Arquivo da tag: cumprindo

‘Estou cumprindo compromissos com a aliança e com o povo’, garante RC e minimiza críticas de Cássio

ricardoO governador Ricardo Coutinho minimizou as críticas feitas pelo senador Cássio Cunha Lima (PSDB) no início da semana relativas aos atrasos em algumas obras do governo do socialista. Além das críticas, surgiram interpretações de que a fala do senador significaria um rompimento da aliança PSB/ PSDB.

Para Coutinho, a declaração de Cássio que apontou que era um momento de ‘avaliar’ os compromissos assumidos em 2010 para depois discutir outra possibilidade de compromissos, não significa que o socialista esteja descumprindo os compromissos que assumiu com o tucano.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“Estou cumprindo… compromissos que assumi com a aliança e com o povo da Paraíba”, disse e amenizou as críticas: “Quem tem um volume de obras como o estado tem… naturalmente você tem um problema aqui ou acolá”, rebate.

Coutinho ainda aproveitou para alfinetar: “Não vou ficar tentando jogar o quanto pior melhor”.

“Cumpro o que digo, tenho disposição e quero manter a aliança”, garante.

Marília Domingues

O que fazer se a rádio comunitária de sua comunidade não estiver cumprindo seu papel?

 

 

 
Forró de Bastianas no ALÔ COMUNIDADE
Essa e outras perguntas sobre rádios comunitárias estarão sendo respondidas por José Sotter, Coordenador Geral da Associação Brasileira de Radiodifusão Comunitária – ABRAÇO, no programa Alô comunidade!
deste sábado (14/6).
Na Música Popular Paraibana de Qualidade, teremos Bastianas com o verdadeiro forró nordestino.
 O “Alô Comunidade” é produzido pela Rádio Comunitária Zumbi dos Palmares e transmitido pela Rádio Tabajara (1.110 AM), retransmitido por sete rádios comunitárias e diversos blogs e sites, numa produção da Sociedade Cultural Posse Nova República, Ponto de Cultura Cantiga de Ninar e Coletivo de Jornalistas Novos Rumos.
O programa vai ao ar todos os sábados às 14h, com apresentação e produção de Dalmo Oliveira e Fábio Mozart. – Operador de som, Luciano Júnior. Coordenação: Gilberto Bastos Júnior.
Escute pelas ondas da Rádio Tabajara da Paraíba AM (1.110) ou em tempo real pelo link:
http://www.paraiba.pb.gov.br/tabajara-am

Cumprindo legislação eleitoral, FOCANDO A NOTÍCIA suspende publicação de comentários dos leitores

 

Em cumprimento a legislação eleitoral, o FOCANDO A NOTÍCIA suspendeu no domingo (01) a publicação de comentários políticos dos leitores. A medida, além de respeitar a integridade moral de todos os candidatos, também respeita o período vedado das eleições 2012.

A partir de agora até o dia 7 de outubro não será, portanto, aceito e publicado nenhum comentário político feito por parte dos leitores.

O FN agradece a atenção de todos vocês, nossos leitores, que participam ativamente de nossas publicações enviando comentários e aguarda o fim do pleito para que novamente possamos contar com a contribuição de todos.

Redação/Focando a Notícia

SINTEP-PB diz em nota que governador não está cumprindo lei do Piso Nacional do Magistério


Confira:

Nota ao Povo Paraibano

O Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Educação do Estado da Paraíba (SINTEP-PB) vem esclarecer à população paraibana que o Governo do Estado não está cumprindo a Lei 11.738/10 que determina o Piso Salarial Nacional do Magistério Público, como tem sido amplamente divulgado em suas campanhas publicitárias. Além disso, a Gestão Estadual também está descumprindo o Plano de Cargos Carreira e Remuneração (PCCR) dos trabalhadores em educação do estado (Lei 7.419/2003).
A carreira no magistério público é ordenada por Classes que vão de A a E de acordo com a titulação e por Níveis que vão de I a VII de acordo com o tempo de serviço (muda-se de nível a cada 5 anos), sendo a Classe A e nível I correspondentes ao profissional com menor titulação e recém ingresso no magistério. O Governo da Paraíba se limita a cumprir o piso do MEC apenas na Classe A, nos níveis I e II, desrespeitando as demais progressões do Plano de Cargos e Carreira e Remuneração do Magistério, cuja tabela exige uma diferença de 20% da Classe “A” para a Classe “B”; de 25% da Classe “A” para a Classe “C”; de 30 % da Classe “A” para a Classe “D” e 35 % da Classe “A” para a Classe “E”.
Prova de que as atitudes do Governo servem apenas para mascarar o descumprimentos das leis é que atualmente no Estado não existe nenhum servidor na Classe A, níveis I e II, visto que, para esta classe A, o último concurso ocorreu na década de 90, de forma que o “reajuste” dado pelo governo não onerou em nada a folha de pagamento, já que não tem ninguém para remunerar.
Da forma que o governo está interpretando o cumprimento da lei do piso, em breve todos os integrantes da categoria, com tempo de serviço e portadores dos mais diversos títulos, estarão nivelados ao professor em início de carreira. Equiparar toda a categoria a uma única remuneração não é cumprir o piso, o espírito da lei visa que o piso da categoria seria o mínimo a ser pago pela Administração Pública e não o teto.
Outra manobra deste Governo contra os trabalhadores em educação da Paraíba foi a incorporação ao vencimento básico dos integrantes do magistério da Gratificação de Estímulo a Docência-GED, prevista na lei que criou o PCCR da categoria, no percentual de 40%, que podia ser incorporada à aposentadoria, e a criação de uma bolsa de desempenho, temporária, de valor fixo e não incorporável à aposentadoria, prejudicando desta forma os profissionais da educação, desestimulando, inclusive, o profissional que está em sala de aula.
Fechamento de escolas, sucateamento da infra-estrutura, falta de segurança, desrespeito e desvalorização aos trabalhadores em educação tem sido marcas deste governo que diz ampliar a educação em nosso estado. O SINTEP-PB, luta contra estas atitudes arbitrárias unindo e mobilizando a categoria, informando a sociedade e acionando os meios judiciais para que se cumpra o dever básico de todo gestor público, fazer cumprir as leis.

SINTEP-PB para o Focando a Notícia