democracia, das liberdades e dos direitos dos cidadãos brasileiros, a cassação do mandato e dos direitos políticos de Vital do Rêgo aconteceu em janeiro de 1969, tendo por base dispositivo constante do Ato Institucional n° 5, de 13 de dezembro de 1968. De janeiro de 1969 em diante, Vital do Rêgo passou dez anos afastado da vida pública, sendo, inclusive, patrulhado em sua própria casa.

De volta à ativa – Retomado o processo democrático brasileiro, Antônio Vital do Rêgo voltou a disputar um cargo eletivo proporcional nas eleições estaduais de 1990, sendo eleito na condição de quinto deputado federal mais votado da Paraíba, com 33.468 votos, para a legislatura 1991/1995. Na Câmara dos Deputados exerceu, com distinção, o cargo de corregedor geral, e destacou-se por seus pronunciamentos e pelas posições assumidas em Plenário e na Comissão de Constituição e Justiça da Casa, sempre em defesa dos interesses nacionais e, em especial, da Paraíba.

Atividades parlamentares – Na condição de deputado estadual, Vital do Rêgo foi membro titular das Comissões de Finanças, Tomada de Contas e Orçamento (1959/1960) e de Constituição, Legislação e Justiça da Assembleia Legislativa da Paraíba (1960). Como deputado federal, foi titular da Comissão Mista Especial Representativa do Congresso Nacional (1993) e titular da CPI Mista que investigou a Crise na Universidade Brasileira (1992).

Em nível de Câmara dos Deputados, integrou as seguintes Comissões:

Permanentes – Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática (suplente – 1994); Constituição e Justiça e de Redação (segundo-vice-presidente – 1992, titular – 1991/1993 e suplente – 1993); Defesa Nacional (titular – 1994) Educação, Cultura e Desporto (suplente – 1991/1993); Justiça (suplente – 1967/1968); Orçamento (titular – 1967/1968); Redação (vice-presidente – 1963), e Serviço Público (titular – 1966-/1967).

Especiais – PEC n° 61/90, Remuneração Deputados Estaduais e Vereadores (primeiro-vice-presidente – 1992); PEC n° 45/91, Altera Legislação Eleitoral (titular – 1992); Legislação Eleitoral e Partidária (titular – 1992); Seca no Nordeste e Atendimento às Populações Atingidas (titular – 1993); e CPIs para Apurar Custo do Veículo Nacional (membro, 1967), sobre Irregularidades em Indenizações de Terras Ocupadas por Açudes no Nordeste (membro – 1968) e  sobre a Pistolagem nas Regiões Centro-Oeste e Norte do País (titular – 1993).

Assessoria de Imprensa para o Focando a Notícia